Notícias

Portugal ganha sua iBookstore própria, mas Brasil ainda fica de fora

Quando lançou o iPad, em 2010, a Apple também anunciou a iBookstore, uma loja de livros digitais perfeitamente integrada aos dispositivos dela (iPad, iPhone e iPod touch). O problema é que, no início, apenas 6 países tinham direito a ter livros locais à venda: Estados Unidos, França, Reino Unido, Alemanha, Austrália e Canadá.

Mas esta semana, a Apple expandiu a sua loja para mais 25 países: Portugal, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Suécia e Suíça. Por enquanto, nem sinal da América Latina, África ou Ásia.

Os usuários destes países já podem acessar a iBookstore, mas a lista de livros locais ainda é bastante limitada, coisa que deve mudar gradativamente com o tempo. Na loja de Portugal, por exemplo, é possível visualizar apenas a lista dos mais vendidos, nenhum deles por enquanto em português. Porém, já é possível fazer a pré-compra da biografia autorizada de Steve Jobs (em inglês), pelo preço de 15, 99€ (mesmo preço da pré-venda no Brasil, em torno de R$40).

A iBookstore funciona da mesma maneira que a App Store: só é possível comprar livros com uma conta portuguesa (que serve também para comprar aplicativos), com cartão de crédito português. E como acontece nos outros países, é possível criar uma conta gratuita para baixar livros de graça.

E o Brasil continua com sua loja de fachada, apenas com livros gratuitos de domínio público, sem a possibilidade de comprar iBooks mesmo em inglês. Ainda não há nenhum sinal de a que ponto andam as negociações entre Apple e editoras nacionais. Se é que existe alguma negociação em andamento…

via TNW

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • iZSousa

    Obrigado pela noticia. É por isto que eu prefiro o Blog do iPhone. Não só mantêm noticias de interesse para os brasileiros, como também para os portugueses. Obrigado.

  • Renan Agostini

    Brasil sempre deixado de lado…

  • André Ferraz

    E a Apple mais uma vez vira as costas para o Brasil! Tomara que o iPhone 5 seja lançado aqui sem muito atraso e ainda este ano…

  • Pessoal, uma pergunta noob: poderei buscar e comprar iBooks de Portugal logado com a minha conta americana? É a única conta que tenho, não teria que fazer outra, para não ficar desorganizado..

    **Tomara que lancem todos os livros das Crônicas de Gelo e Fogo na iBookstore de Portugal, assim não terei que ficar esperando sofridamente o lançamento em papel no Brasil!

  • Peterson

    poo que pena! seria muito interessante que o brasil tivesse incluido nessa!

  • Dynho

    Brasil é curva de rio mesmo.

    • Rui

      Pior q è mesmo

  • por isto que brasileiro não gosta de ler !!!!!!!!

    • Brasileiro não gosta de ler porque não possui sua própria iBookstore? Pausa para reflexão.

      • Efeito Tostines… 😛

      • Tatto Garcia

        O problema, alem de cultural é geográfico. Em países onde o inverno é rigoroso, a tendencia das pessoas desde pequenas sempre foi ficar em casa. Como a seculos atras não existia nada eletronico, o lance era ler. Isso veio de geração em geração. Agora em países tropicais, onde vc tem uma tempretaura média de 22 graus, ninguem fica em casa lendo (ou pelo menos a maioria), com uma praia, ou clube a disposição.
        Mas associar a falta de uma IbookStore aqui no Brasil com a pouca leitura do publico não é nem questão de reflexão.

        • Pedro

          Cara, isso não faz absolutamente nenhum sentido. A questão da leitura tem pura relação a cultura e (falta de) educação do povo e não com o clima do lugar.

        • Carlos Eduardo Nunes

          Desculpe Tatto, mas colocar a culpa na nossa posição geográfica é a justificativa mais absurda que eu já vi até hoje para explicar porque o brasileiro não lê. A Argentina tem um clima muito parecido com o Brasil e para eles ler é algo tão divertido quanto jogar futebol, ir pra piscina, etc, etc. O problema não tem nada haver com questão geográfica, mas sim de vivermos num país onde as pessoas não tem o menor interesse por leitura.

          Eu sempre levo um livro comigo para ler quando estou no metro ou nos congestionamentos absurdos de SP ou quando tenho que esperar para sair da empresa no dia do meu rodízio ou a noite durante a novela das 8.

          A propósito, a culpa de não lermos na minha opnião é a cultura de sermos “obrigados” a assistir a novela das 8 em vez de utilizarmos este tempo para conversar com nossa familha ou ler algo, inclusive para os nossos filhos, porque nesse horário preferimos ver novela, o jogo, o programa do Ratinho, etc, etc, etc. Tudo porque a gente precisa de assunto para conversar na rodinha do café no dia seguinte, porque falar sobre aquele livro bacana que a gente leu é chato demais.

          Na boa, o que atrapalha o mercado editorial no Brasil não é uma questão geográfica, ter sol, chuva, neve, furacão, ou sei lá mais qual desculpa a gente gosta de inventar pra justificar o porque não lemos. O nosso problema é cultura de sermos obrigados a assistir a novela das 8.

          Alguns podem dizer “Ahhh, mas os livros no Brasil são muito caros!!!”, concordo, mas são caros da mesma forma que uma TV de LED era cara antes de massificar, ou seja, de muitas pessoas comprarem. Os livros no Brasil seriam mais baratos se mais gente comprassem eles.

          • Vitor

            Familha? Ta precisando ler um pouco mais também

            • Carlos Eduardo Nunes

              Falha nossa… obrigado pela correção Vitor, mas infelizmente não consigo editar o comentário

          • Virtuamigtec

            Huhuhu ! Só tem novela nessa bosta: video show ( jornal das novelas ), Vale a pena ver denovo, Malhação, novela das 18 hrs, novela das 19 hrs, novela das 20 hrs, novela das 23 hrs ( essa foi demais para mim ), mini serie ( pra finalizar )

            Ninguém agüenta isso !!! Tive que colocar pelo menos uma tv por assinatura barata da Oi por 49,90 para fugir da Globo Maldita !!!!

        • HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, peraê, HAHAHAHHAHAHAHA.

        • Rafa

          O que este cara disse tem sim sentido, afinal, quando estamos fazendo uma comparação dessas, fazemos de forma macro… É o mesmo motivo da queda do nascimento de pessoas no Brasil. Antigamente nao havia internet… Hj, pelo contrário, as pessoas perdem seu tempo nela. Muitos desses agindo na covardia, no 5 contra 1… Huahauh

        • Francisco junior 

          Você esta certo disso. Apesar de varias pessoas estarem dscordando de você a sua teoria esta certa. Ate um professor meu já falou sobre isso.

          • Max

            Também concordo com o cara. As pessoas criticam por criticar e nem param para pensar nisso. Porque na Islândia tem-se excelentes programadores? Porque os caras no inverno ficam presos dentro de casa na frente do computador. EM muitos lugares, escolas nem abrem durante grandes nevascas. Por sinal, o DVD Jon, o cara que com 16 anos quebrou a criptografia dos DVDs é Norueguês! Portanto, um país tropical é sim um convite ao ócio, e isso é muito lógico….

            • Francisco junior

              O que é melhor, ir para o shopping ou ficar em casa? Ir ao shopping. Mas no frio? As pessoas preferem ficar em casa lendo um livro. No Brasil fica um pouco difícil de perceber isso porque os invernos estão ficando cada vez mais quentes do que os verões. #aquecimentoglobal

            • … ou ficar em casa vendo o Orkut…

        • Os outros povos aprende a ler na prisão (lá ficam presos) aqui ninguem é preso por isso que não criam o habito. Isso é mal de impunidade.

    • Igo

      A falta de leitura gera desinformação, e a falta de informação se resulta em comentários absurdos…

  • Igo

    É que no Brasil, a leitura não é tão incentivada… Fato.

    • André Sotéro

      Isenção de impostos e SEBO.

      Quem quer ler, lê!!

  • Henrique

    Brasileiros lêem muito pouco! Europeus chegam a ler 10 vezes mais que nós, em média.
    Até los hermanos argentinos lêem consideravelmente mais que nós!
    E aí, tá explicado porque estamos ficando por último nessa??!

  • Francis

    Pode demorar, mas um dia chegará na terra brasileira. Só questão de tempo. O negócio é o iOS 5 e estamos conversados.

  • André

    Sei qua no eh o local… mas preciso de ajuda.
    Uso a app argentina normalmente a quase 1 ano, agora esta dando erro e nao aceitando o cod de segurança do cartao, e nao deixando eu fazer mais compras. Esta certo, o cartao é internacional, tudo certinho, mas o mesmo erro toda vez COD DE SEGURANÇA INVALIDO.
    Alguem me ajuda, to com medo de ter que fazer outro cadastro.
    Obs: esse erro ja vai para 2 semanas…

    • Carlos

      Quando o meu apresentou este problema era fatura pendente e limite estourado.

  • TiãoGavião

    Legal Apple, bigaduuuu por se lembrar do Brasil!! 🙁
    Alguém sabe onde fica a Letônia, Lituânia O_o, ninguém merece, kkkkkkkk

    • Carlos Eduardo Nunes

      Provalvelmente esses países ficam num lugar onde as pessoas lêem muito mais livros que no Brasil.

      Seria estupidez da Apple, e definitivamente ela já mostrou que de estúpida não tem nada, colocar uma iBookstore num país onde não pode lucrar com isso, ou seja, num país onde cada cidadão lê em média menos de 1 livro por ano.

      • TiãoGavião

        Será que ler gibi conta!?!? 😉

        • Carlos Eduardo Nunes

          Na boa, acho que ler gibi ainda é melhor do que aqueles jornais de metro distribuidos gratuitamente ou revistas de fofoca.

  • Raphael

    Na imagem ja mostra otimos livros que preencheram seu tempo: Os Lusiadas – Camoes e O que fazem mulheres – Botelho

  • Luciano

    Infelizmente mais um descaso da Apple com o Brasil em geral América do Sul, África e Ásia. Oq será q penssam. Não Lemos ou não damos lucro suficiente pra eles? Atitudes assim da Apple as vezes me fazem repensar comprar seus aparelhos e produtos. Na boa me sinto totalmente discriminado e excluido, xenofobia da Apple, kkkk, foda q sou viciado nas parafernalhas do tio steve. Talvez um dia vendam jogos e livros por aq. E outra, montando uma fabrica de iPhone e Ipads aq duvido q receberemos ou tenhamos os produtos em primeira mão, seremos os últimos da fila. Talvez penssem q aq no Brasil só tem macacos e florestas a não devem penssar q só gostamos de futebol e carnaval

  • Mas será que os livros que já estão na iBookstore americana ficarão disponíveis na portuguesa? Quando publiquei lá ( http://itunes.apple.com/us/book/carta-aos-romanos/id386665007?mt=11 ) não existiam muitos mercados nem mesmo titulos em portugues, mas agora com essa notícia, se migrarem automaticamente, os autores terão mais chances de venda!

    • TiãoGavião

      Legal sua publicação!! Conheço a história 🙂

  • Haja saco para esses brasileiros mimizentos que ficam reclamando de ser deixados para segundo plano.

    É uma questão de mercado, investe-se primeiro em quem gera mais lucro, em quem tem mais estrutura, em que tem melhores leis, menos burocracia, maior mercado.

    Ao invés de reclamar da Apple, vocês devem reclamar com o governo, com os políticos, com as pessoas que vocês elegeram, para que o Brasil se torne um país melhor, mais rico, menos burocrático e assim receba a atenção que vocês tanto desejam.

    Se qualquer um de vocês fosse ~dono~ da Apple, traçariam a mesma estratégia de mercado. Não dá para conquistar o mundo todo de uma só vez, então elege-se prioridades.

    Um dia teremos a nossa iBookstore, um dia teremos uma Apple Store nas grandes cidades. Não é utilizando argumentos tacanhos em blogs que isso vai ser apressado.

    (Para fazer algo à respeito, sugiro que pesquisem pelo movimento Eu Voto Distrital no google, já é um começo).

    • Victor Falcao

      Boa iulo. Concordo plenamente.

  • Sonia

    Definitivamente a Apple ama o Brasil.

  • Diogenes

    mas bha tche!

    Estamos atras até da GRÉCIA!!!

    Esse mundo não toma jeito mesmo. Daqui a poco a america do sul vai estar emprestando dinheiro para os cofres públicos europeus, e eles andando de iPhone 5 na mão, e os brasileiro chupando o dedo pra comprar um iphone 4!!

  • Adriano

    A grande verdade é que a apple continua descriminando o BRASIL,ela não o vê como um pais que tem um potencial enorme(econômico ).Vejam só países como: Portugal, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Suécia e Suíça.Vocês acham que o BRASIL não poderia estar perfeitamente entre esses países?Pois então?É descriminação ou não?Nos compararmos com a Africa e com os demais países da América latina,ela esta de sacanagem com agente,logo nos tão apaixonados por futebol,carnaval e é claro pela MAÇA!?

  • Lourenço

    Bah, não sabia que a Ásia também não tem nenhuma iBookStore, imaginava que o Japão tinha…

    • Lourenço

      Reli o artigo e vi que Argentina e México, que eu julgava ter iBookStore, não a têm também…

  • Luciano

    Calma meu caro IOLO, ficar talvez bravo e usando palavras denigrindo os outro por tras de um munitor é facil mas de nada adianta, relexe abra uma skol, kkkkkk, brincadeira, mas ta ai uma boa dica sua no final do seu texto do voto distrital, apoiado.

    • Não houve braveza nenhuma no que eu disse, nem tentativa de denegrir ninguém. Mas não costumo esperar compreensão de texto de quem tem dificuldades com o português.

  • Investir em livros num país no qual não se lê? Pra que? (Se eu fosse o ‘dono’ pensaria assim.)

  • Por que isso acontece aqui em? Será que a apple não possui clientes suficientes?

  • Dorinhavasc

    Não tiro a razão do Tatto Garcia ( em muito até concordo), mas o incentivo da leitura tem que vir ainda criança, verdade que muitos aprendem e descobrem a arte de ler na fase adulta, raros aqueles que descobrem na adolescência, mas acontece.
    O importante é incentivar sempre.
    Eu acho que no Brasil se lê menos, por conta dos preços taxados nos livros, aqui os preços são relativos altos em comparação aos outros países, o salário aqui é baixo, as pessoas ( principalmente as assalariadas) a ultima coisa que elas pensam é em comprar ( ler) livros. Primeiramente elas pensam em botarem comida dentro de casa, pagar suas contas e ver se o que sobrou vai dar para o remédio, para o vale-transporte e assim vai,
    e por outro lado ainda tem a falta de incentivo inclusive nas próprias escolas.
    Aqui em casa sempre demos suporte e incentivos, nossos dois fllhos tem o hábito da boa leitura, normalmente são dois, três livros por mês. Já nós os pais, infelizmente já não acompanhamos este mesmo rítmo, mas estamos sempre lendo alguma coisa principalmente na internet …rsrsr, onde o meio da pesquisa e do saber ficou bem mais accessível.
    Sei que tem Sebo, bibliotecas, e como já fora dito aqui, quem quer lê, lê.
    Mas acredito eu que a falta dela é mais por uma questão econômica, cultural e de incentivos!
    E um dia vamos ter o nosso iBookstore. 😉

  • Elisio

    Portugal é o irmão mais velho do Brasil.

  • A Apple ta de marcação com o Brasil, até a República Tcheca entrou.

  • Lucas

    Alguém sabe me dizer se os livros de developer da Apple tem em português?