Curiosidades

Desenvolvedores começam a mostrar como seus apps ficarão no Apple Watch

Apple Watch

Um aspecto que será determinante para o sucesso do Apple Watch frente aos relógios inteligentes da concorrência será a variedade e (principalmente) a utilidade dos apps disponíveis para o aparelho na App Store.

E pouco a pouco, os desenvolvedores vem revelando como seus aplicativos irão se comportar no relógio da Apple, dando uma boa ideia do que poderemos encontrar disponível após o seu lançamento.

Em uma matéria pouco gentil a respeito do Apple Watch feita pelo jornal The New York Times no fim de fevereiro, o CEO da Contrast David Barnard, desenvolvedora do app de automação Launch Center Pro, revelou que eles estavam trabalhando em uma versão para o Apple Watch do aplicativo. E durante o último fim-de-semana, Barnard revelou algumas telas e funções que iremos encontrar no app.

Launch Center Pro

Utilizando a interface padronizada de listas desenvolvida pela Apple, o usuário encontrará as mesmas funções que ele tem cadastradas no aplicativo de iPhone, podendo disparar rapidamente uma ação como ligar um alarme, fazer um post em uma rede social, ou adicionar um item a uma lista de compras.

Barnard afirmou no Twitter que não tem dúvidas de que o Apple Watch irá vender bastante, e também revelou já estar trabalhando em outros aplicativos para a nova plataforma.

Outro app que será disponibilizado para o Apple Watch será o Moovit, grande aliado de quem depende do transporte público para se locomover. Com ele o usuário poderá navegar até o ponto de ônibus/metrô mais próximo, terá acesso a alertas de imprevistos e, de forma integrada com as rotas marcadas como favoritas no app de iPhone, verá a duração destes percursos diretamente no relógio.

Moovit

Para matar um pouco da curiosidade de como os apps irão se comportar no Apple Watch, o site WatchAware tem criado uma galeria interativa com todos os apps cujas interfaces já tenham sido anunciadas por seus respectivos desenvolvedores.

Apps no Apple Watch

Ali você pode experimentar as diferentes formas de interação com o relógio ao ver o aplicativo, sua notificação, o modo Olhada (que exibe informações úteis de uma forma direta e resumida), além de poder tocar na Coroa Digital para voltar para a tela de início do relógio.

A galeria já conta com apps de grandes empresas como por exemplo o Twitter, FeedWrangler, Facebook e Pinterest, e não para de crescer. Mexendo ali já dá pra ter uma boa ideia de como será a dinâmica de navegação entre telas, mapas, listas e conteúdos de texto.

E aí, estão gostando do que os desenvolvedores estão apresentando? Que app vocês querem ver no Apple Watch?

via TheNextWeb, 9to5mac

Tags
Mostrar mais

Marcus Mendes

Publicitário formado pela ESPM-SP. Além do seu trabalho como motion designer, contribui com o Blog desde 2012 e é também um dos editores da Revista iThing. Não sabe dizer o que faz no tempo livre por não saber o que isso significa.

Artigos Relacionados

  • Jonatas Brisotti

    Uma pena que 90% dessas interfaces não existirão agora porque simplesmente a Apple está limitando demais como as coisas serão no Watch… Vai ser mais ou menos aqueles memes de Expectativa x Realidade. Estamos sofrendo na pele por aqui… Vamos aguardar hahahahah

    • Ronald Miranda

      Nao mesmo, isso nao é ui inventada com montagens e sim o próprio simulador do os do relógio que tem no xcode

      • Jonatas Brisotti

        Hahahahaha ah tá. Vai nessa… Não tem nem glance nem watch App no simulador, só para começar.

        • Ronald Miranda
          • Jonatas Brisotti

            Cara, você não está entendendo e não quer entender o que eu estou falando. Tudo bem, não vou mais insistir. Mania de querer fala que o outro não sabe e que você é quem sabe… Seja um pouco menos troll, eu sei onde está a documentação , não preciso de link… Leia de novo o que escrevi. Não tem nem glance nem watch App no simulador”…
            O simulador não está completo, não tem o springboard e nem o glance. Ele teria de mostrar junto com vários outros (maps, calendar etc…) não tem isso. Você roda
            especificamente a main do app, ou o que vai ficar no glance ou notification… É uma simulação um tanto pobre de como vai funcionar mas que vai ser de outro
            jeito na real quando existir o relógio.

    • Claro, até porque muitos a própria Apple já mostrou na keynote desse jeito né, por exemplo o Twitter. No Xcode tem sim como simular todas as interfaces do Watch, sem contar que a Apple já chamou vários desenvolvedores para finalizarem seus apps e testarem no relógio.

      • Jonatas Brisotti

        Eu não achei o springboard nem o glance no simulador. Rodar essas partes do app de forma isolada não é nem de perto a mesma coisa que rodá-las dentro dessas áreas. Tudo bem que o hardware ainda não está disponível, mas com o iPhone e com iPad foi bem diferente…

        • De certa forma, o iPhone e o iPad já foram apresentados com data para chegarem às lojas. O Watch teve apenas um “sneak peak” em setembro, e a apresentação oficial será essa de segunda. Provavelmente, a Apple não quis revelar muitos detalhes, já que o sistema ainda estaria em estágio inicial e passaria por muitas mudanças, então limitou aos devs a testarem apenas a interface dos apps que criarem. A Apple já chamou os maiores devs para conhecerem o sistema completo, e inclusive, o 9to5Mac falou que a Apple já pediu para eles não revelarem muitas informações de seus apps até segunda, para não vazarem informações sobre recursos e APIs ainda não revelados do Watch OS. Aliás, o fundamental de um SDK é testar o app, não ficar brincando no resto do sistema. O SDK do iPhone só tem o simulador porque é necessário testar integração com alguns dos recursos nativos do sistema. De qualquer forma, é muito provável que a próxima beta do Xcode 6.3 virá com o Watch OS Simulator.

  • segunda promete!

  • Hades666

    Estou aguardando…..com certeza teremos ótimas novidades!!

  • Henrique Tonini

    Estou curioso em relação aos Jogos…

  • Tom Martins

    Em que realidade uma pessoa que tem poder financeiro de comprar um Watch é um iPhone 6 seria dependente de transporte público!

    • Victor

      Em paises de primeiro mundo isso acontece, por aqui é só caso você queira doar o seu aparelho contra a sua vontade para o senhor ladrão! Hehe :p

    • Rodrigo Alineri

      O seu comentário me fez lembrar uma frase que li (não me lembro onde) que dizia: País desenvolvido não é onde o pobre tem carro. É onde o rico usa transporte público.

      • JanjaBoy

        Essa frase mostra a realidade.

        • Tom Martins

          Também acho bonito essas frases de efeito Janja, acho tudo muito lindo. Kkkk

      • Deivid Cavalcante da Silva

        Doces ilusões. O Canadá é considerado um país de primeiro mundo, mas quanto o sistema de transporte de Toronto aumentou as passagens no dia primeiro de março, todo mundo chiou e disse que se continuarem aumentando vão substituir o TTC por carros. Aqui, com CAD2000.00 é possível comprar um carro em bom estado, e isso é mais ou menos o que gastamos com transporte público em um ano. Nos últimos 5 anos, eles aumentaram as passagens em uns 30%. Em resumo, até em país rico pobre prefere carro se o preço das passagens não compensam.

        • Rodrigo Alineri

          Considero que o autor da frase quiz dizer que: para que um rico passe a utilizar o transporte público em sua cidade é sinal que este serviço alcançou certo nível de excelência que justifique essa opção. Não é o caso do Brasil meu amigo.

    • Daniel Souza

      Ué, depois de vender o carro pra comprar o iPhone 6 e o Apple Watch só resta andar de transporte público mesmo 🙂

    • Fernando Marques

      Não que eu seja rico, mas trabalho bastante para comprar tudo que gosto, não tenho carro porque simplesmente não gosto e nunca tive vontade, ando no ônibus e metro com meu iphone e lendo no ipad normalmente, só saber o local certo de sentar e blz.
      Se tudo der certo vou comprar meu Apple Watch até o final do ano, isso se chegar no Brasil nesse meio tempo, se não só em fevereiro de 2016

    • Danilo Cesar

      O que mais vejo no Metrô é gente com IPhone,hoje em dia qualquer um tem cartão de crédito.
      Com Nextel foi assim também,no começo você tinha que comprovar renda de R$2.000 pra ter o aparelho,ai virou a maior ostentação,hoje em dia virou coisa de pião.

      • juhnior

        Talvez a Nextel não seja o melhor exemplo. Tenho renda de mais de 2 vezes o que vc disse e eles não aprovaram pra eu ter uma linha com eles.

        • Danilo Cesar

          Isso da renda que falei foi + – em 2007/2008. Hoje em dia na Nextel é só não ter restrição no nome que ja era.

          • juhnior

            Vc tá querendo dizer que eu tenho o nome sujo? kkkkk

      • Tom Martins

        Pô Danilo metrô! Eu estou falando da massa, buzão lotado na volta do trabalho pra casa, pessoas de baixa renda. Logico que no metrô você viu pessoas com iPhone 6. Mas me diga uma coisa, como elas se vestigam? Aparetavam ser trabalhadores assalariados? Quais os bairros em qe elas desembarcaram? Por favor vamos ser realistas.

        Tenho iPhone e ainda é o 4S que comprei uma 3 meses depois do lançamento aqui na claro, quando o valor era bem mais real, eu tinha pago 1899,90 em 10 vezes, eu na época tinha um salário de $1680,00, onde tinha que me revirar pra pagar minhas contas, e tentar ter um mínimo de conforto, Um ano depois eu consegui comprar um iPad 3 na fastshop por $2290,90 em 10 vezes sem juros também, porém não me sobrava maia nada no fim do mês. Hoje eu não tenho condições de comprar um iPhone 6, está fora a minha realidade. Sou um de muitos outros que vive com um salário abaixo de 2000 e que usa transporte público por necessidade, pode ser que a sua realidade seja outra.

    • bruno

      ê cabeça pequena..

  • Gaius Baltar

    Meu primeiro iDevice foi o primeiro iPad, que funciona até hoje. Mas alguns meses depois que eu comprei chegou o iPad 2, muito mais rápido, mais fino e com câmeras. Fiquei muito puto por ter sido um early adopter, e jurei não mais comprar nenhum produto na sua primeira versão. Por isso não pretendo comprar o Apple Watch 1. Já o 2, se vier à prova d’água, com bateria mais duradoura e mais funções será uma compra certa.

    • Rodrigo Alineri

      O gadget é tentador mas faço das minhas palavras as suas Gaius Baltar. Sempre espero uma segunda revisão seja de hardware ou software.

      • Juliano Santos

        Eu tb.

  • Adriano Bolzani

    Gostei!!

  • André A. Dantas

    Galera não sou muito de ficar discutindo aqui. Mas espero q iLex ou alguém do blog veja isso. http://mixyourwatch.com Sério da pra vc escolher as cores do applewatch. Abraço e espero ter ajudado em algo

  • Thiago Racca

    o Twitter vai ter uma crescida com apple Watch novamente 140 voltam a ser muito relevantes…

  • Daniel Rodrigues

    Sei não… Eu ainda estou encantado pelo Pebble..

  • Marccus Phillipe

    daora! só agora me despertou o interesse nesse novo produto, devido ao Siri em português;
    ia ser massa ter mais aplicativos modelo utilitário ao invés de entretenimento.

  • Leonardo Negrisoli

    Quero testar antes de tomar qualquer tipo de decisão.

    Vou ler reviews e ver vídeos. Eu sei que a Apple é mestre em criar a necessidade de alguma coisa na gente, mas ainda estou com um pé atrás. Só comprarei também se for nos EUA por causa do preço.
    Se US$350 já são mais de R$1.000 comprando lá, imagina aqui.

  • Fernanda Prado Salvanha

    Eu uso um ótimo app que analisa o consumo de meu veículo e recebi um comunicado que estarão disponibilizando a versão para Apple Watch em breve (com um vídeo de preview).. Acho legal pois é de uma empresa brasileira e só tenho visto prévias de apps de fora.. Segue o vídeo do preview para quem quiser dar uma olhada: http://youtu.be/yaOPVXBcgFU

  • André

    A pulseira branca com a case dourado rosé fica show! Bem girlie, mas elegante.

  • Tom Martins

    cabeça pequena? Acho que está mais pra falta de hipocrisia.

  • Leonardo Petró

    Estou bem cético ainda sobre a utilidade dele…me surpreenda Appl!

  • Pablo Salvanha

    O importante é a variedade e a oferta de apps que tenham real utilidade no dia a dia. Osso vai ser ter um mega iDevice sem opções legais de app. Apesar de ter muitos que não vão ter utilidade nenhum o pessoal seleciona o que quer instalar.. Na minha opinião o que vai definir o sucesso ou não dele vai depender da criatividade dos developers.

  • Ronald Miranda

    pronto… veio com glance =D

    • Jonatas Brisotti

      Rapaz mudou foi tudo… Toca a voltar para o Swift anterior