Notícias

Apple anuncia três novos modelos de iPhones: 8, 8 Plus e X (dez)

Conforme já sugeriam os rumores há meses e diferente do padrão dos anos anteriores, a Apple anunciou hoje três novos modelos de iPhone. Dois deles são uma evolução natural do iPhone 7 e 7 Plus, e o outro, uma versão mais cara e elaborada.

Confira um resumo das novidades apresentadas no evento:


iPhone X

O destaque sem dúvida ficou para o novo iPhone X (que se lê “aifone dez”, referente ao número romano e aos 10 anos do lançamento do primeiro iPhone), com design de bordas finas e sem botão frontal. O modelo é o mais novo top de linha da maçã, com diferenciais que impressionam, mesmo que todas as suas características já terem sido reveladas dias antes do evento.

O iPhone X é equipado com o poderoso processador A11 Bionic, com 6 núcleos (2 de alta performance e 4 de alta eficiência). Ele é o mais poderoso processador que já equipou um celular.

A decepção ficou por conta da data que ele chegará ao mercado. Devido a possíveis problemas na produção, a Apple adiou o lançamento para novembro nos Estados Unidos, com pré-venda no dia 27 de outubro.

iPhone 8 e 8 Plus

A Apple quebrou a tradição de nomes que vinha desde o 3GS, que era a de lançar versões intermediárias com a nomenclatura S. Os iPhones 8 e 8 Plus são as evoluções mais próximas do iPhone 7, com um design exterior bem similar, mas com melhorias internas significantes.

Apesar do mesmo form factor do 7, o novo iPhone 8 traz a traseira em vidro e não mais em alumínio. Isso faz com que ele fique ligeiramente mais espesso, o que pode fazer com que as capas do iPhone 7 não sirvam no novo modelo.

Traz o mesmo processador do iPhone X, o A11 Bionic.

A11 Bionic

Conforme já comentamos anteriormente, o novo processador dos iPhones terá 6 núcleos que funcionarão de forma independente. Isso se traduz em maior performance e rapidez nas tarefas do dia a dia e no processamento de aplicativos. O novo chip também influenciará muito na câmera fotográfica, no Face ID e na Realidade Aumentada.

Face ID

Uma das novidades apresentadas foi o novo Face ID, com autenticação pelo rosto do usuário. Mas diferente das soluções que já existem em outros smartphones, a Apple conseguiu desenvolver uma tecnologia capaz de detectar a profundidade de campo, impossibilitando que o sistema seja enganado por uma simples foto ou imagem de computador.

A Apple não conseguiu implementar o sensor de digitais sob a tela, mesmo com tanto investimento que já fez em pesquisas sobre isso. A Samsung teve dificuldade semelhante no início do ano com o Galaxy S8 e esperava-se que a Apple seria melhor que ela, o que não aconteceu. Mas enquanto a coreana decidiu por colocar o sensor na parte de trás (o que é bem incômodo para usar), a Apple optou por eliminar de vez o Touch ID. A torcida agora é que o Face ID não decepcione.

Carregamento sem fio

O iPhone finalmente terá recarregamento sem fio, graças à sua traseira em vidro. E a boa notícia é que ele seguirá o padrão Qi, compatível com a maioria das bases do mercado. Isto significa que você poderá recarregar seu iPhone em muitos lugares públicos que oferecem a tecnologia, assim como na base daquele seu amigo que possui Android.

A Apple irá lançar seu carregador próprio que funcionará inclusive com o Apple Watch e o estojo dos AirPods, mas só chegará ao mercado em 2018.

Tanto o iPhone 8 quanto o X terão este tipo de recarregamento.

Modo Retrato

A Apple aprimorou ainda mais o Modo Retrato no iPhone 8 Plus e no X. Graças ao novo chip, será possível aplicar efeitos de iluminação depois da foto feita, que segundo a Apple são comparáveis a estúdios fotográficos (a confirmar).

Preços e datas

Os modelos não serão lançados contemporaneamente, com o atraso do iPhone X se confirmando.

O iPhone 8 e 8 Plus serão lançados em alguns países na semana que vem, conforme se previa, dia 22 de setembro, com pré-venda agora no dia 15 (sexta). Já o iPhone X chegará nas mãos dos usuários somente não dia 3 de novembro, com pré-venda a partir do dia 27 de outubro. Não há previsão de quando o X chegará no Brasil, mas é possível que ele não seja lançado por aqui a tempo para o Natal.

Quanto aos preços, o iPhone 8 aumenta o valor do iPhone nos EUA depois de anos. O modelo básico do 8 custará US$699 + taxas, enquanto que o 8 Plus começa em US$799 + taxas. O iPhone X começa pelo preço que se imaginava, US$999 + taxas nos EUA.

Os países que receberão a primeira leva de lançamento são Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, China, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Hong Kong, Irlanda, Itália, Japão, Luxemburgo, México, Países Baixos, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Porto Rico, Singapura, Espanha, Suécia, Suíça, Taiwan, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido, EUA, e Ilhas Virgens americanas.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados