Notícias

Apple e Samsung desistem da Justiça e entram em acordo para acabar com uma briga de 7 anos

Estratégia histórica da Samsung funciona outra vez

Não é só no Brasil que o judiciário é demorado e as disputas se arrastam por anos para serem concluídas, mesmo depois de sentenças já terem sido proclamadas (basta ver o caso de alguns condenados da Lava-Jato que foram soltos esta semana). Nos Estados Unidos isso também acontece, e é o que faz a disputa entre Apple e Samsung já durar 7 anos, com recursos constantes tentando desfazer o que juízes decidem. Sete longos anos, para decidir o óbvio.

As duas empresas cansaram do desgaste que tudo isso traz e decidiram elas mesmas entrarem em um acordo judicial, acabando definitivamente com a disputa.


A briga começou em 2011, depois que a Samsung descaradamente passou a fabricar smartphones e tablets muito similares ao iPhone. Com o tempo, a coreana mudou sua estratégia, mas o fato é que no começo ela embolsou rios de dinheiro oferecendo um celular “tipo iPhone, mas mais barato”. Os grandes prejudicados na verdade foram alguns concorrentes da época, como Nokia e BlackBerry, que poderiam ser a alternativa mais barata ao iPhone, mas mantiveram sua estrutura clássica de design, ignorando a revolução que o celular da maçã havia iniciado. Quem compraria um Nokia com teclas, se a Samsung oferecia um “tipo iPhone”, com preço acessível?

A Apple ganhou vários instâncias do processo, mas essa história de recurso do recurso do recurso típica do judiciário acabou extendendo a disputa por anos. Cansadas de enriquecerem seus advogados, as duas empresas resolveram sentar em um bar e resolver elas mesmas este imbróglio.

Não se sabe os valores acertados, mas o fato é que acabou finalmente o processo entre as duas gigantes, que teve início ainda quando Steve Jobs era vivo.

A estratégia canalha

Olhem o que publicamos aqui no blog, no hoje longínquo 2014:

“… a Samsung adotou há anos a artimanha desonesta de roubar ideias de seus concorrentes, copiar produtos, invadir o mercado com preços mais competitivos e, depois de ser posta na justiça, entrar em um acordo financeiro para não ser prejudicada.”

Isso foi publicado em um artigo da revista Vanity Fair, que expôs a estratégia canalha da coreana de copiar produtos concorrentes e vendê-los por um preço menor, para se manter no mercado. Ela já quebrou muitas empresas fazendo isso, que infelizmente a faz ser uma das maiores do mercado.

E quem perde com isso? Você, ingênuo fã da Samsung, que acha o máximo quando pode usar recursos parecidos com os da Apple por um preço menor, mas não se dá conta que empresas que só copiam não ajudam o mercado a evoluir.

Porque a evolução tecnológica depende única e exclusivamente de investimento em pesquisa e desenvolvimento, coisa que a Samsung não investe muito tempo. A Sharp levou anos e anos para desenvolver a tela plana das TVs, gastando muito dinheiro nisso. Aí veio a Samsung e, em 4 meses, copiou a mesma tecnologia, sem evoluir nada, e vendeu mais barato. Quebrou a Sharp, que parou de investir em desenvolvimento de novos produtos. Resultado? Temos TVs que são basicamente as mesmas de 7 anos atrás, sem grandes mudanças. Melhores definições de imagem são evoluções naturais que se espera da tecnologia, mas revoluções como mudar da tela de tubo para tela plana, isso sim faz a indústria crescer. E sem investimento em equipes de R&D, é impossível acontecer.

Parabéns, Samsung.

Não deixe de ler o outro artigo para entender o quanto a coreana atrasa a evolução tecnológica do mundo moderno.

Tags
Mostrar mais

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos Relacionados

  • @tobimeira

    Credo! Quanto rancor nesse coraçãozinho por causa de tecnologia… um post feito por um típico fanboy de uma empresa. Discordo totalmente, até porque nem todo mundo tem a possibilidade de ter um iPhone, e também acho que quem ganha somos nós, consumidores; sempre que uma empresa é “copiada” pela outra, a tecnologia tende a evoluir e inovar para ter o “diferencial”

    Vocês falam como se a Apple fosse a inovadora, lançadora de tendências, que não “se inspira” em nada que tem em outros aparelhos… tudo que tem nos seus iGADGETS são invenções exclusivas da empresa. Isso já caiu por terra faz tempo!

    • Gustavo Andrade

      Você já ouviu falar alguma vez em Lei de Patentes e qual a sua finalidade? Você já pesquisou os valores gastos em P&D pela empresas? Gasta anos e anos, rios e rios de dinheiro, para desenvolver uma nova tecnologia e vê-la sendo copiada de forma descarada, sem o pagamento dos devidos royalties, retirando sua vantagem competitiva e te impedindo de recuperar o tempo e o dinheiro gastos. Isso só desestimula a inovação. Não ajuda de forma alguma!

    • Marcos Rogers

      Quanto rancor kkkkk 👏🏼👏🏼👏🏼😂😂

    • Leandro Dantas

      Não se trata de rancor, trata-se do que é justo. Uma passada pela Lei de Patentes e finalidades, como bem dito pelo Gustavo Andrade, dá uma ideia melhor da grandiosidade do problema. Copiar, em geral, não evolui…

      Quanto ao segundo parágrafo, há um viés em seu comentário, dado que o artigo em nenhum momento cita que a Apple não copia ninguém.

    • Oi @[email protected]:disqus.
      Sabe o que os mais desprovidos de intelecto fazem quando não conseguem argumentos fortes o suficiente para discordar de algo? Eles agridem.

      Olhe quanta raiva VOCÊ demonstrou, já chamando de “fanboy” o autor porque não foi capaz de encontrar nenhum argumento inteligente para rebatê-lo.

      É ridículo constatar que você, em nenhum momento aponta razões que demonstrariam que a Samsung é realmente revolucionária, que não copia e que, por isso, o texto estaria injusto. NADA, você não cita nada que aponte para uma imprecisão do texto.

      Neste caso, quem aqui é o fanboy?
      O texto, que mostra argumentos e fatos, ou você, que agride o autor sem mostrar por que os argumentos estariam errados?

      A MEDIOCRIDADE da Samsung parece ser feita para usuários como você.

      • Jefferson Soares ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        🎵 TURN DOWN FOR WHAT 🎵

    • CarlinhosDOWN

      “nem todo mundo tem a possibilidade de ter um iPhone, e também acho que quem ganha somos nós, consumidores”

      Tem que ser muito BURRO pra pensar assim.
      É como afirmar que as cópias xing-ling ajudam o mercado a “evoluir e inovar”, por apresentarem produtos por um preço menor. É burro demais.
      O próprio texto dá exemplos de como esta forma de pensar é prejudicial para o CONSUMIDOR, aí vem essa ANTA só xingar.
      Eu gosto de tecnologia, não da Apple, e é inegável que a Samsung só empaca a tecnologia, porque sempre vai ter as ANTAS que vão comprar porque “não tem possibilidade de ter um iPhone, mas querem ter um similar”.

      • Rafael Baptista

        Acho que tem que ser bem egoísta mesmo, pq algumas pessoas não têm condições no momento pra comprar um iPhone, é totalmente aceitável pra ele a Samsung copiar, vender mais barato e prejudicar os outros 🤦🏻‍♂️

        • Vinicius Cabrera

          Pode “copiar” a vontade pra democratizar o uso, quem não é a favor disso é idiota, mas que se faça dentro da lei e quem não é a favor disso também é idiota.

          • Você claramente não é criador de conteúdo. Não cria ou fabrica nada que possa ser útil para outras pessoas.
            O dia que você produzir algo seu, um texto, um livro, uma música ou algo que você investiu seu tempo para criar aquilo, aí você entenderá como é duro alguém vir e copiar o teu trabalho em poucos minutos e começar a ganhar dinheiro com isso. E pior, roubando seus clientes, que vão comprar dele porque é mais barato.

            Sabe, Vinícius, nem vou me prolongar muito em postar argumentos inteligentes para você, pois aparentemente você não parece do tipo que absorve este tipo de argumento. Afinal, todos somos idiotas, só você é o gênio, certo?

            • Vinicius Cabrera

              Amigo, estou falando de pagamento de royalties para quem quer se utilizar de tecnologias já existentes.
              Quanto à criação de conteúdo eu concordo com você, parasitas quem kibam conteúdo dos outros e fazem sucesso em cima disso são escórias.
              Não quis dizer que são idiotas aqueles que reclamam do kibe em criação de conteúdo, quis apenas evidenciar que na indústria, onde trabalho desde 2004, o pagamento de royalties em tecnologias patenteadas é usual.
              Peço desculpas por ter passado a idéia errada, mas não acho justo a agressão de sua parte, uma boa prática em uma conversa é entender o ponto de vista do próximo e arguir com honestidade e sem agressão.
              Confesso que lendo o que postei não deixou claro meu ponto de vista.
              Gosto muito do blog e do conteúdo que vocês produzem.

            • Jefferson Soares ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

              🎵 TURN DOWN FOR WHAT 🎵 (2)

    • O que mais me surpreendeu dessa sua amostra foi esse tanto de “gostei”… sugiro que você passe a vida toda elaborando algo ou projetando uma logomarca e um espertalhão lhe subtraia todos esses anos “roubando” a sua ideia e o seu tempo. Em um país que impera a Lei de Gerson não é de se estranhar esse tipo de mentalidade de esquerda.

      • O que Jobs fez com a Xerox ilustra bem seu comentário.

        • Lembrando que a Xerox (PARC) não venceu a ação movida contra a Apple. Isso sem mencionar que eles haviam desenvolvido coisas sem finalidades práticas, então a situação é um pouco diferente da questão desse post.

        • Alguém aqui precisa se informar melhor sobre a HISTÓRIA.
          Só repetir argumentos que ouviu de algum hater não fará você formar uma opinião embasada em fatos.

          A Apple pagou sim licenças sobre a criação da XEROX. Foi um valor baixo, mas é porque os diretores da XEROX desdenhavam daquilo, achando que era “interface para crianças”. É completamente diferente (e reforço o COMPLETAMENTE) do que a Samsung faz.

  • Luis Gustavo

    E porque as outras empresas não fazem esses investimentos em pesquisa? Lg, sony, Motorola, etc? Ok, Samsung copiou aquele iPhone, fato… Mas então porque todas as outras empresas não criaram algo diferente? Só existe o iPhone e a cópia do iPhone que funcionam e acabou?? Gente é muita presunção pensar assim …. E agora na era dentinho? Várias empresas estão copiando o dente do iPhone X, a Samsung não copiou (até agora) ela vai quebrar também por isso?

  • Daniel Vitor

    Vim só acompanhar as tretas nos comentários…

  • Diego

    Novidade.
    Na minha casa jamais entra produto da Samsung, pode ser melhor, pode ter recurso melhor, pode ser mais barato, pode ser o que for, mas eu não compro. Uma questão de princípio.
    Mesma coisa penso sobre a Hyundai, outra marca que sacaneou aqui no Brasil, jamais comprarei.

  • Augusto

    Qto nego burro. Justificar uma coisa errado com desculpa de beneficio à outras, não tem nada haver com o que esta sendo discutido. A samsung roubou, e deve pagar. Simples assim.

  • Rodrigo

    Acho que na verdade ela quebra as outras pq ela consegue se adaptar mais rapido as tendencas do mercado e vender principalmente… todo mundo espera achar um rio de dinheiro com uma tecnologia que o publico ame, mas esquece que no mercado nao ê sô saber criar, mas saber vender…. a Apple mesmo sempre foi criativa mas quase faliu por nao saber gerenciar o potencial de venda dela ate Jobs voltar a empresa…

    Ok que a Samsung nao era muito criativa la pra 2011, mas era um momento de muitas novidades pro publico que tb estava aprendendo a lidar com o touch… a apple nunca pagou nada a xerox pela interface grafica… o web os é igual ao ios no iphone x q tb nao deve nada a ele… e por ai vai.

    PS: Nao sou cliente da Samsung nao… mas nem de perto condeno a empresa… só vejo ela como mais uma no mercado

    • Diego Azevedo

      “Acho que na verdade ela quebra as outras pq ela consegue se adaptar mais rapido as tendencas do mercado” é um eufemismo para se apropriar das criações alheias, praticamente.

      Bem, vamos esquecer a Apple pelo resto da argumentação,e partir para um exemplo real:

      Em 2006, a Samsung “se adaptou rapidamente às tendencias do mercado” de TVs que foram ditadas pela Pioneer. 2 anos para a Pioneer finalmente receber o dinheiro das patentes, enquando a Samsung vendia a tecnologia dela sem pagar um tostão e ganhava mercado. Em 2008, Samsung fechou um acordo… quando já era tarde demais para a Pioneer, que fechou sua linha de televisores em 2009.

      Com a Sharp, foi praticamente a mesma coisa, só que a Sharp não fechou, “””apenas””” perdeu 15% do market share mundial.

      Atualmente, os televisores da Samsung são os melhores, mas isso só foi atingido, com o perdão da palavra, f*dendo seus concorrentes.

      Voltando para o mercado de telefones em 2011, a Samsung novamente “

      • Rodrigo

        Eu concordo com praticamente tudo que disse. E eu, como empresário, não me vejo tomando rumos de tentar copiar os outros assim e “roubar” o esforço dos outros… mas se eu fizer algo bom nesse nível, sei que será copiado, que vou perder muito do meu esforço tentando criar barreiras de entrada para não me derrubarem…. o mercado é assim… a lei te patentes é falha, ineficaz, e precisa ser melhorada… e essas empresas que ganham bilhoes, não tentam melhorar as regras do jogo mesmo assim…
        No mercado do Viagra por ex. ninguem bateu eles (nem sei quem é que faz o remedio) mas a lei das patentes foi efetiva e tem pouco tempo q outros tem chegado no mercado… tempo bastante pros donos ficarem satisfeitos…

        • As patentes da indústria farmacêutica são as mais eficientes do mundo. Mas é porque se não funcionar, ninguém mais vai querer gastar milhões em pesquisa de novos remédios, com medo que alguém copie a fórmula “de graça”.

          Se houvesse na indústria farmacêutica a mesma prática do mundo tecnológico, pararíamos de ter novos remédios para novas doenças.

  • Rogério Ebling

    Tela edge tela super amoled são só 2 das inúmeras tecnologias criadas e fabricadas pela Samsung q é líder no mercado de smartphones por merecimento e comprometimento… seu público alvo atinge desde os mais pobres até aos mais ricos… importantíssimo pra fórmula do sucesso de produtos Samsung

    • Nem o texto, nem ninguém aqui questionou as competências da Samsung.
      É inegável que ela hoje é a melhor fabricante de telas, razão pela qual os iPhones continuam trazendo telas dela, por serem as melhores do mercado.
      Portanto, a discussão aqui não é sobre qual é a melhor, Samsung ou Apple. Nada no texto sugere isso.

      O texto coloca uma afirmação da revista Vanity Fair de coisas que de fato a Samsung fez, que prejudicou seus concorrentes, e que agora parece se repetir com a Apple. São FATOS que foram colocados.
      Se você tiver algo a dizer que poderia invalidar estes FATOS, por favor, nos diga, para que todos possamos aprender. Porém, se for para mudar de assunto e citar coisas não relacionadas ao texto, isso não irá contribuir em nada para uma discussão saudável e madura sobre o tema. 😉

      • iLex, tudo bem?
        Se realmente as patentes garantissem exclusividade e após a apple patentiar o iphone, nenhuma outra empresa pudesse produzir um smartphone sem teclado físico e com tela retangular, você acha que seria melhor que o cenário atual para as concorrentes e para os consumidores?

        • Vinicius Cabrera

          Claro que podem se utilizar das tecnologias inventa das/criadas por outras empresas. Apenas precisam destinar parte do lucro para quem de fato é o detentor da tecnologia.

          • “Apenas” não, existem várias limitações que justamente barram o avanço se vc quiser utilizar legalmente um recurso criado e utilizado por terceiros.

        • Ninguém aqui está falando de patentes.
          Ninguém aqui disse que o que a Apple criar não pode servir de “inspiração” para outros.
          O problema é quando a empresa foca mais no que os outros estão fazendo do que desenvolver as próprias soluções.

          A estratégia da Samsung sempre foi este segundo caso, o que faz dependermos somente da Apple (ou de outras) para termos algo diferente. E visto que ela anda pouco criativa ultimamente, isso faz com que a indústria fique mais lenta nas evoluções, o que é triste.
          Quem dera tivéssemos uma Samsung que apresentasse mudanças significativas em seus celulares, que realmente mudassem nossa forma de lidar com eles. Mas não, é sempre algo tentando repetir o que outros fizeram, com configurações “melhores”: mais RAM, mais bateria, mais núcleos…

          As novidades que ela propõe são fracas e mais cosméticas que revolucionárias. O leitor de Iris provavelmente não existirá mais a partir do ano que vem, porque ela irá investir em algo parecido com a camera TrueDepth do iPhone X, que é bem melhor.

          Isso é melhor para os consumidores? Depende do ponto de vista. Para os com menos dinheiro, sim, até os clones xingling são melhores pra eles, pois os dá acesso à tecnologia. Mas para o mercado em si, é um atraso imenso.

          • Eu acompanho a evolução dos smarts de ambas as marcas, já tive um Galaxy S3, iphone 5, Galaxy S5, Iphone 6S, Galaxy Note 5 e hj Galaxy Note 8, nos últimos anos estou tendendo a linha Note pela facilidade na produção de conteúdo no smartphone, sejam anotações rápidas, ilustrações, animações de referência e principalmente o fato de eu poder conectar qualquer periférico nele sem burocracia, como pendrives, hds externos, mouse, teclado, tudo via USB com o conversor que já vem na caixa do aparelho, enfim, como eu disse na outra postagem, a Apple dita tendencias, faz um ótimo trabalho em hardware e software, já inovou pra caramba e hj ainda surpreende e principalmente, sabe vender seus produtos! Mas eu não desmereço a samsung pq eu acompanhei ela tentando, se vc pegar um Galaxy S3 ou Note 2 lá de 2012, vai ver que eles tinham recursos inovadores, vc conseguia mexer no S3 sem usar as mãos com muita facilidade, quando habilitada uma função específica, ele antecipava um pequeno cursor na tela mesmo que seu dedo estivesse a uns 2 cm de distância, era ótimo para usar com as mãos sujas, com luvas ou para deficientes físicos, no Note, vc podia girar as fotos tiradas e fazer anotações manuais atrás delas e ficavam em seus metadados, assim como no calendário, vc podia girar as datas e riscar a vontade, como faria em um papel, antes das live fotos do iphone, nos Galaxys já era possível gravar parte do áudio nas fotos tiradas, fora muitos outros recursos inéditos para a época, mas além da samsung não saber vender esses recursos, os próprios consumidores procuravam apenas ter recursos parecidos com os da apple, como eu já disse, a samsung copia sim muita coisa, mas boa culpa disso é o consumidor médio, não consumidores como nós que frequentamos bons sites de tecnologia como esse, mas se vc sair agora na rua e perguntar para todo tipo de gente que encontrar se é mais seguro o leitor de iris da samsung ou o facial da Apple, 90% vai falar que é o da apple, mesmo sem embasamento técnico algum, os consumidores querem ter os resursos que a apple lança, e a samsung por sua vez, abandona todos os recursos proprietários dela depois de algumas gerações de smartphones para trazer recursos copiados ou semelhantes aos da apple por causa da demanda… isso acho zoado, se a Samsung fizesse um marketing tão bem quanto o da apple, hoje ela conseguiria se manter com suas próprias inovações na minha opnião. Mas o que ela faz é aproveitar o hipe que a Apple faz de algum recurso e cumprir com a demanda desse recurso que surge no mercado.

            • Não acho que o problema seja falta de Marketing da Samsung. Acho que é justamente o que o iLex tá dizendo faz tempo: falta de investimento em pesquisa e desenvolvimento. Não adianta criar um recurso “legal” se ele não for exaustivamente testado, pensado, aperfeiçoado, etc. A Apple não dita tendências por ser “fancy”, dita tendências por investir muito em pesquisa, e isso custa MUITO dinheiro! As pessoas têm sérias dificuldades em compreender isso.

              A Samsung já criou vários recursos legais, mas que me parecem ser colocados pra fazer o celular ter mais e mais e mais recursos, e não recursos melhores. Se a experiência dos recursos proprietários da Samsung fossem tão fantástica assim para todos os usuários ela certamente não precisaria abandoná-los só pra copiar a concorrência. E ao copiar, é como se apropriar do dinheiro de pesquisa que outra empresa teve coragem de investir.

            • Entendo o ponto de vista e não discordo, mas não acho que ela invista menos em pesquisas, na real, acho que é bem mais até, a apple foca todo o dinheiro de pesquisas principalmente em computadores, notbooks, tablets e smartphones certo? Já a Samsung, investe e fabrica: Helicópteros pelas Samsung Techwin e Samsung Aerospace Industries, tanques de guerra, navios, edifícios pela Samsung C&T Corporation, refinaria de petróleo, eletrodomésticos de todos os tipos, e aí sim os smartphones, notbooks e pcs… como eu acompanho as duas marcas, vejo sim a samsung lançando muitas coisas como testes, mas tbm aprimorando o que o cliente gosta e renovando os recursos, muitas coisas que a samsung criou na antiga interface dela, foi implementado no android nativamente pela google graças as inovações que ela trouxe, como no sistema de notificações, recursos de câmera e multi tarefas real, isso à vários anos, hj o Gear VR é muito legal ainda de se usar, carrego meus smartphones da marca com carregadores sem fio à muitos anos, uso o Samsung Pay à 2 anos e ele funciona em qualquer máquina, mesmo as sem NFC e bem antigas graças a tecnologia MST que só ela aplicou, dentre várias outras coisas… A Apple investe muito em tecnologia e muito em marketing, ela lança poucas coisas, porém mais bem acabadas e faz um show ao lançar, mostrando que agora o usuário precisa daquele recurso, e a maioria dos usuários realmente é convencido disso, assim como a maioria dos recursos são realmente úteis… Um exemplo disso vai ser quando a Apple deixar o usuário trocar o tema da interface dos smartphones, vai ver como a Apple vai vender isso como uma revolução inimaginável… Já a Samsung segue lançando várias novidades e nem mostra isso nas apresentações dos smartphones, vc só descobre depois que compra… algumas continuam nas gerações seguintes e outras são descontinuadas, mas por bem ou por mal, ela segue testando novas tecnologias sim, assim como, e ao mesmo tempo diferente, da Apple.

  • Leonardo Souza

    A Apple deve ter pedido pra Samsung baixar o preço das ultra maravilhosas telas que a Samsung faz pra ela, em troca de fechar o processo… Negócios são negócios.

  • Concordo em partes com o texto, tenho um galaxy Note desde a versão 5 e acho ele sim revolucionário para produção de conteúdo em dispositivo móvel. Lembro também de quando a samsung lançou o Galaxy Note 12, um tablet de 12 polegadas com caneta inclusa, alguns anos depois a apple lançou o Ipad Pro com caneta… acho que sim, a Apple dita tendencia, no entanto que pouquíssimos conheceram o Note 12 e todos conhecem o ipad Pro, mas ela se inspira nos outros tbm. Assim como concordo que a Samsung é bem mais copiona que muitas outras marcas, e muitas coisas ela copia pro pior, mas não podemos dizer que ela tbm não tem seu ramo de inovação e desenvolvimento, ela é muito boa em produzir e até inovar na qualidade do hardware, a apple mesma sabe disso, e quando ela copia algo que fica ruim, a apple recopia deixando bom, como os animojis, apple lança, samsung copia terrivelmente mas dá uma ideia de um uso melhor, apple pega essa ideia e faz direito… é um ciclo, não acho que perdemos tanto assim, perderíamos muito mais se só a apple pudesse fazer smartphones e todas as outras empresas tivessem que se manter com celulares básicos com teclado físico só pq não pensaram na ideia da apple antes dela, aí sim ia ser complicado…

    • Fabricio, obrigado por expor sua opinião, mas acho que você forçou um pouco a barra ao insinuar que a Apple teria copiado o Galaxy Note só por causa da caneta. Sério mesmo que você acha isso? A Palm deve estar se revirando no caixão…

  • Jefferson Soares ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Corrigindo, ” tipo iPhone, só que não “.

  • Renato

    “E sem investimento em equipes de R&D, é impossível acontecer.” Alex, acho que a sigla correta é P&D, pesquisa e desenvolvimento, não?

    • Bruno

      “Research and Development”

  • Antonio Frederico

    Pessoal que esta revoltado com o iLex precisa entender uma coisa: Todo mundo copia todo mundo, inclusive a Apple. Mas a evolução esta em MELHORAR o produto quando se copia e não apenas ir lá, copiar e fazer algo mais em conta para levar aos menos favorecidos. A prova de que tecnologia tem o seu preço, são as de que os produtos top de linha da samsung que concorrem com os iPhones são praticamente a mesma faixa de preço.

  • Cinhu Nunes

    “e também acho que quem ganha somos nós, consumidores; sempre que uma empresa é “copiada” pela outra, a tecnologia tende a evoluir e inovar para ter o “diferencial”
    Oi? Eu acho que já não sou mais capaz de interpretar um texto…O nome do site é BLOGDOIPHONE onde o forte são os produtos da Apple…não compreendo o que os não “fanboy” fazem aqui…eh muita falta do que fazer, ou assim como os produtos da qual eles defendem, os sites sobre os mesmos não devem ter muito conteúdo para mantê-los entretidos.

  • Raphael

    Apesar de usar produtos Apple acho fanboys da Apple muito chatos!!! Tendenciosa essa matéria, assim como muito comentário xarope feito aqui!!
    Vou parar de seguir esse blog só por causa disso.

  • Carlos Luna

    A Apple nunca foi canalha, nunca copiou nada de ninguém. Todos os processos de quebra de patentes contra ela são de pessoas desonestas, que querem se aproveitar. A Apple chegou onde está agora sem ser canalha. Canalha é só a Samsung.

    • Você já começa errado ao insinuar que dissemos algo que não dissemos.
      Ninguém aqui disse que a Apple é santa.

      Seu (péssimo) argumento é como dizer que Eduardo Cunha pode roubar à vontade, porque outros políticos também roubam. É por pensar pequeno assim que a mediocridade da Samsung reina neste país.

      • Carlos Luna

        O (péssimo) artigo é que é tendensioso. Eu não defendi a canalhice da Samsung, eu só dei a minha opinião a respeito da Apple. Mas falar mal da Apple aqui é quase heresia. Agora, se você não aceita críticas contrárias aí já é problema SÓ seu.

      • Jefferson Soares ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        🎵 TURN DOWN FOR WHAT 🎵(3)

  • Ler os comentários tá mais divertido do que assistir a Copa.
    Deixa eu ir ali pegar um pacote de pipoca.

    • Alexandra

      Concordo! 🙂

      • Voltei pra dar mais uma olhada, e não é que continua divertidíssimo?
        Vou salvar o link pra ver daqui ha 1 semana. =D

    • Arthur

      Primeira vez que eu vejo treta nos comentários desse blog.

    • Jefferson Soares ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      hahaha… é verdade.

  • Não, não era. Isso já existia na Palm há décadas. A caneta da Samsung desse vídeo não tem absolutamente nada a ver com a caneta da Apple: no vídeo a caneta é usada como uma Stylus, substituindo tudo o que você já faz com o dedo. É tão sem função que a Samsung exalta funções que apps já faziam na época, como “acesse seu PC remotamente”.

    A proposta da Apple foi trazer uma trazer uma caneta mais voltada para o mercado profissional, principalmente de designers. A caneta tem sensibilidade à pressão, precisão de 1 pixel, reconhecimento de inclinação: você realmente acha que é a mesma coisa?

    • Você acaba de confirmar minha tese, a samsung não é boa em marketing, nessa época a caneta já tinha 1024 níveis de pressão, precisão de 1 pixel, vinha com app nativo para ilustrações + 1 ano de assinatura no autodesk sketchbook para ilustrações profissionais, reconhecimento de inclinação realmente só veio a partir do Galaxy Note 5, no vídeo oficial de apresentação ela focou no mundo corporativo, mas quem adquiria o tablet, era justamente para ilustrar. Ps. a Samsung foi a primeira a incluir multi tarefa em tablet com a possibilidade de abrir vários apps em janelas, ou até 4 apps em telas divididas com compartilhamento de conteúdo entre eles.

  • Sergio Sevilhano Junior

    Esse negocio de copiar é tenso mesmo não defendendo nenhum lado mas defendendo o meu, sou comediante e há algum tempo fiz uma parodia e postei na internet foi viral teve milhões de acessos só que muitos perfis do Facebook ao invés de compartilharem meu conteúdo, ajudando a divulgar o meu trabalho simplesmente baixaram meu video e repostaram ele, fazendo com que o video chegasse a milhões de pessoas mas impedindo que esses milhões de pessoas chegassem a mim, gerando assim uma perda para mim que tinha como objetivo o alcance desses potenciais seguidores, além também do fato de uma menina que tem mais fama do que eu na rede social ter gravado a minha musica e colocado na rede, fazendo com que as pessoas achassem que eu era quem tinha copiado ela! Bom no final da historia eu criei eu desenvolvi coloquei em pratica e fiquei no prejuízo em todos os sentidos e por isso afirmo não é bom pra ninguém ser copiado! Se não houvessem copias a briga pela inovação seria muito maior obrigando as fabricantes a inovarem a cada ano ao invés de fazer modificações estéticas e não ter nada revolucionário a cada lançamento! Bom vida que segue por que tem gente com mente pequena que acha que copiar é bom, e infelizmente somos uma nação Crtl+C Crtl+v