Notícias

Apple confirma que seu serviço de SOS via satélite chegará este mês nos EUA e Canadá


Um dos diferenciais este ano dos novos iPhones 14 (Plus, Pro, Max) é o chamado SOS de Emergência via Satélite, que permite enviar mensagens de socorro mesmo em regiões onde não há cobertura de sinal de celular ou Wi-Fi.

Anúncios

Mas apesar dele ter sido anunciado com grande pompa no evento de setembro, ele ainda não está disponível para ninguém. E agora a Apple confirmou que o serviço começará a funcionar no final de novembro.

Em um comunicado de imprensa divulgado nesta quinta-feira (10), a empresa ressaltou que investiu mais de 450 milhões de dólares para montar toda a infraestrutura para o serviço em parceria com a Globalstar.

Isto significa que pelo menos por 2 anos nenhum outro concorrente do iPhone terá este serviço.

Quando um usuário do iPhone faz um pedido de SOS de Emergência via satélite, a mensagem é recebida por um dos 24 satélites da Globalstar em órbita terrestre baixa viajando a velocidades de aproximadamente 25.000 km/h. O satélite então envia a mensagem para estações terrestres personalizadas localizadas em pontos-chave em todo o mundo.

Quando uma mensagem é recebida, ela é encaminhada para os serviços de emergência ou para um centro de retransmissão com especialistas de emergência treinados pela Apple se o local mais próximo não puder receber mensagens de texto.

O presidente executivo da Globalstar, Jay Monroe, chamou o SOS de Emergência de um “avanço geracional nas comunicações por satélite”, graças às novas antenas de alta potência projetadas e fabricadas especificamente para a Apple que foram instaladas em todas as estações terrestres da Globalstar pelo mundo.

Isso pode significar que em breve o serviço poderá ser extendido a outros países. Em um primeiro momento, apenas EUA e Canadá contarão com ele.

Nos primeiros 2 anos o serviço será gratuito para os usuários. Depois disso, não se sabe se ele passará a ser cobrado. Mas, apesar das comunicações por satélite hoje serem bem caras, em casos de emergência pode ser determinante para salvar vidas.


Google News

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo