Aplicativos

WhatsApp é atualizado e agora permite marcar pessoas em mensagens de grupos

O aplicativo WhatsApp liberou um novo recurso para conversas em grupo na última atualização do aplicativo para iPhone e Android. Agora, com as marcações, usuários podem vincular pessoas específicas em uma mensagem para que o destinatário receba um alerta no celular indicado a conversa. Similar as marcações do Facebook e do Instagram, o recurso chega como uma forma prática para organizar as conversas de grupos, mas pode trazer incômodos à privacidade dos usuários.

Usar a marcação é muito simples. Basta digitar o caractere @ no teclado virtual do aparelho e, em seguida, inserir o nome da pessoa. Quando a mensagem é enviada, o destinatário especificado receberá um alerta de nova mensagem. É nesse momento que surge um problema: mensagens marcadas enviam alertas no celular mesmo se o grupo estiver silenciado. Se você (como eu) silencia grupos que participa, deve encarar a novidade com certa cautela. Ainda assim, é preferível receber algumas poucas mensagens marcadas do que uma enxurrada de conversas aleatórias.

Anteriormente, no WhatApp a opção de citação era a melhor forma para ter uma conversa direcionada dentro de um chat de grupo. Agora, com o recurso de marcação, usuários podem unir as duas ações para organizar a comunicação de um grupo, o que é bem interessante em conversas que podem ter até 256 participantes.

Outro efeito colateral do recurso é o envio de SPAM com divulgações de produtos ou eventos. Usando a marcação, usuários podem incluir várias pessoas em uma mesma mensagem, que pode ser enviada para você a partir de diversos grupos, mesmo que o emissor não seja seu contato no mensageiro. Basta que você esteja na conversa (péssima ideia divulgar isso). Por se tratar de uma opção que altera a privacidade do usuário, o WhatsApp deve gerar em breve uma configuração para que a função seja desativada. Até lá, vamos ver como fica a interação em grupos daqui por diante.

Tags
Mostrar mais

Marvin Costa

Jornalista carioca apaixonado por cultura pop, fotografia, instrumentos musicais e produtos da Apple. Sempre que pode toca guitarra com amigos e utiliza seu iPhone como segundo instrumento.

Artigos Relacionados