iPadNotícias

Apple volta a vender o iPad 4 e abandona de vez o iPad 2

iPad 4 na Apple Store

Em outubro, a Apple fez algo que nos deixou surpresos: lançou o iPad Air, mas descontinuou a versão de 4ª geração, continuando a vender o iPad 2, que foi lançado em 2011. Pouca gente entendeu esta atitude, pois o “normal” seria lançar um novo produto e vender com um preço um pouco mais barato a geração anterior.

Hoje, ela mudou tudo isso: ela voltou a vender o iPad 4 (que já estava descontinuado) e sumiu com o iPad 2 das prateleiras.

O rumor começou ontem e se concretizou hoje, na loja online da Apple. O iPad 4 tem tela Retina, chip A6X, conector Lightning e wireless ultrarrápida, mas é bom lembrar que a versão de 4ª geração não é compatível com a rede 4G brasileira. Não é todo mundo que se preocupa em ter 4G, mas é sempre bom saber desta informação no momento da compra.

Esta versão vem mais cara que o preço que estava sendo proposto pelo iPad 2 e não é muito mais barata que o iPad Air, com uma diferença de R$250 entre o modelo mais simples dos dois modelos. À vista, o iPad 4 sai a partir de R$1.349,10.

O iPad 4 é ainda um excelente equipamento, mas a pouca diferença de preço entre os dois modelos nos faz sugerir ao leitor investir no iPad Air, que é mais leve, mais estreito, tem um processador mais moderno (A7 de 64 bits) com o dobro de velocidade, além de ser compatível com as redes 4G no Brasil (nos modelos com entrada para chip). O consumidor deve avaliar o que ele busca em um tablet e o que satisfaz suas necessidades.

Para um comparativo mais completo, confira nossa tabela com as diferenças entre as duas gerações.

O movimento da Apple pode ser um indício de que o iPad 2 não será compatível com o futuro iOS 8. Mas isso, claro, é só uma especulação, pois só poderemos saber com certeza na segunda semana de junho, durante a WWDC 2014.

Onde comprar: Apple Store Online

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados