DicasTutoriais

[Manual BDI] Como transformar MP3 ou WAV em toque do iPhone sem usar o iTunes

Bem, você tem uma música e gostaria de transformá-la em toque do seu iPhone. Como faz?

Criar toques para o iPhone nem sempre foi uma tarefa muito simples. Isso porque o iOS não aceita o formato MP3 ou outros também populares, obrigando muitas vezes os usuários a ter que usar o computador para converter os arquivos e depois transferi-los para o aparelho através do programa iTunes. Isso se o computador for o do usuário, porque se usar outro computador, não dá para copiar músicas para o dispositivo sem apagar todas as outras que tem nele. Enfim, uma confusão até mesmo para quem não é tão iniciante no mundo da maçã.

Felizmente a própria Apple disponibilizou uma solução para isso que, mesmo ainda não sendo tão intuitiva, pode resolver o problema de muitos que desejam criar seus próprios toques de celular, mas nunca conseguiram. E este guia mostra um passo-a-passo para você entender como isso funciona.


Uma das grandes frustrações de quem acabou de comprar/ganhar um iPhone e o está conhecendo pela primeira vez é perceber que não é possível pegar uma música da sua biblioteca musical e colocar como toque padrão do telefone. Existe apenas uma lista pré-determinada de sons (em Ajustes > Sons > Toque) para você escolher, sem possibilidade de acessar qualquer outro arquivo. Isso é um choque para quem vem de outras plataformas, onde é possível fazer tudo no sistema. No iPhone, as coisas são mais limitadas.

Por que a Apple faz isso? Não sabemos, mas é bem possível que seja pressão das gravadoras, que não querem que você use suas músicas como toque sem pagar por isso. De fato, há uma seção na iTunes Store especialmente voltada para a venda de toques sonoros.

Ringtones iTunes

Mas apesar dessa dificuldade, sempre foi possível criar os próprios toques, com a ajuda do computador. Há diversos métodos e maneiras de transformar arquivos de áudio em ringtones para o iPhone, e a mais comum nós mostramos neste outro artigo, que usa o programa iTunes para transformar suas músicas em toques. Basicamente você deve selecionar um intervalo de tempo da música, exportar para o formato AAC, mudar a extensão dela para m4r e depois transferir o arquivo pelo próprio programa para o aparelho.

O problema é que o mundo virou mobile e as pessoas querem cada vez mais depender menos de um computador. E no caso dos ringtones, muitos procuram maneiras de usar os toques que querem diretamente no aparelho, sem precisar ter que recorrer ao desktop. Na App Store há muitos aplicativos que prometem resolver este problema, sem muito sucesso. Se fato, eles até ajudam a editar arquivos de áudio e colocá-los no formato certo, mas são incapazes (provavelmente por causa da limitação do próprio sistema) de gravar o resultado diretamente na bibliotecas de toques do iOS. Eles gravam na seção de Compartilhamento de Arquivos do iTunes, que exige que você vá em seu computador para transferir o arquivo. Ou seja, não soluciona o problema.

Mas felizmente o aplicativo GarageBand para iOS (grátis para quem compra novos iPhones e iPads) é capaz de permitir a criação e instalação de novos toques, sem precisar sair do iPhone.


Transformando MP3 em ringtone

O aplicativo GarageBand para iOS permite que você exporte suas criações musicais como toque do sistema, mas você mesmo precisa criá-los no app. Para a importação de arquivos musicais já prontos, o processo é um pouco mais complicado. E é justamente isso que este tutorial irá ensinar a fazer.

Para transformar um MP3 em toque, primeiro você precisa encontrar uma maneira de colocá-lo dentro do iPhone, para que seja importado pelo GarageBand. Para isso, iremos usar serviços de nuvem, que é a melhor forma. Você pode optar por vários, mas escolheremos o Dropbox, como exemplo.

Se você já possui a música no aplicativo nativo Música, então o processo é ainda mais fácil. Confira a seguir os dois processos:

→ Importando da biblioteca musical do iOS

Passo 1: Abra o aplicativo GarageBand no iPhone ou iPad.

Passo 2: Toque no sinal de + na parte superior da tela e escolha “Criar Nova Música“.

GarageBand

Passo 3: Como instrumento, escolha “Áudio Recorder“.

GarageBand_ringtone_2

Passo 4: Toque no botão de trilhas, no alto da tela, conforme indicado na ilustração abaixo.

GarageBand_ringtone_3

Passo 5: Então toque no botão de “Loops“, conforme indicado na ilustração abaixo.

GarageBand_ringtone_4

Passo 6: Toque na aba “Música“.

GarageBand_ringtone_5

Passo 7: Escolha a música que você quer transformar em toque. Lembre-se que músicas protegidas (como aquelas do Apple Music) ou aquelas não armazenadas localmente no aparelho não podem ser importadas. Toque e segure por 2 segundos sobre a música escolhida, para ser importada.

Feito isso, pule direto para o Passo 8, mais adiante.

—x—

→ Importando um arquivo da nuvem

Passo 1: Abra o aplicativo GarageBand no iPhone ou iPad.

Passo 2: Toque no sinal de + na parte superior da tela e escolha “Criar Nova Música“.

GarageBand

Passo 3: Como instrumento, escolha “Áudio Recorder“.

GarageBand_ringtone_2

Passo 4: Toque no botão de trilhas, no alto da tela, conforme indicado na ilustração abaixo.

GarageBand_ringtone_3

Passo 5: Então toque no botão de “Loops“, conforme indicado na ilustração abaixo.

GarageBand_ringtone_4

Passo 6: Toque na aba “Arq. de Áudio“. Provavelmente você não encontrará nenhum arquivo de música aí, se for a primeira vez que você estiver fazendo o procedimento. Para importar, toque em “Importar do iCloud Drive“, na parte de baixo da tela.

GarageBand_ringtone_7

Passo 7: Escolha a pasta onde o arquivo musical que você deseja está. No nosso exemplo, ele está no Dropbox, então tocaremos no botão Localizações, no alto da tela. Aparecerá então uma lista de serviços de nuvem, para escolhermos, de acordo com os apps que temos instalados no aparelho.

GarageBand_ringtone_9

GarageBand_ringtone_10

Procure o arquivo e importe-o.

Feito isso, pule direto para o Passo 8, a seguir.

—x—

→ Transformando a música em toque

Passo 8: Com a música importada, edite-a como você achar melhor. Vá experimentando até você se acostumar com o aplicativo. Lembre-se que um toque do iPhone nunca pode ter mais de 40 segundos.

GarageBand_ringtone_11

Passo 9: Quando você estiver satisfeito, toque no botão no canto superior esquerdo e volte para o menu “Minhas Músicas“. Sua edição será salva.

GarageBand_ringtone_12

Passo 10: No menu das músicas, toque no botão  “Selecionar“. Os arquivos começarão a tremer, para você escolher um. Toque naquele escolhido. Se você quiser mudar o nome, pode tocar sobre o nome dele.

GarageBand_ringtone_13

Passo 11: Com a música selecionada, toque no botão de compartilhamento e exporte-a como Toque.

GarageBand_ringtone_15

GarageBand_ringtone_16

Passo 12: Pronto, seu toque já está instalado no seu iPhone! O aplicativo ainda permite você decidir ali mesmo se já quer configurá-lo como toque padrão ou toque de texto, ao tocar em “Usar som como“.

garageRing

Passo 13: Abra os Ajustes > Som > Toque e selecione o toque que você deseja. Todos os que você criar estarão no início da lista.

GarageBand_ringtone_14


Não dá para dizer que “treze passos” seja uma solução intuitiva ou prática. Porém, é uma maneira viável de criar toques personalizados, do jeito que queremos, sem precisar do computador.

Há diversos sites que disponibilizam arquivos musicais que não são cobertos por direitos autorais, como este aqui. Pode ser um bom ponto de partida para as suas criações.

Conteúdo original © Blog do iPhone

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados