AplicativosNotícias

Uma das causas da retirada do aplicativo AppGrátis foram as Notificações

Notificações AppGrátis

A retirada do popular aplicativo AppGrátis da App Store (leia mais aqui) não foi apenas por causa de uma regra, mas duas. Além da tentativa da Apple em retirar aplicativos que promovam outros aplicativos, o app pecava em outro ainda mais valorizado pela Maçã: enviar notificações que façam publicidade de promoções.

A Apple se manifestou sobre o caso e confirmou ao AllThingsD que retirou o aplicativo porque ele infringia algumas regras pré-estabelecidas da App Store. Entre elas, a que limita o envio de notificações no aplicativo.

5.6. O aplicativo não poderá usar notificações por Push para enviar propaganda, promoções ou marketing direto de qualquer natureza.

A regra tem a (boa) intenção de impedir que certos aplicativos se aproveitem para infernizar a vida do usuário com promoções não solicitadas. Não é exatamente o caso deste aplicativo, em que o usuário quer exatamente ser avisado das promoções, mas regras são regras e a princípio devem ser respeitadas.

Notificações no AppGratis

Apesar da Maçã dizer que está apenas fazendo valer as regras que todos os desenvolvedores já conhecem, fontes internas da empresa afirmam que o fato é que o AppGrátis cresceu demais como negócio, influenciando diretamente o sistema de classificação da App Store. A Apple prefere o sistema de meritocracia, ou seja, vai para o ranking os aplicativos que realmente são bons. Com a promoção do AppGrátis isso não acontece: desenvolvedores pagam para que seus apps sejam publicados e, deixando-os de graça, acabam atingindo sempre os primeiros lugares do ranking. Na visão da Apple, um sistema que premia quem tem mais dinheiro e não quem tem o melhor app, não é justo.

Ao mesmo tempo, o serviço é uma mão na roda para quem procura bons aplicativos. Apesar do app ter sido retirado do ar, as atualizações diárias de promoções continuam normalmente para quem assinou a newsletter ou ainda possui o aplicativo. Apenas novos usuários que não poderão aproveitar mais.

A pergunta é: e os outros aplicativos similares que continuam na App Store, ficarão até quando?

via AllThingsD

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Cleberson

    Apesar do serviço ser muito bom, tenho que concordar com a Apple.

    Talvez o Apps Gone Free seja diferente, talvez ele só busque na App Store bons títulos que ficaram grátis “porque o desenvolvedor quis”. Porque dentro do AGF tem um sistema que os usuários fazem “Bump” em aplicativos que eles querem que fiquem de graça, mas dificilmente um dos aplicativos do dia é “bumpeado”…

    Tipo o site AppShopper, você cadastra apps que quer ficar de olho, e quando o preço muda, ele te avisa. Talvez isso não influencie tanto assim.

    • Cleberson

      Continuando meu raciocínio: vamos dar duas situações de exemplo.
      O desenvolvedor do Camera+ acordou hoje com vontade de deixar seu app de graça. Aí uma pessoa vê, e avisa todo mundo “olha só, o Camera+ tá de graça!”. Isso é boca a boca. Se um app fizer exatamente isso, pelo jeito não tem problema, pois o sistema do App não *influencia* o desenvolvedor fazer isso pra ganhar destaque (ele sabe que eventualmente o boca-a-boca vai acontecer, mas não tem um instrumento exato pra isso).

      Já o AppGrátis, por exemplo, era o Simon que entrava em contato e fazia uma parceria pro cara deixar o app de graça. O desenvolvedor já sabe quantas pessoas terão acesso e já sabe mais ou menos quantos downloads terá a mais, porque o povo tava pedindo pro App ficar de graça.

      Eu adoro o AppGrátis e inclusive já mandei solicitação pra lá (Runtastic Pro, que ficou grátis uns dias depois), mas tem que se concordar com a Apple que isso dá uma bagunçada no ranking da App Store.

      • Michel Lopes

        Quer meu post emprestado pra vc continuar mais ainda seu raciocínio ?

        • Cleberson

          Voltando ao raciocínio, pra quem não entendeu: o Simon adotava um sistema de pagamento para quem quisesse ter seu aplicativo publicado la. No começo acredito que não era assim, mas depois com o aumento de uso do aplicativo (quase todo mundo que conheço que tem iPhone utiliza), ele passou sim a influenciar no ranking da App Store. Acredito que no começo eram eles que corriam atraz do developer para terem um app gratuito cadastrado, e sem ganhar 1 centavo por isso. Hoje, claro, os desenvolvedores já vão atrás, visto que tem gente que religiosamente sempre baixa o App gratuito do dia.

          Acredito que o que a Apple não gostou, no caso, foi que o aplicativo em si já estava sendo uma própria App Store, visto que muitas pessoas já nem entravam na App Store pra ver os destaques, buscar apps, etc. As pessoas já esperavam receber a Push do App Gratis para pegar o App do dia.

        • Fabrício Mendes dos Santos

          Kkkkkkkkkkk

  • Bruno

    Se eu baixei o APP e deletei, tem como baixa-lo novamente?

    • Sóstenes Oliveira

      se você baixou, sim
      pelo iphone, você vai em atualizações e la no topo vai estar “Purchased” (comprados)
      pelo iTunes você vai na AppStore e no canto direito vai ter também “Purchased”, é só procurar o App e baixar novamente 😀

      • Edson

        Quando ele é excluido da appstore, some dos “comprados”. So funciona se vc baixou o .ipa no itunes.

  • Sóstenes Oliveira

    Um ranking por App pago que ficou grátis e não pela funcionalidade do mesmo.

  • Edson Miranda

    As notificações realmente enchia o saco mas era só desativar… Nunca fui muito fã desse App prefiro outros mas é uma pena a Apple tirar eles da loja, deviam fazer outro meio de avaliar os App assim esses tipos de App não iriam influenciar na avaliações

  • Daniel

    e o free my apps, vai estar nesse bolo?

    • Overlord

      Possivelmente.

      Melhor completar logo os pontos e tirar mais um gift card rapidinho.

    • O FreeMyApps não tem aplicativo na App Store, portanto a Apple não tem controle sobre eles, que compram legalmente gift cards e distribuem para seus usuários via site.

    • Fernand:o_O

      O FreeMyApps é um site. A Apple não tem como tirar este site do seu navegador, pelo menos por enquanto.

    • waldemarJR

      Tomara que não, já consegui mais de 120 dolares em produtos da amazon!

      • Tulio

        Eu tb! Exatamente 120,00 na amazon.. Tomara q continue funcionando perfeitamente

        • Paulo Melgaço

          Eu to com 150$ na AppStore…. Da uma pena de gastar…

  • Juliano do Prado

    Aff, o jogo Six Guns sempre me enviava notificações me convidando a jogar novamente, segundo eles os criminosos mais perigosos do oeste estavam a solta, rsrs.

  • Andrey Lanhi

    No meu Android (celular) tem Apps que usam a central de notificação pra colocar publicidade, e ficam mandando publicidade direto… O pior é que isso acontece com alguns Apps famosos em suas versões “free”.

    No iPad não tenho esse problema… Sempre usei as versões free e a publicidade é mais discreta.

  • krikaoli

    Simão pode contonar isso.

  • Perereca show

    E o watsapp quando é que vai começar a ficar grátis na app store? E quando vai entrar em vigor aquela regra de pagar uma certa quantia por ano pelo uso do mesmo?

  • Daniel

    Tenho que concordar com a Apple. Aplicativos que ficam de graça por um tempo logo sobem na classificação. Logo depois eles somem novamente e o ddesenvolvedor nem liga pra ele mais. Tipo foi só pra promover mesmo. Olhando com mais calma a Apple tem razão, tinha virado negócio mesmo!

  • Tarcisio

    Dúvida:
    Numa próxima atualização de IOS, será que ele será removido automaticamente do iPhone de quem ja tem?

    • Marcus Malacarne

      Não… Se você tem o App instalado, ficará com ele pra sempre (ou até se cansar e remover manualmente). Se você tiver ele salvo também no iTunes, conseguirá inclusive reinstalar futuramente caso queira. Só o que não consegue é baixa-lo novamente da AppStore.

  • Paulo Frois

    Olá pessoal,
    Hoje, logo de manhã, li a notícia da redução de alguns impostos em smartphones fabricados no Brasil, que poderiam influir no preço final para o consumidor em até 30% de abate. Gostaria iLex, se fosse possível e válido, que você fizesse um post explicando melhor essa redução e se os smartphones da Apple seriam contemplados com essa redução. Acredito que essa seja a dúvida de boa parte de seus leitores. Obrigado. No aguardo de uma resposta. Positiva ou negativa.

    Abçs

    Paulo

  • Mamute28

    É um absurdo, pois, a Apple Grátis fazia um enorme sucesso e sem duvidas eu mesmo, utilizei e continuarei utilizando…

    Abração