iOS

Apple admite que o iOS pode mostrar uma saúde de bateria equivocada no iPhone 11

A Apple implementou no iOS 11.3 um recurso interessante no sistema: a possibilidade do usuário conhecer a Saúde da Bateria do seu iPhone e saber se ela está degradada fisicamente ou não.

Porém, usuários de iPhone 11 passaram a notar que essa porcentagem que aparecia no recurso estava caindo rápido demais. E isso já foi assunto para um artigo aqui no BDI:

Agora, depois de mais de um ano com os usuários sofrendo com isso, a Apple irá implementar um recurso de calibragem da bateria para modelos da linha 11, para consertar um resultado errado no relatório Saúde da Bateria.



Esta novidade apareceu na versão beta do iOS 14.5, sem ainda data definida para lançamento. Porém, já existe um documento no site de suporte que explica como ele funciona.

O sistema de relatório da saúde da bateria fará a recalibragem da capacidade máxima da bateria e da capacidade de desempenho máximo no iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max para corrigir estimativas imprecisas do sistema de relatório da saúde da bateria para alguns usuários. Os sintomas desse erro incluem um comportamento inesperado de descarregamento da bateria ou, em um pequeno número de casos, a redução da capacidade de desempenho máximo. Esse sistema de relatório impreciso da saúde da bateria não reflete um problema real na saúde da bateria.

Parecia bem óbvio que havia mesmo um problema no relatório da bateria dos modelos 11. Em muitos casos, ele indicava que a bateria tinha degradado 4% em menos de 2 meses após a compra. E isso é muito anormal.

Recalibragem da bateria

Após a atualização para o iOS 14.5, os usuários de um iPhone 11, iPhone 11 Pro ou iPhone 11 Pro Max poderão ver a seguinte mensagem no seu sistema:

O sistema de relatório da saúde da bateria está recalibrando a Capacidade Máxima e a Capacidade de Desempenho Máximo. Esse processo pode levar algumas semanas.

O processo será automático e iniciará sem a intervenção do usuário. Essa recalibragem da capacidade máxima e da capacidade de desempenho máximo ocorrerá ao longo do tempo durante os ciclos regulares de carga. Isso deve durar algumas semanas.

Quando o o processo for concluído, essa mensagem desaparece e o percentual de capacidade máxima será atualizado para o valor real (segundo a Apple).

Caso aconteça algum erro durante a calibragem, o sistema interrompe o processo e um aviso irá sugerir para o usuário se dirigir a uma assistência técnica autorizada, para trocar a bateria gratuitamente.

A recalibragem do sistema de relatório da saúde da bateria não foi bem-sucedida. Um Fornecedor de Serviços Autorizado da Apple pode substituir a bateria gratuitamente para restaurar o desempenho máximo e a capacidade.

Solução tardia

Finalmente a Apple resolveu um problema que vem afligindo os usuários do iPhone 11 desde o final de 2019.

A coisa estava ficando tão séria que muitos já estavam perto do patamar de 79% de degradação teórica, o que faz o sistema ativar um ralentamento do poder de processamento do aparelho, para preservar a bateria.

O iPhone 11 iria ficar lento, desnecessariamente.

Então a dica é para que todos que tenham um iPhone da linha 11 atualizem para o iOS 14.5 quando ele for lançado, para resolver este problema que vem de longa data. Para modelos de outras gerações, a função de recalibragem não será ativada, pois a Apple não acredita que sofram do mesmo problema.

E você pode também relembrar nossas 25 boas dicas de bateria do iPhone, para melhorar ainda mais a vida útil dela.

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo