Rumores

As previsões de Ming-Chi Kuo para o iPhone de 2019

Vidro fosco e possibilidade de recarregar outros dispositivos por indução

O analista Ming-Chi Kuo é bastante conhecido por ter ótimos informantes dentro das fábricas chinesas, o que permite que suas previsões tenham um alto grau de acertos. Foi ele quem adiantou há um ano que a Apple lançaria um modelo de 6.1 polegadas com LCD (o XR) e outro de 6.5 polegadas com OLED (o Max). É impressionante a precisão. 

Geralmente em fevereiro ele faz um apanhado de como será o ano da Apple e este ano não foi diferente. Em um relatório para investidores, Kuo fez suas apostas para 2019.

Está curioso para saber o que ele disse?





iPhones 2019

Os modelos de 2019 serão por fora muito parecidos com os que a gente já viu em 2018: três modelos diferentes, dois com tela OLED e um com LCD, menos caro. Todos com conector Lightning (nada de USB-C por enquanto).

As mudanças virão no interior e em alguns detalhes do exterior. O vidro traseiro dos três modelos será do tipo fosco, similar ao que já existe no concorrente Google Pixel 3 e que muitos reclamam que arranha fácil. Na teoria, ele tem tendência a escorregar menos da mão, apesar de na prática isso não acontecer realmente (pelo menos é o que se verificou em outros dispositivos).

Dentro dos aparelhos, além da tradicional melhora no processador (A13), poderemos ver a adoção da tecnologia ULB (Ultra Large Band), especializada em geolocalização em interiores de ambientes. Kuo prevê também uma nova geração do Face ID, com uma iluminação infravermelha mais intensa. O similar ao XR poderá ganhar mais memória RAM, ficando com 4GB.

E ele também confirma um rumor que já vem sido comentado há algum tempo: uma câmera fotográfica tripla. Porém ele não especifica se esta câmera será ou não exclusiva do modelo Max.

Muitos poderão comemorar algo que é aclamado por todos: Kuo diz que os novos iPhones terão baterias com maior capacidade este ano. \o/

Um ponto bem interessante que talvez seja a mudança que mais chame a atenção nos novos modelos será a capacidade de carregamento por indução bilateral. Ou seja, será possível fornecer carregamento para outros dispositivos sem fio através da traseira do iPhone, como por exemplo, os futuros AirPods. Torçamos que possamos recarregar também o Apple Watch desta maneira.

iPads 2019

Ele reafirma que teremos novos modelos do iPad mais simples, desta vez adotando o design do antigo iPad Pro de 10,2 polegadas (que mantém o botão frontal e não possui Face ID). Ele não comentou, mas espera-se que eles sejam apresentados ainda no primeiro semestre.

Ele também acredita que teremos uma nova versão do iPad mini este ano.

iPod touch

Sim, Kuo também acha que teremos um novo iPod touch este ano, com um processador mais moderno.


Previsões anteriores de Ming-Chi Kuo

Quem tem Kuo, não tem medo do que a Apple possa lançar*. Suas previsões costumam ter 95% de acerto já há algum tempo. No início de 2018, ele afirmou que a Apple estaria pensando em lançar uma versão mais simples do iPhone X, sem 3D Touch e com 3GB de RAM.

Porém, às vezes ele é impreciso: ele também disse que a Apple lançaria um novo MacBook Air mais barato. Ela realmente lançou um novo MBA, mas ele veio mais caro que o modelo anterior.

*Perdoem pelo trocadilho infame logo na segunda-feira.

Via
MacRumors
Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Douglas Santos

    Ou seja, 2019 Apple come poeira em relação a suas concorrentes se esses rumores se tornarem reais…

    • O que as outras estão fazendo de TÃO revolucionário assim que eu perdi?

      • Luis Gustavo

        Ilex come poeira no sentido de lançar como novidade algo que já existe

        • Não, Luis, a expressão “comer poeira” não significa isso.

          Só come poeira quem está bem atrás dos outros, deixado para trás. Não me parece o caso do iPhone, salvo que eu esteja bem enganado e completamente desconectado do mundo tecnológico (o que não acho seja o caso).

          Acho uma expressão leviana quando usada somente para fazer uma crítica pouco embasada.

          Veja bem, eu observei durante o ano passado o lançamento de alguns smartphones da concorrência e algo bem comum que achei foram comentários “ah, é mais do mesmo” vindo justamente de admiradores das respectivas marcas. Fora uma ou outra função destacada, muitos fãs reclamam em geral que não há mais grandes inovações.

          Então, sim, segundo estes rumores, se confirmados, não teremos grandes mudanças significativas como aquelas que nos acostumamos a ver no passado, mas isso não é algo exclusivo da Apple.

          • Luis Gustavo

            Ilex, em primeiro lugar obrigado pela resposta, bem esclarecedora do seu ponto de vista.
            Em segundo lugar eu dei o que imaginei ser a interpretação do que o Douglas queria dizer, só ele pode falar se realmente era isso.
            E em terceiro ponto, quem come poeira não precisa necessariamente estar “bem atrás” (já dirigiu em estrada de chão? Come poeira quem está logo atrás, onde a nuvem de poeira é alta, quem está bem atrás pega a poeira já baixada) mas sim logo atrás e nesse caso como vc disse, ultimamente se alternando na segunda posição, ou seja, logo atrás estão praticamente todas as empresas uma de cada vez.
            Se o iphone do final do ano vier com essa bateria de carga reversa, por exemplo, vai estar logo atrás do S10 que será lançado amanhã, e sim, estará comendo poeira….
            Não sei se me fiz entender, espero que sim.
            Dá mesma forma que a Apple fez muita gente comer poeira quando lançou o primeiro iPhone e sua tela capacitiva, que dava banho nas resistiva e fez todo mundo correr atrás e lançar as suas depois…
            Quem sabe as tais telas dobráveis sejam o próximo grande salto, quem lançar algo realmente funcional, atrativo e eficiente primeiro, fará todo mundo comer poeira e correr atrás….
            Grande abraço Ilex, gosto muito do seu blog.

            • Bem, vamos lá.

              Vou dividir os tópicos desta discussão, para ficar bem claro. Quando a gente mistura tudo, as partes que são verdade acabam dando a impressão geral que as partes distorcidas também o são.

              Vamos às partes que eu considero corretas do seu comentário:

              – Sim, há padrões da indústria que estão sendo adotados primeiro por alguns outros concorrentes e com mais demora pela Apple;

              – Sim, a Samsung lançou primeiro um celular com carga bilateral, que no iPhone é esperado só para setembro. Comento isso mais adiante.

              – Telas dobráveis parecem ser a grande esperança de novas inovações atualmente, e a Samsung está investindo bastante nisso.

              Agora vamos às partes que, na minha opinião, estão distorcidas e que precisaríamos tomar cuidado ao usá-las:

              Desde o início há um movimento forte contra o iPhone, seja impulsionado por concorrentes ou por pessoas que não tem condições de ter um. Basta ver em comentários de grandes portais brasileiros o que acontece quando você defende o iPhone. Por mais que a Apple inove e revolucione, sempre haverá este movimento, que inclusive existia até quando ele foi o primeiro a lançar uma tela capacitiva, como você mesmo citou. Reclamavam até do fato de ele não ter um teclado físico. Há 12 anos vemos a mesma história: reclamam, reclamam, reclamam, mas TODA a indústria vai atrás.

              Você pode criar a desculpa que quiser para o uso da expressão. Dizer que “se você tiver em um carro em uma estrada de terra, blablabla”, mas vamos ser francos, isso é balela. Quando você fala para alguém (principalmente menos entendido em tecnologia) que o iPhone “está comendo poeira dos outros”, é bem provável que quem ouvir irá imaginar que o iPhone está bem inferior aos outros. E nós dois sabemos que isso na prática não é uma verdade.

              O lance das três, quatro câmeras não é invenção da Apple, nem da Samsung. São os fornecedores de câmeras que já chegaram a este nível de tecnologia. Os fabricantes é que decidem se e quando adotam. Pois bem, o próximo iPhone é esperado ter as três câmeras, mas a Samsung lançou ontem um novo modelo que já as trás. O iPhone ficou “comendo poeira por causa disso”? O cara que comenta aqui depois de outro que comentou “First!” comeu poeira só porque comentou depois dele?

              A Apple adotou como filosofia não usar seus usuários como “testadores de produtos”. Ela não quer ser a primeira e lançar qualquer coisa, e sim testar muito e apresentar um produto final acabado. Sempre foi assim. A filosofia da Samsung é diferente: ela gasta pouco tempo de desenvolvimento e lança logo as novidades, para postar o FIRST! Leia sobre a história do primeiro Samsung Gear para entender o que eu estou dizendo. Lançaram um relógio impulsionados pelos rumores de um possível Apple Watch na época, mas que mais parecia um protótipo que foi vendido ao público. A segunda geração já foi totalmente reformulada. Mas o cara que comprou a primeira, como fica? Devolveram o dinheiro? Não.

              No momento estamos todos envoltos com a áurea do marketing do lançamento dos novos Galaxys que aconteceram esta semana. Mas treino é treino, jogo é jogo. Temos que ver se a tela dobrável do Fold realmente irá trazer um benefício efetivo ao usuário ou se é só mais uma funcionalidade curiosa para contar vantagem. Temos que ver se o sensor sob a tela (e que eu aplaudi no Twitter) é realmente eficiente e prático no uso cotidiano. Se trouxer benefícios reais, ótimo; mas é preciso esperar para formar opiniões, pois se fizermos isso só baseados no marketing da empresa, corremos o risco de sermos iludidos.

              Eu agradeço muito a forma respeitosa que você se predispôs ao debate e isso só nos beneficia. Eu estou aberto a entender todos os seus pontos e analisá-los um a um. Porém, pelos motivos que eu expus acima, eu ainda não estou convencido que dizer “comer poeira da concorrência” seja uma expressão correta e sem a intenção única de apenas tentar diminuir o iPhone, por puro motivo emocional.

              Em tempo: eu também gostaria que a Apple inovasse mais, eu também tenho saudades de ser surpreendido como antigamente, eu também reclamo de muita coisa que a Apple atualmente faz. Mas não vai ser por isso que eu vou distorcer a verdade e ficar criando motivos para desmerecê-la.

        • Yuri

          Mas as concorrentes estão lançando novidades? Porque pra mim o android continua a mesma bolacha de água e sal que sempre foi kkk

      • Thiago

        Serve o Galaxy S10? Apple vai ficar no chinelo e comer poeira sim.

        • ThiagoBarros

          Mero comentário de quem provavelmente não leu todo o debate. E que também não sabe do calendário.

          • Thiago

            Li todo o debate e é possível afirmar com toda a certeza que a Apple vai passar longe de inovar em algo esse ano. Sim, temos como referência o Galaxy S10 que foi um estrondo. Tela full, sem a bizarrice do notch, 3 cameras traseiras, carregamento wireless pelo próprio aparelho, sensor de impressão digital sob a tela, nova UI da Samsung para o Android. Quando vejo que estou com um XS MAX que de novo só tem a edição de efeito de profundidade na câmera (algo já feito por aplicativos), sinto que a Apple tá parada no tempo da inovação desde que lançou o iPhone X em 2017… Ainda assim, as únicas inovações que ele trouxe foram o face id e a remoção do botão home… Vou olhar com carinho o S10, pela primeira vez estou pensando em mudar de plataforma. A questão aqui não é o calendário e nem o debate, a questão é que a Apple não se diferencia mais nas inovações, e isso já faz muito tempo!

            • Um cara uma vez veio aqui falar a mesm;issima coisa que você sobre o “supermegablaster” leitor de Iris do Galaxy. Disse que “isso sim era inovação”, que a Apple tinha ficado no chinelo.

              O que aconteceu?
              Alguns anos se passaram, a Apple lançou o FaceID, que até hoje não conseguiram imitar, e a Samsung lançou um novo Galaxy SEM O LEITOR DE ÍRIS, que na prática os usuários não usavam por ser complicado demais.

              Esse cara que falou isso nunca mais apareceu aqui para comentar sobre o assunto.
              Me pergunto se daqui dois anos você voltará aqui com a mesma segurança que tem hoje, para falar do ultramegablaster Galaxy S10, que até agora só conhecemos pelo marketing da Samsung, visto que não foi lançado ainda.

            • Thiago

              Eu preferia muito mais o TouchID. Acredito que a Apple deve voltar com ele, visto que já registraram uma patente proprietária onde se permite identificar a digital em qualquer posição da tela (isso é inovação). Agora querer desmerecer o lançamento do Galaxy S10, não concordo iLex. O Smartphone veio com um plus de inovações e não somente com evoluções naturais. Se você buscar pelos hands on já divulgados verá que não se trata apenas do marketing da Samsung. Eu odeio Android e é por esse motivo que uso iPhone desde sempre – e se não fosse por isso, já teria feito a troca.

            • Mas quem aqui está desmerecendo o lançamento do Galaxy S10?
              Se você me acompanhar no Twitter, verá que eu aplaudi o sensor sob a tela e o fato de fazer vídeos com o fundo desfocado (algo que eu queria faz tempo).

              Mas é FATO que até agora só vimos coisas apresentadas pelo marketing da Samsung e por blogueiros que foram CONVIDADOS por ela para divulgarem algo com antecedência, que não tiveram tempo nenhum para saber como o aparelho é na vida cotidiana e receberam um release com todas as novidades já listadas. Não sei se você sabe como funcionam estes convites: o blogueiro/jornalista ganha o acesso prévio do produto e tem pouco tempo para testar as novidades que o aparelho trás. E tem que fazer isso antes que outros façam, senão vira “notícia velha”. Isso acontece com o iPhone também, não é só com a Samsung.
              E tem outra: se o blogueiro criticar demais o novo aparelho, ele sabe que na próxima vez ele não terá mais o mesmo privilégio.

              Se você quiser acreditar piamente no marketing da Samsung e nos blogueiros que foram convidados (alguns inclusive com passagem paga), beleza, o importante é você ser feliz. Já eu prefiro formar minha opinião apenas depois que o aparelho já tem um tempo no mercado (faço isso também para o iPhone). Senão vai que o aparelho que eu tanto disse que era revolucionário começa a explodir por um erro de design da bateria, como aconteceu com o Note 7?

              No papel, o S10 é lindo, como foram todos os anteriores. Na prática do dia a dia, nem sempre a beleza continua.

              Assim como você, eu também prefiro muito mais o Touch ID e nunca escondi isso aqui. Mas esta minha preferência pessoal não me impede de observar e entender que, tecnicamente, o Face ID é muito superior que o scanner de Íris da Sammy. É questão técnica, não de opinião pessoal.

      • Fernando Nakashoji

        Acho que os comparativos/reviews/especulações estão muito limitadas ao hardware. Claro que maior poder de processamento, memória, megapixels, OLED, faceID, leitor de iris, carregamento por indução, são recursos interessantes… Mas o que vai contar mesmo são os recursos de usabilidade e de software. Nesse sentido, minha opinião é que a Apple já está devendo. O Google Assistant já é mais avançado que a Siri (em minha opinião), e a tendência é que o foco dado a seu desenvolvimento aumente ainda mais a vantagem do primeiro… Então, considerando todos os aspectos, e não só o hardware, a Apple está sim, novamente, em minha opinião, comendo poeira… Sou usuário Apple, e não pretendo mudar para Android, mas não dá para reconhecer que no que se refere à assistência pessoal, a SIRI tem muito a remar ainda.

        • Fernando, me pareceu que você julgou todo o software baseado em apenas um único argumento.

          Eu concordo que a Siri é inferior a outros assistentes virtuais (o Google sempre foi muito bom nisso, inclusive na rapidez em adaptar para o português), mas dizer que todos “os recursos de usabilidade e software” estão atrás do sistema do Google só por causa da Siri é meio exagerado, não acha?

          O software sempre foi um dos pontos fortes da Apple e o que faz muita gente não sair do iOS para mudar para Android. Isolar apenas um ponto e generalizá-lo faz termos uma visão distorcida da realidade.

          • Fernando Nakashoji

            iLex, eu não disse isso… Pelo contrário. Disse que “considerando todos os aspectos” de usabilidade – de assistentes pessoais(grifo meu) a Apple está aquém do Google. Não que Todos os recursos da Apple são inferiores.

  • Mateo

    Ou seja, vou continuar com meu iPhone X.

    • O X ainda é um ótimo aparelho. Mesmo que a Apple lance algo revolucionário (afinal, ninguém ainda SABE o que ela irá lançar, além de rumores), você teria diversas razões para continuar usando (e bem) o seu X.

  • Mauro J. Mendonça Júnior

    iLex, o que eu vejo ultimamente é que desde a revolução que foi lançar um Smartphone há 11 anos tudo foi um pouquinho de evolução daqui, um novo recurso dali. No final, os telefones continuam tendo os mesmos recursos que o mercado acaba pedindo: Acesso ao Facebook, Whatsapp, Instagram. Ou seja, um iPhone 3GS já fechava a fatura. Recursos adicionais que deixam nós desenvolvedores empolgados acabam no instante seguinte à publicação na Loja. Mas não vou falar deste assunto aqui agora.

    • Concordo, Mauro, inclusive escrevi uma resposta acima defendendo esta mesma ideia.

  • Vítor

    E nada do meu Touch ID? ???

  • Marccus Phillipe

    E eu continuo feliz e bem firme com meu iPhone 8, sem arranhões/amassados…

    • Ricardo Dantas

      Isso é totalmente pessoal, mas depois que passei para o novo layout do X, essas “barras” na tela das versões anteriores dão uma aparência muito antiga.

  • Yuri

    Infelizmente então o Xs será meu último iPhone. E dessa vez falo sério A menos que a Apple volte com o Touch ID. Eu odeio o Face ID com todas as forças da minha alma, o Xs foi o pior iPhone que eu já tive e olha que já tive todos das gerações S (e o iPhone 7 que comprei logo depois do 6s+). Jamais pegaria outro com essa porcaria nem que estivesse de graça!

    • Gustavo

      Achei que era só eu que não gostava do face id .

      • Andrieux Querido

        Gosto e muito do Face id, so precisava funcionar na Horizontal.

      • Yuri

        Eu detesto. Face ID foi feito pra adolescentes que vivem de selfie. Não pra quem usa o celular normalmente em cima da mesa e precisa consultar informações e ler notificações sem ter que ficar levantando essa mer** pra colocar em frente a cara o tempo todo… Fora que se não tiver no angulo e distância perfeitos ele não lê, deitado com metade do rosto no travesseiro ele não lê, se a leitura falhar uma única vez, já vai pro código.

        • Gustavo

          Concordo também acho uma ?.

        • Marcelo M.

          Também detesto o Face ID…

        • Rafael Anciães

          Cara, configura de novo esse seu Face ID porque eu desbloqueio o meu sem nenhum problema com o rosto de lado apoiado no travesseiro, de boné, com óculos escuros e até escovando os dentes.

          • Yuri

            Já configurei umas 10 vezes. Sempre fica a mesma coisa

          • Marcio

            Eu também, tranquilamente

    • Murilo Lourenço Cabral

      Eu não uso mais iPhones mas respeito muito a Apple, até porque não posso cuspir no prato que comi 10 anos de celular e 19 anos de computadores, apesar de não usar mais nada da Apple ainda sigo as novidades pois ainda tenho a esperança de que as coisas por lá mudem e me faça voltar para o o ecosistema. Mas acho que se pelo menos eles acelerassem de alguma forma a opção de de digitar o código já seria uma forma de não ficar esperando o faceid falar para dai depois colocar o código. Uso um Galaxy S9 e ao passar o dedo para cima ele imediatamente me dá a opção de digitar o código. Acho que a apple está dificultando as coisas já faz um tempo, com por exemplo não deixar eu colocar o icone do app aonde eu quiser “LAMENTÁVEL”. Mas ainda são ótimos aparelhos porém a 8 meses migrei para o S9 e um notebook PC e ainda estou achando dificil eu voltar para a Apple.

      • Yuri

        Pois é.. Tentei tirar a opção do Face ID pra usar só o código mas fica ainda pior porque demora mais ainda pra fazer tudo. Enfim.. Mas pelo que vejo eles vão voltar com o Touch ID e o dia que esse Xs ficar muito ruim eu infelizmente vou sair do iPhone também (porque ainda acho o iPad e o Mac ótimos).

        • Murilo Lourenço Cabral

          Sim na questão de Tablet´s não existe outro o iPad é o unico que realmente resolve e funciona adequadamente, porem os mac´s também estão deixando muito a desejar, mesmo ainda sendo excelente.

      • Vitor Varoni

        Murilo , estou na mesma que vc, tive todos os iphones desde o primeiro até o 8 que comprei e vendi sem usar, hoje utilizo o S9 Plus, estou realmente feliz, ainda mais por fazer coisas que não fazia com o Iphone, uso muito o dex station e acabei com isso inutilizando o meu macbook, mas mesmo assim acompanho a Apple na esperança de que abra um pouco seu ecossistema, são ótimos equipamentos porém vi a pouco tempo a Sony Vaio e seu ecossistema fechado sumir do cenário.

        • Murilo Lourenço Cabral

          Pois é Vitor, é uma pena pois lembro bem quando tinhamos orgulho e beneficios ao usar os aparelhos da APPLE, pois tinhamos oque de melhor existia no mercado e sempre atualizado e com um custo benefício razoável. Hoje não são ruins porem em minha opinião existem produtos melhores. Não sei se consigo ver uma luz no fim desse tunel levando em consideração que não é a primeira vez que Steve sai da Apple porém dessa vez não tem como ele voltar né! Com todos os defeitos de ser humano que ele tinha ele era a alma e a alavanca da empresa.

  • “Todos com conector Lightning (nada de USB-C por enquanto). ” Espero que seja assim sempre, USB-C é muito ruim

    • Fabio Ricardo Bulgaron

      Por quê esse padrão novo é ruim?

      • Não entendi muito bem sua pergunta, mas prefiro o conector Lightning ao USB-C.
        USB-C além de ter lado certo para conectar ainda é mais fácil de quebrar.

        • Paulinho Henrique

          O usb C é é igual o lightning, funciona de qualquer lado que vc colocar, e sobre a durabilidade depende da marca, não existe isso de quebrar fácil. Geralmente os que quebram fácil é os cabo da apple

          • Confundi o USB-C com USB-Micro, quanto cabo quebrar é outra conversa, quando eu disse que USB quabra fácil estava me referindo a entrada do telefone, no caso o conector fêmea do USB-Micro, do USB-C não sei como é o fêmea mas deve ser no mesmo padrão do USB-Micro que é bem mais fácil dar alguma problema que o Lightning

            • Não dá para comparar o Micro-USB do USB-C, são tecnologias com anos de distância.

              O USB-C foi muito incentivado pela Apple, para o padrão ser algo bem próximo do Lightning.

            • Dei uma pesquisada e vi que são bem diferentes, foi falta de informação minha mesmo, estava confundindo o USB-C com o Micro-USB de um Motorola que usamos aqui na loja e sempre achei muito ruim esse Micro-USB, por isso nunca entendi algumas pessoas querendo trocar o Lightning.

            • Marlon Fuhlendorf

              Inclusive a própria Apple, foi uma das que deu contribuições para o desenvolvimento do USB-C

            • Caio Iamondi

              E inclusive ela já adotou a nova porta em quase todos seus principais dispositivos. Achei que esse ano FINALMENTE teríamos um iPhone com USB-C. Acredito que com lightning ainda num iPhone lançado no final de 2019, vai ser o único smartphone, se não até mesmo o único device flagship sem adotar isso. Até final de 2020 acredito que teremos muito mais fones, teclados, mouses, hd externos, celulares etc com o padrão usb-c, assim espero hahahahaha

            • Fábio Almeida

              Amo o USB-C. Hoje procuro tudo o que seja compatível com a tecnologia pro meu Macbook…

        • Fmattos

          nada ver… até o Motorola está usando, eh bastante prático, mas prefiro que continue com o lightning porque tenho outros aparelhos e utilizo só um cabo.

  • Rafael Anciães

    E nada de Touch ID sob a tela. ?

    • Gustavo

      Por enquanto .

  • Gustavo

    Vidro fosco para não escorregar . Acho isso bobagem já que, praticamente todo mundo usa uma case hoje em dia .

    • Zacarias Sousa

      Ninguém se atreve a usar um iPhone do 8 pra frente sem case !! Lindo é, mais beleza não é seguro de vida (no caso do iph).

    • Leandro Dantas

      Já tem um tempo que procuram mudanças estéticas pra diferenciar os modelos… e só. O resto é justificativa aleatória p/ esse real motivo: vide vidro fosco, lateral metálica, lateral metálica com vidro espelhado, lateral metálica com vidro fosco… 1 cam, 2 cams, 3 cams… um anel colorido no ID, na cam… no flash… enfim: bobagem.

  • Alexandre

    Eu acho tão curiosa essa “sede de novidades” anuais que as pessoas têm em relação aos smartphones, mais especificamente em cima dos iPhones. É uma cobrança gigante, como se ela fosse obrigada a inventar algo mirabolante a qualquer custo, para provar que um celular pode fazer além do que ele já faz (muito bem feito, diga-se de passagem). É como esperar que um carro faça muito além do que levar as pessoas com conforto, para lá e para cá. Sim, pq um carro só faz isso, ele não tem obrigação de lavar, cozinhar, ou fazer qualquer outra coisa que ultrapasse a razão da sua existência. Se a Apple, em 2019, apresentar modelos com vidro fosco, ou um detalhezinho ou outro diferente, ela estará fazendo muito mais do que deveria. Ou existe algo revolucionário sendo lançado todos os anos pelos seus concorrentes? Eu não vejo isso. São só firulas. Mas, é isso. Sigo com meu iPhone 8 Plus funcionando perfeitamente. Se eu quiser trocar por outro modelo, será pq o meu não estará mais funcionando bem, como com a bateria ruim, ou porque eu quero um novinho em folha, e não porque está deixando a desejar em funções que utilizo no dia a dia. Na boa, qualquer um faz! Uso iPhone porque acho que ele faz o básico com maestria.

  • Fábio Nascimento

    Bateria isso seria bom d+

  • Jorge Junior

    Eu acho que as maiores novidades que a Apple poderia trazer seriam todas em software, não mais em hardware. E quando eu digo novidades, estou sendo bem gentil. Elas nada mais são do que coisas que já vemos na concorrência mas que demora uma vida pra chegar no iOS (lembro com saudade de como antes era o contrário). Tenho um 6S+ e morro de vontade de pegar um XS mas a falta de modo escuro me deixa bem triste. Talvez eu teste fazer Jailbreak no meu (depois de muitos anos sem mexer com isso) só para ver os tweeks que estão disponíveis e se eles tornariam a minha experiência no iOS mais agradável.

  • Bernardo

    torço pela bateria há uns 8 anos, mas nada… Nunca se concretizou.

  • Alexandre Detoni

    Pessoal pede bateria maior.. mais esquece que explode … o vidro fosco eh um avanço porque nao quebra facil igual o vidro atual… o face id realmente deixa a desejar… mas quando a digital tava ferrada e nao lia.. ninguém lembra… a samsung vai colocar a digital na tela.. mas ja fico imaginando vc pegar o celular na mesa e ja debloqueia … vai ser lindo, nao poder colocar o dedo na tela…

    • Yuri

      Não sei onde a digital um dia já foi ferrada. O Touch ID começou a existir no iPhone 5S, e eu comprei ele. Comprei o 6s Plus e Comprei o 7 Plus. em todos eles funcionou perfeitamente, NUNCA falhou sequer uma vez. Já esse Face ID da pra contar nos dedos as vezes por dia que ele acerta de primeira.

  • Rui Neto

    Firme e forte aqui, com o meu iPhone 6S com a bateria trocada por um preço mais ‘camarada’ no ano de 2018. ???? Roda bem e faz ‘quase’ tudo que os ‘aifones xízes’ fazem. Com as novidades evoluindo tão devagar anualmente, é bobagem gastar milhares de reais trocando de iPhone todo ano.

    • Marco Aurélio Almeida Monteiro

      TAMO JUNTO! Meu iPhone 6S ta muito bem e obrigado. Acredito que só devo trocar de telefone daqui 2 anos, quando a bateria for pro saco.

      • Rui Neto

        Eu vou na mesma linha de pensamento, até lá, o XS já barateou e continua com tecnologia de ponta. ? kkk

  • RB CA

    iPhone XRs / Tela LCD de 6.2″ / 4 GB de RAM / 64 GB de ROM / Chip A13 Bionic / Bateria 3.100 mAh 😉

    Perfeito para mim.

    • Luis Gustavo

      Xr era definição dos antigo Escort da ford… .Será que teremos um iPhone XR3 também ? Kkkkk

      • Alexandre

        É que, no caso do Escort, era “Xís Érre 3”, e do iPhone é “10 érre” mesmo. Mas, foi uma boa lembrança desse carro que foi um ícone em sua época.

  • Erick

    https://uploads.disquscdn.com/images/24673f7c2a2b007141e70e7495292e3e9e1274009cd33f6be349eb2ef24be3ff.jpg Ainda não consigo engolir esse design dos novos iPhones, queria tanto um iPhone com design do iPhone 8 mas com bordas mínimas e Touch ID na logo da maçã, ia ficar show. Ainda mais na cor azul. https://uploads.disquscdn.com/images/24673f7c2a2b007141e70e7495292e3e9e1274009cd33f6be349eb2ef24be3ff.jpg

  • Arthur

    Sinceramente, mudar de celular a cada 2 anos é um upgrade tão válido quanto vc voltar a atualizar o whatsapp 1 semana após a última atualização. Upagrade mesmo foi de 7 anos para cá.

  • Falando em novidades, hoje a concorrente lançou suas novas apostas, infelizmente a Apple desistiu do leitor de digitais na tela, e agora a coreana o fez, além disso, ela lançou o carregamento bilateral, do qual dá para carregar fones e relógios inteligentes usando a traseira do smartphone (que segundo a matéria, a apple possivelmente fará o mesmo). Gostei tbm do conceito de smartphone dobrável que vira tablet, como é uma primeira versão, ainda vejo como algo experimental e até ficou meio feio a tela pequena quando ele está fechado, mas imagino que sua terceira versão já será um produto bem legal que pode inspirar outras fabricantes, seria legal se a apple que já até tem algumas patentes do tipo, se não me engano, lançar um híbrido de iphone que se transforma em ipad. Acho que a matéria e o lançamento de hoje, mesmo que pela concorrente, nos mostra que apesar de todo ano vir mais do mesmo, em uma ou outra coisa, dá para inovar ainda. Gostaria muito de ver outras fabricantes (sei que já tem um lançado a um tempo por outra marca chinesa, mas pelo que ví tem mais bugs que usabilidade) com novas formas de transformar o smartphone e tablet em um único produto com tela expansível.

  • Marcelo Ávila

    Eu só queria um iPhone SE 2, mais atualizado e com tela de LED. Não consigo entender pq a Apple demorou tanto tempo para aderirir a tecnologia. Não acho justo pagar 5000 em um celular para ter uma tela LED sendo que na concorrência vc compra por muito menos. Eu coloco as mesmas fotos de minha DSLR em um Samsung e no meu IPhone e a diferença é gigantesca, chega a ser triste. Nem da gosto ver as fotos. O iOS é excelente e me faz ficar na Apple com toda a sua usabilidade que nenhum concorrente trás. Contudo fico pensando pq demorar tanto de avançar em alguns quesitos ? Como a tela e as câmeras frontais dos iPhones e iPads.

  • Bruno Gouveia

    Queria muito que a Apple adotasse o USB-C logo, já que as linhas de MacBook já usam o padrão.

Back to top button