Notícias

Entortagate: um novo escândalo para um novo iPhone (atualizado)

Entortagate

Todo o ano é a mesma coisa: quando a Apple lança um novo iPhone, surge pela web algum “escândalo” tentando provar que aquele modelo “é o pior já feito” e que a Apple deveria “fazer recall imediato de todos os aparelhos vendidos”. Foi assim com todos desde o iPhone 4 e nós descrevemos muito bem isso na última edição de nossa Revista iThing.

Agora, um novo “escândalo” é estampado em manchetes sensacionalistas pela internet: o iPhone 6 entorta!

Mas ele entorta? Bem, provavelmente sim, mas não da maneira que estão dizendo. Quem lê os artigos que estão circulando pela internet tem a sensação que basta colocar o iPhone no bolso da calça jeans e ele entorta sozinho depois de alguns minutos. Eu posso afirmar que isso não aconteceu com meu iPhone 6, mesmo eu estando em viagem e ficando com ele durante dois dias inteiros no bolso da frente de minha calça jeans. Mesmo em uma apertada poltrona de avião, durante 9 horas!

Vejam bem, estou falando de experiência real e não de achismos: nosso iPhone 6 não entortou usando ele por dois dias no bolso da calça. Então, a coisa não é tão fácil assim de acontecer, como estão dizendo.

Mas e se usar ele no bolso de trás e sentar em cima, entorta? Não sei, porque eu não coloco ele no bolso de trás e nem aconselho ninguém a fazer isso, porque o iPhone (assim como outros celulares) é um corpo material que está sujeito às leis da física: se você sentar sobre ele, é provável que entorte. Isso acontece, aliás, com outras marcas também.

entortagate3 entortagate2

Mas alguns vídeos da internet, para chamar a atenção e aumentar visualizações, estão fazendo força para entortar o iPhone 6 e, óbvio, estão conseguindo. A lógica é clara: o aparelho é mais fino e sua base é alumínio permite que, se você aplicar uma força dirigida, ele não seja tão resistente e entorte. Mas veja bem: fazer força propositadamente para entortar o aparelho não significa que isso seja um defeito de fábrica.

A mesmíssima discussão que se está tendo hoje ocorreu com o iPhone 5. O sensacionalismo foi tanto que tinha-se a impressão que era um defeito de todos os iPhones e que eles não deveriam ser usados por causa disso. Mas o mais bizarro é que estes mesmos sites nunca falaram nada do iPhone 5s, que manteve exatamente a mesma arquitetura e sofria do “mesmo problema”. Claro, ninguém falou nada porque já tinha outro escândalo na época que chamava mais cliques: “o Touch ID que era tão inseguro que podia ser desbloqueado pelo nariz“. Tudo besteira para atrair cliques.


Mas a intenção aqui não é defender a Apple cegamente e nem dizer que o iPhone 6 é infalível. Só queremos que você, leitor, pense por você mesmo: este novo “escândalo” é igualzinho aos dos outros anos. E o que resultou no passado? O iPhone não prestava? Você comprou e se arrependeu porque os escândalos eram verdade? Acho que não, senão você não estaria aqui lendo um blog sobre um péssimo aparelho. Há uma boa parte da mídia que é financiada pelos concorrentes da Apple e que tem interesse que as pessoas não comprem o iPhone; e depois do estrondoso sucesso de vendas do primeiro final de semana, eles devem estar apavorados. Além disso, falar mal de produtos da Apple atrai uma quantidade enorme de cliques e isso é dinheiro. Provavelmente nós aqui ganharíamos muito mais se montássemos um site contra a Apple do que a favor de seus produtos.

É claro que se notarmos que o nosso iPhone 6 entortou de forma fácil sem muito esforço, seremos os primeiros a falar aqui e avisar nossos leitores. Foi por isso que fizemos questão de ter o aparelho já no primeiro dia, para que testes do tipo pudessem ser constatados imediatamente por nós. Mas por enquanto, não estamos percebendo nenhum motivo para pânico e desespero, como alguns sites tentam fazer pensar.

Por isso, relaxe. Esta semana ainda aparecerão diversos vídeos e notícias de mais casos de “iPhones tortos”, mas é muito provável que daqui duas semanas ninguém mais fale disso. Todo o ano é a mesma coisa. 😉


ATUALIZAÇÃO:

O mesmo que fez o vídeo acima usando a força para entortar o iPhone Plus tentou o mesmo teste com o iPhone 6 menor, confirmando o que já tínhamos dito: a versão menor é realmente difícil de entortar. Confira:

Parece mesmo que o problema seja mais evidente no iPhone 6 Plus, que tem uma área maior e por isso pode ser mais maleável. Mas continuamos com o alerta: não se deixe influenciar com a paranoia gerada pela internet, que passa a sensação de que o aparelho é imprestável e não vale a pena ser comprado. Tudo é muito exagerado, como aconteceu na época do iPhone 4, quando diversos leitores achavam que o aparelho “vinha com defeito” e não podia ser utilizado, mas depois de lançado no Brasil puderam comprovar que não era bem isso e o modelo foi um sucesso com muitos usuários felizes com ele. Por isso, fique esperto com o sensacionalismo. 😉

Leia mais sobre:

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar