DestaqueDicas de iPhone e iPad

As tentativas criativas dos ladrões que roubam iPhones no Brasil

Uma das maiores preocupações de usuários de iPhone no Brasil é a probabilidade do aparelho ser roubado, justamente por ser bastante procurado e ter um preço elevado. E trazemos agora a história de uma leitora que passou por esta triste experiência, recebendo dezenas de mensagens falsas na tentativa de fornecer o ID do iCloud.

Felizmente, ela é uma usuária bem informada e não se deixou enganar pelos bandidos.





A Apple implementou no iOS 7 o Bloqueio de Ativação, capaz de bloquear aparelhos quando não for introduzida a senha da conta iCloud registrada. Isto obriga os bandidos a serem criativos para tentar conseguir os dados do usuário.

No ano passado, nós chegamos a comentar aqui como emails e mensagens falsas de bandidos estavam cada vez mais sofisticados. De um ano para cá, a coisa ficou ainda mais intensa.

Nossa leitora Laudiene nos escreveu um relato de como foi sua experiência após ter seu iPhone roubado recentemente. E é impressionante a insistência dos meliantes em tentar descobrir a senha do iCloud dela.

Boa tarde a todos do Blog do iPhone!
Sou leitora assídua do site há anos, se não estou muito enganada, desde a época que lançaram o iPhone 4, que foi meu primeiro iPhone… rsrs… Aí vai uns 4 anos né? rs

Sempre entro no site para ver as novidades de apps, atualização do iOS, falhas e dicas do iPhone mas, na sexta-feira passada, dia 12/01/2018, eu entrei no blog especialmente para ver as providências que devemos tomar quando temos o iPhone roubado. Neste dia eu fui assaltada às 11:39, saindo da PUC-GO, aqui em Goiânia.

Segui as providências de praxe: localizar iPhone, colocar em modo perdido, fazer B.O., etc. Mas foi a leitura de uma notícia que para mim foi a mais importante até hoje. Vocês relataram os golpes pós-assalto que os bandidos estão usando para pegar a senha do iCloud, que é entrar em contato pelo telefone que fica no Modo Perdido como se fosse a Apple e colocam um link falso de phishing para fisgar o ID e senha Apple. Na hora que li eu já alertei meu namorado que era o telefone de contato que estava no Modo Perdido. Desde então, recebemos mensagens por SMS e WhatsApp, de números com DDD 11, 99 e até um estrangeiro, e a cada hora eles relatavam uma coisa diferente, que meu celular tinha sido encontrado, que pra ver a última localização eu deveria clicar no link enviado…

Outra hora falavam que meu iPhone foi localizado e redirecionado para uma autorizada Apple, que era pra eu clicar no link para saber qual era a loja que eu deveria retirar o aparelho. Enfim, tentaram de tudo! E eu sempre abria o app buscar iPhone no meu Mac para ver se a informação era verdadeira ou não, e ele permanecia com a localização indisponível… rsrs

Mas nunca clicava nos links deles… Chegavam a mandar 5, 6 mensagens por dia para o contato que estava em Modo Perdido e também as pessoas que estavam na minha lista de contatos de emergência como duas amigas minhas e minha mãe. (Isso eu não sei como eles conseguiram). Mas eu alertei a todos para não clicar em nenhum link, nem por curiosidade!

A Mônica (uma mulher) encerra a mensagem com um “muito obrigadO”.

Aí de tantas tentativas frustadas teve um dia que ligaram para meu namorado no confidencial, assim que ele atendeu eles desligaram, acho que é pra se certificar de que o telefone estava certo mesmo, já que tentaram de tudo e não conseguiram minha senha, rsrsrs.

Serei eternamente grata ao trabalho sério, idôneo e comprometido que todos vocês desempenham, pois, se não fosse por vocês talvez hoje eu seria só mais um número na estatística de pessoas que tiveram o iPhone roubado e depois caíram no golpe do link falso.

Graças a vocês, se eu não tiver meu iPhone de volta eles vão ter que usar ele como peso de papel ou de porta… kkkkkk! Porque minha senha não terão NUNCA!

Muito obrigada mais uma vez!

É importante notar, neste caso, que todos os links informados pelas mensagens levam para algum domínio que tenta dar a impressão de que é da Apple, mesmo não sendo de fato:

  • id-find.com.br
  • search-apple.com.br
  • isuporte-icloud.com

Todos levam a sites que, visualmente, aparentam ser a página real da Apple, quando na verdade é uma falsa. Um usuário desavisado ou desatento acaba introduzindo o ID e a senha do iCloud, dando de presente as informações para os bandidos.

Os ladrões aproveitam-se de um momento de fragilidade da vítima para tentar sugar todas as informações possíveis, principalmente a senha do iCloud, necessária para poder restaurar o iPhone roubado. E um email ou mensagem da Apple dizendo que o aparelho foi encontrado é tudo o que a vítima quer ouvir nesta hora, não atentando direito de que aquilo pode ser (e é) um golpe.

É importante sempre lembrar que a Apple nunca irá mandar para você uma mensagem por WhatsApp ou para um número que não foi o roubado. Aliás, ela nunca irá mandar para você nenhum link, e sim pedir para que você entre diretamente no site icloud.com para visualizar sua situação.

Felizmente a Laudiene teve a cabeça fria e equilibrada para seguir todos os passos corretos ao perder seu precioso iPhone. Se é bem verdade que isso não fez ela ter de volta o aparelho, pelo menos seus dados, fotos, contatos e senhas do iCloud não caíram em mãos erradas, o que poderia dar ainda mais dor de cabeça para ela.

Normalmente aparelhos bloqueados são desmontados para reaproveitamento das peças, mas sem dúvida o dinheiro que eles ganham com isso é muito menor do que se conseguissem vender o iPhone funcionando. Por isso, é muito importante protegermos bem nossa senha do iCloud e evitarmos de fornecer a estranhos, para que o roubo valha cada vez menos a pena. Inclusive já sabemos de casos em que o ladrão se recusou a levar o iPhone por ser difícil de desbloquear.

Parabéns à Laudiene, e que a história dela sirva de exemplo para todos. Compartilhe este texto com o maior número de pessoas que você conhecer, para que todos saibam se proteger quando o pior acontecer.

Fonte
Conteúdo original © Blog do iPhone
Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

Back to top button
Close