EXCLUSIVOVídeos

Operadora Oi faz campanha questionando a gratuidade dos celulares com planos

Desde a semana passada, a operadora Oi começou uma campanha nacional questionando o discurso de suas concorrentes sobre os celulares “gratuitos” ao adquirir planos de fidelidade. Segundo ela, aparelho grátis não existe.

O argumento não deixa de ter uma certa lógica: o preço do aparelho é incorporado na mensalidade, o que faz você continuar pagando o “extra” mesmo depois que cobriu o custo do aparelho. Mas talvez por isso mesmo as operadoras permitam trocar de aparelho todos os anos, não?

Mas tudo isso, na verdade, não é novidade. Desde o lançamento do iPhone 3G no Brasil (em 2008) o BDI vem denunciando que os preços de nossas operadoras nunca foram realmente subsidiados. Mesmo ficando preso por um ano com uma operadora, somos obrigados a pagar o valor mais alto do mundo. Culpa dos impostos? Difícil de acreditar: em outros países, o subsidio chega a ser de até 90%; no Brasil, é longe disso para a maior parte dos clientes. Quem não lembra do lançamento do iPhone 3GS, que a Vivo apresentou os preços mais baixos, mas os aumentou duas semanas depois para se igualar aos concorrentes? Só serviu para nos jogar na cara que o preço poderia ser mais baixo sim.

Aliás, é o único país do mundo em que o iPhone 3GS tem hoje o mesmo preço que o iPhone 4 (que está em falta em muitos lugares); há quem esteja pagando R$1.700 por um 3GS, diretamente na loja da operadora. Não é a toa que as ofertas de nosso fórum façam tanto sucesso entre os leitores.

Bom, mas por que estamos falando da campanha da Oi? Além de achar a iniciativa simpática (não nova, mas simpática), eles nos enviaram um misterioso material que intrigou a nossa equipe por alguns dias: uma bela mala, fechada por senha.

Dentro dela, além do material promocional, um vídeo feito especialmente para o Blog, confira:

Promoção simpática, que já valeu um post aqui no Blog. 😉

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar