Desde o lançamento do Apple Watch, em abril, a empresa abriu algumas lojas especiais especificamente para o relógio, em cidades como Paris, Tóquio e Londres. Esta última nós tivemos a oportunidade de conhecer durante a cobertura do lançamento do iPhone 6s, e trazemos para vocês algumas imagens de como ela é por dentro.

Na verdade, a Apple não as chama de “Watch Store“, nem dá nenhum nome específico para elas, apenas trata-as como uma loja normal focada em um público selecionado e que não quer se sujeitar à “muvuca” das Apple Stores clássicas, recheadas de visitantes. Mas mesmo voltadas a um público menor, os preços e condições de compra são exatamente os mesmos de qualquer outra loja. A que fomos, é chamada de “Apple Watch at Selfridges“, por ficar dentro da famosa loja de departamentos de mesmo nome.

watchstore_2

A decoração, no entanto, é especial e bem diferente das Apple Stores normais. As paredes são decoradas com belas vitrines florais, talvez tentando atingir um público que não é necessariamente amante de tecnologia.

watchstore_5 watchstore_6 watchstore_7

No centro, mesas expositoras permitem visualizar os diferentes modelos de relógios, que são colocados sob um vidro no centro.

watchstore_4 watchstore_3

Mas, apesar da loja ser assumidamente voltada para o Watch, o novo iPhone 6s também pode ser comprado ali, excepcionalmente. Mas é o único modelo disponível, talvez porque a Apple tenha intenção de incentivar a compra dele em quem entrou na loja atraído pelo relógio. É de se entender, principalmente porque o usuário precisa do iPhone para fazer o relógio funcionar, e um cliente que nunca usou nada da Apple resolver comprar o relógio, vai ter que levar também um iPhone.

watchstore_8 watchstore_9

Muitos seguranças e funcionários vestidos de forma diferente do que estamos acostumados. Fora isso (e a decoração), é uma loja normal da Apple, em que qualquer um pode entrar e comprar o seu relógio ou iPhone 6s. Mas claro, não é voltada para o público interessado em resolver problemas com seus dispositivos ou aprender como funciona um MacBook, como é aquele que costuma frequentar as lojas da Apple.

Se você passar por Londres, Paris ou Tóquio, aproveite para visitar estas lojas, nem que seja apenas por curiosidade. 😉

Conteúdo original © Blog do iPhone — Imagens de Marcus Mendes