Dicas

5 coisas que você nunca deve fazer com o seu Apple ID

O Apple ID é a sua identidade pessoal para ser usada no iPhone, no Mac, no iPad e em todo dispositivo e serviço da maçã. Ele é importantíssimo e deve sempre ser muito bem tratado, porque é através dele que você tem acesso a seus contatos, fotos, documentos, calendários, aplicativos e uma série de serviços. Perder o controle dele significa dor de cabeça caso você precise trocar de dispositivo ou até mesmo restaurar o aparelho.

Visto que muita gente negligencia a importância do Apple ID, resolvemos alertar para os 5 maiores erros que os usuários mais cometem relacionados à sua conta, para que você não tenha que passar por situações complicadas no futuro. Ter total controle de seu Apple ID é algo essencial para que você possa usufruir ao máximo de seu iPhone ou iPad.


ERRO 1: Esquecer a senha

Você não imagina o número enorme de pessoas que abrem uma nova conta na Apple durante a ativação de seu primeiro iPhone, na hora colocam qualquer senha e depois se esquecem completamente dela. Ou então pedem para algum parente configurar o iPhone e instalar aplicativos, e depois de alguns meses nem a pessoa, nem o parente lembram mais da senha.

Por isso, é importantíssimo você conhecer e memorizar bem a senha do seu ID Apple. Não anote-a em nenhum lugar fácil que alguém possa ver, mas ao mesmo tempo não a esconda em um lugar que você nunca mais vai achar. Tente criar uma senha que você memorize fácil, mas que não seja óbvia demais.

Lembrando que as senhas da Apple precisam ter no mínimo 8 caracteres, incluindo uma letra maiúscula e um número.

Portanto, se neste momento você não sabe a sua senha da Apple (que muitas vezes é a mesma do iCloud e da App Store), procure saber já e, se for o caso, mude para uma que fique mais fácil para você.

  • Acesse aqui sua conta para conferir e alterar a sua senha.

ERRO 2: Esquecer as Perguntas de Segurança

Tão grave quanto esquecer a senha é esquecer as Perguntas de Segurança da sua conta.

Caso você não consiga recuperar a sua senha, você pode mudá-la ou solicitar uma outra. Porém, para aumentar a segurança e dificultar que outras pessoas invadam o seu ID, a Apple implementou três perguntas de segurança para você provar que você é você mesmo. São três perguntas que, teoricamente, só você sabe as respostas. O problema é que muita gente esquece essas respostas e isso faz com que seja impossível acessar as configurações da conta. Não adianta nem ligar para a Apple, se você não lembrar destas respostas, não poderá mais mudar nada na conta.

Então, se você é um dos que não lembra mais das respostas das perguntas que configurou, tente descobri-las já (ou lembrando, ou perguntando para quem criou a conta para você), pois se você esperar para um momento de necessidade, a coisa poderá ser mais complicada.

  • Acesse aqui sua conta para conferir e alterar as perguntas de segurança.

ERRO 3: Não configurar um e-mail de recuperação

Você pode adicionar um e-mail de recuperação, que é diferente daquele que você usa como seu Apple ID. Ele serve para que, em caso de emergência, você receba em outro endereço as informações para você acessar a sua conta.

  • Acesse aqui sua conta para configurar um e-mail de configuração.

ERRO 4: Usar um e-mail que não existe mais

É impressionante o número de pessoas que nos procuram pedindo ajuda porque cadastraram um e-mail que não existe mais ou não possuem mais acesso. Por isso, evite usar endereços de provedores privados ou de instituições que você trabalha, pois com o tempo empresas fecham ou você muda de emprego, e aí só se dá conta que não tem mais acesso ao e-mail quando precisa dele para recuperar uma senha. Aí já era.

Principalmente para o e-mail de recuperação, procure criar uma conta em um serviço que tende a durar mais tempo, como o Gmail por exemplo. E se um dia você vier a fechar esta sua conta, lembre de mudar o endereço lá nas configurações do Apple ID.


ERRO 5: Clicar em links da Apple sem comprovar se são autênticos

Nunca esqueça que sempre haverá pessoas mal intencionadas que tentarão lhe enganar para conseguir sua senha da Apple. Principalmente se seu iPhone ou iPad forem roubados e os ladrões precisarem da senha do iCloud para desbloquear o aparelho.

Se antes de chegar nesta parte do texto você clicou nos links “Acesse aqui que postamos acima, sem conferir com cuidado se eles eram realmente da Apple, você já está errado!

(Calma, os links que colocamos são reais, mas você precisa ficar atento SEMPRE)

Já falamos varias vezes aqui de casos de SMS falsos ou e-mails que aparentam ser da Apple, mas só querem que você digite a senha para eles. Por isso, NUNCA clique em links de e-mails e mensagens que você receber da Apple. Se estiverem avisando que você está com algum problema ou cobrança indevida (ou que acharam seu iPhone perdido), prefira sempre abrir o navegador e digitar manualmente o endereço verdadeiro da Apple, para não ser enganado.

Veja os endereços reais para cada problema:

DESCONFIE DE TODO MUNDO! Mesmo que você receba emails de parentes ou amigos, lembre-se SEMPRE de conferir se os links levam realmente para uma página real da Apple.


Seguindo essas 5 dicas, você será capaz de ter controle total sobre sua conta da Apple, o que facilitará a sua vida em caso de problemas. Siga-as à risca e favorite este artigo para sempre lembrar delas. Compartilhe este texto com as pessoas que você gosta, para elas também ficarem protegidas e não enfrentarem dificuldades quando precisarem.

Veja esta e outras dicas de iOS em nossa Seção de Dicas aqui no BDI.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados