Notícias

Patente da Apple demonstra carregamento da bateria por indução na Smart Cover do iPad

Indução pela Smart Cover

Não é de hoje que se cogita a possibilidade da Apple criar maneiras de carregar a bateria do iPhone e o iPad sem o uso de fios, apenas por indução. Agora, mais uma patente registrada pela maçã mostra uma alternativa para isto, desta vez usando a Smart Cover do iPad.

O site Patently Apple divulgou imagens de uma invenção registrada pela Apple, mostrando a tecnologia. Isto parece deixar claro que a Apple não está parada e seu departamento de pesquisa e desenvolvimento continua experimentando soluções inovadoras para seus produtos. Mas para chegar ao consumidor, estas soluções precisam ser realmente boas e eficientes, caso contrário são descartadas como já aconteceu com muitas outras.

Para ver mais detalhes e imagens, acesse a fonte original.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Lucas

    Velho, QUE DAORA!

  • iLuke

    Apple sempre na frente

    • JanjaBoy

      Oi?

    • Fabrício

      Não dessa vez…

  • Raphael Bayao

    Eu vi um carregador móvel , pode carregar aonde quiser!! Enquanto nao temos um jeito da Apple , vou fazendo gambiarras :p

  • Paulo

    “… e seu departamento de pesquisa e desenvolvimento continua experimentando soluções inovadoras para seus produtos.”

    Isso não é inovador…

    • Victor B Silva

      Entaum diz ai uma coisa parecida

      • Vinicius

        Já tem umas capas que vc coloca no telefone que carrega por indução. Se não me engano tem um celular da Nokia que também já tem isso!

        • Raphaela Castro

          Lumia 920

      • Wagner Ribeiro

        Fazer um rabisco e patentear é fácil, isso não é inovação, é mercado de patentes. Varias empresas ja tem isso em uso, o que a Apple consegue com esta patente é processar qualquer um que tente colocar isso em uma capa semelhante a smart cover.

  • Luiz Bolognesi

    Nao vejo logica em ligar um ” carregar sem fio ” na tomada e colocar o telefone sobre ele!!

    • Paulo

      Também não vejo… Me parece um tanto inútil.

    • Leandro G. Gomes

      Talvez a ideia seja tirar o espaço do conector e poder diminuir o aparelho ou aumentar os recursos dentro dele como ocorreu com o cabo de 8 pinos pra liberar espaço…

      infelizemente como no caso do cabo as vezes se perde algo no meio como os Dock que ficaram sem uso la em casa qd mudei pro iPhone 5 ja q mesmo com adaptador não funcionam! Mas fazer o q, evolui num canto e atrasa em outro…

    • Marcelo

      Indução não precisa de contato..

      • Luiz Bolognesi

        Entao no caso vai ter uma opcao nos ajustes do Ios que possiblitara a opcao de carregar ou nao do nada!! Ate que todos nos conhecemos nao existe nada tao evoluido assim “ainda”.

      • JanjaBoy

        Mas a “fonte” indutora é ligada em algum lugar, ou não?

        • Antonio Freitas Neto

          Sim gente, mas a maior vantagem disso eh voce ter essas superficies em carros, aeroportos, bares, restaurantes….em lugares q voce nem vai perceber e que vao carregar seu dispositivo. Serio que vocÊs nao percebem as vantagens disso e porque a apple é tao criticada por ficar para trás nisso?

        • Antonio Freitas Neto

          Duas coisas me assustam com esses comentarios:

          – pessoas achando que a apple esta inovando. Não, ela esta correndo atras tardiamente, muito embora eu concord que ela precisa aderir para realmente popularizar

          – pessoas que acham isso inutil. So posso imaginar dois motivos para isso: ou a pessoa é daquelas que, so porque o iX dela nao tem isso ela acha inutil ou ela nao tem imaginacao para perceber a grande utilidade disso em carros (imagina um console de carro com essa funcao, onde vc deixa seu tel ali e ele vai carregando), aeroportos (carregando na sala de espera, se vc deixa ele sobre uma mesinha ao lado do seu banco), aviao, carregando quando voce deixa ele sobre a bandeja, restaurantes e bares, que carregando bastando voce deixar o telefone em cima.

          Realmente algums comentários aqui me deixam preocupados.

      • Marcello Victorino

        Mas precisa estar próximo… Bem próximo do campo magnético gerado!
        A nao ser que seja um campo enorme… O que iria interferir em todos os outros dispositivos eletrônicos da sua casa!
        Nah… Precisa ser colocado SOBRE a “placa indutora”!

    • Marcelo

      Abram a mente.

      – Protege o aparelho de descargas elétricas involuntárias, pois o mesmo não está conectado diretamente a eletricidade (n é infalível mas protege)

      – Deixa o visual muito mais clean pois elimina fio de conexão do aparelho pro carregador

      Essa tecnologia tem muito a crescer, e temos q ficar grato de termos empresas usando-a para que a mesma possa amadurecer.

      • Luiz Bolognesi

        Acho mto mais inteligente levar as baterias a ter umma performance maior do que outras tecnologias de carregamento!! Mais quem sou pra falar de evolucão tecnologica

      • Matheus

        Você esquece dos dados, né? Vai ter o fio de conexão do aparelho com o computador, de qualquer forma. Dããããã… também não vejo utilidade em carregamento por indução. Um amigo ali em cima disse que não precisa de contato, mas precisa estar muito próximo, não dá pra deixar na mesa e manter o celular no bolso que não vai carregar…

      • Overlord

        Em compensação:

        – temos baixa eficiência no carregamento: a carga é mais demorada, desperdiça mais energia.
        O que, para uma empresa verde como a Apple e que prima pela conservação, é algo estranho.

        – o processo de manufatura dos gadgets torna-se mais complicado. Tanto na Smart Cover quanto o aparelho (iPhone / iPad / o que seja).

        – ainda terás que levar um cabo para ligar a Smart Cover à energia elétrica (o Phil Schiller diz que este é um dos pontos mais negativos… mas ele é o cara do marketing, vai saber… 😉 ).

        Bases indutoras em locais públicos seriam legais… em países mais desenvolvidos, estariam presentes em qualquer lugar. O problema seria em países como o Brasil… 🙂

        Para mim, o ponto positivo mais interessante da tecnologia de carga por indução é que além de energia, podemos enviar dados entre a base indutora e o aparelho a ser carregado.
        Dêem uma olhada neste vídeo: http://www.viddler.com/v/4d48e89b

    • Antonio Freitas Neto

      Sério? Voce nao deve frequentar aeroportos, restaurantes e bares nem nada do tipo.

  • Breno

    Inovador foi o primeiro Iphone!!!!!

    Depois disso nao teve mais nada……

    • Aniello

      Quantas empresas de informática apresentaram algum produto realmente inovador nos últimos 10 anos? Evolução temos a todo tempo, mas produtos como iPhone, que criam ou modificam todo um mercado surgem muito raramente. A Apple parece ter a obrigação de fazer uma revolução por lançamento. Qualquer empresa que tivesse este cobrança decepcionaria.

      E o iPhone não foi a última revolução da Apple. Temos o iPad. Antes dele, tablets eram notebooks esquisitos, caros e pouco poderosos usados por designers gráficos e nerds.

      Quando lançado, todo mundo falou que era um iPodão, e ninguém entendeu o mercado que ele iria atender.

      Hoje os tablets (iPad e cópias, basicamente) mataram e enterraram os netbooks, canibalizam o mercado dos notebooks de baixo custo, se transformaram na forma favorita de milhões de pessoas acessar a internet, ver vídeos, ler, etc.

      Antes do iPad ninguém sequer concebia um produto entre o smartphone e o notebook. Hoje toda empresa da área tenta vender o seu produto neste nicho. Se isto não é revolução, o iPhone também não foi. Nem mesmo o Mac. Nem mesmo o Aplle II. Todos els foram produtos que usaram idéias que já existiam.

  • Foi por esse motivo que Phill Schiller disse que a Apple não adotou esse tipo de carregamento. Realmente é uma tecnologia muito burra. É muito mais fácil carregar o idevice direto na tomada do que ficar usando um trambolho a mais que também tem que ser conectado na tomada. Então essa de carregamento sem fio é uma extrema babaquisse de quem quer aparecer e dar uma de inovador! Mas é uma porcaria a mais que vc vai ter que ficar carregando e conectando igualmente na tomada de parede.

  • albertolpf

    Acho fantástico, o meu magic mouse carrego por indução..

    Nada mais de pilhas e fios graças a MOB.

    • Matheus

      Sei… tu liga o MOB na tomada (por fio) e coloca o mouse em cima?

      Uauuuu… que fantástico! Muito diferente de ter pilhas recarregáveis e deixar um par sempre carregado, quando acaba troca e deixa as outras carregando…

  • Matheus

    Esperava mais da Apple…

    Algo realmente que fizesse diferença! Até porque, se essa história de indução for pra frente e só for possível carregar assim, ao invés de comprar cabos para carregar no computador, teremos que comprar bases (pra não ficar carregando de casa pro trabalho, do trabalho pra casa, pro carro e etc…) imagino que o custo seria muito maior que de um simples cabo!

  • Alexandre

    Eu tenho um fogão de indução!!!!

    Vo carrega meu Ipad lá! kkkk

    • Ckreed

      BWAHAHAHAHA!

  • MafiosaBe

    Que legal man, carregar com a smart cover, super interessante!

  • Aniello

    Não entendo como alguém pode se decepcionar com uma patente, falando que não é inovadora o bastante, bla bla bla.

    Patente não é produto, pode vir a ser incorporada em algum produto um dia. E a forma como várias patentes são incorporadas em um produto é que fazem deste produto uma inovação ou um produto cheio de features mas um canivete suiço esquisito.

    Se formos olhar o primeiro iPhone, praticamente todas as idéias e patentes que estão nele já existiam em outros produtos. A inovação foi integrá-las de forma harmônica produzindo não um simples smartphone, mas um computador portátil de bolso com celular e internet interligados, com um sistema operacional voltado ao toque de dedos e uso em peqeuans telas, e não um OS capado criado para ser usado via teclado e mouse em uma mesa e monitor.

    E obviamente algumas patentes não são muito impressionates quando isoladas, mas tem potencial combinada com outras idéias. Um dispositivo de bloso para acessar internet, conferir mails, ver vídeos e rodar programas simples existe desde muito antes do iPhone. Junto com tela multitouch capacitiva e o iOS vira uma revolução. Sem isto é um gadget nerd.

    Esta patente sozinha é sim bleh… Vou ter que carregar o cover com fio para induzir a carga no iPad. Grande meh. Mas integrada com outras idéias pode ser interessante. Esta patente com certeza não é “the next big thing”, mas sim uma idéia que pode ser usada em alguma inovação.

    A Apple não implantou ainda em seus produtos a carga por indução por que ainda não vislumbrou uma maneira de incorporar esta feature de modo que seja realmente transformador no uso dos aparelhos, e não mais um jeito de carregar. E é bom saber que ela está estudando alternativas de como fazer isto.

    Quando ela lançar um produto com carregamento por indução, aí saberemos como foi realizada a coisa, e como ela influencia o uso do aparelho. E aí poderemos nos decepcionar ou maravilhar, ou mais provavelmente achar algo meio termo, um evolução interessante mas não revolucionária.

  • Maicon

    Muito legal, mas não é invenção, a Nokia e a LG já tem isso nos seus aparelhos Lumia e Nexus 4…

    Tiveram a ideia de por nas smart covers mas não inventaram nada.

    • Riot

      Seja como for, é diferente das outras tecnologias, ninguém tinha pensado em usar a SmartCover… E isso é o que importa, não copiar a concorrência.

    • Aniello

      Se não me engano, a primeira empresa a usar comercialmente o carregamento e baterias por indução foi a General Motors, com o Magne Charge, uma tecnologia de carregamento por indução de baterias de carros elétricos. Isto no fim do século XX. Nokia e LG também não inventaram, apenas usaram uma tecnologia antiga de uma forma nova.

      Não sei quem foi que inventou este tipo de carregamento de bateriais, mas se bobear é bem mais antigo que isto. Sei por exemplo que no século XIX Tesla já tinha montado equipamentos que tranferiam energia elétrica sem fios, chegando a acender lámpadas por indução. O princípio da tecnologia do carregamento de baterias por indução portanto já existia a mais de 100 anos.

      Há uma enorme diferença entre inventar uma tecnologia e fazer ela ser aplicável comercialmente.

      Inventar é inovar, com certeza, mas inovar não é necessariamente inventar uma nova tecnologia, as vezes é apenas usar algo conhecido de outra forma. E as maiores inovações na produção comercial de equipamentos de informática normalmente vem de adaptações de invenções antigas em outros contextos.

  • renan

    Somente mais uma patente “fria” (que nem o iWatcher rs) se não tem como inovar, vamos pelo menos fingir que estamos.

  • Felipe

    Samsung curtiu isso. Kkkk

  • Rogério

    Até o meu barbeador é carregado por indução…. Kkkk! Demorou Apple!