Notícias

Best Buy confirma que a demanda pelo Apple Watch é bem forte

A decisão da Apple em não divulgar os números de vendas do Watch em seus relatórios fiscais faz com que muita gente especule sobre a demanda do relógio, ainda mais sendo um produto novo. Como não se tem conhecimento oficialmente de quantos relógios são vendidos por mês, de tempos em tempos aparecem “relatórios” de agências pouco conhecidas afirmando que a procura caiu e não é mais tão forte quanto antes. Este tipo de notícia é ótima para atrair cliques, mas não é embasada em informações realmente consistentes para virar afirmações concretas, como acontece em muitos sites.

Recentemente, a Apple começou a disponibilizar o relógio em algumas lojas do varejo, como a cadeia Best Buy nos Estados Unidos e Canadá. E eles estão impressionados com a grande procura pelo Watch.

Hubert Joly, o CEO da Best Buy, declarou que a procura pelo relógio da maçã é “tão forte” que eles estão já pensando em ampliar a disponibilidade para mais lojas da rede. O comentário foi feito durante a apresentação dos resultados fiscais da empresa, na manhã desta terça.

A parceria entre eles e a Apple está tão boa que a Best Buy até passará a aceitar o Apple Pay como forma de pagamento, desistindo do CurrentC que até agora não vingou.

É bom lembrar que alguns países ainda não receberam o Apple Watch e, por isso, a expectativa é que a demanda ainda demore um pouco para diminuir. No Brasil, ainda não há previsão para quando ele possa começar a ser vendido, apesar de alguns vendedores, informalmente, falarem de setembro. Mas como este tipo de decisão vem dos altos escalões (e depende de muitas variáveis), o que os vendedores dizem nem sempre pode ser considerado como informação segura.

via 9to5mac

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados