Notícias

Brasileiro vindo de Miami é preso com 246 iPhones X escondidos na mala

Na tarde desta quinta-feira (2), a equipe de fiscalização de bagagem da Receita Federal do aeroporto internacional de Guarulhos (SP) prendeu um passageiro que vinha de Miami por de crime de descaminho, que é a tentativa de não pagar imposto.

Nas três malas que trazia, foram encontrados nada menos que 246 iPhones X novos, além de capinhas e as embalagens com acessórios (Earpods, cabo Lightning, carregador de parede e adaptador P2 para fones de ouvido).


246 iPhones apreendidos pela Receita

O brasileiro de 36 anos não teve seu nome divulgado. Ao desembarcar do avião e recolher as bagagens, ele tentou passar pela porta do ‘Nada a Declarar’, mas foi selecionado para mudar de fila e ser revistado. Dentro das malas, os agentes encontraram 246 iPhones, todos novos. Por não acompanhar nenhuma nota fiscal, todos os iPhones foram apreendidos pela tentativa de introduzir no País bens sem o pagamento de imposto devido.

246 iPhones apreendidos pela Receita

Os iPhones estavam, curiosamente, todos separados de suas caixas, que também vieram nas malas. Todos os aparelhos vinham protegidos com capas protetoras, que provavelmente seriam vendidas junto com o dispositivo.

246 iPhones apreendidos pela Receita

O homem estava fazendo escala e iria para o Rio de janeiro. O valor da carga foi avaliado em mais de 1 milhão de reais.

O destino para todos estes iPhones será o leilão público, que deve acontecer dentro de alguns meses.

Fonte
Receita Federal
Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • rodrigomouza

    culpa de quem? Imposto brasileiro, é claro.

    • Gustavo Sarmento

      Ô… claríssimo.

      • Milton

        Tu por aqui, camarada! Bom te ver. 🙂

        • Gustavo Sarmento

          Mazah garoto!
          Só até o BDI me banir de novo… sacumé usuário que não é fanboy. Não costuma ser muito bem visto. 😀

          • Milton

            Kkkk… enquanto isso estamos aí. Mundo pequeno.

    • Diego Azevedo

      Claro. o culpado por alguém trazer 246 iphones na mala, sem declarar, é do imposto.

      • rodrigomouza

        Provavelmente foi comprar em outro país por ser mais barato (menos impostos, ou não?) ou será que estavam presenteando? 🤦🏻‍♂️….agora se ele quer contar com a sorte de trazer, já é problema dele 😂

      • Cristian

        Te garanto que se o imposto de produtos importados não fosse tão alto, grande parte desses muambeiros iriam importar corretamente e pagar os impostos em vez de arriscar trazer na mala e ser preso por descaminho. Sim, a culpa é dos impostos.

        • Fabio Ricardo Bulgaron

          A culpa não é dos impostos. Isso é o mesmo que dizer que a culpa dos assaltos é a alta dos preços! Os impostos são altos sim, agora, indignação é uma coisa, criminalidade é outra coisa bem diferente.

          • Bruno

            Por qual motivo então você acha que ele trouxe esses iPhones na mala, se não os impostos altos?

            • Fabio Ricardo Bulgaron

              Dinheiro fácil.. Lucros exorbitantes.. Pode escolher kkkk 😛

            • Eduardo Cicuto

              Mais barato ele não iria vender, os consumidores iam pagar os impostos que ele não pagou.

          • Cristian

            A culpa é dos impostos sim. Comparar assalto com descaminho é ridiculo. Todo mundo que viaja pro exterior aproveita pra comprar tudo o que conseguir, e todos passam na fila de nada a declarar. São pouquissimas as pessoas que declaram, e essas acabam passando na fila de nada a declarar nas proximas vezes.

            O que o cara esta fazendo não é muito diferente dos muambeiros do paraguai e importadores da china, que abastecem 99% do mercado livre.

            As vezes o problema não é nem os impostos, é a falta do produto. Impostos altos aliado a uma proteção chula à industria nacional acaba limitando o nosso acesso a produtos estrangeiros.

            • Fabio Ricardo Bulgaron

              Tá bom cara, você falou e falou mas não falou nada de novo. Não tem nada de ridículo a comparação do assalto com o crime de descaminho. A comparação é válida sim, à medida em que fatores econômicos justificariam (ao seu ver) a prática de um crime!

              O meu ponto aqui é este: que a carga tributária no Brasil é abusiva, isto é fato. Agora, daí pra você querer justificar um contrabandista trazendo 246 iPhones na mala dizendo que a culpa é dos impostos, é o cúmulo do jeitinho brasileiro: “a culpa é minha e eu boto ela em quem eu quiser!”

            • Cristian

              Ah quer dizer então que todos os crimes são iguais.
              Assalto, Homicido, Estupro, Racismo, Aborto, Omissão de Socorro, Injúria, Plágio…

              Tudo o mesmo crime, certo?

              Vem cá, vc tem algum software ilegal? baixou musica, filme, série da internet? Se você não sabe, pirataria é tão ruim quanto estupro!

              Veja, em nenhum momento eu concordei com o fato do cidadão trazer “246” iPhones sem pagar os impostos. Em vez disso te apresentei a causa, motivo e solução.

            • Cristian

              Ah quer dizer então que todos os crimes são iguais.
              *Beep*, *Beep*, *Beep*, *Beep*, *Beep*, *Beep*, *Beep*, *Beep*…
              Tudo o mesmo crime, certo?
              Vem
              cá, vc tem algum software ilegal? baixou musica, filme, série da
              internet? Se você não sabe, *Beep* é tão ruim quanto o *Beep*!
              /sarcasm
              Veja, em nenhum momento eu concordei com o fato do
              cidadão trazer “246” iPhones sem pagar os impostos. Em vez disso te
              apresentei a causa, motivo e solução.

              Moderação: Tá melhor assim o comentário?

            • Lenilson Lucena

              Discordo, se os impostos fossem aceitáveis, ele traria 246 iPhone de forma licita.

              Sim, crime de fato, por nossas leis absurdas que protegem os impostos altíssimos sob a justificativa de sonegação fiscal. Mas por direito, pelo menos na minha óptica, ele comprando 246 iPhones com dinheiro dele, não seria crime, por contrario, entendo que é mais uma pessoa que levou a ‘cacetada’ do governo tentando sobreviver nesse pais. O verdadeiro crime foi contra ele.

              pensando por outro angulo, nessa quantidade ele deve fornecer para outras pessoas que vendem, e revendem, e até pequenas lojas, que geram empregos, e sustentam um considerável numero de famílias brasileiras.

              Não, não é justo, ele ser pego, perder e ser indiciado pelo Ministério Publico pelo crime de descaminho… que no final, a Justiça Federal, no caso de primariedade e bons antecedentes, oferecerá uma suspensão condicional do processo… onde ele passará alguns anos assinando um papel e possivelmente pagará uma multa parcelada, fora o custo com advogado, fiança, e claro o prejuízo da carga ‘ROUBADA’ pelo estado. Se ele n falir, vai ficar um bom tempo ‘ruim das perpassou até incapaz de sustentar sua família, gerando falta de qualidade de vida, falha na educação dos filhos.. e em casos extremos dependendo de uma plano de ajuda financeira oferecida pelo governo ao pessoas de baixa renda… gerando mais custos aos cofres públicos que no final, nós pagamos… então… claro que essa historia está bem exagerada… mas sim… a culpa é dos IMPOSTOS.

              E sobre lucro exorbitantes, dinheiro fácil, não sei se você sabe, mas vendedor autônomo é o que mais tem, e comprar iPhone na mão desse tipo de gente é mais fácil que comprar pão… ou seja… alta concorrência e baixo lucro. Não precisa nem ser um expert nisso pra entender. Um iPhone X 256gb custa hoje com imposto de 7% em Miami, 1230 dólares, supondo um dolar de 4 reais, da um total de R$4920, claro que existe lugares que compram sem imposto e tal, mas a venda vira em media por R$5200/5300 no mercado informal, ou seja, ninguém fica rico vendendo iPhone.

            • MonHoe

              No Mercado livre é fácil encontrar com vendedores “Platinum”, iPhone X por 4500 pra cima, o que é um valor muito mais aceitável que 7 mil

            • Lenilson Lucena

              exato

            • Osvaldo Soranna

              Kkk não traria não. Ele escolheria outro modo de ganhar dinheiro fácil, sem trabalhar. O que está acontecendo aqui? Estamos falando de um bandido, um criminoso. Perderam a noção? Sinal que os valores no Brasil se perderam completamente.

            • Lenilson Lucena

              Bandido? Criminoso talvez caiba melhor, infrator melhor ainda. Que tenho certeza que todos aqui ja fizeram algum tipo de infração… ah e não venha com discurso que o seu é mais leve… é CRIME do mesmo jeito, desde usar o celular no carro, a pegar uma contra-mão, não exigir nota fiscal de um serviço de um pedreiro… qualquer coisa. Portanto… És tb um criminoso… mas será que és bandido?

            • Osvaldo Soranna

              O meu iPhone eu trouxe de lá sim. Dentro do que me era permitido. Agora, você querer comparar o fato de dirigir e falar ao celular, que no caso pago multa se for pego, é a mesma coisa que crime de descaminho, aí você não merece nem mais a minha atenção. Haja visto que esse criminoso aí vai pegar cana e virar fichado pra vida toda. Agora eu, se pegar uma contra mão ou usar o celular no carro pago a minha multa e ainda sou livre pra ir pra Miami trazer um iPhone dentro da minha cota, legalizado.

            • Lenilson Lucena

              Cana? Fichado? Amigo realmente não mereço sua atenção, e por favor não tenha, é impossibilidade dialogar com uma pessoa sem o minimo de conhecimento e vomita qualquer coisa da boca, no fundo tenho vergonha de dialogar com você.
              Quer dizer que você viajou para EUA, sem telefone algum seu, comprou lá, ficou sem usar pq não levou nenhum, ai quando chegou aqui foi para fila a declarar e declarou tudo que trouxe, pagando o imposto? Porque, caso você não saiba, um iPhone passa de uS$500, e para uso pessoal só é permitido 1, caso você ja esteja com o seu ele ja entra na cota. Enfim, não vou nem alongar esse assunto com você. Ache bom ou ache ruim, infraçao de transito, sonegação fiscal, ou qualquer outra coisinnha que você faz é errado e sim, é crime, o que não lhe faz um bandido por isso. Procure ler, entender pra depois comentar, nem “cana” nem “fichado” ele vai ser. Pagará a multa e poderá da mesma forma ir a Miami sonegar imposto como você.

        • Diego Azevedo

          A pessoa gastou mais de 1 milhão na mercadoria que foi apreendida. Será que realmente não havia nenhuma outra linha de atuação profissional além de “muambeiro” para investir esse dinheiro de forma legal?

          • Cristian

            Tenta investir esse 1 milhão no mercado nacional. Abre uma empresa, contrata uns funcionarios, ve até onde esse teu 1 milhão te leva.

        • Sérgio Duarte

          Se fosse imposto de 1% ainda assim trazia na malandragem. Bandido é bandido de qualquer jeito.

          • Cristian

            Não fala besteira rapaz, se o imposto fosse de 1% não valeria a pena só pelo preço da passagem e estadia. Sem contar no risco de ser pego e preso por descaminho, além de perder todos os itens.

            A culpa é dos impostos sim, basta você analisar que a maioria dos países desenvolvidos essa prática é rara.

          • Lenilson Lucena

            Bandido? Uma pena não conhecer sua vida pra enumerar suas mil inflações que ja cometeu e lhe dar o mesmo adjetivo.

        • Hulk

          Se o imposto não fosse alto eles não iriam existir…

      • Diego Azevedo

        Alguns parecem achar que sou a favor da altíssima carga tributária brasileira no meu comentário. Deixando claro: não sou.

        Passado esse ponto, gostaria de ressaltar a diferença entre quem leva 1 celular a mais na mala pro amigo na volta da viagem e alguém que traz 246 como profissão. A carga tributária brasileira é alta, mas ela tá alí pra todo mundo. O caso noticiado é de alguém que se acha acima disso e, com o velho jeitinho brasileiro, quis se dar melhor que todos.

        • Bruno

          Pelo que entendi, seu argumento é: “roubar pouco pode, roubar muito, não”, certo?

        • Lenilson Lucena

          Perante seu pertinente comentario… todas as afirmativas abaixo estão corretas né.

          1. Politico que desvia dinheiro mais trabalha… está ótimo
          2. Uma contramãozinha pra não atrasar não mata ninguém.
          3. Um conta de restaurante faltando uma agua no somatório é besteira.
          4. Um ladrão que invade um mercado e leva só um biscoito é pq ta com fome.
          5. Você usar seu smartphone no transito é de boa.
          6. Contratar um serviço de pintura na residência sem nota fiscal é o correto.
          7. Homem que só deu um empurrão na mulher não é agressão.

          Claro que todos acima não tem nada haver com 200 e pouco iPhones, mas todos eles são errados, e cheio de manobras ou como você diz “jeitinho brasileiro”para não pagar por isso. Então, se você trás um iPhone a mais pro seu amigo.. não tem nada de diferente de quem trás 246, se vc julga errado um condene o outro também.

    • Bruno

      Imposto é roubo e sonegar é legítima defesa!

      • Gutemberg Ferreira

        Desculpe, meu caro, mas isso é discurso de bandido.

    • André Pelegrini

      Textão, textão, textão e bla bla bla com estatísticas e dados tirados do c*

      Brasileiro é engraçado mesmo, consegue até justificar dizendo que criminoso é a vítima do estado perverso.

      Caras, problema de imposto alto vai estar aí sempre enquanto você escolher seus deputados, senadores, presidentes e governadores de acordo com as besteiras que falam, com o populacho que gostam de pregar e vocês adoram concordar porque é cômodo. Enquanto não exigirem que político no Brasil tem que ser e parecer honesto uma das consequências vai ser esse eterno imposto alto.

      O mesmo vale para quem comete o CRIME DE DESCAMINHO. Se o garotão sai com um milhão daqui na intenção de não pagar o que a lei determina é sim crime, não tem como relativizar.

      • Lenilson Lucena

        Com certeza, é crime. É crime por um estado que NÃO ME REPRESENTA, POR LEIS QUE NÃO ME REPRESENTAM, POR POLITICO LADRÕES QUE NÃO ME REPRESENTAM, COMO PESSOAS COMO VOCÊ QUE ASSIM COMO MUITOS PREFEREM POR A CULPA NO VOTO.

        Infelizmente, a maioria dos políticos só podem a unha de fora quando chegam lá, e a grande parte dos votos que eles recebem para chegarem lá, são de pessoas humildes, sem instrução e sem memória que inclusive vão ser vitimas das decisões dos políticos que elas mesmo escolheram.

        Julgar é fácil demais, mas você faz por onde mudar o Brasil, ou senta é concorda com o Imposto? Pq pelo menos, aqui tentamos esclarecer para, AS POUCAS, pessoas que leem o que realmente acontece.

        • André Pelegrini

          “Com certeza é crime”.
          Pronto, de resto é desnecessário tentar argumentar contrapontos pois compartilhamos a frustração de ter que conviver com um sistema representativo falido. O nosso sentimento é o mesmo, só o combatemos de maneiras diferentes. Não ponho culpa no voto e vejo ele como mais um meio para se chegar às soluções.

          • Lenilson Lucena

            Desnecessario? Pra quem, somente se for pra você que recusa-se ao menos a entender outro ponto de vista.

            Sim, nosso sentimento é o mesmo, e não, eu não sou a favor de um crime, e sim, sei que foi crime. mas tenho certeza que é injusto.

            Combater de maneiras bemmm diferentes, eu opto em tentar ajudar ao outros leitores a exagerem o que realmente acontece.

            Ninguém aqui disse que não seria crime, apenas estamos tipificando os fatos para que todos entendam que realmente se nossa carga tributaria fosse menor ao menos, se fosse o caso, ele teria chance de defesa. E não, furtado por um sistema opressor do povo, por leis criadas por uma minoria que chegou la em cima por uma maioria que não entende absolutamente nada o que esta fazendo.

  • paulogrego

    Não entendi como o cara conseguiu chegar até aqui com essas malas.
    Como não pegaram ele no raio-x? Ele teria subornado o fiscal americano??

    • Diego Azevedo

      A TSA não se importa com o indivíduo sair do país com centenas de iPhones. Problema dele quando chegar no destino.

      • J. Mazio

        Opa!!!
        Está errado Diego… a TSA sim se importa com as bagagens que estão saindo dos EUA… Experiência própria… pode acreditar…
        Eles reviraram minha mala inteira a 2 meses quando estava voltando para o Brasil. Cheguei aqui, a mala estava toda revirada, com o cadeado TSA quebrado, e a cartinha deles la dentro.

        Dá uma raiva que tu não imagina!

    • mp1007

      Ele estava fazendo tudo legalmente (tanto nos EUA quanto no Brasil) até ir para a fila de Nada a Declarar…

      • André Pelegrini

        Exatamente!

      • Lenilson Lucena

        Negativo, mesmo que ele fosse pra fila de declaração, com essa quantidade, o processo de perca era IMEDIATO.

        • André Pelegrini

          Amigo, como não gosto de ver ninguém passando vergonha e seguindo o seu conselho lá em cima de que estamos aqui para tentar informar a quem ao menos se propõe a ler informações acessíveis a todos então farei essa gentileza de te apresentar um serviço da Receita chamado e-DBV e o e-DBA. A partir de R$ 10.000 e sem limite o viajante pode declarar bagagem e valores pela internet. Basta procurar no site da Receita. Ah, o contrabandista tinha 246 iPhone X, bastava usar um para baixar o aplicativo na App Store, declarar, pagar os impostos devidos e seguir a vida.

          • Francisco Nascimento

            André, me permita discordar.
            A DBA (Declaração de bagagem acompanhada) só serve se o bem importado for bagagem. Se for caracterizada revenda, mesmo indo ao Bens a Declarar, ele não poderia entrar. E como caracteriza revenda? Simples… a quantidade. Se ele tivesse trazido 1 iPhone X, 1 Apple Watch, 1 Apple TV e um iMac, certamente passaria do valor da quota de US$ 500 e ele teria que fazer a DBA, pagar os impostos e ir embora. Mas, se ele trouxer 40 capinhas de US$ 5.00 cada, mesmo abaixo da cota, caracterizaria intenção mercantil e ele poderia ter a mercadoria apreendida. Existe diferença entre bagagem acompanhada e importação de bens. No caso, está caracterizada a revenda. Se ele fizesse essa importação por vias legais (CNPJ, DI, entrada no Brasil como CARGA e não Bagagem) certamente ele poderia importar os 246 ou até 2640 iphones X que ele não perderia a mercadoria.

            • Lenilson Lucena

              Corretíssimo meu amigo. Obrigado por responder.

              Apenas corrijo uma informação, no caso ele não poderia importar com CNPJ os 246 iPhones nem 2640 com intenção comercial. Pois como é uma marca com representação legal e comercio ativo no Brasil, é vetado por leis. O que poderia ser feito, era antes da importação, ele solicitar a Apple uma autorização, para no ato da importação fazer junta a todo processo e ai sim, conseguir tamanho fato.

          • Lenilson Lucena

            Iria perder mais um pouco do nosso tempo com essa sadia discussão, mas o Francisco Nascimento abaixo representou sabiamente minhas palavras.

            Perdoe-me ter demorado tanto tempo em responde-lo, estava trabalhando e mesmo tendo lido logo cedo seu comentário só agora pude responde-lo.

            Primeiramente, tomara que você edite a tempo seu comentário, pois nem acho que você sabe o que é e-DBV ou e-DBA, e se sabe não deve saber como se aplica, ou o wikipedia que você copiou deve ter alguém que escreveu com mesmo nível de ignorância que vc tem. Como pode ver, a única vergonha aqui quem passou foi você, primeiramente por fugir da educação com essas palavras desnecessárias, segundo em despejar mais um pouco de informação errada na rede.

            Faz assim, já que você acha que é legal, esquecemos o imposto(ja concordado que é abusivo) e tenta entrar no pais com 246 canetas, não precisa nem ser iPhone, pra quando vc for pego não dar uma confusão grande…. e preenche ai como vc disse as suas e-DBV ou e-DBA(kkkkk) e explica ao fiscal que não é comercio, que é uma pessoa física que vai usar as canetas e vai dar de presente. Depois comenta aqui se deu certo.

            • André Pelegrini

              Não preciso editar não, assumo que a minha opinião foi baseada em informações que tirei não do wikpedia e sim do site oficial da Receita Federal. Lá o órgão traz esses instrumentos como recursos válidos para transporte de valores e bens a partir de um valor e sem limites. É aí que me equivoquei, não por ignorância, mas por querer entrar nessa onda de ganhar discussão, quando o mais importante é aprender um pouco mais. Não tenho compromisso com erro. E me desculpe pela postura arrogante. Infelizmente a internet nos deixa às vezes longe do filtro do bom senso.

              De fato pesquisando mais a fundo para ver os pontos contraditórios em nossa discussão eu vi que desde quando concordei com o mp1007 é que estava errando. Foi necessário eu caçar as normas das regiões aduaneiras e outras portarias relacionadas no Siscomex para ver que a importação de pessoa física para revenda não é liberada e mesmo para Pessoa Jurídica há um série de regulamentações e exigências que podem levar até um ano de burocracia para que comecem a ser enquadradas como empresas aptas para importação.

              Aí chegamos em mais um ponto de consenso: num país que deseja sair da condição de terceiro mundo ou de em desenvolvimento não pode travar a criação de uma empresa e a liberação dela na condição de importadora em um tempo tão grande quanto um ano afundado em burocracias. Isso só acaba com as oportunidades de gerar empregos, renda e principalmente retorno de impostos (quase uma ironia).

              Sem falar que descobri outras coisas absurdas como o fato de o fato gerador de imposto ser subjetivo em alguns casos e uma grande parte exigir a contratação de um despachante aduaneiro para “desembaraçar” importações.

              Enfim, obrigado pela correção.

            • Lenilson Lucena

              Parabéns por sua postura.

              Obrigado também, estamos juntos para acumular conhecimento.

  • LUCASMUNIZZ

    Vai ficar tudo pra polícia… no final eles que se dao bem …

    • Daniel Escaroupa Panobianco

      O loko como assim a policia nao pode ficar com eles nao… AInda mais agora que virou noticia isso

      • Cristian

        250 iPhones apreendidos, 246 declarados, 30 leiloados.

        • kkkkkkkk Essa eu acho que vale a pena até acompanharmos e o blog também, que tal?

          • André Pelegrini

            Há o endereço para a página de leilões da Receita Federal. Podemos acompanhar por lá também.

        • Gustavo Singh

          fatou

        • Lenilson Lucena

          Nada, isso ai de fato é leiloado.

    • Henrique A.

      Acho que quem pensa assim é um dos que desviaria para si.

    • André Pelegrini

      Irmão, a Receita Federal conta com Auditores e Analistas Fiscal Federais, não são policiais, apesar de terem o poder de polícia necessário à atividade aduaneira e de fiscalização. Além disso o próprio artigo traz o link para o leilão público. Os servidores públicos da receita são bem pagos e detém estabilidade para exatamente desestimular essa prática mesquinha de pegar para si produtos apreendidos. Se eu fosse você prepararia aí uma grana e tentaria participar desse leilão, pode sair mais barato a depender da quantidade de pessoas e dos lances. É divertido.

      • Lenilson Lucena

        LEMBRANDO que, comprar desse leilão para comercio também é crime.

        Não sei até que ponto vai seu conhecimento, mas sabia que os maiores crimes de contrabando são feitos por servidores públicos da receita federal do brasil envolvidos em benefícios de carga e liberação alfandegarias? Ou seja, mesmo ganhando bem, não todos, mas grande maioria corruptos

        • André Pelegrini

          O meu conhecimento vai além do achismo baseado fortemente em rabugentice. E sobre a sua “informação” eu não sabia, até porque não encontrei nenhuma fonte confiável que corrobore com a tua afirmação. Flw, vlw

          • Lenilson Lucena

            O seu conhecimento vai além do achismo baseado fortemente em rabugentice,

            De fato vai alem, é preguiça mesmo! Falta de boa vontade e vontade de apreender. Pois em 15seg de pesquisa no google você acha fácil. Vou deixar o link aqui pra vc só copiar e colar(até deixei, mas a moderação apagou, mas o link é do uol economia, pesquisa ai). Ai deixo com tarefa de casa o restante de suas pesquisas.

            Não me gabo por isso, mas tenho certeza que nesse ponto tenho um pouco mais de conhecimento que você, Sr. e-DBA.

            Valeu e Boa Noite

            ei.. e o que é rabugentice? Não achei em dicionário algum.

            • André Pelegrini

              É quando a gente desconta a raiva de algo sem ter uma relação direta com o assuntos e as causas mas mesmo assim a gente mete o pau porque é satisfatório. Como eu fiz mais cedo. Poderia ter abordado de uma forma mais sensata e tranquila. Agora sobre “os maiores crimes de contrabando são feitos por servidores públicos da receita federal do brasil envolvidos em benefícios de carga e liberação alfandegarias” continuo não encontrando fonte confiável. Nenhum relatório da receita, polícia federal etc. E não é por preguiça não, é questão de não generalizar, não concordo que a “grande maioria são corruptos”, sabemos que há os corruptos sim, mas a grande maioria não, até porque a própria receita sofre e muito com a estrutura que tem hoje para dar conta de um país continental e com pouco investimento nas fronteiras.

              O bom desse nosso embate foi eu ter achado uma matéria da Folha de São Paulo chamado “Tudo sobre o Contrabando – crime sem castigo”. É um material bem trabalhado e traz muitas informações sobre o assunto.

              Assusta até por saber que há a possibilidade de que alguns produtos encontrados em lojas grandes como originais podem ter a procedência pirata.

            • Lenilson Lucena

              Tem sim, ja tentei duas ou três vezes por os links aqui, mas acho que a moderação apaga.

              Procura assim:

              Operação da PF e Receita Federal prende suspeitos de integrar quadrilha de contrabandistas no Rio

              Polícia Federal desarticula quadrilha que pagava US$ 1 mil por mala sem inspeção no Galeão

              PF desarticula esquemas de tráfico, descaminho e furto de bebidas no Galeão (esse inclusive esta no site da PF)

              PF desarticula esquema de contrabando e descaminho no Rio de Janeiro

              PF prende 3 servidores da Receita por esquema de fraude na alfândega

              PF: Tráfico no Galeão era operado por funcionários da Receita e aéreas

              PF desarticula esquema que permitia entrada irregular de mercadorias no país

              Contrabando de telefones celulares tinha apoio de funcionários da Receita Federal.

              Servidor da Receita ajudava grupo em contrabando de até 40 mil kg/mês

              Funcionário da Receita preso pela PF por contrabando

              Funcionário da Receita integrava quadrilha de contrabandistas que agia no Tom Jobim

              Agente da Receita Federal é suspeito de integrar quadrilha de contrabandistas

              Todas essas noticias são de fontes confiáveis e atuais. Como disse, bastou pouco mais de 1 Minuto no Google, e o que mais apareceu foi escândalos relacionados aos servidores da PF e Receita… arrisco até dizer que esse cara que foi pego com os 246 iPhones, era apenas uma mula de algum que tinha um esquema com alguém de dentro…. algo deu errado.

        • Fake News rolando solta…

        • Lenilson Lucena

          iLex… Recebi no email seu comentário “Fake News”, mas estranhamente ele sumiu…

          Tenho um enorme admiração por você e seu trabalho. Não estou publicando uma noticia fake e sim comentando um comentário pobre sobre o que esta livremente na rede, sem muito esforço.

  • Imposto acima de 50% não é imposto, é confisco. A gente pode criticar a mula (pessoas que transportam descaminho ou contrabando) e também o importador, mas não custa lembrar que tem outro brasileiro, quando não somos nós mesmos, que está comprando o produto bem abaixo do preço de mercado com os devidos impostos acrescidos.

    Uma curiosidade para reflexão: A derrama que provocou a inconfidência mineira se deu por algo em torno de 20% de tributação.

    • MonHoe

      Mas ninguem se indigna com isso, o jeito é achar maneiras de adquirir os aparelhos fugindo desse assalto

      • André Pelegrini

        Ou votar em candidatos que abordem esse assunto de maneira séria ao invés daqueles que acham que os problemas do Brasil se resolvem fiscalizando a liberdade de uso do bumbum ou das das atividades das pernas abertas alheias 😉

        • MonHoe

          Eu acho que questões de decisão civil e pessoal devem ser liberadas, é algo absurdo o estado legislar com quem uma pessoa adulta deve ou não casar, a gente tem que cobrar pq magistrados que ganham 30 mil no mês gastam 1 bilhão nos cofres publicos com auxilio moradia e o estado brasileiro prefere cortar 300 milhões pra auxilio em bolsas de estudo em universidades federais, essas distorções só mostram que os impostos no Brasil são pra manter uma casta intocável cheia de privilégios

        • Lenilson Lucena

          Então, que contradição é essa. Em cima a culpa não era do nosso VOTO, agora é.?

          • André Pelegrini

            Não irmão, eu quis dizer que o voto deveria ser enxergado como meio de solução e não como a causa dos problemas, da culpa dos problemas em si. Acho que concordamos nisso, brasileiro não sabe o poder que tem no voto. Se voto não fosse tão poderoso assim acha que até os mais ricos, poderosos e bilionários do Brasil por aí fariam um esforço gigantesco para conseguir votos dos miseráveis e parte da população não esclarecida?!

            Quando vemos aí essas raposas velhas mudando de estado para garantir a quantidade necessária de votos para continuar com mandato e empresários gastando fortunas para conseguir votos de pessoas que até às vezes eles desprezam a gente vê o quanto um simples direito/dever é tão importante. Pena que mal utilizado e tão incompreendido por nossa sociedade. E aí não tem jeito, somente investimento pesado em educação e cidadania para mudar esse quadro ao longo dos anos.

            • Lenilson Lucena

              Você disse justamente o que venho tentado explicar. Eles estão ali por democracia sim, infelizmente uma democracia forjada. Pois maios parte da população eleitores é carente, e vulnerável as promessas e compra de votos, acaba que a democracia de fato é forjada e em tese ganha quem gasta mais.

              Certa vez, um amigo meu comentou que outro amigo dele era candidato a vereador. Quando foi-se olhar o estimado de sua campanha, daria mais caro que a soma dos salários dele como vereador durante todo seu mandato. Ou seja, gastou pra entrar com a certeza que ali não terá prejuízo.

              Os que compõem as Leis, estão ali, em sua maioria, por meios fraudulentos, apresentando projetos e leis que beneficiam seus parceiros de campanha, de nada aquilo tudo é para melhoria do pais.

  • Francis

    Esse recorde de apreensão de iPhones vai ser difícil de ser batido.!!

  • Bruno

    iLex, por que você excluiu meu comentário onde eu dizia que “Imposto é roubo, Estado é quadrilha, sonegação é legítima defesa”?

    É aderente ao post, e é uma conhecida frase e tese libertária. Leia Hayek, Rothbard, Mises, ou qualquer outro pensador da escola austríaca, e vai entender.

    Não estou achincalhando, muito pelo contrário. É muito mais profundo. Você pode não concordar, e a maioria, no início, não concorda mesmo, parece chocante. Achamos normal a falta de liberdade, e o fato de o Estado nos expropriar coercitivamente. É uma discussão de liberdade versus Estado.

    E não acho correto censurar o debate.

    • Bruno, há anos não modero mais os comentários. O BDI tem funcionários que se ocupam disso. Aqui neste espaço sou tão leitor e comentarista quanto você.

      Não sei o que você escreveu e não tenho a mínima ideia da razão da equipe ter apagado o seu comentário. Mas se foi apagado, tenha certeza que há um motivo. Temos uma postura bem clara quanto à moderação, com as regras transparentes e publicadas abertamente para todos lerem. Se você respeitar todas, te garanto que não há como ter o comentário apagado. Mas se desrespeitar alguma, o que você escreveu pode sim ser apagado. São regras adultas para pessoas adultas.

      Mas você não se preocupou muito em querer saber antes o que aconteceu. Já vá julgando e chamando de “censura” e com esse tipo de coisa eu pego bem mal.

      Eu sou um cara bem legal. Quem vem conversar comigo sabe que eu sempre procuro resolver o problema de todos. Mas quando alguém vem ditar as suas regras e ignorar as nossas, aí não perco tempo, porque sou um cara bem atarefado.

    • A moderação aqui costuma ser muito boa, eu mesmo já tive vários posts apagados por bons motivos. Poucos blogs tem um ambiente tão sadio nos comentários. Eu não me recordo bem o que escreveu, mas pode até ter sido um engano, ninguém é infalível, né, ou então algum pequeno detalhe do texto poderia estar violando a política dessa seção.

      • Estan Duarte

        O que mais atrai no Blog é esse ambiente transparente e sadio nos comentarios.
        Tambem ja deslizei varias vezes nas regras, mas basta refazer o comentario ou ter paciencia, que tera o direito de ser ouvido, sem oferecer riscos a quem ler e a quem modera, todo mundo merece respeito, e so porque a funcao de alguem é administrar comentarios, nao significa que precisa estar sujeito a todo tipo de idealismo e contexto, as regras sao claras, basta seguir.

  • Geovanni Silva dos Santos

    iPhone eles apreendem e fuzil AK-47 passa facil

  • Vicente Annunciato

    Num país descente, seriam destruídos, fazer leilão é se beneficiar de um bem que não é seu e ainda lucrar, não tem sentido o estado lucrar com isso, até porque as pessoas que compram em leilão também vendem e ganham muito. O estado esta fazendo exatamente o que o bandido fez, mas cortando caminho.

    • Lenilson Lucena

    • André Pelegrini

      Então, procura saber um pouco sobre o destino do recurso obtido com os leilões de produtos extraviados e apreendidos. Uma parte da arrecadação é destinada exatamente para cortar despesas do próprio estado na atividade de fiscalização e as outras para financiar a seguridade social e a previdência privada.

      Além disso o custo de destruir alguns produtos sairia mais caro e geraria mais custos sociais e ambientais pela exigência de tratamento diferenciado dos resíduos provenientes da destruição. No Brasil há uma política de tratamento de resíduos sólidos que deve ser observada, em alguns casos gera até lucro para quem vive da atividade.

      Quanto ao lucrar, o estado não é formado ou pensado para lucrar. Aí a gente pode ser confrontado com a máxima da corrupção, porém isso é o ponto que devemos corrigir fortalecendo nossas instituições de combate ao crime, como por exemplo, a Receita e a Polícia Federal, o Judiciário, o Ministério Público etc

  • Marcio Rodrigues

    Tem lojas que vendem celulares em caixinhas diferentes da original, uma caixinha bem se vergonha personalizada por eles mesmos, e vendem até mais barato. Eu não consigo acreditar que os aparelhos que essas lojas vendem não sejam provenientes de contrabandos como esse.

  • Fabricio

    No meu modo de pensar, temos dois culpados. Altos impostos e lei branda.
    Crime de descaminho delito que a pena é de 1 a 4 anos. Então se vc for condenado, a chance de pena alternativa.
    Agora se o imposto fosse justo e a lei fosse severa, não haveria motivo de tentar sonegar, pois o estado seria justo mas severo ao mesmo tempo.
    O mais engraçado é a hipocrisia dos brasileiros. Pois os mesmos que cruxificam o rapaz que tentou, são os mesmos que vão na 25 ou nos camelôs comprar produtos “alternativos”.
    E se esses iPhones estivessem chegado com certeza muitos iriam comprar pq seria bem mais barato que no nosso maravilhoso Brasil

    • Green Power

      Colega, discordo, se o imposto fosse de 10% ainda teria gente sonegando. Tá no sangue de algumas pessoas querer levar vantagem em tudo.

  • Wardney Martins

    Lembrando que o leilão, acontece em forma de Lote por apreensão ou seja, a pessoa que quer comprar vai desembolsar uma boa grana.

    > Alguém confirma se é por lote de apreensão?

    • Lenilson Lucena

      Por lote. E comprar o lote para comercio também é crime.

      Por isso, a Receita federal tenta dividir o lote em coisas sem repetições, ou que se repitam aceitáveis para o consumo, como Bebida Alcoólica.

      • Wardney Martins

        Valeu Lenilson

        • Milton

          Os leilões da RFB podem ser para Pessoas Jurídicas ou Físicas. Somente os para PF não podem se destinar a comércio. PJ pode sim.

  • Danilo Gomes

    Simples de se sair dessa, eu falava q era td meu pra uso próprio, um pra cada chip kkkkkkkkkkkk

  • Milton

    Comecei a ler os comentários mas parei quando começaram a colocar a culpa nos impostos querendo justificar a atitude do “cidadão”.

    Eu acho esses impostos brasileiros um assalto também mas infelizmente isso não me dá o direito de sair do Brasil e voltar com 1289037290374 iPhones não declarados e que, CERTAMENTE, não seriam para uso pessoal e sim para venda, o que no caso da forma que ele trouxe é proibido.

    Existe uma coisa a qual estamos sujeitos: leis. Gostemos ou não elas existem e devem ser cumpridas. É assim que se vive numa sociedade democrática de direito. Simples. Não se justifica um problema estrutural do Brasil com atitudes individuais _fora_ da lei. Se assim cada um fizer o país se tornaria uma bagunça ainda maior do que já é.

    • Lenilson Lucena

      Pois já que parou de ler, volte.

      Todos falamos a mesma coisa, ninguém disse que era certo o que ele fez, e sim que a culpa de se fazer isso é devido ao alta carga tributaria caso desejasse fazer de forma legal.

      enfim, tem muito conteúdo ai em cima pra vc entender.

      • Milton

        Primeiro, existe uma coisa que se tu não conhece está aí uma oportunidade: sentido figurado.

        Segundo, crime/contravenção não se justifica, se pune. 😉

        • Lenilson Lucena

          Não precisa de sentido figurado… não tinha nada que fizesse qualquer um entender que você havia lido TUDO, até pq ainda acho que não leu… e se leu, bem provável não ter entendido.

          E sim, crime/contravenção não se justifica, se pune. Ta ai vai a maior prova que você de fato não leu e não entendeu.

          Até pq, ninguém esta justificando nada que o defenda o delito, quem teria que justificar é o autor do ato. Estamos então discutindo como seria melhor ou pior diante do que achamos e porque as coisas ocorrem.

          • Milton

            Já que tu sabe tudo que eu fiz ou deixei de fazer vou parar de escrever e deixar para ti essa tarefa… 😉

      • Milton

        E assim, só para que fique claro. Eu respeito tua opinião apesar de discordar totalmente dela. 😉

        • Lenilson Lucena

          Engraçado, respeito a sua, e concordo com ela.

          E sobre discordar da minha, meio estranho, pois você falou mais do mesmo.

  • Jean

    246 Iphones??? Certeza que era 250… Porém os funcionários da receita já roubaram 4!!! Fora os que irão roubar no depósito… E fora os que irão roubar no leilão… Resumindo … Vai ser leiloado 16 iPhone X!!!

  • Bárbara Godoi

    Eita, mas o cara nem para disfarçar, kkkkkkkkkkkkkkkkk… Traz logo um montão desse de uma vez!

    • Milton

      A gente não pode mais se surpreender com o ser humano. Kkkk

  • Gl4diador

    O homem que trouxe esses iphones sem declarar vai ser preso, mas no final os policiais federais e politicos vão ficar com esses iphones ai quem é o bandido?

  • Fabiano Cabral

    Estou só esperando o leilão da receita federal. hahahaha