Notícias

Usuários de iPhone e Android se unem em boicote nos Estados Unidos

Apple Pay

O Apple Pay (novo sistema de pagamentos da Maçã) entrou em prática na semana passada e já está mostrando que pode significar uma nova revolução na forma em que pagamos nossas compras. Ele é fácil, rápido e pela primeira vez elimina mesmo a necessidade de tirarmos nossa carteira do bolso, de uma forma prática e muito segura.

Mas esta “revolução” não agradou a todos os comerciantes. Algumas lojas que fazem parte de um determinado grupo já estavam pensando em desenvolver seu próprio método de pagamento, que só ficará pronto no ano que vem. Então, o que eles fizeram? Estão recusando, de forma burra, pagamentos com o Apple Pay. “Forma burra” porque, para isso, eles eliminaram completamente as máquinas de NFC dos estabelecimentos, impedindo que qualquer um pague usando este método, inclusive quem tem Android e usa o Google Wallet.

Na rede Reddit já há grupos de usuários de Android e iOS convocando para um boicote às lojas que estão fazendo isso. Afinal, seria um retrocesso na forma de pagamentos, ainda mais agora que o NFC tem uma chance de realmente crescer depois de anos no mercado.

Por que retrocesso? Por que esta “nova” forma de pagamento usa um método arcaico de solucionar o problema: QR Codes

Como funciona o CurrentC

Esta outra solução de pagamentos está sendo desenvolvida pela companhia MCX (Merchand Customer Exchange), que desde 2011 estuda formas alternativas de pagamentos em negócios. Chamada de CurrentC, a solução tem como objetivo livrar os comerciantes de pagar as taxas de cartão (em média de 2 a 3%) e ainda coletar dados pessoais dos clientes, como sistema operacional, histórico de sites, fotos e até mesmo informações de saúde, entre outros dados.

currentc-data-collected

É bom lembrar que no Apple Pay nenhuma informação pessoal do usuário é compartilhada com o estabelecimento e a Apple já fez questão de enfatizar isto.

Mesmo para quem não se importa de ter seus dados pessoais coletados, há ainda outro problema: a forma como o pagamento é feito.

pay-with-currentc

Enquanto que com o Apple Pay basta tirar o iPhone do bolso, aproximá-lo do terminal e só tocar no Touch ID sem nem mesmo precisar desbloquear a tela, com o CurrentC a burocracia será bem maior. Você precisará tirar o iPhone do bolso, abrir o aplicativo especial, escanear o QR code da sua compra, esperar que apareça um novo código na sua tela, mostrá-lo para o vendedor, que irá escanear este código e, aí sim, efetivar a compra. Tem algo mais arcaico que isso?

Com o mundo inteiro caminhando em direção ao NFC e ao Bluetooth LE, é realmente uma decisão bizarra a se tomar. E prejudicando os clientes que já usam o NFC, a antipatia deles tende a aumentar ainda mais.

Por enquanto, apenas as redes de farmácias Ride-Aid e CVS estão recusando pagamentos com NFC em seus estabelecimentos. Outras redes importantes que adotaram também a solução da MCX, como Walmart e Best Buy, podem, na teoria, seguir pelo mesmo caminho no futuro.

O tempo dirá o que resultará esta polêmica decisão de retirar das lojas os equipamentos NFC. Se o Apple Pay realmente vingar (e tem tudo para isso), significará a morte anunciada de vários sistemas alternativos de pagamento, inclusive o natimorto CurrentC.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Wilsians Humphreys

    E aqui no Brasil : ”aceita cheque ?” AHHAHAHAH

    • Leonardo Negrisoli

      kkkkkk pra mim, no Brasil, basta a Apple fazer acordo com os bancos e identificar empecilhos de regulamentação, leis, etc etc etc….
      Algumas máquinas de cartão já existentes no nosso país já possuem NFC… Acho que é só a Apple querer.

      A Apple podia começar aqui no Brasil com bancos já parceiros dela pro Apple Pay nos EUA, como por exemplo o Citi Bank.
      Sei lá… vai que…. 🙂

  • Alexandra

    Pessoas parece que GOSTAM de complicar coisas fáceis! 😡

  • Yuri Zanatta

    Eles só vão perder clientes com isso. Se eu souber que uma loja não tem o NFC que eu possa usar e a outra, do concorrente tem, obviamente eu irei na outra.

    • Ze Binsk

      E se a loja te der 3% de desconto caso use o sistema de pagamentos dele ou pague em dinheiro?

      • Yuri Zanatta

        3% é muito pouco, só vale a pena se for um valor muito alto. E outa coisa, hoje em dia quase ninguém anda mais com dinheiro, eu mesmo não ando.

        • Ze Binsk

          Eu levantei a questão para mostrar que isso tudo é briga por um filão do mercado de meios de pagamento. No Brasil existe a proibição de diferenciar preços quando pago à vista ou pago no cartão. Comércio pequeno sempre dá desconto, os grandes não porque estão amarrados pelos contratos com as operadoras de cartão. E aqui esse ágio chega a 7%, isto é, pagamos mais para ter facilidade.

        • Rodrigo Silva

          Você fala isso pq não ta no Brasil, se tivesse ia ver que 3% é muita coisa!

          • Yuri Zanatta

            Penso que não. 3% é 3%, um valor muito baixo em qualquer lugar do mundo.

            • Ricardo Diemer

              Concordo. A matemática é uma só, não importa se o valor é muito alto ou baixo. Isso não vai alterar o fato de que 3% de 1000 ou de 10 continua sendo 3%. Ou seja é um valor baixo.

            • timotéo lambert garcia

              Só tem um pequeno detalhe. Caso a apple siga as mesmas taxas praticadas em apps, o valor é bem mais alto. 30%. Ter 30% do seu produto para pagar a apple é muito sim. eu como comerciante também recusaria.

          • Paulinho Henrique

            3% de um valor baixo é nada, se for de mil pra cima quem sabe seja alguma coisa.

            • Yuri Zanatta

              30 reais a menos de 1000? Ainda assim é nada. Não adianta querer dar desconto, a menos que seja algo NO MÍNIMO acima de 30% não valerá a pena.

            • ickz

              E se tirarem 3% do seu salário todo mês? Faz diferença? Ou não ia se importar?

            • Paulinho Henrique

              Já tiram mais ou menos 8% de INSS e outras taxas ai, eu queria mesmo que fosse só esses 3% tirado do salário.

            • ickz

              Quem dera. né? Aqui onde moro, o imposto sobre consumo aumentou “apenas” 3%, não é nada pouco como disseram… 🙁

            • Wbrown

              No caso, seria MAIS 3%… Além de tudo que ja pagam…
              Imagina seu salario com todos os descontos, MAIS 3%…

            • Yuri Zanatta

              Isso tem algo a ver?

            • ickz

              Tem ué, pra você ver como faz diferença. Se é uma coisa que você compra todo mês, ou toda semana, verá como faz diferença “míseros” 3% a cada compra.
              No caso das redes que estão boicotando, são farmácias e provavelmente mercados, creio que faria diferença tal desconto.

            • Rodrigo Silva

              Ótimo exemplo ickz! eu passo por isso sempre, cada centavo já faz diferença. mas pra ricos que vivem no 1º mundo não deve fazer diferença mesmo…

          • Lucas Marcos

            O ponto que você não estão pegando é que esses 3% faria diferença pra
            eles, mas duvido que eles fossem repassar ao consumidor final…
            Se fossem, não faria diferença pagar pelo uso do cartão ou dando desconto
            ao cliente! Esses 3% serão cobrados “à mais” do valor do produto,
            permanecendo exatamente o preço atual, logo, esses 3% para nós não mudam
            nada, só serão 3% à mais de lucro para as empresas…

      • Lucas Marcos

        ela não vai dar… todo esse processo é para que eles não deem os 3% pelo uso do cartão, por que eles dariam aos clientes? Estamos falando de negócios, quanto mais lucro melhor, nesse caso, 3% fazem sim diferença, PARA AS EMPRESAS.

  • José Ricardo Bernardes

    Que rede de lojas é essa?

    • Também fiquei curioso ! Kk

    • São várias redes diferentes, que estão adotando a solução do grupo MCX, como citado no artigo. 😉

  • Francis

    Um boicote mais que justo. Incrível isso acontecer num país de primeiro mundo!!

  • Alex iPilot

    Não sei… Vou dar uma de “Advogado do Diabo”, rsrsrs… Pensando pelo lado do comerciante: se há outra modalidade de pagamento, concorrente, oferecendo menores taxas ou taxa zero, o que (à princípio) diminuiria custos elevados que podem ser repassados ao preço final, porque não adotar essa solução? Se eu sou comerciante porque teria que aceitar uma solução mais cara (sem repassar o custo ao preço do consumidor)? Eu poderia até oferecer as duas formas de pagamento, mas o custo deveria ser repassado à quem deseja o “conforto” (?) do NFC… O cliente escolhe.

    • O conforto não é só do consumidor.

    • Toda solução que dá mais vantagens aos comerciantes que ao consumidor deve ser recusada mesmo.

      Nada contra eles quererem encontrar uma solução para pagar menos taxas. Mas para isso, eles precisam fazer de uma forma que fique melhor para o cliente, senão eles perderão a freguesia que escolherá outros métodos melhores.

      • João Victor L

        ILex, você tem alguma ideia sobre o iPhone 5s estar esquentando depois da atualização?

      • Rodrigo Silva

        Eu acho que deve ficar bom pros dois pq se tiver menos taxas pros comerciantes vai ter pra gente tambem!

      • Alex iPilot

        Dará mais vantagem ao comerciante se o custo do ApplePay não for repassado ao consumidor, o que necessariamente será… Tal como já fazem aqui com limite mínimo para compra no cartão e acréscimo de preço (disfarçado de não-desconto).

        • Se este era o seu argumento mais forte, você perdeu. 😛

          A taxa que a Apple cobra dos bancos não é repassada ao consumidor: http://www.cnet.com/news/apple-pay-to-generate-fees-from-banks-not-merchants-report-says/

          Ou seja, não há nenhuma razão inteligente de se acreditar que um QR code é melhor como forma de pagamento que o NFC.

          • Eros

            Não que QR code seja melhor que NFC, mas um meio de pagamento universal em que tanto donos de Android, iOS, WP, etc… tenham acesso, é muito melhor.

          • Eros

            Eu ainda acho que seria melhor uma solução que une tanto iOS quanto Andr0id e WP.

            • Rob Simões 

              Já existe, chama-se NFC, que os usuários de Android já usam com o Google Wallet. A forma como funciona é exatamente a mesma. Só que o Apple Pay é muito mais fácil e prático de usar. E agora o Google e os fabricantes de Android vão copiar a Apple e fazer algo igual para melhorar a vida dos usuários deles.

          • Alex iPilot

            Então os bancos não irão repassar aos lojistas e os lojistas não pagarão pelas máquinas NFC??? Sairão grátis… Ok…

            • Antonio Frederico

              Amigo, essas maquinas da Cielo (por exemplo), a maioria delas já tem suporte a pagamento com NFC (aqui em Maringá já fui a vários lugares, todos eles a maquina apresenta a inscrição no canto superior esquerdo indicando que aceita pagamento por proximidade) bastando a Apple firmar acordos com as bandeiras e fazer com que o recurso passe a ser compatível com nossos cartões nacionais e internacionais. Se o banco for repassar isso ao logista, será de forma a aumentar o taxa de serviço, mas isso não pode ser para uma modalidade apenas (NFC ou cartao chip) e sim de um modo geral. Acho que é por ai.

            • Robinho Simões 

              Sim, é exatamente isso. Os bancos não repassarão aos lojistas, primeiro porque a taxa é bem baixa, segundo porque o Apple Pay é extremamente seguro, absurdamente mais seguros que os cartões de crédito, o que reduz os altíssimos gastos com segurança, fazendo com que os bancos fiquem no lucro. As máquinas de NFC já existem. Se os bancos tivessem que passar alguma coisa para os lojistas seria um desconto, isso sim. A Apple conseguiu criar um sistema ontem TODOS ganham, o consumidor, o lojista, o banco e a própria Apple.

            • Wbrown

              Por logica, não existe algo em que TODOS GANHAM… Se alguém ganha, outro tem que perder…

          • Wbrown

            Não creio que vc ainda acredite que alguma coisa saia sem custo nenhum para o consumidor… TUDO recai sobre o consumidor, é o capitalismo…
            de uma forma ou de outra sempre saimos perdendo…

        • Felipe

          Se algum dia te exigiram valor mínimo para pagar no cartão, estavam errados… http://tj-mt.jusbrasil.com.br/noticias/100522052/compra-com-cartao-nao-pode-ter-limite-minimo

      • Não é só isso: A taxa que o comerciante paga também é pela vantagem de não ter dinheiro em espécie na loja, que requer alguém dar o troco e depois ir depositá-lo, sem falar do mais importante: dinheiro em espécie é o mais fácil de roubar.

        • Alex iPilot

          Mas com a outra forma concorrente também não há dinheiro na loja. O pagamento é online.

      • Victor Marques

        Quantos smartphones tem NFC hoje em dia? Quantos tem uma camera e uma tela capazes de mostrar um QRCode?
        Conforto pro consumidor hoje em dia é não ter que comprar um iphone 6 pra poder usar o apple pay. Acredito que o certo seria o estabelecimento ter as duas formas de pagamento. O pagamento via QRCode certamente tem seu valor pra maioria das pessoas que não tem NFC.

        • Você tem razão e levantou um bom argumento.
          Porém, não dá para querer nivelar tudo por baixo e eliminar o NFC quando ele começa a ser uma solução mais prática de pagamento.
          Que deixe os dois, para que todos possam aproveitar independente do aparelho que tem. Não acha?

          • Lélio Rocha

            Pronto, matou a questão, todas as opções e paguemos como queiramos.

  • Paulo Roger

    Lá eles estão brigando para não ter e aqui nós brigamos para ter…Que coisa..rs

  • steang

    Na verdade, apesar do retrocesso, o que eles querem é justo. Claro que pensando apenas no nosso lado, a coisa parece um descalabro, mas eles querem fugir das taxinhas das operadoras de cartão. Não vamos olhar o problema deles de uma forma simplista demais.

    • Lélio Rocha

      Será q só eu que não acho que 3% é taxinha?

  • Eros

    Eu acho justo o boicote. É fácil pra quem usa Apple achar tudo mil maravilhas né? Só que se o Apple Pay vingar, vai ter que ter dois modos de pagamento, o Apple Pay e algum que os Androids possam usar. O certo é ter um meio de pagamento universal, pra Android e Apple, como dificilmente a Maçã liberaria o modelo dela pra outros dispositivos, então basta esperar sair algo que seja disponível para os dois.

  • Victor Gustavo Volpe

    Lá o povo realmente briga por seus ideias. Se falar de boicote aqui no Brasil, o povo da risada. Vide os vídeos do Canal do Otário que circulam desde 2012 e o povo não abre o olho. O jeito é mudar para outro país mesmo…

  • Julio Sá

    Pessoal, se tem resistencia é porque tem muita $$$ envolvida, podem ter certeza. Ninguém dá ponto sem nó.

  • Leandro Faria

    humm é mesmo.

  • Gladisson Caetano Ramos

    As lojas demoram a lançar algo inovador ai a Apple lança vão lá e boicotam retirando as máquinas com NFC. Essa MCX está em apuros e agora vai pressionar as lojas a não aceitarem o Apple Pay empresinha medíocre.

    • Eros

      Não é bem assim que funciona né…

    • Thiago Martins

      As outras empresas provavelmente não vão conseguir criar algo melhor do que o Apple Pay, mas tem que ter cuidado com certas afirmações como dizer que foi “boicote” por parte dela e que ela está forçando os lojistas a algo… a tá, dessa forma parece que são um bando de alunos de ensino médio sem nada na cabeça. Tem que ter cuidado pois as vezes esse blog é bem tendencioso. Fica dica.

  • Bruno Mariano

    Sê for para usar esse método complicado ai prefiro usar o cartão de credito mesmo… O Apple Pay é tão pratico e seguro… Alem de que não quero passar historico de sites, e outras informações para uso em publicidade. Apple Pay is the way.

  • Christiano Albuquerque

    Pelo que li por ai o ApplePay já funciona no brasil se você tem um cartão americano e tenta passar em uma máquina que aceita NFC(e existem muitas por ai).

  • Wesley A. S.

    “… a solução tem como objetivo livrar os comerciantes de pagar as taxas de cartão (em média de 2 a 3%)”

    Desculpa a ignorância, mas como eles iriam conseguir fazer isso? Não teria “taxa” para o lojista? E como esse código de barras “pirilampo” vai virar dinheiro no mundo real?

    O artigo tratou muito bem sobre a notícia do boicote e sobre como funciona essa “nova” tecnologia, mas esse milagre de sumir com a taxa do cartão não. Pesquisei um pouco mas não achei muito sobre isso, apenas sobre a tecnologia em si (QR Code pra cá e pra lá).

  • Robinho Simões 

    Ridículo isso. Eu faria esse boicote se estivesse no lugar deles.

  • Pedro Henrique

    Acho engraçado que há meses atrás os usuários de iPhone, inclusive o dono do blog, questionavam a importância do nfc e agora ficam repercutindo notícia isolada e sem importância pra nossa realidade. O mais perto de uso com nfc que temos no Brasil, além de tags, é a utilização para pagar transporte público em substituição ao cartão, sendo testada no Rio de Janeiro.
    Deve ter alguma coisa mais importante no mundo do iphone do que isso.

    • Pedro, acho que você sofre de um grave problema de interpretação.

      O que o Blog sempre defendeu é que não adiantava apenas incluir um chip NFC se fosse para manter as mesmas soluções de sempre, como era antes.

      Se você for uma pessoa inteligente, provavelmente concordará comigo que se a Apple apenas incluísse o chip NFC como queriam você e muita gente, não iria mudar muita coisa e seria apenas “mais uma solução”.
      Foi a introdução do Touch ID no ano passado que mudou toda a história e realmente passou a fazer sentido a Apple investir nisso.

      • Pedro Henrique

        Po ilex discordo nesse ponto porque o nfc não tem só a função de pagamento, concordo que o touch id junto com ele ficou uma solução inteligente, mas o nfc tem outras aplicações bem interessantes que já poderiam estar sendo utilizadas pela apple. Só esse ponto que acho mais relevante.

  • Eros

    Acho a palavra “copiar” muito tendenciosa neste caso, considero cópia aquilo que não é tendência, que é realmente único, não é o caso de pagamentos utilizando dispositivos eletrônicos. Eu diria que a Google vai implementar a ideia amadurecida pela Apple, e isso é ótimo!

    Mas Robinho, o que quis dizer é que tanto Apple, Google e MS deveriam apostar numa plataforma universal de pagamento, já pensou, você tem um WP e troca pra Android ou Apple e precisa se acostumar com um novo meio de pagamento, isso é ruim, mas sabe como é né, as empresas se preocupam mais em prender seus usuários a força do que ganharem eles através da liberdade.