Notícias

29 de junho de 2007: há 7 anos, o primeiro iPhone chegava ao mercado

iPhone Classic do Blog

O dia de hoje é uma data comemorativa para Apple e, de certa forma, para todos nós: marca o início das vendas do primeiro iPhone nos Estados Unidos, momento no qual o tão esperado smartphone multitoque e sem teclado físico (apresentado em janeiro daquele ano) chegava às mãos dos consumidores e começava uma verdadeira revolução no mundo dos celulares.

Conheça alguns detalhes interessantes desta história.

O iPhone lançado em 2007 era bem diferente do que ele é hoje, BEM diferente. Para começar, ele só era vendido nos Estados Unidos, exclusivamente para clientes da operadora AT&T que fizessem um contrato de 2 anos. Mesmo com essa obrigação do contrato, o preço do aparelho era bem salgado: US$499 a versão de 4GB (!!!) e US$599 a de 8GB. Alguns meses depois, a Apple baixou esse preço para US$399 e abandonou a versão de 4GB, que virou peça de colecionador.

Além do aparelho vir bloqueado com a AT&T, não era possível instalar nenhum aplicativo nele. o iPhoneOS (como era chamado o iOS 1.0) vinha com 16 aplicativos fixos que não poderiam ser apagados. Mesmo assim, na época só aquilo já era suficiente para impressionar usuários do mundo inteiro, que sonhavam em ter um aparelho daquele nas mãos. Os Mapas na palma da mão, o iPod widescreen, o Youtube e a visualização de fotos com a ponta dos dedos era o que mais impressionava no iPhone naquela época.

iPhoneOS 2007

Semanas mais tarde, um jovem chamado GeoHot conseguiu descobrir uma maneira de desbloquear o aparelho (através de solda na placa do aparelho), o que fez nascer o jailbreak, que permitia que se pudesse usar o iPhone em outros países, além de ser possível instalar mais aplicativos no sistema. Mas esta é uma outra história. 😉

Em termos de hardware, o primeiro iPhone também era, de certa forma, limitado. Ele não era compatível com a então nova rede 3G.

Primeiro comprador do iPhone

A data é histórica. A Apple apostava muito alto naquele novo produto, desafiando uma indústria de gigantes formada por empresas que já estavam há anos no mercado. Foram muitos os que riram de Steve Jobs por ter a “petulância” de querer entrar em um mercado tão competitivo, sem ter nenhuma experiência anterior. Porém, somente Jobs poderia ter ignorado todas as críticas e opiniões de terceiros para insistir em suas convicções, que sempre foram fortes; quando ele acreditava que um produto era realmente melhor, ele não tinha medo de insistir na ideia.

Dia 29 de junho é um marco, não apenas para usuários de iPhone e iPad, mas também de outros sistemas que vieram depois, como o Android (que com toda a certeza não seria o que é hoje sem a existência do iPhone). Foi o início da revolução no mundo dos dispositivos móveis.

Conteúdo original © Blog do iPhone

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar