Apple

O chip Apple A14 Bionic é um dos mais avançados do mercado

Conheça os detalhes do A14 Bionic, um dos mais avançados processadores móveis do mercado.


Em setembro, a Apple apresentou a sua mais nova geração de processadores, que equipam os novos dispositivos de 2020.

O anúncio foi feito junto com o novo iPad Air 4, mas espera-se que eles também equipem os novos iPhones deste ano.

Veja o que este processador traz de diferente.



Apple A14 Bionic

Este ano, completa-se 10 anos que a Apple apresentou o seu primeiro processador próprio para o iPhone e o iPad.

No início de 2010, Steve Jobs mostrava ao mundo o primeiro tablet da empresa, equipado com o então inédito A4.

Desde então, a Apple passou a desenvolver os próprios processadores, o que lhe dá uma vantagem enorme sobre os concorrentes: é um processador especialmente feito para o iOS, otimizando ao máximo a integração entre chip e software.

A14 Bionic

A Apple já apresentou o A14 Bionic oficialmente, no evento de setembro. Ele equipará o novo iPad Air 4, que foi anunciado, mas será lançado “até o final do ano”, provavelmente para não chegar ao mercado antes do novo iPhone 12, que deve trazer o mesmo processador agora em outubro.

Mas por que anunciar antes, se o lançamento é depois? Provavelmente para ela dizer que foi a primeira a lançar um chip mobile de 5 nm.


Processador de 5 nanômetros

O A14 Bionic é um dos primeiros chips de 5 nm do mundo. A evolução em 10 anos foi impressionante, visto que o primeiro A4 era 9x maior.

A14 Bionic

Quanto menor, mais eficiente é e menos energia consome, podendo fazer mais coisas e gastando menos bateria do aparelho.

Ele também chega à frequência de 3 GHz, coisa que a Qualcomm só tinha conseguido ao fazer overclock de seu processador.


Design

A CPU do A14 Bionic possui 6 núcleos, sendo 4 deles de maior eficiência energética (Icestorm) e 2 deles de alta performance (Firestorm).

Já a unidade de processamento gráfico (GPU) possui 4 núcleos. O Motor Neural traz 16 núcleos é capaz de realizar 11 trilhões de operações por segundo. Para se ter uma ideia, o A11 Bionic (o primeiro a trazer o Neural Engine) fazia 600 bilhões de operações no mesmo tempo.

A14 Bionic


Benchmarks

Os benchmarks do novo chip A14 Bionic no iPad Air 4 acabaram sendo registrados no sistema do Geekbench antes do lançamento oficial, o que nos dá uma ideia do poder do novo processador.

Comparando com o iPhone top de linha do ano passado, temos os seguintes resultados:

single-core multi-core
iPad Air 4 (A14) 1.583 4.198
iPhone 11 Pro Max (A13) 1.326 3.300

Deveremos esperar os benchmarks específicos do futuro iPhone, pois nem sempre pode-se fazer a comparação entre um tablet e um smartphone. Porém, percebe-se já que há uma melhora de 20% em média na performance.

Mas já é interessante notar que os números já são maiores do que o Snapdragon 865 Plus, que é considerado o chip mais poderoso da Qualcomm.

single-core multi-core
Apple A14 Bionic 1.583 4.198
Snapdragon 865 Plus 994 3.570

Dispositivos que contam com o A14 Bionic

Os dispositivos que possuem o A14 Bionic são:

  • iPad Air 4
  • [novos iPhones Outubro 2020]

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar