Notícias

FBI desiste oficialmente do processo contra a Apple

Parece que a briga valeu a pena. Após ameaçar a Apple e exigir que a empresa criasse uma maneira de burlar a criptografia do iPhone, o FBI pediu nesta segunda-feira o encerramento do processo que mantinha na Justiça. Segundo eles, já conseguiram obter acesso ao iPhone do terrorista sem a ajuda da Maçã.

Tudo no comportamento do FBI é suspeito. A audiência que aconteceria no dia 22 de março (véspera do evento da Apple), foi adiada na última hora pela agência de investigação. Isso porque eles afirmaram que iriam testar uma nova maneira de invadir o telefone, sem ter que obrigar a empresa.

De fato, eles procuraram uma empresa israelense que usa um método de clonagem de memória flash para repetir diversas vezes tentativas de senha, sem perder os dados depois de 10 senhas erradas. Pelo que se diz por aí, o FBI pagou milhares de dólares por essa forma de invasão.

A questão toda é que a mesma técnica já tinha sido sugerida por Edward Snowden semanas antes, quando ele afirmava que “se o FBI quisesse, ele não precisaria da Apple para invadir o iPhone. Tudo isso é apenas pretexto para a Maçã criar um backdoor de controle”. Se lembrarmos que um dos argumentos mais fortes no início era que “apenas a Apple pode invadir o aparelho”, é de se estranhar eles terem tentado levar tudo isso até o último minuto e depois simplesmente desistir.

E agora que eles conseguiram ver o que tem dentro do iPhone 5c de San Bernardino, eles mostrarão alguma informação importante que estava escondida, que justificaria toda essa batalha? Duvido muito.

Parece claro que a intenção era apenas intimidar a Apple. Talvez eles não esperassem esta reação corajosa da empresa, coisa que nenhuma tinha feito antes, de peitar publicamente um pedido que poderia colocar em risco a privacidade mundial.

Fim de uma batalha, mas não da guerra. A Apple sai mais forte do que nunca na defesa da criptografia, e até mesmo esta nova maneira de invasão poderá servir para reforçar ainda mais a segurança do iPhone no futuro.

No recente atentado na Bélgica, algo que chamou a atenção foi que os terroristas não usavam nenhum tipo de criptografia. Apenas celulares descartáveis que foram destruídos momentos antes de morrerem. Ou seja, enfraquecer a criptografia só prejudica pessoas e empresas de bem, não os criminosos.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Obrigado pelo artigo. Quando eu li a matéria no New York Post e no Mashable minutos depois de ter acontecido, eu rapidamente a enviei para o e-mail do blog. Eu tinha meu pensamento diferente àquela altura, mas essa matéria feita pelo blog do iPhone me fez pensar sobre um novo aspecto. Parabéns pela matéria.

  • No fim, todos perdemos.

    • Gerinho Faustino

      Claro que não, perderíamos se a Apple tivesse cedido para o fbi e criado um backdoor, aí sim estaríamos lascados.

      • Verdade, mas mesmo assim uma empresa terceirizada pode ajudar o governo com seus serviços como aconteceu. Ou como foi o caso do McAfee que ofereceu de graça. De um jeito ou de outro, sabemos que é possível desbloqueá-lo (como Edward Snowden frisou).

        • Welington

          Se o que diz o texto é verdade, não vejo problema pois o medo era de uma invasão em massa se a apple tivesse feito um programa/hardware de acesso, ja neste caso é bem diferente pois para invasão eles tem que ter o aparelho em mãos, continuamos protegidos.

          • Na verdade, se a Apple tivesse criado uma “chave” que permitisse entrar oficialmente no sistema, ela poderia ser usada quando se quisesse. Mas com uma solução não oficial, significa que a Apple pode ainda fechar a brecha e no futuro essa solução não funcionar mais.

            Nenhum sistema é inviolável, todos nós sabemos disso, e não será o da Apple também. Sempre existirão brechas (como prova o jailbreak). A diferença é que essas brechas, quando são descobertas, podem ser fechadas. Se existisse uma “chave oficial”, não teria como consertar isso.

            • AurelioLMF

              Esclareceu minha dúvida quanto a isso, iLex… Por isso sempre mantenho e falo para deixarem seus gadgets sempre atualizados, por mais que tenha bug…

      • Um indivíduo não deveria ter mais direito que o todo.

        • Jrbs

          Pela sua ótica, o FBI (os EUA) não tem mais direito que os milhões de usuários espalhados pelo mundo. E foi isso que a Apple colocou na balança. E o método pedido pelo FBI abrangeria a todos os usuários.

    • Diego Azevedo

      No fim, todos ganhamos.

      O FBI conseguiu as informações que queria usando força bruta -> Bom para eles.
      Os milhares de usuários da Apple, e milhões de usuários de tecnologia não tiveram sua privacidade e segurança comprometidas com uma solução oficial -> Bom para todos nós.

  • André Luíz

    Eles conseguiram por meios próprios desbloquearem o iPhone. Privacidade dos usuários foi totalmente comprometida. E acredito que seja só o começo.

  • Lu Lu

    Isso na verdade,é uma vergonha para a Apple,já que ela disse inúmeras vezes que nem ela pode acessar um iPhone e que é impossível. Prevejo uma segurança bruta no iOS 10 depois dessa

    • Você está equivocado.
      O que a Apple disse é que ela não consegue ter acesso aos dados contidos dentro de um iPhone, pois os dados estão encriptados. É claro que, por força bruta ou outro tipo de hack que venha a ser descoberto, poderia-se burlar a senha do aparelho e aí liberar a criptografia do aparelho (que foi o que o FBI fez).

      Nada do que a Apple disse se contradiz até o momento. Ela nunca disse “nosso sistema é inviolável e impossível de ser invadido”. Ela só afirmou que, do jeito que o iOS é feito, ela (Apple) não tem acesso aos dados dos usuários. E isso é verdade.

      Sugiro ter mais cuidado do que você lê, para conseguir uma melhor interpretação do que é escrito.

  • Texto: o carro é azul

    Comentários: não acredito que o carro é vermelho – isso do carro vermelho é absurdo – se steve jobs tivesse vivo o carro não seria vermelho

    • Fabio Hori

      Não é? Eu ia fazer um comentário a respeito disso, mas você resumiu bem. Acho que as pessoas não leram (como sempre) a matéria e já saíram comentando.

  • Jorge Ne

    Apple: “eu sei desbloquear, mas não posso… Porém, se você fizer assim……”
    Óbvio q a Apple ajudou e fizeram um acordo!

    • Opinião baseada no quê mesmo?

      • Jorge Ne

        Baseado q eles tiveram q entrar na justiça e a propria apple informou q nem ela mesmo poderia fazer isso! Caso eles conseguissem fazer isso eles nem na justiça entravam!!
        agora vem um cara do FBI e faz?
        Alias pq retiraram o processo agora?
        é so a apple atualizar o sistema de segurança e novamente irão entrar na justiça?
        conte me outra!! afff

  • Alex Mclennan Valentim

    Tenho certeza que pediram ajuda ao Walter O’brien… kkkkkkkk!

  • Tiago Pimenta

    E JB pro iOS 9.3 que é bom nada !!! *rs*

  • Fabio Hori

    Enquanto isso na República das Bananas…

  • Rudimar Serves

    Tem coisa aí! O texto do blog tá muito bom. Mas o FBI tem de explicar como um órgão de defesa acaba com a privacidade de qualquer cidadão e fica por isso mesmo! Parece que a República das Bananas tá fazendo escola mundo a fora!

    • Carlos Barreto

      Como assim?

    • O FBI não é um órgão de defesa. É uma Agência Federal de Investigação que tem como Direção Superior o Departamento de Justiça dos EUA. E tem jurisdição investigativa sobre as violações de mais de duzentas categorias de crimes federais. O “cidadão”, segundo você, que teve o celular desbloqueado, era um terrotista, no qual participou dos ataques de San Bernardino, CA junto com a esposa.

  • Vinicius Cabrera

    Interpretação de texto, a gente não vê por aqui…

  • Celso Pimentel

    O auê que a apple fez como se sem eles fosse impossível craquear o iphone virou um imenso tiro no pé. Agora só sobrou a “honra” da empresa, se é que ela tem.

    • Eu discordo de você.
      Fiz um comentário ao usuário (usuária?) Lu Lu aqui mesmo nessa página, que responde bem ao que você disse.

  • Marcelo_iOS

    FBI = Fomos Bem Ignorantes (mas o interesse público prevaleceu sobre o privado, resguardando questões internas da empresa e de milhões de usuários). Acharam uma alternativa para solucionar a questão, sem impor unilateral e coercitivamente um ato contrário à segurança mundial e do sistema criptográfico em geral? O bom senso prevaleceu, fim de papo: Tim Cock e Apple, vcs nunca tiveram tanto meu respeito como agora. A empresa respeitou não apenas os usuários, mas os métodos de segurança adotados, que o iOS 10 venha mais forte do que nunca! ? ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️ ?

  • Bruno

    Off-Topic: Só eu que acho que “aquele site da globo.com que fala de tecnologia” é pago pela Samsung pra falar mal do iPhone todo dia?

  • Renato Faria

    Só eu que estou achando que a Apple fez um acordo com o Departamento de Justiça americano? Acredito sim que entraram num acordo do tipo: vcs não nos processam e não peçam publicamente um backdoor para nosso sistema que em contrapartida nós desbloquearemos os iphones caso a caso conforme a solicitação do departamento de justiça. Assim todos saem ganhando. A imagem da Apple não é arranhada e o FBI e outros órgãos do governo americano terão acesso às informações que eles quiserem.

    • Diego Azevedo

      Acho pouco provável. Se o FBI estivesse certo de ganhar o processo, não ia querer perder a oportunidade de criar o precedente, podendo estender para todas as empresas de TI americanas. Como o único que podia acabar com o processo era o FBI, ele desistir mostra que o terreno não era o mais favorável para criar esse precedente.

      Minha opinião: O FBI viu que as chances de ganhar o caso despencaram, e continuar com o caso ia criar um precedente contrário ao que eles desejavam. Era melhor abandonar essa batalha, esperar outra situação favorável e procurar outra empresa menos disposta a brigar.

      • Renato Faria

        Na verdade o processo era do Departamento de Justiça americano. E eles só desistiram pq conseguiram o que queriam para o momento, desbloquear o iphone do Farook. Claro que é apenas a minha opinião baseada na conduta governamental dos EUA, mas acredito que ouve acordo sim, o departamento de justiça não sairia de mãos vazias disso tudo, talvez o processo em si foi para demonstrar à Apple o quanto estavam dispostos a brigar pelas informações que eles querem. Pedir para Apple criar um backdoor talvez fosse apenas o “bode na sala” para no final costurar um acordo de cooperação da Apple. Se fazia parte da política dos EUA espionar até países aliados, imagina se eles não submeteriam uma empresa norte-americana à vontade deles. Não sei, me parece um pouco de ingenuidade achar que as coisas são tão claras como elas aparentam.

        • Diego Azevedo

          O FBI é um braço do DOJ. E o que eles queriam nunca foi desbloquear um único iPhone. O processo sempre foi buscando o precedente. Precedente esse que tornaria ainda mais fácil a espionagem de tudo e todos (inclusive de seus aliados, como é a prática).

          E é por isso que o DOJ/FBI saiu de mãos abanando. Porque a alternativa era levar o processo até o final, correndo sérios riscos de perder, marcando um precedente oposto do que eles queriam. Era melhor sair com nada do que com um tiro no próprio pé.

          Se você procurar um pouco mais, vai descobrir a empresa e o valor contratado para o desbloqueio do celular, mostrando que a suspeita de um desbloqueio por baixo dos panos muito improvável. Na verdade, é apenas uma “teoria da conspiração” sem nenhuma base além de achismo.

          • Renato Faria

            Só o tempo dirá ou um novo Snowden. Que revelou inúmeras teorias da conspiração, baseadas no achismo 😉

    • Não diretamente, mas a Apple pode sim, ter indicado a empresa para o desbloqueio do iPhone.

  • Jrbs

    A Apple cumpriu com o papel dela diante de milhares de usuários. Saiu mais fortalecida do processo. Eu sempre achei tudo jogo de cena do FBI, como bem disse o Snowden. É bom lembrar que nos EUA eles trilham pela legalidade e qualquer movimento errado das autoridades as provas iriam para o ralo.

  • Leonardo Vieira

    Deixando o fanatismo de lado, que é o que o Blog procura despertar nas pessoas e é o que faz ele ganhar seguidores. Não duvido que tenha sido um acordo feito entre o FBI e a Apple para que o iPhone tenha sido desbloqueado. A Apple desbloqueou o iPhone para acabar o caso porque se a justiça confirmasse a ordem de desbloquear e criar o tal do govOS seria difícil explicar para os consumidores. EUA + FBI = ELES CONSEGUEM O QUE QUEREM.

    • Leonardo, desprezar os argumentos das pessoas não dá força à sua opinião, se ela não for reforçada com contra-argumentos fortes, coisa que você não apresentou.

      Faça um esforço e coloque a sua cabeça para funcionar um pouquinho, sem ser agressivo. Não é difícil.

      Em nenhum momento o texto usa de técnicas de fanatismo. Não precisa ser muito inteligente para perceber que há nele a descrição de FATOS e ARGUMENTOS. E você não é obrigado a concordar com eles, óbvio. Se você tem algum ponto para nos apontar, por favor, FAÇA ISSO. Todos nós aprenderíamos com sua infinita sabedoria. Mas usando ARGUMENTOS inteligentes e válidos, não agressões.

      Dizer que o blog “procura despertar o fanatismo nas pessoas”, ignorando os argumentos do texto, é de uma limitação intelectual tão grande, que não leva a discussão a lugar nenhum. Tenho certeza que você pode mais do que isso, Leonardo.

    • Diego Azevedo

      Claro, e o FBI estaria interessadíssimo em fechar esse acordo com a Apple porque mesmo?

      Se o FBI acreditasse que iria ganhar no tribunal, iriam abrir precedente para obrigar qualquer empresa de TI americana a criar um backdoor, que é o sonho deles. Desistir no meio do processo mostra o oposto, que a Apple tinha muito mais chances de ganhar na corte, criando o precedente contrário ao que o FBI queria.

  • frederico

    FBI desistiu muito rápido. Aí veio o IOS novo. Para mim (sei que sou leigo), mas não duvido que a Apple tenha liberado esta porta dos fundos (obrigado pelo governo) nesta atualização. O FBI então disse que desistiu para não queimar a Apple.

  • Christiano

    iOS inviolável só pra quem não sabe o que esta falando. Mais seguro dos sistemas móveis, sem dúvida alguma! Se houve ou não um acordo entre a Apple e o FBI pouco importa. O que realmente vale ressaltar é o grande poder que o ambiente tem de resguardar as informações hospedadas nele ou nas nuvens da Apple.