Notícias

Lançamento do iPad Pro será mesmo na quarta, dia 11 de novembro, em 48 países

A Apple confirmou hoje a data de lançamento do iPad Pro na próxima quarta-feira, dia 11, na sua loja online. Mas ele só ficará disponível mesmo dois dias depois, na sexta, quando será disponibilizado também nas lojas físicas.

O lançamento acontece em um número enorme de países, quase 50, mas não é surpresa dizer que o Brasil não está entre eles.

A data já era cogitada, mas rumores mais recentes afirmavam que ele chegaria às lojas apenas no dia 13. No fim, os dois rumores estavam certos. As nações que recebem agora o iPad Pro serão:

  1. Anguilla
  2. Antígua e Barbuda
  3. Austrália
  4. Áustria
  5. Bélgica
  6. Canadá
  7. Ilhas Cayman
  8. China
  9. República Checa
  10. Dinamarca
  11. El Salvador
  12. Finlândia
  13. França
  14. Alemanha
  15. Gibraltar
  16. Groenlândia
  17. Guatemala
  18. Hong Kong
  19. Hungria
  20. Irlanda
  21. Ilha de Man
  22. Itália
  23. Japão
  24. Liechtenstein
  25. Luxemburgo
  26. Malásia
  27. México
  28. Mônaco
  29. Holanda
  30. Nova Zelândia
  31. Noruega
  32. Polônia
  33. Portugal
  34. Porto Rico
  35. Rússia
  36. Singapura
  37. Eslovênia
  38. Espanha
  39. Suécia
  40. Suíça
  41. Tailândia
  42. Trinidad e Tobago
  43. Turquia
  44. Emirados Árabes Unidos
  45. Estados Unidos
  46. Reino Unido
  47. Uruguai
  48. Ilhas Virgens americanas

O iPad Pro é uma versão maior do iPad que já conhecemos, trazendo uma tela de 12,9 polegadas e 4GB de memória RAM. Alguns acessórios só funcionam com ele, como o Apple Pencil e o teclado Smart Keyboard.

Não se sabe as razões do Brasil ainda não ter sido incluído na lista, visto que o modelo já foi aprovado pela Anatel. É possível que o fato do iPhone 6s já ter lançamento marcado para o dia 13 de novembro seja um dos fatores que fizeram a Apple segurar o iPad Pro por enquanto.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados