Notícias

Burocracia tributária brasileira atrasa lançamento da iBookstore no Brasil

Se você estava esperando o lançamento da iBookstore (loja de livros digitais da Apple) no Brasil para o mês de abril, é melhor sentar para não cansar. Os planos da Apple em estabelecer de vez suas lojas digitais em território nacional não contavam com a lenta e complicada burocracia brasileira.

A Apple ainda não desistiu de vender suas músicas, aplicativos, filmes e [futuramente] livros na nossa moeda, o Real. Mas questões tributárias estão dificultando a mudança, que nos faz a todos ainda pagar em dólar por aplicativos, pagando IOF de 6% e ainda impossibilitando o uso de cartões de crédito que não sejam internacionais.

Mesmo com todos estes empecilhos, a Apple tentará lançar a loja de livros ainda este semestre, com preços em dólar mesmo. Além do Brasil, Argentina e outros países latino-americanos receberão a iBookstore até julho.

Esta briga por preços em reais tem sentido. A Apple sabe que a sua loja de livros só tem força se for algo completamente acessível aos brasileiros. A facilidade em comprar livros no iPad, iPhone ou iPod ajuda a vender mais e criar uma cultura para o livro digital. Eu mesmo hoje fui procurar um livro para a minha mulher (“O que esperar quando você está esperando“), mas em nenhum site brasileiro existe versão digital do livro; e a versão impressa custa R$74. O mesmo livro em inglês, na iBookstore americana, custa US$10 (20 reais).

A iBookstore daria um impulso na produção de livros digitais no país, fazendo preços caírem e títulos se multiplicarem. E com a promessa da chegada ainda este ano também da Amazon, o mercado nacional de eBooks deverá crescer muito até 2013.

Via
Revolução E-Book
Fonte
Folha de S.Paulo
Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar