iOSiOS 18

O que é RCS e qual a vantagem dele ser integrado ao iMessage no iOS 18

Uma das novidades do iOS 18 é a incorporação do protocolo RCS ao iMessage, trazendo maior interatividade entre plataformas. Mas, afinal, o que é RCS e quais são as vantagens de sua integração ao iMessage da Apple? O que nós, usuários, ganhamos com isso e no que influenciará na comunicação com quem não usa iPhone?

Vamos explorar esse protocolo de comunicação avançado e entender como ele promete transformar a forma como enviamos e recebemos mensagens.

O que é RCS?

RCS, ou Rich Communication Services, é um protocolo de comunicação que visa substituir o velho e ruim SMS. A ideia é que, com o tempo, as operadoras o adotem, eliminando de vez o formato antigo e ultrapassado.

Desenvolvido pela GSMA (GSM Association), o RCS oferece uma experiência de comunicação mais rica com funcionalidades avançadas, que colocam as mensagens móveis em pé de igualdade com os aplicativos de mensagens instantâneas mais populares, como WhatsApp e Telegram.

Principais características do RCS

1. Envio de mídia de alta qualidade: Diferente do SMS, o RCS permite o envio de imagens, vídeos e áudios em alta resolução, proporcionando uma experiência de comunicação mais rica e envolvente.

2. Recibos de leitura e indicadores de digitação: Com o RCS, os usuários podem ver quando suas mensagens foram lidas e quando o interlocutor está digitando, similar ao que encontramos em aplicativos de mensagens instantâneas.

3. Chats em grupo: O RCS facilita a criação e a gestão de grupos de conversa, algo que o SMS e MMS não conseguem fazer de maneira eficiente.

4. Sem limitação de caracteres: o SMS tem uma limitação de 160 caracteres, enquanto o RCS não, assim como os mensageiros modernos que já conhecemos.

5. Suporte a chamadas de áudio e vídeo: diferente do SMS, você poderá fazer ligações de áudio e vídeo usando a conexão de internet, assim como já acontece com o WhatsApp.

6. Menor custo: as operadoras abusam do SMS cobrando por envio, independentemente do tamanho da mensagem. Com o RCS, que é um protocolo que funciona pela internet e não pela rede telefônica da operadora, a cobrança é pela quantidade de dados. Sem falar que você poderá usar o Wi-Fi e não pagar nada para a operadora.

Aí você pergunta: Mas tudo isso o WhatsApp e iMessage já não fazem? Qual a vantagem?

O principal incentivo ao RCS é acabar com o SMS, que é uma forma antiga, cara e ultrapassada de enviar mensagens. O objetivo é fazer as operadoras evoluírem e saírem da sua zona de conforto.

Mulher com celular

Como o RCS Funciona?

O RCS opera sobre a conexão de dados do dispositivo, seja ela uma rede móvel ou Wi-Fi.

Quando a conectividade de dados não está disponível, o sistema pode reverter para SMS/MMS como método de envio, garantindo que a mensagem seja entregue de qualquer forma.

Isso torna o RCS uma solução versátil e confiável para a comunicação moderna.

Adoção e suporte ao RCS

Desde sua concepção, o RCS tem sido apoiado por alguns players da indústria de telecomunicações.

O Google, em particular, tem sido um grande defensor do RCS, integrando-o em seu aplicativo de mensagens padrão para Android. Ele inclusive fez campanhas de ataque à maçã por ela não suportar o protocolo.

Agora, a Apple irá incorporá-lo no iMessage do iOS 18, o que significa que uma enorme quantidade de pessoas no mundo inteiro irá começar a usar para se comunicar com pessoas de plataformas diferentes.

E como a gente sabe, muitas tecnologias só se popularizam depois que a Apple as adota. Então, este promete ser um marco para a história do RCS.

Há quem diga que aplicativos populares hoje, como o WhatsApp e Telegram, podem começar a perder mercado com isso, se não apresentarem bons diferenciais.

Há um outro fator importante a ser considerado: nos Estados Unidos, o uso de SMS ainda é muito comum entre os usuários, o que aumenta ainda mais a necessidade de uma integração maior entre as plataformas.

É famoso o meme “bolhas azuis contra bolhas verdes“, justamente simbolizando esse embate. Com a adoção maior do RCS, a tendência é todo mundo se comunicar através de um único protocolo.

Vantagens da integração do RCS ao iMessage

A integração do RCS ao iMessage traz várias vantagens significativas tanto para usuários quanto para a própria Apple:

  1. Melhoria na experiência de mensagens: Usuários de iPhone e Android poderão trocar mensagens multimídia de alta qualidade, desfrutar de recibos de leitura e indicadores de digitação, e participar de chats em grupo sem interrupções.
  2. Interoperabilidade aprimorada: A compatibilidade entre diferentes sistemas operacionais facilitará a comunicação, eliminando a frustração com a qualidade reduzida de mídia e limitações do SMS/MMS.
  3. Conformidade reguladora: A adoção do RCS também ajuda a Apple a cumprir com regulamentos como o Digital Markets and Services Act (DMA) da União Europeia, que exige maior interoperabilidade entre plataformas.

Além da Europa, a China também implementou restrições para lançamentos de celulares que não são compatíveis com o RCS.

O futuro será RCS

O RCS representa uma evolução significativa no campo das mensagens móveis, trazendo funcionalidades avançadas e uma experiência de usuário aprimorada.

Em vez de vários aplicativos diferentes e das brigas do tipo “eu não uso Telegram, eu odeio WhatsApp, etc“, a tendência é todos convergirem para apenas um aplicativo que se comunique com todos.

Talvez a curto prazo não seja o fim do WhatsApp ou do Telegram, que já prometeram integrar também o RCS em seus apps, mas com certeza deverá acabar com a necessidade de termos diversos apps diferentes instalados em nossos smartphones.

Você escolherá apenas um que poderá se comunicar com todos. E só essa vantagem já vale muito a pena que o RCS de popularize.

A Apple prometeu a integração do RCS no iMessage do iOS 18, mas não especificou nenhuma data para colocar isso em prática.

A esperança é que, com a adoção nos iPhones, as operadoras brasileiras também adotem o formato e ele se popularize de vez no mercado.

Botão Voltar ao topo