Rumores

A Apple considera remover a obrigação de usar o WebKit em navegadores do iOS

A App Store nos permite instalar diversos tipos de aplicativos das mais variadas empresas. Porém, para navegadores de internet, há uma obrigação dos desenvolvedores adotarem um framework único, o WebKit, que basicamente é o mesmo usado pelo app nativo Safari.

Anúncios

Em resumo, pode até existir um app do Chrome no iPhone, mas ele no fundo é um Safari com recursos adicionais.

Mas isso poderá mudar no futuro, com a Apple cogitando a possibilidade de permitir aos navegadores de terceiros proporem outros tipos de motor web.

Limitação de segurança

A razão pela qual a Apple sempre foi tão rígida com isso é a segurança.

Os navegadores web de hoje são bem complexos, com inúmeros processos e sub-programas funcionando ao mesmo tempo para poder representar as complexas páginas web que usamos hoje.

Anúncios

Os motores web, como o WebKit no iOS, acabaram se tornando um dos lugares onde mais se tenta encontrar vulnerabilidades para comprometer a segurança do dispositivo.

Não é a toa que os jailbreaks de famosos consoles de videogame como o PlayStation 3 e muitos outros tenham usado o navegador web incorporado em seu sistema operacional como método para conseguir executar um programa arbitrário nesse processo.

Ampliando as opções

Agora, Mark Gurman nos conta no site Bloomberg que a Apple está considerando remover esse requisito e deixar que outros navegadores da web usem seu próprio mecanismo em vez de usar o WebKit. Assim, o Chrome no iPhone poderia usar o mecanismo de renderização Blink.

A razão dessa mudança parece ser que é a mesma que pode permitir a instalação de aplicativos de fora da App Store: as novas leis regulatórias que estão sendo preparadas na Europa.

Anúncios

Elas forçam os fabricantes de smartphones a abrir seu mercado para concorrentes em vez de decidir absolutamente qualquer aspecto de tudo o que acontece em seus dispositivos.

Como essas legislações são previstas para 2024, é possível que já no iOS 17 tenhamos uma enxurrada de mudanças deste tipo.

Nos próximos 2 anos, é possível que vivenciemos grandes mudanças no iPhone: conector USB-C, instalação de aplicativos de lugares alternativos e até novas opções de navegadores web.

O que mais será que a Europa irá fazer que mudará o iPhone da forma que sempre o conhecemos?

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo