Notícias

WiTricity é mais uma pista de que a Apple está pensando em eletricidade sem fios para seus gadgets

Ainda sobre o rumor de que a Apple estaria pensando em uma maneira totalmente diferente de recarregar a bateria de um futuro iPhone (leia “Apple pode já estar preparando para 2012 novas formas de recarregar o iPhone“), o site MacRumors descobriu um certo interesse da Apple em uma pequena empresa chamada WiTricity, que desenvolveu uma técnica de eletricidade sem fios.

Basicamente se trata de uma fonte central ligada à energia elétrica, que distribui energia wireless a todos os equipamentos compatíveis em volta. E a Apple entrou com um pedido de patente da mesma tecnologia, aplicada aos seus equipamentos (um Mac seria a fonte de energia), citando os inventores originais. Isso pode significar que em um futuro não muito distante, os iPhones poderão vir finalmente com uma maneira de recarregar sua bateria sem o uso de fios e nem mesmo precisando apoiá-lo em uma base (como já acontece com muitos carregadores por indução existentes no mercado atualmente).

O CEO da WiTricity já deu uma conferência no TED, onde mostrou a tecnologia funcionando em um iPhone modificado:

Será que deveremos esperar muito para termos esta tecnologia em nossos aparelhos?

via MacRumors

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.
  • Lucas Barbosa

    Muito legal. Queria ver de perto logo!

    • Guilherme

      Qual é o problema de usar fios hoje? A grande questão é a duração das baterias ou a fonte da energia, se renovável ou não, se fácil e prática ou não. Tudo isso me faz acreditar que a bicicleta é o carro do futuro…

      • Mauro

        É o mesmo problema de usar cabo de rede ao invés de wifi. E telefone com fio… O único momento que nosso iPhone não é 100% “mobile” é quando temos que recarrega-lo.E isso seria bem pratico.

        • Overlord

          Seria prático quando esta tecnologia se popularizasse rapidamente e tivesse disponível em qualquer lugar.
          Daí dispensaríamos ter de levar o carregador do iPhone (ou pelo menos, o cabo USB) para viagens, por exemplo.

          Mas até isto acontecer, esta tecnologia apesar de ser interessante é um pouco inútil.

          Sinceramente, eu preferiria que a Apple estivesse mais concentrada na duração das baterias de seus gadgets… isto sim seria algo extremamente útil de imediato.

          • Luciano Cardoso

            Ao contrario de processadores, dispositivos de armazenagem de dados, não devemos esperar grande avanço em se tratando de baterias, pois as baterias de litio usadas hj já estão no seu limite, tanto para celulares quanto para notebook. Vale lembrar que a 10 anos atrás uma bateria de celular tinha o dobro do tamanho, levava 12 horas para carregar e tinha autonomia minima.

            • GerBisson

              Só sei de uma coisa: Com a Bateria que o iPad tem (10h), não importa pra mim se eu uso fio ou não. Tudo deveria ter uma bateria de 10h… muito bom

      • Também não vejo problemas em usar fios. Não sei se é uma boa essa tecnologia…será mais uma fonte de poluição magnética que pode fazer mal à saúde. Não pretendo usar na minha casa!!!

  • Ayrton

    muitooo legal !
    quero isso logo aqui em casa ! 😀

  • David Marquardt

    Acho mto show

    • Henrique

      2

  • @rhobsonv

    Pq eu acho que não? No anúncio do TED, eles mostram que a eficiência é em torno de 60%. Isso é pouco. BEM pouco.

    E pouca eficiência = maior consumo de energia. 100W de energia “wireless” traduziriam-se em 160W de energia sendo consumidos. DEFINITIVAMENTE nada Apple-like…

    Mas veremos, talvez os engenheiros da Apple tenham arranjado uma solução milagrosa pra isso, e em breve nossos tão amados iPhones irão recarregar sem sair do bolso da calça… 😀

    • JanjaBoy

      A corrente elétrica nos EUA é subsidiada, assim até dar para pagar. 😉

      • Ednilson Rosa

        O problema não é só pagar! Como fica a sustentabilidade, nisso? Em um país que tem investido cada vez mais em eficiência energética, uma solução qualquer que desperdice mais de 40% do que se consome, certamente não tem qualquer futuro…

        • JanjaBoy

          Bem. O povo americano compra. Num país onde não se apaga a luz, o “povo” não está nem aí para o desperdício, né não?

          • McKoe

            E não é só o americano, preocupação com suntentabilidade é só com país em desenvolvimento. O povo do “1º” não tá nem aí, e é fato.

    • Monty

      Permitam-me discordar de vocês.
      Uma tecnologia desta com 60% de eficiência seria uma das invenções mais fantásticas. (só corrigindo a parte técnica, com 60% de eficiência, 100 W de potência wireless, e não energia, seriam 167 W, e não 160, cobrados). Isto é muito? Isto é pouco? Façamos umas continhas:
      O carregador do iPhone é de 5 W. Consideremos uma hora por dia para carregar. No mês lá se foram 150 Wh de energia, o que dá menos de R$ 0,10. Se você passar a carregá-lo no suposto sistema sem fio, gastaria R$ 0,05 por mês a mais. Eu acho barato pelo conforto. E para os preocupados com o ‘planeta’, podem compensar a ‘pegada’ reduzindo o tempo do banho no chuveiro elétrico em 2s. Isso mesmo, só 2 segundos a menos de banho já compensa.
      Enfim, ninguém está propondo este produto para ferro de passar roupa. Carregador de iPhone não consome nada. Faria todo o sentido, e seria totalmente “Apple like” (embora, pessoalmente, não vejo funcionando em breve).

  • Daliton

    Com certeza vai causar câncer! :p

    • Fernando

      Estava pensando na mesma coisa…

    • Fernando

      Sempre fui a favor de novas tecnologias… mas neste caso específico fica um medo muito grande registrado… não é o campo de um aparelho de raio-x que só afeta quem está na sala no momento por um segundo… também não é o campo de torres de alta tensão passando por cima de casas…. mas é algo que estará 24 horas por dia dentro da sua casa, afetando você e todos os que morarem nela… inclusive seus vizinhos próximos… é mais do que sabido que a exposição a campos eletromagnéticos causam câncer e outros distúrbios no organismo… será que é válido ? Não seria mais viável procurar melhorar a tecnologia das células de energia solar para gerarem o máximo de energia possível com um mínimo de claridade ? Isso sim seria um futuro mais viável e saudável.

      • Felipe

        A tecnologia já existe a um tempo… Mas não tem provocado tanta euforia pelo medo de mais freqüências… Já tem muita freqüência no mundo causando vários medos de câncer como esta teconoliga precisa de uma potência altíssima o medo vai duplicar.

      • Monty

        Fernando, energia solar nunca poderá ser aplicada para o iPhone, independentemente da tecnologia. Quando temos um problema técnico é fácil, basta desenvolver tecnologia, pode levar tempo. Quando você tem um problema teórico, e demonstra que é impossível resolvê-lo, simplesmente não tem como.
        A energia em forma de luz que incide sobre o iPhone é muito menor do que a que ele precisa para funcionar, portanto, mesmo que a eficiência do fotovoltaico fosse 100% (que nunca será, e hoje está em 15%), não seria suficiente.

    • iEaf

      Não perca a próxima oportunidade de ficar quieto.

      • JanjaBoy

        iEaf, você já fez os estudos?

    • McKoe

      [2]

      • Daliton

        Lógico, vamo ficar quietos, aproveita e acende um cigarro ai cara!

      • McKoe

        O meu [2] foi para o Daliton. IEaf tá estressado?

    • André

      [3]
      Esse troço defe funcionar por “excitação” de células, né? Certamente, mais uma fonte de câncer. Mas viver, hoje em dia, já é quase sinônimo de ter câncer mais cedo ou mais tarde.
      Mas que o conceito em si é legal, isso é! 😉

  • Luiz

    Legal mesmo! Mas eles terão que fazer muitos testes ainda, pois sabe-se que a exposição prolongada e a intensidade dos campos eletromagnéticos podem causar sensações de nauseas nas pessoas.

  • Vai dar câncer, certeza. Tem que testar muito bem antes de sair distribuíndo por ai.
    Imagina você numa sala, assistindo TV e sabendo que o ar tá infestado de energia elétrica! HEuheuHUHEe.

  • André M.

    Eu acho que ainda serão vendidos com cabos mas ja com a tecnologia embutida, e quem quiser usufruir dela, tera que comprar o “roteador de eletricidade”.

  • Andre

    Isso aí deve dar cancer. As ondas eletromagnéticas devem ser muito fortes para terem o potencial de recarregar um aparelho eletrônico. Eu fico com um pé atrás. Chega de ondas passando pelo meu corpo.

  • A tecnologia é muito bacana, mas não é nova, procurem por Nicola Tesla e verão experimentos deste tipo ainda no início do século, mas nada que não possa ser melhorado com a tecnologia atual, mas acredito haver muitas barreiras a serem superadas, afinal uma onda eletromagnética não é diferente de qualquer outra transmissão (radio, TV, wifi, celular, etc) podendo causar interferências umas nas outras.

    Outro ponto que comentaram aqui também são barreiras, riscos de afetar a saúde e a eficiência, em um mundo onde cada vez mais se preocupa com o consumo de energia, algo que gere só 60% de eficiência pode não ser bem visto.

    Acho que para 2012 é muito cedo p/ ver algo funcional com esta tecnologia, está mais para 2016 ou 2020.

  • Liulso

    Depois desse oceano de ondas eletromagnéticas e sei-lá-mais-de-que-tipo invadindo nossos corpos por todos os lados, será que existe um estudo sério sobre a relação do aumento desse tipo de atividade e todo o tipo de câncer? #tenhomedo

  • JanjaBoy

    Fico imaginando passar o dia todo durante anos dentro de um campo como esse. O que pode causar?
    Será que depois que conseguir transferir o máximo de potência, ainda não vai ter um tempo de estudo para saber dos efeitos sobre as pessoas?

    • McKoe

      Ia ficar engraçado se no “infográfico” desenhassem um esqueleto sentado no sofá! ehehehehe 😀

      • JanjaBoy

        Ficará a “radiografia” projetada no sofá! 🙂

  • MIT é MIT, boto é fé =D

  • iFag

    Até hoje não se sabe (ou alguém sabe e esconde) se celular causa câncer ou não, imaginem então corrente elétrica através de Wi-Fi (que alguns estudos já comprovaram que pode parar o crescimento de plantas).

    Mas a tecnologia avança assim mesmo… Eu só espero que seja tudo muito bem testado antes de chegar ao consumidor final!

    Adoraria pode ligar todos os meus eletrônicos na rede elétrica sem fios. Seria uma maravilha.

  • Francisco junior

    É bom para carregar a bateria de marca passo.

    • JanjaBoy

      Caraça! Muito boa!!!!!
      #eurimuito

    • Ednilson Rosa

      Deve ser bom pra deixar o marca passo doidinho, isso sim… 😉 Já pensou? Você liga o troço e seu vizinho morre de ataque cardíaco! :))

      • JanjaBoy

        O sistema já nasce morto.
        Imagina se você tem um vizinho cardiopata que usa marca-passo. Você que quer ter o sistema wireless power, terá que arcar com os custos de uma parede blindada e ainda assinar um termo de compromisso assumindo todo e qualquer problema para o vizinho!
        Quero esse sistema não!
        Já estou com saudades do fio. 🙂

  • Carlos Marchezani

    É… realmente é uma boa idéia, mas gastaria uma força muito grande, sem contar que também poderia causar algum tipo de câncer. Também tem aquela de que seu vizinho pode “roubar” a sua energia elétrica… 🙂

    • Marcus Malacarne

      Vamos ter que por senha na energia elétrica. 😮

  • McKoe

    Tou aqui pensando… Então pra fazer um treco desses é porque posso esquecer que a Apple consiga fazer um iPhone q a bateria dure uns 3 dias?

    • Thiago

      Pra sua durar 3 dias é só nao usar rede de dados, wifi, Bluetooth, e nem mesmo usa-ló para jogar!! Ah, e diminua o brilho da tela!
      Ou seja, use-o como um outro celular normal qualquer, e fazendo a função de um celular, ligar!!

  • Gabriel Quadros

    Já sei o nome! Vai ser iCancer
    Cérebros fritos em poucos meses…

  • Will

    Olha o câncer aí, gente! Ou não.

  • Guilherme

    ainda vamos ter saudade do tempo que era preciso encostar no fio para levar um choque…

    • JanjaBoy

      Verdade…… …..agora vamos ter câncer por indução.

      • Marcus Malacarne

        Cancer por indução… Tenso…

        O futuro da humanidade está perdido, corram para as colinas (mas deixem seus Mac’s, iPhone’s, iPad’s em casa).

  • Danilo

    tem projeto de usar isso em onibus eletrico.. cada ponto iria carregar o onibus. http://www.noticiasautomotivas.com.br/autotrolley-onibus-eletrico-vai-recarregar-em-cada-ponto-de-parada/

  • Roney Cezario

    O jeito é esperarrrrrrrrrrrrr.

  • Henrique

    Ondas? Qualquer pessoa que passe 1 dia na av. Paulista aqui em sampa pode fika com 1000 iphones ligados do lado da cama que nao iguala ao que vc recebe por dia lah… Pensem um pouco!!

  • Edu

    Prefiro as alternativas que utilizam energia solar.

  • Paulo

    Bom muinto bom mais tipo esse tipo de energia eu creio que seja melhor para empresas do que pra casa porque esse aparelho vai custar caro pacas .

    • Breno

      No início, como tudo. Mas seria incrível se essa tecnologia funcionasse sem trazer riscos a saúde e fosse tão eficiente quanto hoje, com fio. Tudo novo, de novo. 🙂

  • Ticiano Cordeiro

    Já conheço essa tecnologia. A duracell já tem esse aparelho mais o xato e que tem que por um suporte atras do iPhone parecido com uma capa. Só assim ele consegue carregar sem fio!

  • Leonardo

    Tenho medo!

    Sério ,acho que Apple só vai anunciar isso (SE anunciar uma coisa desse tipo) após pesquisas da segurança disso.

    Como dito aí pelos colegas… E sobre o câncer? E os marca-passos? Pow, está no ar, o que isso pode fazer no meu corpo?
    afinal é energia. Tá, todo mundo faz raio-x, é coisa de 2 minutinhos mas a energia “sem fio” não. Vai ser 24h por dia.

  • Julio Cesar Bianki

    USB no laptop, USB no carro, USB até na televisão, e ainda tem o carregador pra ligar na energia. Energia sem fio é uma dúvida desnecessária.

  • alx

    Eu sou formando em engenharia elétrica, vou esclarecer algumas coisas:

    1 – A blindagem depende apenas do material da blindagem e da frequência com que a onda é emitida (visto que qualquer onda eletromagnética viaja à 3×10^8 m/s = c = velocidade da luz). A equação que rege o decaimento de amplitude de uma onda eletromagnética no sólido é |Ex| = Amplitude_inicial*e^(-(2*pi*frequencia*permeabilidade*condutividade)/2)^(1/2). Ou seja, quanto maior a frequencia de operação, maior deveria ser a blindagem.

    2 – Ainda não existem estudos concretos sobre o desenvolvimento de cancer devido à ação de campos eletromagnéticos, mas quanto maior a frequencia da onda, mais “perigosa” ela se torna. Uma comparação simples é a seguinte: Um transmissor AM e um elemento radioativo (nocivo e letal) emitem ondas eletromagnéticas da mesma forma, na mesma velocidade e, dependendo das condições, com a mesma energia. Tudo o que difere as duas ondas é a frequencia muito superior da onda radioativa (raios gama), da ordem de 60EHz (exahertz, 10^18 Hz), enquanto a onda AM é da ordem de 100kHz (kilohertz, 10^3 Hz).

    3 – Muita coisa na sua casa já emite radiação em alta frequencia, então não se preocupem.. Telefone: 2.4GHz. Microondas: 2.56GHz. Roteador wireless (padrão N) 3.0GHz. Celular: 850MHz.

    4 – Considerando que a máxima potencia permitida em grandes cidades no brasil é 400mW e a bateria do iPhone armazena cerca de 1400mAh, além do aproveitamento energético ser de 60%, você demoraria cerca de (preguiça de fazer as contas, alguém se habilita?)

    • alx

      … Para carregar o seu iPhone.

  • Thy

    Não se esqueçam que existem Fails épicos de novas tecnologias como o LD por exemplo….não sei…no mundo atual eficiência energética é primordial, até os V8 americanos já estão mais econômicos!!!! então não sei…a ideia é boa mas na minha humilde opinião há um corredor de desenvolvimento adiante…mas o primeiro passo foi dado…

    Alias esse iphone 5 pelo jeito vai fazer de tudo, pagamentos via sistema de proximidade, carregamento wireless, vai servir pra abrir garrafa de cerveja, fazer a barba, etc e etc rs será que vai fazer ligação?

  • Tuaregue

    Ui espero q o meu vizinho instale isso, assim carrego de graça o iphone! hehehehe

  • Carlos Marchezani

    Estive pensando… com uma roupinha amarela seria um pikachu!!!!

  • Geff Oliveira

    Que lindo isso, eu quero. Como o cara falou, colocaria isso na casa toda!

    Será que não dá algum problema? Tipo um super cancer??