Apple

Apple adota o modelo Express em boa parte de suas lojas, inclusive no Brasil

A Apple continua se adaptando ao momento ainda tenso que vivemos em relação à COVID-19. Com o grande aumento de casos e mortes nos Estados Unidos e Brasil, as medidas de atendimento ao público ainda não foram relaxadas.

As lojas estão recebendo uma transformação interna para atender os clientes. E as duas unidades no Brasil também estão seguindo este procedimento.



Express adaptado

O projeto Express começou a ser experimentado em setembro, com algumas lojas sendo remodeladas para servirem de ponto de retirada de produtos vendidos pelo site.

Imagem: 9to5mac

O modelo até funcionou bem, mas para implementar toda esta estrutura em grande parte das lojas, seria trabalhoso e demorado.

Então a Apple resolveu adaptar o conceito e torná-lo mais simples, para poder ser montado rapidamente no maior número de lojas físicas possível.

Remodelação interna das lojas

Nada de construir quiosques especiais, que perderiam utilidade depois da pandemia. O que a empresa resolveu fazer é readaptar a organização interna das lojas, para criar pontos de atendimento protegidos.

Foram retirados todos os produtos de exposição que ficavam sobre as mesas, pois eles perderam o sentido de estarem ali pelo fato dos clientes não entrarem mais para testá-los.

Essas mesas foram alinhadas de forma a dividir o espaço, e sobre elas, painéis de vidro formam guichês improvisados para atender os clientes. De um lado ficam os funcionários da Apple, de outro, os clientes que entram na loja.

Apple Store Express
Imagem © Blog do iPhone

A entrada, que já estava limitada, ficou ainda mais. Como dito acima, não é mais possível testar produtos nas lojas, então aqueles clientes que gostavam de pegar o produto na mão antes da compra, terão que pensar em outra maneira de fazer isso.

O tempo de atendimento também foi restrito e cada cliente só pode ficar no local por no máximo por 15 minutos, inclusive em atendimentos com os Genius.

Isso está sendo implementado em um grande número de lojas nos Estados Unidos. No Brasil, tanto a loja do Rio (VillageMall) quanto a de São Paulo (Morumbi Shopping) também já foram adaptadas para o novo formato.


Esta é uma atitude emergencial e não há previsão de até quando ela será mantida. Os números de casos e mortes têm aumentado bastante no mundo inteiro e enquanto a maioria da população não for vacinada, é provável que este cenário mude muito pouco.

O ideal, claro, é não ir pessoalmente na Apple Store e tentar fazer o máximo possível de coisas de forma não presencial.

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo