Notícias

Aplicativo da Apple Store agora permite fazer compras nas lojas, sem a ajuda de vendedor

Infelizmente o aplicativo Apple Store ainda não é significante para a maioria dos usuários brasileiros, porque não existe nenhuma loja física oficial da Maçã em nosso país. Mas para os americanos (ou quem viaja para os Estados Unidos), a atualização 2.0 do aplicativo traz novidades interessantes, como a nova função EasyPay, que elimina a necessidade de vendedores em compras de acessórios.

O utilitário é um verdadeiro assistente de compras, que identifica pela sua localização geográfica em que loja você está. A partir daí, é possível você pegar uma caixa de algum acessório que você quer comprar, escanear o código de barras com a câmera do iPhone, logar na sua conta da App Store (que possua um cartão de crédito associado) e pronto, o produto está pago e pronto para levar para casa. Você pode colocá-lo na bolsa ou na mochila e ir embora, sem precisar falar com ninguém.

A coisa é tão doida que nem mesmo o pessoal do site Engadget, que já testou o serviço, entendeu como a Apple fará para evitar que usuários menos honestos se aproveitem do EasyPay. Confira o vídeo (em inglês):

Por enquanto, apenas as lojas dos Estados Unidos estão com o serviço funcionando.

E no Brasil, será que daria certo? 😛

via Engadget

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Diogo

    legal esse app , mas como você falou não é muito útil aos brasileiros !

  • Rafael

    Ele deve ter um sensor RFID associado ao codigo de barra unico, e quando identificar o pagamento da baixa no sistema. Assim não apita ao sair da loja.

  • JP

    Deve ter aquele esquema tipo de supermercado, que quando passa pela saida, apita se houver algum produto não pago…

    • Ednilson Rosa

      Mas aquele esquema só funciona porque o caixa passa o produto em cima de uma base que “desmagnetiza” (na verdade não é exatamente isso) a etiqueta que faz com que o produto apite na saída. Se o atendente não vai lhe atender, ninguém vai fazer este processo…

      • Monty

        Não consegui ver o vídeo pelo iPad, tampouco consegui entender a “polêmica” da honestidade. Cada produto é cadastrado com uma “tag”. Ao sair da loja, a tag é lida, e o sistema checa se foi pago ou não. Se não foi, apita. Simples assim, não? (tendo o sistema não é necessário “desmagnetizar”)

        • Vini

          Eu tambem nao consegui ver o video pelo iPad tambem… Mas consegui enteder a polêmica.

          • Monty

            Rsrsrs, só quis dizer que a polêmica não tem razão de existir porque foi colocada uma tag magnética/rádio/whatever justamente para coibir o roubo. Senão não precisaria de ler o código de barras, bastaria, no ônibus a caminho da Apple Store, você selecionar em uma lista “MacBook Air”, por exemplo, pagar, entrar na loja, pegar e sair carregando o notebook, o que claramente não é o caso. 😉

            Agora, se a idéia é colocar a polêmica em discussão: é ÓBVIO que o Brasil é mais corrupto e “malandro” que a média dos países ricos, não precisa gastar em pesquisa para saber isso. Falo por experiência própria, de quando morei fora. O que mata é a ditadura do “politicamente correto”. Não se admite mais que uma pessoa é inteligente e a outra é burra. Não se pode mais dizer que uma é feia e outra é bonita. Que uma é gorda e outra é magra. Temos que dizer que todos são iguais, mesmo que dizer isso seja ignorar o óbvio.

            Isso não quer dizer, claro, que um sistema sem controle nenhum funcionaria lá fora. (isso me fez lembrar de um albergue na Suécia, onde na sala havia uma geladeira dessas com porta de vidro com latinhas de refrigerantes e cerveja dentro, e a geladeira era aberta, tinha o preço afixado na porta, e uma, acreditem, caixinha de papelão com dinheiro dentro. Você abria a geladeira, deixava o dinheiro na caixinha (e pegava o troco se necessário), e pegava sua bebida. 100% na confiança, ninguém na sala, e só um papel com um “please don’t steal” para os estrangeiros. Muito bacana, tenho foto disso).

          • Dorinhavasc

            Que vídeo?

      • Ao invés de você “desmagnetizar” o produto. Ao ser pago, o sistema da baixa naquele rfid e o sistema da porta de saída nao irá apitar para aquele produto. Agora a pergunta que nao quer calar é que o código de barras de uma Apple tv por exemplo, é igual ao de todas Apple tv. Vai saber. Deve ser mágica da Apple.

        • Monty

          É um código por unidade, tanto que o código que ele lê não é o código de barras “universal” (sistema EAN, da caixa do produto), e sim o código “interno” da tag.

  • Raphael Lins

    Poxa muito legal!!!! Gostei.

    obs ( ilex o site ta com uns erros na parte dos comentarios aqui no meu chrome,nao sei se é só aqui)

  • cassio

    No Brasil? Nunca!
    Mas acredito que deva ser algo via RFID

  • Edgar

    Aki, em terras Brazucas, vai ter nego cadastrando cartão clonado em idevices roubados.

    • André Cesar

      Concerteza!

  • micossander

    o melhor é q o produto custa 99 e foi cobrado 107…

    • @rhobsonv

      Impostos. 😛

    • Cesar

      Aqui nos EUA nao eh como no brasil que as taxas ja estou no produto, Se voce ir em um Burger King pegar o Burger simples que eh 99 centavos, voce ira pagar 1.07.. Pois tudo tem (se nao me engano) 8% de taxa.. entao TUDO que voce ver na internet de sites americanos, sempre havera uma taxa de 8% acima.. Eh ruim pois voce quer pagar o que ve na vitrine e acaba pagando mais.. Mas mesmo assim eh melhor que no Brasil que voce nao ve a taxa e ta pagando o triplo. hehe

      • Pedro Principe

        O percentual do imposto não é igual em todo o país… Salvo engano, Florida é 6%.

        Só pra ajudar.

        • Woitas

          Alguns estados americanos não tem taxas de compra, por exemplo Oregon e New Hampshire.

          Estava em Massachussets (que tem taxa) e fui a New Hampshire só para comprar meu Ipad 2 sem taxas, valeu a viagem…

    • Ariel

      É que nos EUA, o preço indicado na embalagem não contém os impostos. O imposto é adicionado na hora do pagamento. O imposto de alguns estados lá é de 7%.. deve ser este percentual também no estado do vídeo.
      Por isso o produto saiu por U$$107.

      • Gustavo

        Tem razão. Em NY o imposto é 10%.

    • Ariel

      Acredito que tenhamos várias formas de controlar a compra. Uma delas pode ser por RFID, como explicou um cara mais acima.

      E a apple poderia ainda conferir (não sei se isso é permitido), através do gps, se ao passar o produto pelo scanner (porta de saída), está saindo tb o iphone comprador. Assim, não correria risco de vc pagar e alguém sair com seu produto antes de você.

  • Daniel Lavedonio de Lima

    Eu nem sei se lá daria certo. Não entendi direito como eles vão fiscalizar isso.

  • iDaniel

    ooooooo… incrivel cara…
    sonho entrar em uma loja do brasil e o vendedor nem olhar pra minha cara..

    • Henrique de freitas soares

      #classemediasofre

      É um saco tu ir lá comprar um iPad e ser OBRIGADO a olhar a cara do vendedor que nem android deve ter, né?

      Te liga cara!

  • Engraçado, tá tudo centralizado. heheh. Muito interessante isso aí, mas logo logo eles terão que arrumar um modo de verificar mesmo. Outra coisa que eu queria deixar claro que eu fico com raiva, são as taxas, quando compro um App de 99c eu sempree pago 1,07 dolar, é sempre assim. E parece que com o tiozinho foi semelhante mesmo ele tanto na loja física, pois no produto tinha$ 99 e ele pagou 107.

  • Vítor Tavares

    Muito legal, mas no Brasil COM CERTEZA não iria funcionar, ia ter muita gente querendo sair sem pagar, ou tentando enganar, e mesmo com o sistema de bipe ia ter gente roubando produto. Falta honestidade e conscientização por parte do cliente brasileiro, e isso falta muito por aqui. Mas pra EUA/Canadá e esses países que esse tipo de coisa funciona isso deve ser bem útil pra quando você quer ir rápido em uma loja e não quer esperar em uma fila grande, por exemplo.

    • JanjaBoy

      Se você Vítor Tavares sair sem pagar, acredito sim que pode generalizar e dizer que o povo não é honesto.
      Não sei se você já notou que nos bares, nós, os desonestos só pagamos na hora de ir embora. Na Inglaterra país de gente honesta, primeiro você paga e depois pega a cerveja. Sabe por quê? Porque o povo honesto inglês foge e não paga.
      Então não vamos generalizar dizendo qua aqui não daria certo porque o povo não presta. 😉

      • Henrique

        Ótimo comentário!

        Galera, parem de dizer que no Brasil não vai dar certo, etc. Do jeito que falam, parece que a maioria das pessoas aqui é desonesta! Não é bem assim…

        Acho que quem pensa isso deve ser porque faz parte do grupo dos que cogitariam levar produtos sem pagar! Só pode…

      • Gustavo

        Essa mania de falar que só brasileiro não presta e os outros são de belíssima índole é meio irritante… Uma vez num hotel bem decente em Casablanca, fui pegar uma latinha de Pringles do minibar e notei que tava leve demais, alguém tinha comido tudo e fechado cuidadosamente o selo com a tampa de plástico, sem amassar. Ao entregar para o atendente ele olhou com uma cara de raiva e comentou algo como (de novo fizeram isso) ainda bem que ele acreditou que não fui eu!

        Povo brasileiro tem muito mais qualidades do que defeitos, podem acreditar…

        • Não é uma característica só do brasileiro. Os italianos, por exemplo, são assim também: se menosprezam entre eles. A única época que não foi assim e que eles se achavam a última bolacha do pacote, era Mussolini quem comandava…

        • Monty

          Gustavo, é difícil argumentar falando de pessoas específicas. Por exemplo: há vários INDIVÍDUOS no Japão ou na Alemanha que são muito menos éticos do que vários INDIVÍDUOS brasileiros. Isso é uma verdade indubitável. Mas também é uma verdade que não leva a nada, pois pode-se alterar aleatóriamente os países nesta frase que se manterá verdadeira.
          O que importa neste caso é a verdade estatística, da média da população. E eu não tenho a menor dúvida de que pode-se afirmar categoricamente que, na média (não estou falando, portanto, do Gustavo, nem do Janja, nem do iLex), na média o brasileiro é menos ético do que o alemão ou o japonês. E não é falta de ‘amor próprio’, é constatação fria, científica. E não que sejamos os piores do mundo, eu diria que poloneses e tchecos são iguais ou piores que nós. E provavelmente há povos muito piores que nós.

        • putz… mas tb… olha o exemplo que você deu… ná africa! marrocos nunca foi exemplo de povo justo e honesto.
          daqui a pouco vao surgir ‘causos’ da etiopia e somalia – aí a coisa vai ficar feia!

    • Matheus Almeida

      Que iria ter pessoas tentando roubar, iriam com certeza , mas em qualquer lugar , nao só aki no Brasil , nao e falar que e só no Brasil que isso iria ocorrer , como se apenas no Brasil houvesse ladroes .

      • Marcio jp

        Gente desonesta tem em Qlqr lugar do mundo, independente da nacionalidade, moro no Japão e já vi muito estudantes japoneses roubando loja de conveniência , loja de roupas , e motinhas de 50cc

  • Pedro Principe

    iLex, me tira uma dúvida.

    Há a possibilidade de eu viajar e poder usar isso? Estou perguntando isso pois ele só deixa você entrar no app se for com uma conta americana. E quando criamos a conta americana não podemos colocar um cartão brasileiro, por mais que ele seja Internacional.

    Fico no aguardo da resposta, e agradeço desde já.

    Abraço.

    • Se me permite responder… Há sim possibilidade, é só você estar nos EUA, ter uma conta Norte-Americana com um cartão também Estadunidense (desde que funcione em território nacional).
      -Eu acho-

      • Não falei ‘Americano’ pois todos que nascemos no continente Americano somos Americanos! Só não entendo como os estadunidenses/norte-americanos, se auto proclamaram ‘Americanos’. Alguém sabe o por quê?

        • Henrique de freitas soares

          Eles sao ‘americanos’ pq é estados unidos da AMÉRICA…

          Tipo quem nasce em sao sebastião do CAÍ é só caiense e não saosebastiaodocaiense…

        • Primeiro pq eles sao mais… Mais imbecis…

          Segundo, se vc pegar uma nota antiga do nosso dinheiro, se nao me engano Cruzeiro, esta escrito Estados Unidos do Brasil…

          • JanjaBoy

            Eu sou da época!

      • Pedro Principe

        Então, esse é o problema… ter um cartão de lá.

    • Não tenho certeza do que vou escrever, más creio que se houver créditos na conta como por exemplo através de gift cards deva ser aceito a transação.
      Más como diria Caetano Veloso “ou não, não é”

  • Dorinhavasc

    Acredito que ainda irá levar una anos luz para que isso dê certo aqui no Brasil. 😐

    • Francis

      Concordo. O Brasil precisa de muita luz e os políticos de um mínimo de volúpia na coisa pública para que tudo dê certo aqui.

  • Lucas

    Uhhh, no Brasil nem vai rolar, porque vai da a negadinha (muitas pessoas) roubando,
    bem associado ao Pague 1 e roube 3, eoiwueiow.

  • Asser

    Ia dar certo na filial da Praia Grande

  • Saotome

    No Brasil acho que o governo não permitiria esse tipo de pagamento, pois em Belo Horizonte tempos atrás não foi permitido um posto de gasolina instalar bombas automáticas que o próprio consumidor abasteceria seu carro. Alegaram que iria gerar desemprego.

    • Henrique

      Nada a ver…
      Esse caso das bombas não foram permitidos porque consideraram ser perigoso o cidadão sem treinamento manusear as bombas de combustível sozinho. Mesmo com a alegação dos postos interessados de que haveria sempre UM funcionário para orientar, entenderam por bem proibir esse tipo de manuseio por parte do cliente.

  • vine

    Se isso vem pro brasil vai ter tantos furtos husuhs

  • George

    Nos EUA a compra de jornal em papel é super interessante e utiliza o mesmo princípio baseado em confiança há anos. Você vai até um ponto de compra (que geralmente é em postos de gasolina ou em esquinas isoladas), insere uma moeda de 0,25 em uma máquina, ela vai liberar uma gaveta mecânica (que te dá acesso à todos os jornais), você pega 01 e fecha a máquina. Pronto.

    O interessante é que não tem nenhum vigia, nem câmeras, por perto e a máquina não está presa a nada. Você compra, pega um e está tudo certo.

    Em países menos evoluídos e cheio de “espertinhos”, inclua-se o nosso (infelizmente), o sujeito colocaria a moeda e levaria todos os jornais da máquina, ou pior, levaria a máquina inteira, com jornais, moedas e tudo mais… :p

    • TiãoGavião

      Verdade, americanos são bem honestos 😉
      Não roubam um jornal de 0,25cents, mas gostam de inventar guerras baseadas em “eles tem armas químicas, vamos salvar a humanidade” e roubar milhões dos outros, legal né???

      • George

        Mas podem ter aplicativo para comprar sozinho e sair andando.
        E você que não consegue colocar a cara pra fora de casa sem seu segurança particular do lado? Lindo não? :p

        Se liga parcerio.

        • TiãoGavião

          Bem se vê que vc não sabe o que fala, tio Sam segurança!! Se bem me lembro detonaram dois prédios a pouco tempo no meio da cidade, putzz bota segurança nisso, rssssss

      • Pode crer…
        Tens razao!

  • Luiz Eduardo R R Maglioni

    Não só os americanos mas como também quase todo o mundo ahahahah

  • Saotome

    iLex, esse aplicativo não está disponível para as contas brasileiras? Não consegui acha-lo.

  • TiãoGavião

    Eu quero!!! 🙂
    Gostei e acho que o brasileiro é bem mais honesto para lidar com esse tipo de compra. Já estive em alguns países e me surpreendi com o nosso povo, honesto, receptivo e educado em relação a muitos povos e países.

    • Henrique

      Concordo!

  • Gilvan Freire

    É incômodo perceber que todo mundo mete o sarrafo nos Brasileiros e dizem que somos uns “sem educação”. Isso me faz lembrar de uma música de Maurício Pacheco (“Eu Sou Melhor do Que Você”), aonde ele diz a seguinte frase, que descreve todos aqueles que estão dizendo que o Brasil é um país de gente ignorantes, “Todo mundo diz que é contra a violência e sempre dá porrada”.

    Todo mundo diz que os Brasileiros são mal educados, falou os com total educação 😀

    • Henrique

      síndrome do cachorro vira-lata!

  • Antonio

    Gostaria de saber de como eles fazem o controle de quem sai e entra na loja… voce deve mostrar a nota fiscal na tela do iPhone? 0o
    e se o cara tirar um print e entrar na loja varias vezes? D:

    Se alguem souber como faz o controle… estou curioso!

  • Guilherme

    Caramba! Daqui uns tempos não terá atendentes em lojas, sera tudo por código de barra e cartões de crédito.

  • Daniel Alencar

    Hahahahaahahha, no Brasil nao vai prestar!!!!

  • juninho

    Trocando de assunto
    Ilex quando é que vai acontecer o sorteio da aposta
    Vlw

  • Luiz A Righetti

    Conhecer bem antes de criticar… Ou elogiar sem saber…
    Vc ser honesto, nao quer dizer que o Povo todo, na grande maioria é honesto. E vice versa .
    Viajo direto e nao é possivel comparar a media de roubos do BRASIL comparado com os EUA.
    Infelizmente, nao ganhamos em nenhuma estatistica sobre roubos, furtos e muito menos honestidade geral.
    Apenas por isso, diversas tecnicas avançadas de vendas, nao funcionam aqui.

    Quem ja foi ou morou fora, conhece o que é viver realmente com segurança .
    Mas, se quiserem tampar o sol com a peneira…

    Blog de Parabens. Disparado é o melhor e com real interesse nos leitores.
    Abraço

  • Natal

    Poderíamos acreditar mais em nosso povo! Até mesmo pq temos o dever de espalhar honestidade e dar testemunho disso! Quem rouba e é desonesto é por algum motivo, e no mínimo não teve acesso a uma “educação”, a escola particular, a psicólogo, a terapeuta … Existe muito engomadinho roubando milhões … Portanto o Brasil é um pais abençoado e um pais de Brasileiros honestos!!! E vai dar muito certo essa forma de venda!

    • TiãoGavião

      É isso mesmo!!
      Americano e Europeu são uns cavalos de simpatia, vai na Alemanha sendo “pardinho” pra vc ver o tratamento, são uns amores de gentileza 🙁

  • Natal

    Afinal de contas a Aplle veio pra mudar ou não?

  • Anahí

    cada vez menos empregos

  • jan

    Graças ao tvhd.com.br a Sky nunca mais vai ver a cor do meu dinheiro

  • Fabio

    O EasyPay já esta disponível na AppStore brasileira.