Notícias

Portugal ganha sua iBookstore própria, mas Brasil ainda fica de fora

Quando lançou o iPad, em 2010, a Apple também anunciou a iBookstore, uma loja de livros digitais perfeitamente integrada aos dispositivos dela (iPad, iPhone e iPod touch). O problema é que, no início, apenas 6 países tinham direito a ter livros locais à venda: Estados Unidos, França, Reino Unido, Alemanha, Austrália e Canadá.

Mas esta semana, a Apple expandiu a sua loja para mais 25 países: Portugal, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Suécia e Suíça. Por enquanto, nem sinal da América Latina, África ou Ásia.

Os usuários destes países já podem acessar a iBookstore, mas a lista de livros locais ainda é bastante limitada, coisa que deve mudar gradativamente com o tempo. Na loja de Portugal, por exemplo, é possível visualizar apenas a lista dos mais vendidos, nenhum deles por enquanto em português. Porém, já é possível fazer a pré-compra da biografia autorizada de Steve Jobs (em inglês), pelo preço de 15, 99€ (mesmo preço da pré-venda no Brasil, em torno de R$40).

A iBookstore funciona da mesma maneira que a App Store: só é possível comprar livros com uma conta portuguesa (que serve também para comprar aplicativos), com cartão de crédito português. E como acontece nos outros países, é possível criar uma conta gratuita para baixar livros de graça.

E o Brasil continua com sua loja de fachada, apenas com livros gratuitos de domínio público, sem a possibilidade de comprar iBooks mesmo em inglês. Ainda não há nenhum sinal de a que ponto andam as negociações entre Apple e editoras nacionais. Se é que existe alguma negociação em andamento…

via TNW

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar