Notícias

WhatsApp decide limitar ainda mais encaminhamento de mensagens escritas por outras pessoas

Em 2018, o WhatsApp implementou algumas restrições em seu aplicativo, na tentativa de diminuir a difusão de notícias falsas.

Isso foi feito com a adição de avisos e etiquetas em mensagens que não foram criadas pelo contato que as enviou, para alertar o usuário que recebe, Além disso, impôs uma limitação do encaminhamento de mensagens: cada pessoa só poderia repassar 20 mensagens que tinha recebido.

No ano seguinte, em 2019, este limite caiu para 5 pessoas e agora, abril de 2020, apenas será possível encaminhar uma mensagem para uma conversa de cada vez.





Geralmente, as mensagens encaminhadas muitas vezes podem conter informações falsas e não são tão pessoais quanto as mensagens típicas enviadas pelos seus contatos no WhatsApp. Agora, atualizamos o limite de encaminhamento para que essas mensagens só possam ser encaminhadas para uma conversa por vez.

Ou seja, aquela mensagem que você recebeu dizendo que vacinas são um instrumento de dominação alienígena, ou pneus que estouram na cara de crianças no Nepal, dará muito mais trabalho de você repassá-la para vários grupos ao mesmo tempo. Agora terá que fazer isso um a um.

Isso resolve o problema? Provavelmente não. E o próprio WhatsApp sabe disso:

Então, encaminhar mensagens é algo ruim? Claro que não! Sabemos que muitos usuários encaminham informações úteis, vídeos divertidos, pensamentos ou orações que têm um significado especial e pessoal para seus contatos. Entretanto, temos visto um aumento significante na quantidade de mensagens encaminhadas que, de acordo com nossos usuários, podem contribuir para a disseminação de boatos e informações falsas. Acreditamos que é importante desacelerar a disseminação de mensagens encaminhadas para que o WhatsApp continue sendo um espaço seguro para conversas pessoais.

Como já falamos aqui, o que solucionaria o problema das notícias falsas seria a conscientização de cada usuário. Se ao receber uma mensagem, antes de repassar cada um parasse para lê-la e checasse se aquilo é ou não real, isso por si só já diminuiria muito a propagação de desinformação.

Mas o mundo evoluiu rápido demais na parte tecnológica, enquanto a parte moral ainda não evoluiu o suficiente. E enquanto for assim, limitações técnicas em aplicativos pouco resolverão os problemas que temos com eles.

Fonte
Blog do WhatsApp
Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

Back to top button
Close