Notícias

Apple divulga os preços oficiais do Apple Watch no Brasil

Depois de muita espera (e muita gente chutando valores por aí), finalmente a Apple divulgou nesta sexta os preços oficiais do Apple Watch no Brasil. E como esperávamos, eles são bem altos.

Ainda não foi divulgada nenhuma data de lançamento, mas os preços já aparecem na página da Apple. Eles começam a partir de R$2.899 e chegam (segure-se na cadeira agora) a incríveis R$135.000. Isso mesmo, centoetrintaecincomilreais…

Apple Watch

Confira a lista parcial de preços:

Modelo Preço
Sport 38mm prateado, cinza espacial, rosé ou dourado R$ 2.899,00
Sport 42mm prateado, cinza espacial, rosé ou dourado R$ 3.299,00
Apple Watch 38mm básico R$ 4.599,00
Apple Watch 42mm básico R$ 4.999,00
Apple Watch 38mm pulseira castanha de couro R$ 5.399,00
Apple Watch 42mm pulseira castanha de couro R$ 5.799,00
Apple Watch 38mm pulseira de elos R$ 7.899,00
Apple Watch 42mm pulseira de elos R$ 8.299,00
Edition 38mm pulseira esportiva R$ 80.000,00
Edition 42mm pulseira esportiva R$ 95.000,00
Edition 38mm pulseira areia e fecho moderno R$ 135.000,00
Edition 42mm pulseira azul meia-noite R$ 120.000,00

.
É claro que, com a atual disparada do dólar, não é nenhuma surpresa preços assim. Para a lista completa, com as diferentes variações de estilos e pulseiras, veja na página da Apple. Para aqueles que estão interessados no modelo de ouro, lembramos que pagamentos à vista tem 10% de desconto…

Ainda não é possível comprar nenhum relógio, mas é bem possível que o lançamento oficial em nosso país aconteça em breve. Agora é esperar.

Dica do Marcus Paulo e do Rob Simões

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Guilherme

    Impraticável (pelo menos para mim).

    • Alan Fernandes

      Pra mim é impraticável também.

    • Apple Watch 42mm ***básico*** = R$ 4.999,00.

      Eu li BÁSICO por R$ 4.999,00?

      Ok. Totalmente impraticável pra mim também.

      • Alexandre Oliveira

        Preços Ridículos! Posso parcelar em 2 ou 3 vidas?

    • Ricardo Diemer

      Simplesmente fora da realidade brasileira.

  • Alex Mendes

    Amo produtos Apple! Mas é um absurdo esse preço.

  • Henrique A.

    E o Watch OS2…? Nada?!

    • Alex Alves de Lima

      só para quem ja baixou o perfil. Eu baixei e tá show

      • Ricardo Marcílio De Britto

        Mas não tem como dar Downgrade né? Já tem aplicativo rodando nativamente?

        • Alex Alves de Lima

          Não tem. Já sim

      • Ronilton Ayres

        Onde vc baixou o perfil?

      • Henrique A.

        Como assim?? Que perfil??

        • Alex Alves de Lima

          Nao sou developer. Eu garimpei o perfil e achei de onde baixar. To no watchOS2

      • Guilherme Salles

        Como assim perfil?

        • Alex Alves de Lima

          Eu garimpei o perfil e achei de onde baixar. To no watchOS 2

  • Djalma Dias Freitas

    Barato, vou vender a casa pra comprar um edition… Kkkkkkkk
    Deixando a brincadeira de lado, não entendo pq uma pessoa compraria um relógio tão caro, sabendo que daqui a uns 5 anos vai estar com a tecnologia totalmente ultrapassada…

    • O Edition é voltado para um público que existe, mas nós, simples proletários, nunca entenderemos.

      • Foi um dos melhores comentários que li.

      • JP

        Que publico seria esse? Preço nessa industria esta ligado a tradicao, marca, movimento, montagem totalmente manual e principalmente exclusividade.

        O apple watch não se encaixa em nenhum deles.

        • Você está considerando o público errado.
          Em nenhum momento eu falei que este público era formado por amantes e entendidos de relógios.

          Se você imaginar que existem pessoas que gastam R$ 50.000 em apenas uma noite, só para poder ficar em uma cabine VIP na balada, você irá perceber que não podemos nunca julgar o mundo baseado apenas na nossa realidade.

          • Na minha época de estágio eu ouvia falar de estagiário que economizava o mês inteiro pra torra em uma noite numa balada boa. Se a gente tirar daí o tanto de coisa que pode dar.

          • Jeferson de Chaves

            Bom, realmente é bem dificil acreditar que existe pessoas que pagam esse “valor”. Porém, é super normal, um exemplo bem simples são as canetas Mont Blanc, se por um Apple Watch essa galerinha já faz um fuzuê, imagina se soubessem o preço de um “simples” instrumento de escrita.

        • Fabianno Cabral

          Pior que existe, e vamos ver muito por ai( na Elite). O edition tem um valor mais simbólico, já não se enquadra no quesito relógio e sim Joia. Para esse público será visto assim, e já mais vão usar no dia a dia.

          • Alex Alves de Lima

            Eu usaria se tivesse. Mas eu vejo como gadget apple e que em 2016 haverá outro melhor.

      • Cassio Delmanto

        E muito provavelmente esse público que dispõe de tamanha grana pra um relógio vai perceber rapidinho que é mais barato ir pro exterior, comprar lá e com o troco ainda pegar um carro 0km aqui no Brasil… hahahaha… duvido que a Apple vá vender um sequer desses por esse preço…

        • Daniel Alves de Andrade

          Nossa é tão difícil assim pra vc aceitar? Artigos caros assim vendem… Se fosse do jeito q vc fala não se venderiam Ferraris, Lamborguinis, Iates no Brasil… O rico mudaria para os EUA, Canadá e teria lá q sai mais barato… O rico não vai ir para outro lugar buscar um relógio pra economizar um trocado… Claro q se viajar pode aproveitar pra trazer… Agora se a filha de 15 anos quer um e a viajem é só mês que vem e ela não quer esperar, vai no shopping e compra um… Eu não pagaria esse valor no relógio, mas moro num bairro cheio de gente muita rica que compra essas coisas…. Esses 135 mil é dinheiro de pinga para quem tem bilhões… Como iLex disse: não julgue o mundo por sua realidade.

          • Cassio Delmanto

            Sério que você acha a mesma coisa comprar um carro ou iate no Brasil e um relógio? É evidente que alguém rico que more no Brasil, trabalhe no Brasil e tenha vida no Brasil, não vai mudar de país pra comprar uma Ferrari… analogia totalmente absurda a sua… e não estou falando em ‘economizar’ um trocado… colecionadores de relógios de luxo, Patek Philippe e afins, viajam a trazem tudo de fora… os ‘trocados’ que você fala são suficientes pra se pegar outro relógio bastante caro… mas você está certo, no final das contas, estou julgando os outros pela minha realidade… afinal, costumo pensar que ninguém fica rico jogando dinheiro no esgoto…

            • Ele não está de todo certo não Cassio, conheço algumas pessoas que optam por importar, de forma direta, carros mais caros a comprar de uma concessionária aqui, gera uma economia razoável. A analogia ficou um absurda mesmo. Fechou com chave de ouro.

            • Victor Zavecz

              Concordo plenamente contigo.

              Nos EUA, sai metade do que sairá na Banânia?

              Quem tem dinheiro pra se dispor a comprar um Watch Edition aqui não tem porque não ir aos EUA e comprar lá.

              Com o “troco”, você ainda faz uma senhora viagem.

        • Alex Alves de Lima

          Pior que vai vender. Mesmo no exterior custando a metade do preço ha quem vá comprar aqui

          • Fabio Ricardo Bulgaron

            Claro que vai. O significado de “valor” pro pobre é bem diferente pro rico!

        • Fabio Ricardo Bulgaron

          Cassio, sua lógica é perfeitamente correta. Mas perceba que pra quem dispõe de MUITA grana, nem sempre o valor do produto é o principal a se considerar! Até porque o consumidor entende por “valor” várias coisas: entrega, garantia, status, e por aí vai… Vide lojas da Louis Vuiton venderem bolsas absurdamente caras neste país.

          • Cassio Delmanto

            realmente, Fabio… o mercado de alto luxo se mantém no Brasil mesmo cobrando bem mais caro pelas coisas… e posso estar totalmente enganado e a Apple vender todos os Edition no Brasil… vai saber… mas ainda acho que a maioria dos usuários do Edition, se é que veremos algum, vai ter comprado tudo no exterior… hahaha… e isto continua sendo mero achismo meu…

        • Leonardo F. M.

          Exatamente! A pessoa que dispõe dessa grana certamente estará no exterior no mês que vem passeando no seu mês “sabático” e compra lá junto com um zilhão de outras coisas que ela estará economizando se comprasse aqui!

          Alias, desculpa, não é porque a pessoa tem dinheiro pra torrar que ela vai gastar tanta grana nisso, afinal o cara tem grana mas se tiver que comprar algo para se aparecer na balada ou na academia ele vai comprar é um Rolex ou um Omega!
          Por mais que seja modinha, eu ainda acho que o cara pode ser rico e exibicionista, mas não é burro! Gastar 10.000 vá lá, mas o preço de uma Hilux top!? Sei não.

      • Fabianno Cabral

        Pior que existe, e vamos ver muito por ai( na Elite). O edition tem um valor mais voltado para questão simbólica que o relógio vai ter para pessoas que tem esse poder de compra. Ele não é mais visto como um relógio e sim como uma Joia que se dá.

    • Rodrigo Pimenta

      Concordo com você…faz todo sentido, visto que o relógio é tecnologia embarcada e que daqui 2 anos já ficou obsoleto..

    • Gustavo Rezende

      Pelo mesmo motivo que paga o que vale um iPhone no Brasil, não vejo diferença, você vê?

      • Molinaro

        Sério que você comprara um SmartPhone com um SmartWatch?

        • Gustavo Rezende

          @disqus_iG0qbF5VH5:disqus, não estou comparando as duas coisas simplesmente como posso me ter dado a entender, eu quis dizer apenas no ponto de vista de gastar dinheiro com um relógio tão caro como @djalmadija:disqus se referiu, onde olhando pelo lado da obsolescência programada, que daqui a 5 anos, o relógio estará defasado, mas para mim o celular também, então dá na mesma para uma pessoa que pode pagar R$ 3.000,00 em um iPhone e mais 3 mil em um Watch, já quem tem que escolher um dos dois, aí creio que praticamente todo mundo escolheria o celular, até porque não tem muito sentido usar o relógio sozinho.
          Eu particularmente compraria o Watch no valor dos EUA se o dólar estivesse mais baixo, mas não pagaria o valor praticado no Brasil, e sobre a versão Edition, nem se eu fosse milionário. 😄

    • Luiz Fernando Ferreira

      Com esse dinheiro eu viajo pros EUA, compro todos os produtos da Apple e ainda volto com um troco

    • Realmente pagar 135mil é complicado… É diferente de um rolex que apesar de custar até mais que isso dependendo do modelo, é um relógio para vida toda, e não algo que daqui um ou dois anos estará defasado por um modelo novo, e daqui uns 5 anos nem será mais “usavel”

    • Carlos Frederico

      Seu comentário é interessante e dá uma boa discussão. Na realidade o que eu realmente não entendo é o seguinte: do ponto de vista funcional, o  Watch dá um banho em TODOS os outros relógios, sejam eles mecânicos e digitais. Como se não bastasse, ainda dá para ver as horas!!! Então, daqui 5 anos ou 10 anos, o  Watch que você comprou CONTINUA sendo um relógio. Em relação às outras funcionalidades, aí são outros quinhentos.

      Eu acho extremamente vago comparar o relógio da maçã com outros relógios. O da maçã só faz uma função de relógio. Isso aí é um MINI-COMPUTADOR de pulso, sendo mais rápido que computadores que ocupavam uma sala inteira no passado.

      Por isso que eu acho que não tem o menor cabimento ficar comparando o  Watch com outros relógios e que daqui 5 anos ele não vai valer “nada”. Como relógio, ele dura o tempo que você quiser, mesmo que a bateria fique arriada: só usar o modo de economia de energia.

      E, agora, a parte que você não entende: para quem ganha milhões de reais por mês, eu te pergunto: o que é 135 mil reais? Troco de pinga ué. Não tem mágica: quanto mais você ganha, os valores altos passam a ser comuns. E para quem gosta de ostentar, a Apple consegue unir as duas coisas: uma qualidade suprema que é acessível para as massas E ainda serve para ostentar, tendo uma versão igual, porém com materiais que não alteram a funcionalidade, mas dão o brilho da ostentação.

      • Djalma Dias Freitas

        Esses argumentos são de uma pessoa que teve seu senso crítico influenciado pela paixão. São 135 mil em um relógio que em cinco anos terá que colocar em modo de baixa economia para ver as horas, um rolex dura 100 anos e ainda, possivelmente, quando for vender não vai perder nada. Isso sim é qualidade suprema… Vou te dar outro exemplo de preço abusivo, tenho um iPad Air e o cabo dele parou de funcionar, o cabo original que a Apple manda é quase descartável. Esse mesmo cabo descartável custa 99 reais no site, não é mini-computador, não tem tecnologia embutida, nem qualidade suprema. Pior, é quase inviável recarregar com cabo paralelo…

        • Carlos Frederico

          Não é paixão, é compreensão da realidade como um todo. Você praticamente desconsidera tudo ao afirmar que são 135 mil reais e ponto. Veja que eu estou dizendo de forma racional, não dizendo que eu CONCORDO com isso :). Não concordo de forma alguma, mas veja: o que é 135 mil reais para quem ganha milhões mensalmente? É esse o ponto. Por isso que vende. O nosso país é campeão mundial em desigualdade social, algo bem diferente dos países de primeiro mundo. E por isso que temos esse cenário absurdo onde carros bons no primeiro mundo custam uma mixaria e aqui é sinônimo de ostentação.

          Em relação a qualidade suprema, vai de cada um como cuida das coisas. Muitas pessoas sequer possuem cuidados básicos com o cabo, colocando-os no sol durante oito horas diárias. “Esqueci no carro”. Aí não há cabo que aguente mesmo. Em termos de qualidade, a Apple está em outro patamar e isso não é nenhuma paixão não: basta comparar o ecossistema e o material utilizado. O  Watch utiliza materiais e tecnologias que jamais seriam acessíveis para nós, meros mortais (eu incluso) se não fosse pela estratégia da Apple e, claro, outras empresas. O pessoal tende achar que Apple é luxo, mas não é: só aqui que acontece o mesmo problema dos carros: uma “porcaria” de Corolla vira carro de ostentação, quando lá fora é popular, comum.

          Quanto ao rolex, bem, isso é pessoal. Eu jamais compraria um rolex. Sequer daria um centavo para ele. Eu sou adepto de tecnologia, não de ostentação e muito menos tradição. Mas respeito quem gosta. As pessoas devem se sentir bem consigo mesmas :).

          E é por isso que, de novo, não tem como comparar com um rolex…

          • Andherson Ojeda

            Excelente comentário Carlos. Eu também não compraria um Rolex em nenhuma hipótese! Já o Apple Watch…

        • Carlos Gabriel Arpini

          Interessante a comparação: O cabo nos EUA custa US$ 20.00 + impostos. Fazendo apenas a conversão direta, sem frete, sem impostos, inclusive de importação, considerando o dólar a R$ 4,00, temos R$ 80,00. Adicionando todo o resto, até que R$ 99,00 não está tão caro, não?

          • mas acho que se vc comparar o poder de comprar americano com o brasileiro a situação muda. Tipo: Alguém que ganha R$ 1.000,00 e o americano que ganha US$ 1.000,00 ou mesmo o salário mínimo de ambos. Aí vc vai perceber que a coisa muda de figura.

            • Carlos Gabriel Arpini

              Em economia isso é chamado de PPC – paridade do poder de compra. É uma análise mais ou menos complexa que leva em conta uma série de fatores, desde um índice qualquer até serviços fornecidos pelo estado/custeados pelo cidadão. A coisa são é tão simples quanto comparar salário-mínimo ou índice Big-Mac.

              Um fato que pouca gente lembra é que nos EUA a tributação é forte na renda e baixa no consumo – o deduzido do seu salário é grande mas o que o que você consome tem pouca tributação. No Brasil ocorre mais ou menos inverso, tributa-se a renda mas mais o consumo – com o agravante que a faixa “isento” de IRPF é bem grande. Em compensação tributa-se bastante o consumo.

              Em resumo, o assunto é mais complexo que comparar o valor A e o valor B.

        • Fabricio Bezerra

          eu uso cabos da iluv e da griffin que tem qualidade superior ao original da apple carrego ipad e iphone com eles sem problema.

      • JP

        Cara, fiz questão de criar uma conta para poder responder esse seu comentário.

        O dia que você colocar um relógio de verdade no pulso vai ver que nada se compara a isso, é uma sensação totalmente diferente, um suíço automatico, não pode nem sequer ser comparado a um Apple Watch.

        Separamos os homens dos meninos muitas vezes pelo relógio, Apple Watch é para você usar na academia ou enquanto faz algum exercicio físico, por isso o ouro aí beira o despropósito total.

        Fato é, Apple Watch pode ser tecnologicamente mais avançado que um Patek, mas na prática, pode fazer a mesma função de VC de 100 mil dólares, alias isso não quer dizer absolutamente nada, um casio de 100 dolares faz a mesma funcao de um Daytona de 30.000 dolares.

        135 mil reais em um relógio desses nao faz o MENOR sentido para NINGUEM, simplesmente porque ano que vem a apple vai lancar o apple watch 2 e ai o sport do ano que vem vai ser superior ao seu eddtiion de 135 mil reais, ah mas ele nao tem ouro ne? Da uma olhadinha em quanto de ouro tem ai e dps vemos.

      • JP

        E digo mais quem ganha milhões mesmo esta pouco se lixando se o Apple Watch dele tem ouro ou não, mesmo entre os relogios de altissimo luxo o ouro e visto como algo bem OVER, as vezes ate deselegante, sendo preterido pela platina e ate mesmo o aço

      • JP

        Ostentar com apple watch edition? Dependendo do seu circulo de amizades vc vai e passar vergonha se dizer que pagou 135k em um relogios desses, preço de patek medium lá fora mesmo com dolar 4 reais, estamos falando de 35k dolares.

        • Carlos Frederico

          JP, primeiramente, obrigado por criar a conta. Sério, quanto mais discussão saudável, melhor!

          Quando você, que parece ser um bom entendedor de relógios, disse que não tem nem como comparar um  Watch com um relógio de alto nível, eu só não concordo contigo como também relembro: não dá pra comparar com um rolex da vida, etc. São metas diferentes. Mas você não há de concordar que, querendo ou não, esses relógios que você mencionou são valorizados muito mais por causa da tradição e qualidade do que qualquer outra coisa, correto? Eu usava relógio, e o que eu gostava eram os mais digitais que faziam alguma coisa além de mostrar as benditas horas. Quem gosta de usar porque é relógio, continue usando. Não julgo quem pagaria 10k num rolex ou essas marcas mencionadas por você. Mas eu não daria um tostão e, se ganhasse de presente um, venderia kkkkk!

          Quanto ao fato de ser lançado o Apple Watch 2 ano que vem, se é que isso vai acontecer, pois a Apple deixou uma missão importante para as pulseiras, isso pouco importa para quem torra 135k, não é mesmo? Oras bolas, o cara que pode isso recebe milhões por mês.

          Em relação à ostentação… putz, a ostentação é algo extremamente cultural, subjetivo e, se formos parar para filosofar, completamente inútil. A ostentação só existe pela problemática sociedade que temos como um todo. Como algo psicológico do ser humano que precisa de algo para se sobressair. Triste, mas é uma futilidade que move mercados… e chegamos onde eu quero: qual o problema da Apple querer se aproveitar disso? Muito pelo contrário! Se um relógio – ops, mini-computador de pulso – que custa 349 dólares (acessível para alguém que trabalha no braçal) faz a MESMA coisa que um de 10 mil dólares – que é vendido para quem quer se ostentar ou gosta de luxo -, eu tenho de tirar o chapéu para a Apple, afinal de contas, ela consegue agradar e atingir todo o público.

          Só que aqui no Brasil, como eu disse, a coisa foge desse limite: somos um dos campeões em desigualdade social!

          Veja que em momento nenhum eu apoiei o preço. Acho um absurdo. Mas vai vender. Nosso sistema precisa de uma mega reforma educacional para que esses absurdos não aconteçam / sejam permitidos.

          Queria escrever mais, mas aí vai ficar cansativo kkkkk! JP, só para filosofar: o que é ostentação? Você dá um exemplo aí que dependendo do círculo de amizade, um  Watch Edition vai te fazer passar vergonha… oras bolas, e isso importa? 135 mil pro cara é troco de pão. E se ele se importa ainda em passar vergonha porque gastou tudo isso (que, mais uma vez, é um preço ridículo que nosso sistema permitiu), porra, então o patamar é outro. E se for OUTRO, isso menos importa ainda…!!! Complicado né? 🙂

          • Djalma Dias Freitas

            Fiz uma pesquisa rápida na net, me parece que o Apple watch intermediário e o Edition possuem o mesmo software e hardware. O mais caro Apple watch que não tem ouro custa 8299, o mais barato Edition 80000. O Edition possue aproximadamente 40g de ouro, já contando com o ouro na pulseira. A cotação do ouro hoje está em 144 reais. (144 x 40 : 5.760). A questão é: porque essa diferença de mais de 70 mil??? A Apple está lucrando uns 65 mil reais no ouro… Não basta ser milionário para comprar um Edition, também é preciso ser besta…

            • Carlos Frederico

              Só para complementar, eu estou de pleno acordo contigo. Mas infelizmente vai ter gente comprando e ainda achando bonito.

              Agora, eu te pergunto: é culpa da Apple? Claro que não. Ela está fazendo o que pode fazer legalmente e boa. Só nós podemos fazer alguma coisa. A tecla que eu estava batendo era de que infelizmente a disparidade social aqui é tão grande que 135 mil reais para alguns é algo que ela vai levar 20 anos para juntar, e para outras é simplesmente o gasto numa noite :(.

            • Ainda que eu não concorde com o valor absurdo, a sua conta leva em consideração o valor do ouro no Brasil. O relógio não é fabricado no Brasil. Em cima do valor do ouro há uma série de tributações de importação.

              Só considerando o imposto de 60% sobre importação, o Watch mais caro (US$17.000) custaria aqui R$108.000. Considere ICMS, IPI, PIS, COFINS e verá que a Apple está trazendo o Watch Edition com uma margem de lucro MENOR que nos EUA (da mesma forma que acontece com o iPhone). Isso não é fanatismo, é matemática básica.

              Infelizmente somos massacrados pela nossa política tributária (com bi-tributação na maioria das vezes). As empresas acabam levando a culpa, mas só existe um responsável por não termos acesso à produtos importados com um preço justo: o governo. 😉

          • Leonardo F. M.

            Cara, eu achei interessante seu comentário. Deixa eu te fazer uma pergunta:
            Por acaso a Ferrari faz Ferrari 1.000 ou popular?! Não né?! Até já fez num passado muito distante. Não deu certo, mas fez.
            Sabe porque não?!
            Porque o cara que vai lá em Maranello, com a sua esposa, no seu jatinho particular, escolher a cor do couro que vai ser usado nas malas que vai dentro do carro não quer ver alguém na rua com um produto “quase” igual ao seu!
            Ele quer o que ninguém tem, ou na verdade, deixa eu refazer a frase: Ele não quer que meros mortais tenham algo parecido com o dele!
            Edition e Sport é assim: Um uma LaFerrari FXX e outro o uma Ferrari popular! Só que invertido, por dentro os dois são iguais!

            É exatamente pela psicologia do negócio que a Ferrari não faz carro popular!
            A Apple vai vender esse relógio? Vai, mas não sei até que ponto esse posicionamento foi inteligente. Só o tempo vai nos dizer.
            Aí vão dizer: “Ah, mas os caras são inteligentes, imagina que eles não estudaram o mercado para entrar!?” É verdade, eles não iriam se arriscar tanto sem ter certeza. Mas muitas mega empresas arriscaram dessa forma e deram com as caras na parede. Então sei lá, acho um posicionamento estranho!

      • Cassio Delmanto

        Cara, é complicado mesmo discutir essas coisas… são categorias totalmente diferentes… o Apple Watch não representa qualquer perigo pra empresas tradicionais da alta relojoaria… ninguém vai ficar na dúvida entre um Rolex é um Apple Watch… isso é ridículo… um é uma marca renomada, de luxo, que produz relógios mecânicos montados à mão e que seguem estritos padrões de qualidade para ganharem certificação do COSC, e trazem consigo anos e anos de valor agregado… e o outro é uma modernidade tecnológica, menos relógio e mais mini-computador (como vc disse), um mero treco eletrônico… de alta qualidade, claro, mas ainda assim… pra dizer, muitos previram a decadência das marcas tradicionais quando lançaram os relógios digitais, e eles jamais foram qualquer risco, porque o povo não os levava a sério realmente… lembro do Charlie Sheen em Two and a Half Men dizendo pro Jake que ele nunca iria arranjar uma mulher com um relógio digital… hahaha… é uma piada, claro, mas mostra a imagem da coisa… o Watch é isso… é extremamente divertido, funcional e cheio de truques curiosos que vão encher nossa vida de interações tecnológicas, e eu realmente queria um (se não fosse tão caro)… mas no final do dia, um relógio mecânico sempre vai ser um relógio mecânico… é que nem um bom sapato… tênis é muito mais confortável, pratico, fácil de limpar e todo mundo usa o tempo todo… mas se vc realmente quiser se arrumar e se diferenciar um pouco, seja pra uma festa, casamento ou entrevista de emprego, vc vai pegar o sapato… hahaha…

        • Rafael Henrique

          Exatamente Cassio, ainda me pego imaginando o que faria uma pessoa em sua plena consciência pagar este valor aqui podendo comprar o relógio em outro país pagando muito menos e ainda curtir a experiência da viagem. Outros fatores que levam a acreditar que será um fiasco a venda por este valor podem ser: O produto é novo e não tem tradição, a própria Apple se encarregará de deixá-lo defasado em pouco tempo, o design do relógio é questionável. Sem contar que o comentário acima “um relógio de verdade separa os homens dos meninos” faz o completo sentido rs. Elegância é uma atribuição que não se pode fazer (pelo menos ainda) ao relógio da Apple.

          • Cassio Delmanto

            perfeito, Rafael! E imagina duas pessoas, uma pega um Rolex e outra um Apple Watch… daqui uns 30 anos, se a pessoa continuar usando o Watch, primeiro as pessoas vão se surpreender que ainda funciona, depois provavelmente vão rir da precariedade da tecnologia da ‘epoca’, e vão achar que o usuário é daquelas pessoas adeptas de tecnologias antigas que não consegue abrir mão… já o cara do Rolex, vai estar usando um Rolex… hahaha… daqui 30 anos a Rolex vai ter a mesma imagem e valor agregado que tem hoje, que é a mesma que tinha há 50 anos… essa é a principal diferença entre eles!

            • fred_fran

              Cassiano, não é tão simples, pois os valores agregados de um Rolex e de um Apple Watch são diferentes, pois seu mercado também o é. Um Rolex agrega tradição, excelência, exclusividade e confiabilidade. O Relógio da Apple, por sua vez, oferece design (no sentido moderno), despojamento, tecnologia, funcionalidade, conectividade e informalidade.

              O fato de o produto da maçã ser menos elegante e duradouro pode fazê-lo inferior para você, e pessoalmente também para mim, mas não menos interessante para um pessoa em cuja vida a tecnologia seja mais importante do que a elegância. Para esse público, um relógio que só fornece as horas é tediante. Ele não deseja que o objeto dure 100 anos, pelo contrário, espera ansiosamente pra descartá-lo no próximo!

              Para compreender o que leva uma pessoa a consumir um produto é fundamental entender como ela pensa.

            • Cassio Delmanto

              Cassiano? Já estou ganhando até apelidos? hahaha… enfim, eu concordo totalmente com você, inclusive foi justamente o que falei no comentário lá de cima… mas vale dizer que para alguém que só queria um Watch pela sua tecnologia e funções, um Watch Sport cumpre extremamente bem esse papel… mas estamos falando do Edition, que vai além disso… quem está disposto a pagar US$ 17 mil (R$ 135 mil aqui) por um Edition, não quer só um brinquedinho tecnológico… ela quer luxo, exclusividade e sofisticação… e é nesses três últimos que entra a comparação com relógios de luxo, como um Rolex… mas conforme eu disse, não acho de jeito nenhum que eles estão na mesma categoria… e inclusive frisei que não imagino que alguém terá um bocado de dinheiro e irá parar pra pensar ‘hum, compro um Rolex ou um Apple Watch Edition?’… quem banca o Edition banca um Rolex… e usa cada um deles respeitando suas próprias características quando melhor convir…

            • Elisa Lima

              Bem, acho que depende do comprador. Se tratar de uma pessoa de alta classe, de idade e trabalhadora de uma empresa, claro que vai que vai querer um Rolex. Mas, o filho ligado em tecnologia desse senhor, vai preferir um Apple Watch; Ou a filhinha de 15 anos, que prefere um Apple Watch de ouro rosé, por que para ela, não interessa um Rolex, ela quer o novo

            • Cassio Delmanto

              Oi, Elisa… dando fôlego ao antigo tópico? hahaha… a Rolex não tem essa de idade, não… é um símbolo de status muito poderoso… eu concordo que o Apple Watch talvez não interesse a alguém mais velho… mas em relação ao Rolex, o que mais se vê são jovens endinheirados usando… por exemplo, no Brasil, se pegar celebridades novas, então, desde Luan Santana a Sabrina Sato usam Rolex…

            • fred_fran

              Em primeiro lugar, desculpe-me pela gafe, Cássio!

              Quanto aos relógios, concordo com você que o perfil socioeconômico do público de um Rolex e de um Edition seja o mesmo: a parcela ínfima da população mundial que pode ostentá-los, e é aí que entram o luxo e a exclusividade que você citou, no entanto, o perfil etário e comportamental são diferentes: o que é elegância para Paris Hilton não é para Kate Middleton, e o que é ostentação para um novo rico não é para um abastado tradicionalista. Como você disse, quem banca um banca o outro, mas a imagem, personalidade, posição social e valores não mudam de acordo com a ocasião social, pelo contrário, para esse público, é importante reforçá-los em todas elas. Obviamente há os endinheirados que se encaixam em ambos os perfis: vejo esportistas e algumas celebridades portando ora um ora outro, mas a maior parte da elite é menos flexível: tem hábitos rígidos de consumo ou é ávida por novidades oferecidas pelo mercado.

      • Felipe

        A diferença é que os outros relógios “normais” são bonitos.

      • Leonardo F. M.

        Ainda que seja um super-mega-blaster MINI-COMPUTADOR no seu braço. 135.000?!

        Se esse relógio custasse 20.000(o mais caro) nós ainda assim estaríamos aqui fazendo as mesmas críticas no mesmo tom. Nós não estaríamos dizendo: “puxa, que legal, custa só 20.000!”

        Pra mim é inimaginável pagar pagar 135.000 num relógio desse! Eu sei que vai ter uma meia dúzia de gente(jogadores de futebol, por exemplo) no mundo pagando isso, e são os representantes oficiais do mais puro capitalismo “canibalesco” mundial. Que olha pra nossa cara e diz assim: “Seus trouxas! Se mata aí pra pagar 4.000 nesse relóginho!”

        É o que eu penso.

        Ahh, me corrige se eu estiver errado, mas a maquina que está no de 135.000 é muito superior da que está no de 2.900?! Por mais ouro que tenha na caixa, com 130.000 dá pra comprar muito mais do que o ouro que tem no relógio!

    • Alex Alves de Lima

      Mas em 10 anos continuará sendo um relógio de ouro. Isso que importa.
      Mas eu vejo que há pessoas que pensam assim: com telefone de teclas até hoje porque continua ligando e recebendo chamada. O relógio de ouro continuara mostrando horas e sendo de ouro não importa o tempo que passe desde o lançamento.
      Eu que sou fãboy não comprei porque ano que vem eu irei querer o novo relógio e não quero ter que dar 15000 dólares todo ano por um relógio.

      • Gustavo Rezende

        Vi em algum lugar (talvez aqui, rs) que a Apple tem um programa especial de troca do Edition justamente por causa da obsolescência, assim o usuário paga uma valor “menor” e tem seu Edition trocado pelo modelo novo.
        Só por curiosidade, você estava brincando ou passou por sua cabeça mesmo de comprar um Edition? 😯⌚️💸

    • Carlos Frederico

      Eu acho que fui mal interpretado ou eu não me expressei bem. A tecla onde estou batendo é que não tem essa de “nossa, eu não consigo entender como uma pessoa gastaria 135 mil reais”. A lógica disso é simples: tem gente que vai gastar isso simplesmente porque para a realidade dela 135 mil reais é troco de pinga. Ponto final. Não vejo como não entender isso.

      Veja que em MOMENTO NENHUM eu concordo com isso. Nem se eu fosse rico eu gastaria isso. Mas às vezes a pessoa tem TANTO dinheiro que simplesmente não faz a menor diferença ela pegar 135 mil reais e tocar fogo no malote.

      E é nesse nicho que boa parte das empresas, em especial a Apple que gasta QUASE nada com o material, se aproveitam. Ninguém se dá o esforço de lançar isso se não houver demanda, ainda mais para uma empresa do porte da Apple.

      Quanto ao entendimento de que “isso é o que separa os homens dos meninos”, isso não faz muito sentido quando você aplica num assunto onde o foco da discussão é tecnologia e não de relógios em si, porque por mais que o Apple Watch seja um relógio, ele é mais um mini-computador de pulso do que qualquer outra coisa.

      Desculpem pela demora para responder, o final de semana foi agitado 😀

      Aprendi bastante na discussão, nem sabia que havia relógios tão caros assim, marcas, etc. Como a minha preferência é sempre tecnologia e funcionalidade, esses relógios não fazem a menor diferença para mim. No mais, me convenceram de que se você quer um relógio propriamente dito, é melhor não ir de  Watch mesmo =D

    • Anderson Lima

      Tente 3 anos. rs

  • E minha esposa faz piadinha até hoje que gastei R$ 950 no meu 42mm sport. Esses preços servirão, ao menos, pra me salvar disso.

    Pelo visto o dólar da Apple é multiplicado por 8. Agora acredito que os iPhones 6s poderão mesmo vir com valores na casa dos R$ 5k à R$ 7k. Oremos. 😭

  • Juan

    absurdo, meu deus!

  • Percevejo

    120 mil! hahahahhahahahahhahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha Quando vc fica sem palavras só consegue rir.

  • Bruno d’El-Rey

    KKKKKKKKKKKKKKK Eu ainda tinha esperanças de ver esse watch por R$1.999 (e ainda iria dizer que o preço tava alto).

    • Alexandra

      Somos dois, Bruno! Somos dois. 🙁

      • Cowboy Up

        Somos 3!

      • João Lucas

        Alexandra, aqui no Rio de Janeiro existem dezenas de lojas que importam e vendem os produtos da Apple lacrados com preços bem mais baratos.
        Meu iPhone 6, por exemplo, eu comprei aqui no Rio em setembro de 2014 (1 semana após o lançamento nos EUA) por 2.400.
        Resumo da história, eu não me importo muito com o preço que a Apple coloca em seus produtos no BR, porque sei que não vou comprar deles. Essas lojas “não-oficiais” por aqui já estão vendendo o Apple Watch Sport por 1.899 há muito tempo.
        Comprar qualquer produto com a Apple Brasil é estimular a prática de preços ridículos como esses.
        Enquanto continuar esses preços totalmente fora da realidade, eu continuo comprando por outros meios. Mas quem prefere vender um rim pra comprar os produtos direto com a Apple BR, eu respeito também.

        • Bruno d’El-Rey

          Nome, endereço e telefone da loja, por favor! Praticamente um serviço de utilidade pública divulgar.

        • Filipe

          Quem não acha justo os preços absurdos praticados pela Apple no BR, deveria trocar de marca e não estimular a sonegação de impostos.

  • Percevejo

    Uma Mercedes, Uma BMW ou Um Apple Watch Edition? Só de pensar no que dá pra fazer com 135 mil…. Ainda tem rico maluco que vai comprar. E tem que ser rico maluco mesmo. Com esse valor vou aos Estados Unidos e volto. Compro essa versão por lá e ainda sobra dinheiro pra carajo!

    • Fernando Bravo

      O problema é se a alfândega te pegar na volta…
      Embora vc tenha direito a trazer um relógio para uso pessoal e no seu pulso, não sei como a receita trataria um Modelo edition.

      • Gustavo Rezende

        É interessante mesmo pensar nisso, visto que é um relógio de uso pessoal, então seria isento, mas ao mesmo tempo já vi gente dizer que é uma jóia, não concordo, acho que é um item de uso pessoal, mesmo sendo muito caro.

        • Julio Sá

          Hoje é jóia. Qual a real utilidade prática de um dispositivo pesado, para se carregar no pulso e cuja única utilidade é mostrar as horas, sendo que no seu celular vc tem uma anotação de tempo muito mais precisa? Relógio é uma jóia que mostras as horas.

          • Gustavo Rezende

            Entendo seu ponto de vista e até concordo no âmbito de que você pode usar para ornamentar sua aparência e até por prazer, mas acima me referi apenas à visão da isenção de tributação da bagagem para os itens de uso pessoal, como “Uma máquina fotográfica (ainda que possua função “filmadora”), um relógio de pulso, um telefone celular (inclusive smartphone), um aparelho reprodutor de áudio/vídeo portátil, ou pen drive, usados (ver pergunta 1.12), por exemplo, estão abrangidos pelo conceito de bens de caráter manifestamente pessoal.”
            Então independente do conceito do que é uma jóia, primeiramente ele é um relógio.

      • hecnpo

        Vc tem direito a trazer 1 unidade do relógio que bem entender. Não importa se é um Swatch, um Apple Watch ou um Rolex.

      • Se você estiver com ele no seu pulso, ele pode ser um relógio de um milhão que a receita tem que autorizar a sua entrada.

        • Deveria. Mas infelizmente as regras dão muita margem a interpretação, o que é um problema, pois ficamos reféns da interpretação da fiscalização aduaneira.

          Segundo a legislação, itens de uso pessoal (incluindo relógio) são permitidos “desde que compatíveis com a viagem” (para roupas, por exemplo, voltar de uma viagem de 1 semana com 50 camisetas não seria permitido).

          Ou seja, se o cara cismar que a sua viagem de 10 dias não justificava a compra de um relógio de 17.000 dólares, ele vai te taxar. E infelizmente não dá pra confiar cegamente na ideoneidade da fiscalização do país. :/

          • Só não concordo com o último parágrafo, está absolutamente equivocado, relógio é relógio, independente de 5 dias de viagem, 10 dias, e independente de custar 5 reais, 100 reais, ou 100 mil reais, a compatibilidade não se refere ao preço do relógio, esse é um uso pessoal de característica indivisível. O seu preço ou o tempo que passa viajando não altera a característica de sua funcionabilidade, por isso não se aplica o que mencionou.

            • Concordo plenamente! O ponto que coloquei é que a lei escrita é passível de interpretação. A conduta certa seria essa, mas seria a aplicada? Já cansei de ouvir sobre excessos na alfândega por motivos bem menores. Infelizmente eu não conseguiria confiar que tudo ocorreria normalmente. :/

            • Adendo: é só opinião! Não tenho conhecimento apurado nem experiências para afirmar nada, apenas conheço casos de conduta abusiva e por isso expressei a minha opinião sobre a forma evasiva como a lei é escrita. 🙂

            • kkk Verdade!

      • Roberto

        Uma vez por ano eu trago um relógio de fora, já trouxe Rolex, Hublot, Omega, etc. Nunca tive problemas na volta.

        • Gustavo Rezende

          Para quem não sabe, na volta, após o desembarque no Brasil, pode-se adquirir com isenção de tributos, nos Duty Free Shops, produtos até o valor de U$ 500,00 e esse valor é independente da cota de isenção de bagagem que o viajante tem direito onde entram produtos comprados no exterior ou na ida, mas deve-se respeitar os limites de quantidades como:
          3 (três) unidades de relógios, máquinas, aparelhos, equipamentos, brinquedos, jogos ou instrumentos elétricos ou eletrônicos.

    • Hades666

      Quero ver um maluco comprar um AppleWatch de aço por 5,000, isso sim!!! O_O

    • Não necessariamente maluco… Tem gente que tem que gastar dinheiro, esquemas ilícitos.

      • KB

        Não necessariamente. Tem muitos que ganham honestamente. Talvez comprarão fora, mas terá alguns comprando aqui. A nós, vítimas deste país corrompido, resta ficar na vontade (embora, sendo sincero, ainda não estou seguro de que vou ter uso que justifique o gasto. Medo de comprar e encostar o relógio depois de uns meses).

        • Eu moro em Brasília, conheço bastante gente. Posso te garantir que os abonados com dinheiro honesto vão optar por viajar e comprar lá fora, caso optem por esse modelo. Aliás, acho que nem mesmo o Luis Estevão compraria aqui esse relógio. Evidente que eu generalizei, mas para a realidade da minha cidade, de funcionário público, é quase isso. Quando um sujeito recebe quantias absurdas de dinheiro oriunda de desvios públicos, a primeira coisa que ele faz é “desmonetizar”, fazer remessas, e lavar. Mas enfim… Isso dá muita conversa.

          • KB

            Entendi o teu contexto. Não tinha atentado inicialmente.

  • ricardo garcia

    Sabe aquela vontade de comprar…
    …foi embora…

    Aliás, isso sim é um objeto de ostentação, quero saber quem vai comprá-lo.

  • Mauro Elias

    Acho que nem vendendo um rim eu consigo comprar um 😔

  • Não, obrigado!

  • Arley Martins

    Neim se fosse o mesmo preço que é nos USA eu compraria, esse relógio ainda é muito limitado e não faz nada que encha os olhos e pior ainda carregar todo dia é f……

  • Já paguei caro no iPhone e ele também me mostra a hora! Rsrsrs…

  • Luiz Fernando Ferreira

    Parem de reclamar dos preços, vcs vão comprar sim rs

    • hecnpo

      Ah, claro… senta lá.

      • Luiz Fernando Ferreira

        kkkk

    • Danilo

      Pode ter certeza,hoje está este mimimi…quando lançar volta aqui que vai ter um monte de imagens aqui no fórum com o povo escrevendo ” Aí Ilex olha que lindo meu Watch chegou hoje to amando”

      • Luiz Fernando Ferreira

        Pois é, eu não sei pq o povo ainda reclama se eles vão comprar ué. Vai ser a mesma coisa no lançamento do iPhone 6s

      • Eduardo

        MUITO VERDADE! HAHAHAHAHAHA

  • Inviável! Com esse dinheiro desde os 2Mil até os 135Mil Dilmas eu faço coisas melhores, importar ”praticamente” sai mais barato, e eu nem vejo um motivo para lançarem o Watch Edition, olha o valor dessa brincadeira.

  • Alan Patrik

    Será que cabe tudo na B… da Dilma!

  • Danilo

    Eu não esperava que viesse barato,mas já começar no preço de um iPhone 6 foi demais.

    • Eduardo

      Embora eu concorde com você, a tendência a miniaturização de tecnologia tende a aumentar o valor dos produtos. Quanto menor, mais tecnologia de ponta é empregada, mais caro fica.

  • José Mauro

    Ainda não vejo utilidade que valha pena comprar..Agora então com esses preços absurdos virou bricadeira de muito mal gosto…

  • Francis

    Toda vez que penso em comprar um, lembro que não gosto de usar relógio. Além, é claro, de não achar os preços pelo menos razoáveis.!!

  • Fazer uma conta bem absurda:
    Edition 12 mil dólares vs 5 reais (faz de conta que o dólar disparou): 60000 + 4000 de IOF: 64.000.
    Passagem de avião classe executiva: 5000. Hospedagem no NYState diária: 1000/dia. Se o cara ficar lá uma semana ainda não gastou os 80.000, isso pq fiz cálculo absurdo, o dólar não está 5 reais e a classe executiva vc encontra por 3800 reais dependendo do dia, e vc não precisa ficar hospedado em local chique. Quem tem dinheiro para essa realidade ai dificilmente vai comprar o Edition no Brasil. Não sei nem pra que ela anunciou aqui. Se bobear deve ter só o preço, não deve ter nem trazido nenhum modelo para cá.

    • Hades666

      Nada que um banho de ouro no Watch não resolva, empresas americanas fazem por 400U$….quem olhando sabe a diferença?!

    • Eu quero saber quem vai comprar um desses aqui no Brasil! Eu desafio! Se um brasileiro comprar esse relógio de 135 mil aqui, certeza que vai ser com dinheiro fácil. Aqui em Brasília está cheio de canalhas, que moram aqui, apenas durante alguns dias da semana, pra fazer isso.

      • KB

        … o negócio é começar a olhar o pulso dos nossos políticos… Vamos saber onde mais está indo os impostos que pagamos.

    • Pedro Júnior

      Classe Executiva pra quem paga por todo esse luxo?

  • Yuri Zanatta

    Dessa vez não adianta qualquer justificativa de alta de dólar e impostos, porque ele está bem acima de tudo isso. A Apple está se aproveitando que os preços já são altos e subindo ainda mais pra ter mais lucro.

    • Pior que não é…

    • KB

      Faz a conta e verá que não é isso.

      • Yuri Zanatta

        Sério? Porque não imagino como $10.000 se transformam em R$135.000 com todos os impostos imagináveis…

  • Hades666

    Estava esperando comprar umas bands esport, mais de 300 conto…O_O, nem pensar. Vou de Alibaba… 😛

  • Hades666

    Agora é hora de vc trollar….falando sobre sua economia que vc fez, rsrsrsrs

    • Hahahaha não adianta. Ela acha qqr valor acima de 100 reais caro. E olha que eu tinha 12 relogios analógicos e fui vendendo pra não ficarem sem uso, pois só uso o watch! 😁 “Mais um relógio??” – Ela disse. Hahaha

  • Jeff

    Caso alguém tenha interesse em comparar a roubalheira da Apple no Brasil, pesquisem o valor do mesmo modelo de relógio para comprar aqui via Mercado Direto. No modelo de 42mm com pulseira de elo, a diferença beira a 2 mil reais!!!

  • lordtux

    Não é apenas disparada do dolar não, Apple Watch é um produto de luxo então barato mesmo nunca seria, nem tem como comparar com um iPad ou macbook ou iPhone.

    • Fábio da Silva

      Como assim não tem como comparar? Que eu saiba o Watch não tem a maçã gravada diferentemente dos MacBook, iPhone e iPad o que colabora mais na sua exibição de “ostentação” portanto é sim artigo de luxo

      • lordtux

        UE mas foi isso que eu disse.

  • Wellington Ferraz

    135 MIL, cara nem ROLEX está mais custando isso, PQP não dá na boa
    #QueComeceAZuera

    • Depende do Rolex. Tem Una que custam bem mais… Mas são outros quinhentos…

  • Luciano Hilton

    Por esses preços dá pra comprar relógios de grifes famosas e ostentar de verdade! – só um conselho.

    • KB

      Verdade.

  • Luciano Hilton

    Não quero nem ver quanto vai custar os iPhones novos esse ano. Jesus…! 🙈

    • KB

      Também estou apreensivo. O negócio é separar doleta e rezar.

  • Rogério Faustino

    Com 135 mil eu dou 50% de entrada num apartamento com um padrão meido-alto….

  • Evandro G. Costa

    Apple watch realiza as mesmas funções e possui os mesmos recursos de hardware que um iphone 5s ou 6?
    Não.

    Então não existe lógica para um preço perto ao de um iphone. (deixando de lado o fato de que para a Apple o brasileiro paga o preço que for para ser visto como alguém financeiramente, socialmente superior e também a desculpa do dolar e dos impostos).

    Se o iWatch está esse preço… imagina o iphone 6S quando lançar…

  • Malikoff

    135k!!! Hahahahahahahahaahahahhaahjahaa Boa Apple! Ninguém mais precisa te trollar, você está fazendo isso sozinha!!! Hahhahahahahahahahahahwhahaha

  • Julio Sá

    Nao é só efeito do dólar a 4,00. É efeito de QUANTO eles acham que o dólar ainda pode chegar. Ajustes em preços nao são feitos todos os dias, eles tem que se proteger contra variaçoes cambiais. E esse valor significa que esses caras ainda acham que o dólar vai subir e muito…..

    • KB

      Exato. A Apple trabalha com projeção. Me lembro quando reajustaram o iPhone 6 (que gerou infindáveis mimimis), o dólar tinha batido uns R$3,2. O ajuste Apple foi para um dólar +-R$3,8 justamente para fugir da variação cambial.

  • Daniel

    Eu até investiria em um, se ele fosse um relógio pra vida toda. Sou apaixonado por relógios, faço coleção. Tenho diversos relógios de excelentes marcas e a maioria dos que tenho variam em torno de 800 a 6 mil reais. Porém, eu vejo como um investimento. Já os da Apple, infelizmente é sabido por nós que é um relógio com data de validade, pois em breve vão lançando outros e estes ficarão ultrapassados. Uma lástima!

  • Sempre falei aqui no Blog que não seria lançado nem em agosto, muito menos Julho…. 135 mil Dilmas kkk Pirei!!!!! 😱😱😱😱😱😱😱😱😱😱😱😲

  • Alex Alves de Lima

    PODEM FALAR. Sou fã boy. Comprei o meu (fora do Brasil) de aço com a pulseira de elos, mas já estou com medo de usar na rua. Já quero comprar o sport dourado.

  • Andrieux Querido

    Hahahahaha, ihhh nao era piada??? ops

    entao o de 10k dolares sao por 120k aqui no Brasil? que loucura.

  • Samuel

    135 mil com esse valor eu vou na sua casa falar as horas

    • KB

      kkkk

    • Gustavo Rezende

      😂😂😂😂😂😂😂😂

  • Absurdo. Só desejo boa sorte pra quem tem coragem de comprar!

    • No caso do modelo mais caro eu não chamaria de coragem… 😂

    • KB

      Gostaria de ver da parcela que vai comprar, depois de alguns meses, efetivamente quem vai continuar usando ou terá encostado o relógio.

  • Thiago Souto

    Não vi nada de mais nesse Apple Watch, comprei o meu na empolgação e assim q abri me decepcionei principalmente com o tamanho, ficou parecendo uma pulseira no braço… Agora me resta apenas tentar vender ele.

  • Não vi a opção do Apple Watch com a pulseira estilo milanês, vi mal?

  • KB

    Estou realmente preocupado com o iPhone 6s. Vai vir salgadíssimo com este dólar…
    E mais preocupante ainda, as coisas começarem a ficar tão inviáveis que as vendas da Apple caiam e em algum ponto resolvam ‘tirar’ o pé deste país.

    • Eduardo

      EU sou um cara que meu primeiro smartphone, foi um iPhone 3g (tive antes um Nokia N95, mas não o considerava exatamente um smart) e desde então só uso iPhones. (tive quase todos os modelos de iPhone) Tenho uma visão extremamente padronizada sobre o que eu espero de um smart (totalmente influenciado pelo iPhone), a respeito de qualidade, sistema, acabamento, facilidade, funcionalidade, etc…. Fiquei muito mal acostumado com o padrão iPhone de ser, não pensaria em trocar, mas por causa dos preços abusivos, já começo a planejar qual Android vou comprar no próximo upgrade. Infelizmente a realidade é essa.

      • KB

        Tive uma situação similar, embora antes tivesse um Nokia E62, este sim tijolo. Não penso em ir para Android, mas o iPhone muito provavelmente vai ter que durar até o iPhone 8 ou 9 (ou X)! Ou pelo menos agüentar até o iOS 11.

      • Victor Zavecz

        Sinceramente?

        É melhor juntar uma grana e não sair do iPhone, kkkkkkkk…

        Eu vim de 2 anos num i4 pra um i5S e depois para o Moto X 2014… Eu prefiro gastar 3 / 4 mil num celular que durará PELO MENOS 2 anos do que 1,4 mil num celular que começa a travar com 4 meses de uso.

        Não concordo com os preços da Banânia, mas se ainda assim quiser seguir seu caminho, prepare-se para diminuir seus padrões.

  • Jefferson Soares

    Ainda prefiro meu G-Shock.

    • KB

      Já viu os Tokyoflash? Tudo pelo não convencional. Dá uma checada…

  • Felipe Campos

    Cotação do dólar Apple: R$ 8,30 (Watch nos EUA: US$ 349 = Watch no BR: R$ 2.899,00)

    • KB

      O cálculo que você fez está bem simplista. A Apple não importa o Apple Watch indo em Miami e trazendo para cá no pulso. Você não contabilizou o imposto de importação, IPI, ICMS e outras taxas. O dólar da Apple pode até ser maior que o oficial (pois trabalham com projeção), mas não é R$8,30. Me lembro no primeiro trimestre quando o dólar bateu uns R$3,2, a Apple estava praticando uns R$3,8 (fazendo a matemática de uma importação oficial).

  • Ajustes

    Chutar valores? Acho que é inveja porque o outro site tem mais fontes heim. Já que eles foram cutucados, também me dei o direito de fazer o mesmo.

  • Ajustes, eu li o seu comentário, e acho que você se refere aquele site que meramente traduz as matérias estrangeiras? Aqui o pessoal tem o cuidado e o trabalho de escrever com as próprias palavras. E, pasme são vários anos respeitando os seus leitores, jamais ninguém suprimiu a seção de comentários por causa de birra e arrogância. Você se refere aquele site que disse que o Apple Watch ia chegar em Julho no Brasil? Aquele site que faz turismo na Apple com preços 4 vezes mais caros que o de mercado?

  • amilcar henrique

    Que absurdo! Comprei o meu Sport branco de 42 semana passada em Orlando, por 399 dólares, O de 38 mm sai por 349…Isso é o que!?

    • Evandro G. Costa

      lucro….lucro…lucro…

      • amilcar henrique

        Pensei em até trazer um outro pra vender por aqui, pelo mesmo preço que seria o oficial, quando definissem, mas minha consciência não permitiu…

  • Allan Corrêa

    Moto 360 = 1099,00
    Moto X = 1,200-1,500

    A Cada dia mais me vejo distante dos produtos apple :/

  • Não sei por que fiquei surpreso UHASUASHAU Esses valores são ridiculamente impraticáveis.

  • Petter Paccola

    Cê tá louco.

  • Fábio da Silva

    David, no mercado livre você encontra muitos revendedores tal qual o USA BRASIL comprei recentemente com eles um MacBook Pro retina e paguei um valor que não compete com o praticado nas Apple Store BR confere lá, lança no Google USABRASIL Mercado Livre. Espero ter ajudado.

  • Italo Raniere Sales Pinto

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk A Apple PIROU!

  • João Lucas

    A loja que está vendendo o Apple Watch Sport 38mm por 1.899 é a WES Informática, fica lá no centro do Rio, na Av. Rio Branco mesmo. Devem ter outros produtos da Apple também, se tiver curiosidade pode ligar e perguntar. O telefone de lá é (21) 2252-5741.

  • Everton Germano

    Vergonhoso esses preços da Apple,e vem alguns defender esse preço por causa do dólar alto.A Apple Sabe que o Brasileiro usa seus produtos para se sobressair entre as pessoas de menor poder aquisitivo e mete a faca sem dó nos preços.Publico para comprar tem,trabalhei na Brightstar em Jundiaí por 2 meses e ,somente de iPhone 6 e 6+ foram mais de 3 milhões de pedidos durante esse tempo,isso porque eles são somente cliente Tim e Vivo.Brasileiro não se conforma em ser ”inferiorizado” por ter algo obsoleto,mesmo tendo que usar Vivo no com franquia de 200 megas,ter os dentes podres e cariados,o iPhone novo não pode faltar.Nas ruas de Nova Iorque e Londres por onde já andei,qualquer um tem aparelhos da Apple,no museu de história natural na Big Apple,havia uma excursão de escola de ensino fundamental a julgar pelas crianças,contei uns 25 MacBook Air e vários iPads e iphones 6 nas mãos daquelas crianças.Quando isso vai acontecer no Brasil?Nunca

    • Todos os preços no Brasil são vergonhosos, não é exclusividade da Apple… Tudo bem que ela tem a sua exigência de lucro padrão em seus produtos, mas esse preço vai muito além disso, se chama popularmente “Custo Brasil”.

  • Juliano

    Eu já n tinha interesse de comprar esse relógio por achar algo de utilidade duvidosa. Esse preço então foi só a pá de cal no meu interesse.

  • João Galdino

    Tá barato demais!!! Comprarei três! Huahuahuhauhauhuahuahua

  • Hugo

    Iphone 5s (16GB)
    USA: 450$ BR: 2299
    Apple Watch sport (mais barato):
    USA: 350$ BR: 2899 Como assim?????
    Nao tem lógica isso!!!!! Nem tem como falar que é imposto, dólar… Só tem uma explicaçao: a Apple ta “metendo” a mão com pressao

    • KB

      Não se esquece que a empresa trabalha com estoque. Estes iPhones 5S muito provavelmente foram adquiridos em lote quando o dólar não estava na cifra atual. E mantiveram o preço para desencalhe. Pode ter certeza de que se fossem importados agora, o preço seria outro. A Apple não vai mais investir no 5S. Acabou, acabou.

      • Hugo

        Na verdade, o preço dele aqui no Brasil era 2500 e semana passada (o dólar ja estava alto), no dia do lançamento dos novos iPhones , a Apple reajustou os preços para 2299.

      • Thiago Martins

        Hugo, não estou entendo sua lógica de preços. Pois nenhuma loja aqui do BR paga o preço que o aparelho custa em $ lá fora…. pagam menos. Ou seja, a situação para justificar os preços aqui fica pior ainda. Digamos que paguem $450 pelo aparelho, com dólar a R$3 e comprando em atacado (para baixar o custo de transporte e demais taxas) o aparelho ainda custa R$1350, acho muito difícil que chegue a R$2500. Acho ainda que eles não devem comprar por mais do que $200. Pra mim, a culpa é tanto do lojista quanto dos impostos.

        • Hugo

          O que eu to querendo dizer é que um iPhone 5s que la fora custa 450$ e for convertido em real + impostos + custos de exportação, ele chega no brasil por 2299 (preço da Apple BR), agora como que um apple watch que é mais barato que ele (100$), vai chegar aqui custando 2899. Ou seja o apple watch é 100 dólares mais barato (nos USA) que o iphone 5s e mesmo assim ele custará 600 reais mais caro que o iPhone 5s aqui no brasil. Por isso que eu acho que a Apple está se aproveitando de que o brasileiro sempre compra os seus produtos mesmo com preços estratosféricos.

          • Thiago Martins

            Sim, entendi e concordo com você. A culpa dos preços não é só de imposto, mas também de lojistas, importadores e das próprias empresas. A e do Brasileiro que compra por qualquer valor!

  • Nilson J Arruda Moreira Jr.

    o que acontecerá? vai encalhar… só isso!

  • Fábio da Silva

    E para quem vai o seguro: relógio ou pulso?

  • Gilmar

    Na página do Apple Watch Hermès está dizendo “Disponível em outubro 2015”
    http://www.apple.com/br/apple-watch-hermes/
    Talvez os outros modelos também fiquem disponíveis em outubro.

  • É importante, mas não menos importante é olhar os nossos pulsos também, me refiro aos pequenos atos de corrupção. Os políticos são pessoas como nós, se existe muito político corrupto no Brasil é que a sociedade tem o seu grau de corrupção.

  • JanjaBoy

    Tá mole………

  • Hades666

    Jobs nos conforta sobre os preços ….
    [IMG]http://i60.tinypic.com/p1ts7.jpg[/IMG]

  • Serafa

    SURREAL esses preços do Brasil. Isso deveria custar uns 900 reais o mais básico.

  • Nélio Joaquim Silva Junior

    Estão de brincadeira, queria muito comprar um para auxiliar nos meus treinos de corrida, mas por esse preço R$ 2.899,00 nem pensar. Meu bom senso não me permite.

  • Alexandre

    Eu não via a hora de chegar no Brasil para comprar… Mas com esse preço…. Vou ficar sem ele… 3.300 em um iPhone até vai… (Paguei 3.200 no meu 6), mas em um relógio…. NUNCA

  • Raphael

    Amigos, me ajudem pois pretendo comprar um: qual será a diferença do apple watch versao nacional pra versao “americana”? Será em portugues ou a mesma coisa?

    • JP

      o preço

      • Raphael

        Só? Outra coisa: qual modelo devo comprar 42 ou 38? Existe algum teste caseiro que possa fazer pra tirar essa duvida?

  • Rob Simões 

    Comprei o meu por bem menos que isso no Mercado Livre. E o que me preocupa é que se o Apple Watch com pulseira de elos, que custa 1000 obamas vai custar 8.300 dilmas, o iPhone 6s Plus de 128 GB que custa 950 obamas vai custar 8.000 dilmas, e isso é quase o dobro do que custava o iPhone 6 Plus de 128 GB no lançamento ano passado.

  • Celso F. Araujo

    Caramba! Paguei US$ 520 no meu de 42mm cinza espacial em Ciudad del Lest em Julho.

  • Fabio Correa

    Fracasso de vendas!!!

    • João Galdino

      Fabio, até gostaria que fosse um fracasso de vendas tb. Quem sabe assim a Apple revisava essa politica de preços no nosso país… mas o que prevejo são boas vendas para uma parcela burra e cega que está disposto a pagar o preço que for cobrado. Veja o caso dos iPhones.: o pessoal já acha normal pagar mais de 2K (em alguns casos mais preocupantes, mais de 3K) em um smartphone… Enquanto tiver trouxa pra comprar, nada muda.

      • KB

        Realmente… a Apple é responsável por isto (imagem anexa)!!! Francamente!!!
        Faz as contas de uma importação legal e vai ver o preço final do produto. Uma empresa não pode ir a Miami e trazer um produto embaixo do braço como o cidadão comum. Tem que pagar imposto de importação, IPI, COFINS, ICMS e outros, além da conversão do dólar.
        Também não estou gostando do preço final, acho caro e não vou comprar… mas atribuir a culpa à Apple? Mostre onde ela está fazendo a extorsão. Compartilhe seus cálculos que não estou visualizando.

        • João Galdino

  • Cleber Cesario

    Já tenho o meu, e não compraria se não tivesse ainda por esses preços praticados por aqui! ABSURDO

  • Anderson Campos

    Bem, pelo ML a galera tá trazendo o Sport 42 por R$ 2.600,00. Diferença de 700 reais. Ainda é o melhor caminho mesmo.

  • Molinaro

    Impraticável comprar aqui? Obvio ainda mais em um produto totalmente dispensável.
    Pior que está ficando impraticável comprar iDevices lá fora com o dolar turismo batendo 4,50

  • Luiz Carlos Souza Antonio

    Se eu não morasse nos EUA e ganhasse em dólar, jamais me daria ao luxo de gastar com Apple, cada dia mais se tornando inacessível para pessoas no população majoritária no Brasil.

    • Bürgin

      Indeed.

    • Thiago Martins

      Concordo. E na boa… posso comprar Macbook, iPhone etc aqui no BR, porém, me nego a pagar esse preço absurdo. Isso é roubo na cara de pau!… Mesmo pra quem sei que pode pagar, sempre digo pra não comprar, não importa o quanto de dinheiro a pessoa tenha.

  • coragem sim, de pagar um valor altíssimo por um produto com obsolescência programada, porque com 135k vc compra um rolex.

    • Thiago Martins

      Compra também qualquer outra coisa mais importante do que um relógio hehe. Isso vale até mesmo pra quem pode comprar uns 10 de uma vez só, à vista. Tem que ser muito sem noção pra pagar qualquer um desses valores.

      • Com certeza, citei o Rolex pq aqui tem muita gente que coleciona relógios, então meio que não vale a pena comprar o Apple Watch por um valor absurdo desses e daqui a 1 ano ter que trocar, sendo que um Rolex é feito para durar uma vida.

  • Marcos B

    Um Rolex Top ou um Tag Heuer custam muito menos que o AW editon! Mesmo em R$….estratégia de skimming pricing errada para o país.

  • E eu aqui com o meu de camelô por trintinha
    Valeu edilson é nóis que voa bruxão

  • Romulo Oliveira

    Esse Apple Watch Edition e para os políticos gente

  • Raphael

    Gente, alguem conhece o site abreusnett? É confiavel?

  • Juliano Huzalo

    Quero 10 kkkk
    Aposto que ano que vem já sai o 2 e esse fica ultrapassado, pagar tudo isso com todo esse atraso de entrega vai ser difícil

  • Bruna

    Se o Eike pode comprar um, eu tambem posso! Hahahahahahahaha

  • Daniel Alves de Andrade

    Pra quem ganha 1 milhão por mês, comprar um relógio de 135 mil é mais fácil do que alguém q ganha 1.000 por mês comprar um relógio de 135 reais

  • Jailton Silva

    A Apple não tem respeito pelo Brasil. Ainda somos vistos como índios que entregam tudo que tem para ter “espelhos mágicos”. Enquanto o Brasil não for um país sério, não podemos exigir que o povo seja levado a sério.

  • Fabianno Cabral

    Só para elite mesmo, os preços praticados no Brasil são os mais altos do mundo como sempre ainda mais quando se trata da Apple. Viva os impostos!!! . Já pude mexer em relógio desses são funcionais sim,bonitos, tem uma interface fluida agradável, material de acabamento é bom mas sujeito a risco fácil. No meu ver não vale o preço “sugerido”. Você pode comprar um iPhone 6 ou um iPad com esse valor dos “Básico” que no meu ver se faz bem mais útil que um relógio.

    • Henrique A.

      Discordo do “sujeito a risco fácil”. Tenho o meu (sport) desde julho e nesses quase 3 meses nenhum risco. Considerando que uso todos os dias e só tiro para dormir, acho que é bem resistente, mais do que a maioria dos meus outros relógios.

  • Danilo Kosinski 

    Quem tem dinheiro compra, que não tem não compra. Caro ou não, quem diz isso é o bolso de cada um.

  • Guilherme Salles

    Que preços são esses, cara? Meu Apple Watch Sport 42mm deu uns 1200 reais lá fora com esse dólar. Como que eles chegaram ao valor de 3299? Apple tá abusando demais, que isso.

  • Bruno Santos Araujo

    Parece que levei um tiro…

  • Igorbass

    Vai ter gente que vai comprar sim os de 135 MIL no Brasil, isso é fato. Eu hem.

  • Rafael San

    O pior de tudo é que vai ter gente comprando, o esquema é a gente se unir pra deixar o estoque deles parado!
    quer comprar? compra na gringa que da pra viajar voltar e ainda sobra dinheiro, eu queria muito comprar, mas com um valor ridiculo desses isso é impossivel! #DEIXASOBRARNOESTOQUE

  • Russo

    Só os geeks ricaços aficcionados na Apple comprariam o Edition. Gente com R$130.000 disponíveis pra gastar em um relógio comprariam algum modelo da Patek, Rolex ou Omega (políticos, diretores de empreiteiras, artistas, etc).

    • Geek nunca compraria um Edition, independente da grana que tem.

      O público do Edition é bem outro.

  • Júlio Saggiomo

    ABSURDO! No away!!!

  • Fernando Mesch

    Saber que o preço não é puramente da Apple… e sim dos impostos abusivos desse país decadente de hoje com uma moeda fraquíssima……

  • O velho “kkkkkkk”. Mas, tem quem pague né.

  • Alex Rubet Buçard

    BARATO DEMAIS !! É só vender meu carro pra comprar um relógio. Andar a pé e tomarem o relógio. Kkkkkkkk

  • steang

    De verdade? Está barato. Até o reloginho de doce do Felipe Massa, o RM 56 Sapphire custa mais. Está na faixa dos US$1.7 milhões. Agora, um Meteoris, da Louis Moinet já acho um pouquinho caro, US$4.5 milhões.

  • Mais_um_atoa_do_ES

    Nem se eu ganhar não quero, é capaz de nego cortar seu braço inteiro para levar com esses valores ai……….

  • Elton Fabricio

    Imaginei que viria essa bica. Comprei o Watch 42 mm Classic Buckle no Canadá e o dólar no cartão fechou em 3.94. Só aí já gastei R$3.200. Quase morri, mas fazer oq… Já foi, não adianta chorar agora.
    Depois de ver quanto paguei comprando fora, imaginei que aqui não chegaria por menos de R$5.000,00.

  • KB

    Olhando o custo final no Brasil do Apple Watch… vem a pergunta: Apple Watch ou uma TV LED 60″? Airplay, videogame, seriados & Cia na big screen terei muito mais uso. Vou ter que passar e esperar ver como será o próximo Apple Watch. Quem sabe um Apple Watch Air mais fino e mais barato? Ok, sonhei aqui…

  • Alisson Balbinotti

    Nossa… É abrir o navegador em silêncio, olhar em silêncio e fecha-lo sem qualquer reação kkkk Puta que pariu!

  • Alisson Balbinotti

    Eita… É abrir o navegador em silêncio, olhar em silêncio e fecha-lo sem qualquer reação kkkk Puta que pariu!

    • Humbs_BR

      Esse .GIF, mano… O MELHOR hasuahsuashasuashuashasuahsuashuashasusahusa

  • Digoloureiro

    Desculpa, mas quem não boicotar isso e comprar é um trouxa…ou milionário sem noção! Os caras perderam a noção!!! Kkkkkkk

  • Alfredo Alencar

    Esperar pra que? Só se espera algo que se deseja comprar. km

  • Sergio Ito

    Preços bem abusivos mesmo, não vou me estender já que a discussão foi grande por aqui. A nós, cabe apenas a não comprar já que desembolsar quase 3 mil reais pelo modelo de entrada do Apple Watch e ostentar não é uma das coisas mais inteligentes. Melhor comprar fora, ainda sai mais em conta que aqui mesmo com esse dólar aumentando a cada dia.

  • Fernando De Carvalho Gomes

    Na boa, a Apple nem devia vender esses relógios aqui.. Preços ridículos.. Só quem é fã maluco que vai comprar um troço desse aqui.. Totalmente fora da realidade..

  • Leonardo F. M.

    Eu só não consigo entender essa diferença tão grande só por causa das pulseiras!
    Até parece que o sistema em sí e a tecnologia embarcada fica em segundo plano!
    Como pode um Apple Watch pulseira de elos custar quase o dobro do básico, e quando digo o dobro estamos falando de 4k!!!!
    Pra mim um absurdo!
    Se for pra gastar 4k só por causa da pulseira(leia-se: “pra se aparecer”) prefiro comprar um p… dum relógio que vai durar a vida inteira!
    Se for só pela tecnologia compro um Sport mesmo, por dentro é a mesma coisa mesmo!

  • Paulo Cesar

    tipo nunca

  • Pedro Henrique

    A grande dúvida…. comprar um applewatch ou um apartamento? kkkkkkkkkkkkk

  • 9Gag!

    Aê, bando de pau no cu, nem se o dólar tivesse 1 real algum relógio desse valeria a pena. Vlw flw

  • Carolina

    Nem o diabo keh isso aí. Se liga, Apple. Produto mais tosco rs