Apple

Apple vai apelar contra decisão de suspender vendas de iPhones no Brasil (atualizado)

O Ministério da Justiça ordenou esta semana que as vendas de iPhones sem carregador na caixa (ou seja, todos) sejam suspensas imediatamente em todo o Brasil.

Mas passadas 24h da publicação no Diário Oficial, a Apple ainda vende seus iPhones nas lojas, de forma normal.

Isso porque a empresa quer recorrer da decisão e acredita que conseguirá reverte-la na justiça.


O Ministério rejeitou o argumento da fabricante de que a retirada dos acessórios da caixa teria o objetivo de reduzir as emissões de carbono.

Para o Governo, a empresa falhou em apresentar evidências de que vender o smartphone sem o carregador influencie no meio ambiente.

A Apple pretende recorrer à decisão, enquanto mantém diálogo com a Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor, vinculada ao MJ).

“Já ganhamos várias decisões judiciais no Brasil sobre esse assunto e estamos confiantes de que nossos clientes estão cientes das várias opções para carregar e conectar seus dispositivos.”

Essa gigante batata quente que caiu no colo da Apple acontece justamente às vésperas do seu evento mais importante do ano, o anúncio de um novo iPhone.

O evento acontece às 14h (horário de Brasília) desta quarta-feira, dia 7. Confira a cobertura completa do evento da Apple aqui no Blog do iPhone.


ATUALIZAÇÃO (07/09 – 11h05)

Para a Bloomberg, a Apple também comentou:

Na Apple, consideramos nosso impacto nas pessoas e no planeta em tudo o que fazemos. Os adaptadores de energia representaram nosso maior uso de zinco e plástico e eliminá-los da caixa ajudou a reduzir mais de 2 milhões de toneladas métricas de emissões de carbono — o equivalente a remover 500.000 carros das estradas por ano.

O que achamos dessa resposta? Bem, já demos nossa opinião neste outro artigo.


Google News

Fonte
Reuters

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo