RumoresWatch

Apple Watch Series 10 poderá trazer tela do tamanho do Ultra e ser mais fino

Segundo a mais recente newsletter de Mark Gurman, a Apple está se preparando para comemorar o 10º aniversário do Apple Watch com atualizações significativas em sua linha de smartwatches.

As mudanças previstas incluem telas maiores e um design mais fino para os modelos da Série 10, oferecendo aos usuários telas tão grandes quanto as do Apple Watch Ultra.

Embora o design geral permaneça semelhante, essas alterações prometem melhorar a experiência do usuário.

Novidades no Series 10

Os novos modelos Series 10, codinomes N217 e N218, apresentarão telas ampliadas, alinhando-se ao tamanho das telas do Apple Watch Ultra que já conhecemos.

Além disso, os dispositivos serão mais finos, proporcionando um design mais elegante e confortável. Apesar dessas melhorias, o Ultra, lançado em 2022, não passará por mudanças significativas de design este ano.

Atualizações internas e recursos de IA

Ambos os modelos da Série 10 e o Ultra 3 receberão um novo chip, preparando o terreno para futuras melhorias em inteligência artificial.

No entanto, os recursos avançados de IA, como o Apple Intelligence, estarão disponíveis inicialmente apenas para iPhone, iPad e Mac, com planos de expansão para o Vision Pro no futuro.

Por enquanto, não há previsão de lançamento desses recursos para o Apple Watch.

Desafios nas ferramentas de saúde

A Apple enfrenta obstáculos no desenvolvimento de novas funcionalidades de saúde para seus relógios.

As tecnologias para detectar pressão arterial elevada e apneia do sono ainda estão em fase de aprimoramento. A medição de pressão arterial, por exemplo, não tem apresentado a confiabilidade esperada nos testes, o que pode adiar seu lançamento.

Mesmo quando disponível, essa funcionalidade não substituirá o esfigmomanômetro tradicional, mas servirá para monitorar variações e alertar os usuários sobre possíveis elevações.

A detecção de apneia do sono, baseada na saturação de oxigênio no sangue, também enfrenta desafios devido a uma disputa legal com a Masimo Corp, aquela mesma empresa que ganhou na justiça e fez os modelos vendidos nos Estados Unidos não poderem habilitar a oximetria.

A Apple poderá resolver essa questão até setembro ou buscar alternativas para contornar o problema.

Futuro da fabricação e novos modelos

A empresa está explorando a impressão 3D das carcaças dos relógios, o que pode acelerar a produção e reduzir o impacto ambiental.

Além disso, a Apple planeja lançar uma nova versão do Apple Watch SE, possivelmente com uma carcaça de plástico rígido, para competir com opções mais acessíveis, como o Galaxy Watch FE da Samsung.


O lançamento do novo Apple Watch é esperado para setembro, pois é a data que a empresa historicamente lança seus produtos.

Botão Voltar ao topo