Notícias

Corning se mostra incomodada com o interesse da Apple pelos vidros de Safira

Corning vs. Safira

Recentemente contamos aqui a história de como Steve Jobs convenceu o dono da Corning a desenvolver o vidro Gorilla em tempo recorde, para que ele pudesse ser usado nos primeiros iPhones. Mas se a roda de rumores estiver certa, a Apple pode estar considerando abandonar a Corning como fornecedora de vidros para passar a adotar vidros de cristais de Safira para equipar seus aparelhos. E levando em conta um vídeo publicado pela Corning hoje, eles não parecem estar nada felizes com este rumor.

Riscos e telas quebradas sempre foram um problema de todo o mercado de smartphones. É bem verdade que ao longo de 7 anos a Corning conseguiu evoluir a tecnologia do seu vidro Gorilla o suficiente para deixá-lo mais resistente, mas mesmo assim especialmente quando o assunto é telas quebradas, ainda há muito a ser feito. Por mais que um vidro seja resistente a riscos, uma queda de um iPhone (ou qualquer outro smartphone) de cara no chão ainda é quase sinônimo de tela quebrada.

Com a aproximação do anúncio e lançamento dos próximos iPhones, há quem esteja dando por certa a substituição dos vidros Gorilla pelos vidros de Safira (que já cobrem as lentes dos aparelhos desde o iPhone 5). E parece que a própria Corning já acredita nestes rumores, pois eles divulgaram hoje um vídeo em que fazem alguns testes comparando os dois vidros. Em um primeiro momento, ambos são submetidos a impactos de objetos como escovas de cabelo e chaves durante 45 minutos, sendo em seguida submetidos a um teste de pressão para comparar quanto cada vidro consegue aguentar antes de se quebrar. Confira o teste abaixo:

Algumas coisas chamam a atenção. Primeiro, a Corning não compara o estado final dos vidros depois do primeiro teste. Eles mostram o teste sendo feito, mostram um dos vidros com diversas marcas em seguida, mas em momento nenhum eles comparam os dois vidros lado a lado, tornando esta etapa do teste totalmente inútil. Em seguida, eles comprovam a fragilidade dos vidros de Safira no teste de pressão, e evidentemente não mostram seu próprio vidro se rompendo após atingir sua capacidade-limite. Neste segundo teste fica bem clara a superioridade dos vidros da Corning em relação ao seu potencial concorrente, que é exatamente o que a Corning quer.

Se o rumor da substituição dos vidros Gorilla é verdade ou não, só o tempo dirá (por exemplo: será que o interesse em vidros de Safira é realmente para o iPhone?). Mas este vídeo da Corning mostra que eles não estão nada felizes com esta ideia, e parece que estão partindo para uma campanha de formação da opinião pública para contra-atacar. Algo assim deve ter pouco impacto no curto prazo, pois não é a partir de um vídeo como esses que a Apple vai considerar mudar de ideia. Mas se eles continuarem esta campanha contra os vidros de Safira, é provável que eles estejam contando com uma pressão dos próprios usuários para tentar fazer com que a Apple mude de ideia.

Que enrosco, não? Quem disse que rumores só confundem o mercado editorial e seus leitores?

via TUAW

Tags
Mostrar mais

Marcus Mendes

Publicitário formado pela ESPM-SP. Além do seu trabalho como motion designer, contribui com o Blog desde 2012 e é também um dos editores da Revista iThing. Não sabe dizer o que faz no tempo livre por não saber o que isso significa.

Artigos Relacionados

  • Carlos Frederico

    Bela matéria!
    O problema dos vidros é que enquanto não houver uma tela que NÃO quebre com os impactos do dia-a-dia, nada vai adiantar! Vocês destacaram bem em colocar em negrito a palavra “pressão”! Grande porcaria o vidro aguentar uma pressão de 10 KG se ele não aguenta o impacto de 9,8 metros por segundo de uma altura de 1 metro.

    Não sei o quão resistente a safira é em relação ao que falei, mas com certeza deve ser superior em qualidade e ligeiramente mais barato a longo prazo, afinal é a meta da Apple: qualidade sempre em primeiro lugar.

    • Daniel Caldas

      Que gravidade é essa?! oO

    • Luís M.

      1- Acho que meu iPhone é magico. Ele já caiu tantas vezes que eu não consigo contar (lembro das quedas memoráveis dele como quando eu estava indo pescar e o deixei na minha maleta e um louco bateu nela com a moto e ele saiu voando e caiu no asfalto pq a maleta se desmontou em vários pedaços além de que foi num dos primeiros dias dele, então eu ainda estava sem capa. outra vez eu caí com ele do cavalo e na lama (de novo sem capa) também já fiz a cagada de lançá-lo ao alto sem querer por estar balançando os braços e bater a mão na porta. também quando caiu da altura de +- 1,5 metro 2 dias após ter chegado. de vez em quando eu o jogo no chão para provar a algum amigo que ele não quebra, mas foram poucas vezes

      Ps: iPhone 4S)

      2- “afinal é a meta da Apple: qualidade sempre em primeiro lugar.” errado, a principal meta da apple é “Lucrar em primeiro lugar” depois vem a qualidade

      • Evertonhxc

        Que engraçado dei muita risada lendo essas historias.

      • Carlos Frederico

        Muita sorte você teve kkkkkkkkkkkk!

        Quanto ao fato de lucrar, bem, fica na dúvida quando Tim Cook brigou com os acionistas: se você não está feliz, venda suas ações. Motivo? Criar acessibilidade (que permite que os mais diversos deficientes usem) dá muito, mas muito custo e uma minoria utiliza. Se a meta fosse só lucro, a Apple nem perderia tempo com detalhes e muito menos acessibilidade. O lucro aí é consequência das metas que ela possui e da maneira que ela organiza toda a cadeia de produção, investimento e pesquisa.

      • No Brasil talvez seja lucro, mas nos EUA não. O lucro vem pelo reconhecimento (vendas) da superioridade do produto.

        • Que fique claro, Caio: já foi postado, aqui no BDI, que a Apple lucra menos nas terras tupiniquins do que em terras norte-americanas. O preço aqui é altíssimo graças às taxas de importação e outros impostos.

      • Gustavo Siqueira

        Eu já joguei meu 3GS na parede pra provar um argumento também, algum amigo mandou um “mas os celulares com android são mais resistentes, iPhone quebra fácil”.
        Meses depois fiz mais ou menos o mesmo, porém estava bêbado dessa vez =P

      • Junio Pereira

        Eu acho que a meta da Apple não é apenas o lucro, eu acho que eles prezam mais pela experiência do usuário, claro que existem infelizes casos e decepções com o iPhone com algumas pessoas, mas eu acho que pelo menos na época do Steve Jobs, a Apple não queria saber do lucro.

      • Thiago Augusto

        Eu também fazia isso…o meu tambem é o 4S…era o inquebrável…só que um dia eu estava interpretando e acabei me erroscando em um fio que passava no palco e acabei caindo do mesmo e o iPhone estava no bolso…quebrou-se a tela…

  • André Silva

    Como eles tem contratos firmados para produção em massa, se realmente for verdade que a Apple vai adotar Safira ela já pode ter reduzido a quantidade ou mesmo não ter firmado um novo contrato especificamente para o iPhone 6. Time will tell….

  • Evandro

    A corning deve estar achando que vamos mesmo fazer tanta pressão assim na tela né! O gorilla glass é tão “eficaz” q ja vi gorilla glass 3 sendo destruido ao simplesmente cair de cima da mesa.

    • Waelb Sarges Carneiro

      Tenho um iPhone 4s mágico igual do leitor acima faz 2 anos. Comprei recentemente um Nexus 4 que na segunda semana, caiu da mesinha de centro da sala e estilhaçou toda a tela. Difícil argumentar contra isso.

  • Olha meu relógio Tissot tem tela de Safira, e eu com as mãos sou estabanado, já dei cada porrada em quinas e corrimão de escadas com ele, tem uns 3 anos já e mesmo com tanto estresse, até hoje nenhum risco sequer. E pelos testes, não é qualquer quedinha que vai fazer a tela trincar, e o mais importante: riscar.

    • Dian de Paula.

      Eu também tenho um relógio Tissot há cerca de 2 anos e o vidro dele não tem sequer um risco. E olha que ele já sofreu muitas pancadas e quedas.

  • JanjaBoy

    Para mim no iPad não aparece o vídeo.
    —————
    Achei o vídeo na página “http://www.corninggorillaglass.com/gorilla-channel/Corning®-Gorilla®-Glass-vs.-Sapphire”
    E vi que o vídeo é de 2013.
    Será que eles estão acreditando no rumor?

    • Arrumamos. Obrigado pelo toque. 😉

    • OverlordBR

      “Será que eles estão acreditando no rumor?”

      Pelas trocentas fontes que já apareceram, é um “rumor” bem fundamentado.
      Ousaria até já chamar de realidade mas, com a Apple, nada é certo.

      • JanjaBoy

        Over, pergunto porque o movie é de 2013. Não acredito que “agora” o bicho pegou.
        Eu fabricante de vidro para Apple ou Samsung, estaria preocupado com qualquer novo “vidro” que não fosse eu o fabricante.

        • OverlordBR

          Ah, sim… entendi agora.
          Tem razão. Qualquer vidro no mesmo estilo do Gorilla é um potencial competidor para a Corning.

  • Luis Gustavo Pereira

    Não confundam “dureza”, “tenacidade” e “resistência a compressão”. Pode ser que o vidro novo com superfície de safira, tenha uma superfície com dureza maior que o atual da Corning, e núcleo do mesmo com maior “tenacidade”. Então seria o que todo usuário gostaria de ter em seu smartphone. Quanto a resistência a compressão, será que um usuário submeteria o seu telefone a tamanha pressão?

  • T-ROX

    que video mais tendencioso, pra que que eles testaram os riscos se não compararam. Otra coisa, ninguém exerce tanta pressão sobre a tela. o que importa é a resistência a impactos. Olhem o video do youtuber em que ele quase dobra a tela e não consegue quebrar, alem disso não consegue riscar a tela mesmo apunhalando com uma faca. essa tela de safira é mil vezes melhor, se for aplicado no iphone seda uma excelente melhora. Será adeus ao invisible shield.

  • Flávio

    A do planeta Terra: 9,8 m/s2 (segundo ao quadrado)

    • Daniel Caldas

      Que nada, Flávio! Essa foi de 48,1 m/s2!

    • Daniel Caldas

      Que nada, Flávio! Essa é de 48,1 m/s2!

  • Lipe

    Quanta malandragem. A diferença no tamanho das telas testadas diz tudo.

  • Paulo Marcos

    Os vidros de safira não poderiam ser para o “iWatch” ou nome que o equivalha?

    • OverlordBR

      Pela quantidade de safira (e de novas forjas) que a empresa responsável pela produção está utilizando, os analistas “supõem” que aja estoque de vidro para ser utilizado em 2 modelos de iPhone mais o iWatch… e ainda sobrar.

  • Elcin

    Uma coisa que me chamou a atenção no vídeo, foi a diferença de tamanho e aparentemente de espessura dos vidros. Seria mais claro e honesto se fossem idênticos.

    • Pedro Barbosa

      Vim comentar exatamente isso e estava procurando pra ver se ninguém tinha notado.
      Obviamente o vidro de safira tem uma área bem maior em relação ao gorila, que por sua vez no video parece ser mais espesso.

  • Rodrigo Rodrigues Diguinho

    Eu não entendo muito de física, mas será que o vidro Safira sendo bem maior que o Gorilla no teste não afeta o resultado? Meu raciocínio seria de que é muito mais fácil quebrar um vidro maior, será?

  • Alex

    Estou no meu terceiro iPhone. Passei pelo 4, 4S e agora tenho o 5S. Em todos eles fiz questão de já sair da loja com a combinação case e película colocados para proteger os aparelhos. Apesar de quedas, algumas superiores a 1 metro, consegui vender o 4 e o 4S praticamente intactos e sem arranhões.

  • OverlordBR

    “Quanto a resistência a compressão, será que um usuário submeteria o seu telefone a tamanha pressão?”

    Primeira lei de Murphy: “Se algo pode dar errado, dará.”

    Lei de Murphy, adaptada: “Nunca duvide do quê um usuário é capaz de fazer!”

  • Antonio Frederico

    Ai depende de quanto vai custar esse novo iPhone, porque se ele chegar aqui na Brasil com preço de carro blindado, o vidro tem que suportar até tiro de ar-15

    • OverlordBR

      Geralmente a Apple mantém o preço do iPhone mesmo lançando um novo modelo todo ano.

      Que eu lembre, por exemplo,
      2012 -> preço do iPhone 5, 16 GB (desbloqueado), no lançamento: U$ 649
      2013 -> preço do iPhone 5S, 16 GB (desbloqueado), no lançamento: U$ 649

      E olha quanto o hardware mudou do iPhone 5 para o iPhone 5S!

      Mas, realmente: a lógica de preços praticados aqui no Brasil é completamente sem sentido.

  • Luiz Fernando

    Me poupe Corning, essa porcaria cai no chão e já quebra, nem acredito mais nesses testes. Quero ver fazer o que fizeram lá com a de Safira

  • xavsouza

    Tenho hoje um iPhone 5S e já tive um 4 e um 4S. Faço questão de na compra, já sair da loja com a dupla case e película instalados. Graças a isso, apesar de quedas superiores a um metro e de arranhões, vendi o 4 e o 4S praticamente intactos.

    • Antonio Frederico

      Eu gosto de usar o iPhone sem case, mas sei do risco que corro. Até hoje caiu apenas uma vez no chão e para minha sorte nada aconteceu. Mas se chegar aqui custando 3 mil reais acho que dessa vez vou instalar até cerca elétrica nele….

  • Alex Nobre Do Nascimento

    Marcus sempre mandando bem! abraço brother!

  • Alan Patrik

    Acredito que pelo tempo de produção a Apple já deve ter definido qual material usar. Minha duvida é, a Corning fez esse vídeo para a Apple ou para os usuários da Apple?

  • Victor Campos

    Acredito que o intuito da Corning não foi comparar o nível de arranhado de seu produto com o sapphire, mas justificar que mesmo após um teste que venha deixar algum tipo de arranhado no vidro, ele ainda continua aguentando mais pressão que o sapphire.

  • Thiago Lino

    De qualquer forma, a Corning permanecerá fornecendo as telas para os Androids. É óbvio que perder a Apple como cliente é um impacto, mas não creio que seja tão alarmante, e mais, a curto prazo, pelo que já li, a única empresa neste ramo com real potencial de adotar o vidro safira em seus aparelhos é a própria Apple que já conta com estrutura dedicada. De fato, há outros “poréns”, se estes vidros irão para telas de iPhones ou para um “iWatch”, entre os dois, acho que o último é mais lógico.

  • Alex iPilot

    Se cair de quina no asfalto, um abraço… O meu vidro do iPhone 5 já quebrou. Não uso capa nem película. Mas a tela NUNCA riscou, nem um risquinho, e vive no meu bolso, entre ferramentas de aço, jogado de um lado pro outro, rsrsrs… Às vezes coloco uma capa à prova d’água, quando preciso…

  • Safira é infinitamente superior em termos de resistência e proteção contra arranhões. O choro é livre.

  • Daniel Caldas

    Realmente, o vidro é bem maior mesmo, mas isso não influi no teste, pois o “punção” e a base dele utilizadas são as mesmas.
    Quanto à espessura, dá essa impressão mesmo, mas acho que é uma ilusão de ótica pela maneira que os vidros refletem a luz.

    • O vidro da direita parece ser um pouco curvo, ou estou louco? rs

  • Danilo Araujo

    Vidro de celular é igual película Automotiva, é anti-risco,porém o próprio cara que aplica ja deixa marca de espatula no seu FILM kkkkkkkkkkk

  • Kevin Costner

    Eu acho que se a Apple for adotar o Cristal de Safira ja nesse ano no iPhone 6(?) a Corning ja estaria sabendo, porque não seria ela que daria o Vidro para o iPhone 6?
    Creio que o iPhone desde ano ainda venha com Gorila Glass.

  • Junio Pereira

    Eu estava assistindo o video, e eu percebi que o vidro de safira era um pouco maior que a do Gorila Glass, eu não sei se isso implica em alguma coisa na hora do teste de pressão. Porém eu acho que isso é uma desvantagem para a tela de safira.

  • Hebert Jorge

    Isso sem levar em conta que uma micro micro saliência no pino que preciosa o vidro pode aumentar em muito a pressão sobre a superfície do vidro: fisicamente falando temos P = F/A. Assim quem garante que no pistão que usaram no safira não está aplicando uma pressão real bem maior do que a mostrada no visor. É uma forma de forjar esse resultado mostrado no vídeo em favor do Gorilla.

  • Se a Apple vai mudar para o vidro de safira, a Corning já sabe e a contra campanha é para ver se ela consegue afetar as vendas (o que eu duvido…) da Apple e gerar opinião pública em favor do Gorilla Glass.

  • Anne Beatriz

    Pois é, esse teste é bem para enganar leigos.. Não sou especialista em materiais, mas um teste de pressão não prova nada. Sem falar que o que eu vejo é a lateral do celular ficar quebrada, deixando o lateral do vidro vulnerável. Eles deveriam considerar fabricar uma tela com borda própria de reforço, talvez de kevlar? Para que no impacto da queda os materiais mais ‘simples’ do celular não deixem a tela exposta…

  • Caio A.

    Cara, estava sentado no chão, e meu iphone 4s caiu do bolso! Bem, uma altura de 08cm foram suficientes para abrir uma rachadura de ponta a ponta, no estilo cateto quadrado da hipotenusa..Foda ne? Ao passo que outro dia, correndo, meu ipod touch escapou da bracadeira e voou uns 15m, quicou, caiu na lama e nada aconteceu! Ai eu te pergunto, por que nao usam o vidro do ipod touch no iphone? kkkk

  • Vinicius de Andrade

    só achei estranho o tamanho do vidro de ambos. o Gorilla é muito menor do que o Safira, sendo assim, as massas são diferentes e para quebrar o menor, você precisa de muito mais força, não!?