Apple Watch

iOS 12.2 não permitirá mais que se ative o ECG do Apple Watch 4 no Brasil

Uma das grandes novidades do Apple Watch 4 foi sua capacidade de realizar um eletrocardiograma (ECG) do usuário, apenas pelo relógio. Porém, este recurso necessita de autorização das agências sanitárias de cada país (no Brasil quem trata disso é a ANVISA), que costumam ser burocráticas em aprovar este tipo de equipamento. Por isso mesmo, por enquanto apenas os modelos vendidos nos Estados Unidos é que oferecem o recurso.

Até então, se você mora em um país não autorizado (como o Brasil), mas compra o modelo americano, pode usar sem limitações a funcionalidade, que até já está traduzida para o português.

Mas a Apple vai acabar com isso. No iOS 12.2, o sistema irá identificar a geolocalização do usuário e bloquear a ativação do ECG para quem não estiver fisicamente nos EUA.


Não, a Apple não está fazendo isso porque é má. Oficialmente o uso deste tipo de equipamento é proibido por lei quando não aprovado pela agência sanitária do país. O fato de funcionar fora dos Estados Unidos apenas comprando o relógio lá é uma anomalia que na teoria não deveria estar acontecendo. E a Apple pode ser processada por isso caso algum país não goste deste comportamento.

Por isso, limitar o uso por geolocalização é uma maneira da Apple se proteger contra processos judiciais e até mesmo proibição das vendas do seu relógio em regiões específicas. Infelizmente é assim que o mundo geopolítico funciona, amigos.

Esta identificação é feita durante a primeira ativação do ECG no app Saúde. Isto significa que, se você já tiver o ECG ativo e apenas atualizar o sistema (sem restaurá-lo do zero), poderá continuar usando. Mesmo assim, se você precisar restaurar o aparelho ou trocar de relógio, terá que passar por este processo e, se não estiver nos EUA, não poderá mais usar a função até ser liberada no seu país.

Portanto, fica aí o alerta para quem está usando atualmente o eletrocardiograma com o modelo americano. A solução temporária é não atualizar para o iOS 12.2, ou aguardar que a ANVISA libere a função em nosso país.

Via
9to5mac
Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Zedu Ricciardi

    So sorry!!! irei ficar sem atualizar apple! ACORDA Anvisa Brasil !!!!!!!!!

  • Vou comprar um iPhone + AW4 em Maio, vou tentar ativar lá (temo não permitir com chip brasileiro), e espero que continue funcionando ao voltar ao Brasil.

    • Na “teoria” isso pode funcionar, pois você teria o aparelho americano ativado no território válido. Aí o ECG poderia ser usado onde você for.

      • Hmm, faz sentido.
        Lembrando que na configuração inicial ele pede pra selecionar idioma e região, pensando aqui se colocando português / Brasil vai ter problema para ativar…

        Enfim, muitas variáveis, tentar não pilhar com isso agora, qualquer coisa mando um relato de lá ?

  • Rudimar Serves

    O ESTADO é seu inimigo!

  • Henrique Kraide

    Uso o 12.2 beta … como faço pra voltar pro 12.1 ?

    • Você deve restaurar o aparelho antes do lançamento definitivo do iOS 12.2, para a última versão disponível. O problema é que você não poderá aproveitar o backup se ele for do beta, pois não é possível usar um backup de versão superior. No caso, você terá que fazer uma restauração do zero, sem poder aproveitar o backup (a não ser que você tenha algum antigo guardado).

  • Vicente Annunciato

    O ECG so vai funcionar aqui quando a propina rolar, pq a ANVISA é assim, como a Apple é uma empresa seria, provavelmente o pedido de liberação vai ficar eternamente na preteleira.

  • Leonardo F. M.

    Trabalho na área da saúde e dispositivos médicos.
    É verdade que a Anvisa tem um processo bem burocrático e demorado, mas grandes empresas, como a Apple, que tem dúzias e dúzias de advogados conseguem agilizar estes processos num prazo razoavelmente satisfatório. Diria que em no máximo 12 meses é um prazo razoável.
    Produtos com tecnologia conhecida,cuja função é apenas monitorar/coletar informações são ainda mais rápidos de se ter a aprovação da Anvisa.
    Recentemente acompanhei um produto italiano com uma função bem mais complexa que um simples Ecg e a Anvisa liberou em menos de 12 meses.

    Posto isto não sei porque uma empresa como a Apple estaria enfrentando tanta dificuldade assim?!
    A julgar por outras funções que a Apple tem capado em países fora dos eua não me espanta este tipo de notícia.
    É o que eu sempre digo e continuo a dizer.
    A Apple lança produtos com um monte funções, você paga e paga caro por essas funções e no final das contas não recebe pelo que pagou! Na melhor das hipóteses você recebe a função quando seu aparelho já está na meia vida!
    Mais uma do mundialmente famoso Tim cozinheiro!

  • Celso F. Araujo

    Até 2054 a Anvisa libera.

    • Gabriel Amaral

      ou se a Apple paga algum tipo de imposto a eles ai sim libera kkkk

  • Rafael

    Comprei meu aparelho nos EUA, porém tive problema de garantia, o mesmo foi substituído pela autorizada no Brasil, logo fiquei sem o ECG, levei um azar.

  • Esdras Ghomes

    @blogdoiphone:disqus, tentei acessar o Fórum más a página está fora do ar.
    Meu apple Watch series 3 com apenas 4 meses de uso, trincou a tela sozinho, sem eu encostar em lugar algum, nem sofrer se quer um mínimo impacto, apenas trincou toda e eu vi o momento. Queria saber se alguém já passou por isso? ou outros tipos de relato relacionado, a apple me pediu para que mandasse para a garantia que eles iriam analisar o que houve, mas danos físicos a garantia não cobre. Estou muito indignado com a situação, parece inacreditável, más aconteceu isso. Poderiam me dar uma luz?

    • rafa

      O meu serie 3 trincou o “quadradinho” perfeito e a tela acabou ficando solta, disseram que provavelmente foi a temperatura de alguma forma .. Levei na apple em miami mas não cobriram, por ser quebra não deram nem desconto na troca de um novo. Tinha a opção de pagar 200 dolares por um replacement mas como não tinham meu modelo na loja eu teria que mandar entregar em um endereço nos EUA, ai não topei.

      • Esdras Ghomes

        Mesmo ele na garantia, e a apple identificando que foi a temperatura de alguma forma não cobriram? essa “temperatura” seria a externa, e não do próprio relógio né? como por exemple ele ter aquecido. Más se foi a externa, ele não é preparado para esse tipo de variação de ambiente normal? O relógio aguenta uma pressão de 30 metros em mergulho. Ficou no prejuizo?

        • rafa

          não… no meu caso já tinha expirado a garantia, não vi como erro da apple, mas do produto em não resistir os 40o de calor kkkkkkk (Sim, temperatura externa… o interessante que o relogio continuou funcionando, mas com a tela trincada.. Inclusive colei ela e meu irmao usa até hoje hahahahaha)

          • Esdras Ghomes

            A sim, faz sentido. Fora da garantia não tem o que se falar. O meu também está funcionando, recebo notificações etc, só não funciona o touch mais.. 4 meses de uso.
            Eu sinceramente não sei o que fazer caso eles decidam não reparar, no site fala que dano de tela não é coberto pela garantia, mas meu apple não tem uma marca de impacto, absolutamente nada. Espero que com tanta expertise eles consigam no diagnostico identificar que não houve impacto algum, nem muito menos algo parecido, eu estava inerte, parado, sentado e simplesmente trincou sob meus olhos. Sei que é muito difícil de acreditar, mas foi o que aconteceu.

            • Estan Duarte

              Vidros temperados, mesmo que banhados quimicamente ou por processos ionicos, é possivel acontecer, engraçado é que o aparelho custa tao caro justamente pela qualidade do vidro e bla bla de durabilidade do projeto, dai acontece isso… Apple esta cada vez mais uma empresa populesca com preços de grife.

            • Esdras Ghomes

              Entreguei o Watch em uma autorizada apple em Vitória no dia 18-04 , eles analisaram na loja, me deram um laudo de entrada padrão de aparelho na loja com a descrição (TELA SEM SINAL DE IMPACTO), falaram que iriam analisar, e se preciso acionar a garantia e que assim que tivesse uma resposta entrariam em contato comigo. Estou no aguardo desde então. Mas caso eles neguem a troca do relógio, com esse laudo fornecido por uma representante Apple descrito que não houve impacto na tela, já consigo entrar com um processo mais robusto contra e maça.

            • Estan Duarte

              Espero que sejam decentes, e consertem seu relogio via garantia. Boa sorte.

  • Amilcar do Amaral

    12.2 não atualizarei…ECG funcionando lindamente…única coisa que eu torcia pela atualização era pelo fato de eu ter ficado com a impressão de o Xs ter ficado com o wifi mais lento desde a última atualização.
    Off topic: Não sei se alguém teve a mesma experiência, mas eu messo a velocidade com o speedtest e com o meteor. Tenho um Xs, iPad Pro e um Galaxy S8+. Sempre no iPad e no Galaxy a velociade de conexão de casa dá no topo (65mb/s), já o iPhone dá 50, chorado….esperava corrigir com a atualização, se é que isso será corrigido…

  • Andre

    Alguma informação sobre como anda o processo de liberação na Anvisa?

    • Ubiracy Junior

      primeiro tem que saber se a propria Apple solicitou a Anvisa

  • Carlos Eduardo M. Souza

    Ok, então os modelos vendidos no Brasil já não tem essa função ? Quer dizer que se amanhã a Anvisa liberar o uso, os clientes que compraram o Apple Watch no Brasil serão lesados? Vão ficar no prejuízo ?

    • Gaius Baltar

      Os modelos vendidos no Brasil não têm essa função. O fato da Anvisa liberar essa função não implica necessariamente que a Apple libere-a no Brasil. Acontece o mesmo com o hardware, mesmo depois da homologação na Anatel por vezes os iPhones demoram muito tempo para chegarem ao Brasil. Os clientes que compraram Apple Watch no Brasil não têm essa função no aparelho, porque a Apple e a Anvisa não a liberaram. Se a Anvisa liberar faltará à Apple liberar.

      • Carlos Eduardo M. Souza

        Ou seja, além de pagar mais caro no Brasil ainda temos menos funções que em outros países. Brasil sendo Brasil.

        • Gaius Baltar

          Isso é uma culpa compartilhada, tanto a Apple demora a disponibilizar os serviços e o Brasil é um país burocrático e com alto custo para empresas e cidadãos.

  • Ubiracy Junior

    Dispositivos médicos, que disponibilizam uma função critica de monitoramento da saúde como um ECG devem ser previamente avaliados pelas agencias reguladoras de cada país!!! O estado não é inimigo do cidadão, e isto fica claro quando o produto “da errado”, ai vem alguém e fala que a culpa é da Anvisa que não monitorou isso, ou aquilo……..Cada país tem autonomia de normatizar seus produtos e serviços de interesse a saúde…. Resta saber se a própria Apple já solicitou a avaliação da Anvisa……

  • Leandro Maeda

    3º mundo é foda!

  • Rafa Alencastro

    Sabe se no Canadá está habilitada a função?

  • Gutenberg Barros

    Peraí, galera. Tem gente condenando o aparelho por não poder fazer ECG. Quantos eletrocardiogramas vcs fizeram na vida? Qual a frequência com que pretendem usar esse recurso? Pra quem tem problemas cardíacos, tudo bem. Mas parece até que estão confundindo com o monitor de batimentos cardíacos.
    Creio que a liberação do ECG seja uma questão de tempo, como foram os jogos na loja brasileira. Além disso, analisando o AW4 e comparando com os concorrentes, mesmo sem o ECG, ainda é o melhor aparelho. E tem concorrentes com quase o mesmo preço, sem metade das possibilidades de uso do AW4.

  • Fernando Oliveira

    Aqui ficou funcionando o ECG com 12.2. Apple Watch 4 comprado e ativado nos EUA.

    • Elzeger Gonçalves

      Nos explique melhor o processo que você fez Fernando por favor. Você ativou o Watch 4 lá nos eua em um iPhone brasileiro?

  • Comprei um 4 agora em fevereiro de 19 , tinha um serie t3 e agora o 4 .
    O ECG funciona até agora porem a atualização já esta disponível , mas não o farei para não perder a funcionalidade.
    Por enquanto tudo ok recomendo, otimo dispositivo !