iOSSegurança

O iOS 14.7 corrige 37 vulnerabilidades de segurança no iPhone

Quem atualizou para o recente iOS 14.7 (ou leu sobre ele), provavelmente imaginou que para usuários brasileiros o novo sistema não traz nenhuma novidade, tornando a atualização desnecessária.

Porém, foi “embaixo do capô” que a maior parte das mudanças aconteceu, atingindo sim todos os usuários. Mesmo eles não tendo percebido nada.



O iOS é considerado um dos mais seguros sistemas operacionais móveis do planeta, não é por acaso.

Constantemente há alguém ou algum grupo tentando invadir e quebrar a segurança do iPhone, e é através das pequenas atualizações do sistema que estas novas vulnerabilidades são consertadas.

Para a proteção de nossos clientes, a Apple não divulga, discute ou confirma problemas de segurança até que uma investigação ocorra e patches ou lançamentos estejam disponíveis.

Segundo um documento publicado pela Apple, tanto o iOS quanto o iPadOS 14.7 receberam 37 correções de segurança nos mais diversos níveis do sistema.

Uma dessas correções foi relativa ao bizarro bug que travava redes Wi-Fi com nomes estranhos.

Portanto, fica a dica: por mais aborrecedor que seja ficar atualizando seu iPhone ou iPad para a mais recente versão do sistema, sempre é importante fazê-lo, mesmo que aparentemente não haja mudanças significativas.

Porque o principal motivo de toda e qualquer atualização, trazendo ou não novidades aparentes, é sempre reparar erros e problemas de seguranças que existem no interior do sistema.

Seu iPhone já está atualizado?

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo