Aplicativos

Veja como funciona a justificativa de ausência nas eleições pelo celular

As eleições são o momento que temos para demonstrar como queremos que nossa cidade, estado e país sejam administrados. Por isso, sempre é importante exercer este direito.

Como no Brasil atualmente só é possível o voto presencial, quem não está no seu domicílio eleitoral no dia da eleição fica impedido de comparecer, precisando justificar sua ausência. Isso pode ser feito no mesmo dia, comparecendo a uma sessão eleitoral da cidade em que está ou então posteriormente, indo até o cartório eleitoral.

Mas este ano, a Justiça Eleitoral está usando a tecnologia para facilitar este processo e permitir que os eleitores que precisem justificar sua ausência sofram menos burocracias para isso.

Agora, a geolocalização do celular ajuda a comprovar a viagem.



No aplicativo e-Título, existe a possibilidade de justificar a ausência através do aplicativo. Basta tocar no menu “Mais opções” na parte de baixo da tela do app.

Na lista de opções, basta tocar em “Justificativa de ausência“.

Se você fizer este processo no dia da votação, o aplicativo pedirá autorização para acessar os serviços de localização do celular, para saber em qual cidade você está. Permita.

O iOS então confirma o pedido, perguntando a você se realmente o app pode ter acesso a sua localização. Se você não quiser que o e-Título fique lhe bisbilhotando em outros momentos, escolha a opção “Permitir Uma Vez“.

O app então confere onde você está e compara com o registro que tem de você. Se a cidade onde você estiver não corresponder ao seu local de votação, ele identifica isso na hora.

Neste momento, você pode justificar a ausência por não estar na sua cidade de votação.

Após tocar em “Sim, quero justificar“, o aplicativo registra o pedido para a base de dados do TSE e você não precisará fazer mais nada.

Simples assim.

O processo precisa ser feito durante o horário de votação, no dia da eleição. Fora deste horário, a geolocalização não fica mais disponível e o eleitor precisará anexar um documento que justifique a falta.

Mesmo fazendo o processo de justificativa, se acontecer do eleitor ainda conseguir voltar para sua cidade no horário permitido, ele poderá votar se quiser. A justificativa não anula o direito do cidadão.


Esta funcionalidade é excelente, reduzindo bastante a burocracia de justificativa que existia em anos anteriores. O TSE está de parabéns por esta iniciativa, que usa a tecnologia para facilitar a vida do cidadão.

Mas use esta ferramenta somente em caso de real necessidade. O voto é um direito de todos nós e é mostrando sua vontade na urna que você ajuda a construir o país da forma que você acha que tem que ser. Por isso, vote!

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar