Notícias

Gravações de ‘The Morning Show’ quase são interrompidas após um falso positivo de COVID-19

O ano de 2020 resultou em um duro golpe nos planos de expansão do serviço Apple TV+.

Lançado em novembro do ano passado com um número limitado de títulos no catálogo, as gravações de novos conteúdos foram todas interrompidas em março, por causa da pandemia.

No caso da premiada série The Morning Show, as gravações retornaram em outubro, com a promessa de se tomar todos os cuidados sanitários necessários. Mas elas foram interrompidas nesta quinta-feira (17) após um integrante da equipe testar positivo para o novo Coronavírus.



As gravações marcadas para esta semana foram interrompidas e todos os que tiveram contato com o membro do staff tiveram que se isolar.

Mas um segundo teste já estava programado para esta sexta, para confirmar o diagnóstico. O resultado deste, porém, deu negativo para COVID, segundo o site E! News. Com isso, as gravações retomarão sua programação normal a partir de agora.

O caso serve para nos mostrar o quanto ainda está difícil avançar em novas produções, com a pandemia ainda presente. Por mais que tenhamos agora mais esperanças com a liberação de novas vacinas, ainda há um longo caminho pela frente até que tudo volte ao ritmo normal.

Durante este ano, o próprio iPhone 12 teve seu lançamento atrasado por causa da parada de produção em fábricas chinesas durante alguns meses.

A princípio, o lançamento dos novos iPhones em 2021 deve voltar a acontecer em setembro.

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo