Notícias

Infinite Loop não é mais o endereço da sede da Apple

Durante 25 anos, a rua Infinite Loop em Cupertino era famosa por abrigar a sede da Apple. O nome, tirado de uma velha expressão de programação, agora não é mais o endereço principal da empresa, com a sede se mudando definitivamente para o novo Apple Park.

Nessa semana, a empresa alterou os endereços nas assinaturas em seu site, tirando o da Infinite Loop e substituindo pelo novo, no Apple Park.

O One Apple Park Way é o novo endereço postal. As equipes começaram a se mudar aos poucos para as novas instalações desde abril passado, e em novembro foi aberta a área de visitas para o grande público. Agora, com as obras praticamente finalizadas, ela oficializa definitivamente a mudança.

Confira um vídeo não oficial do campus praticamente pronto:

Origem do nome Infinite Loop

A expressão “loop infinito” hoje é normalmente usada quando um aplicativo ou sistema trava, porém, ela é tão antiga quanto a própria programação. Ela é atribuída a situações quando um pedaço do código volta sempre para o mesmo ponto, algo detectado muitas vezes no momento em que o programa está sendo desenvolvido e testado.

O terreno do velho campus da Apple já foi da Motorola, que vendeu para a Apple depois do grande terremoto que aconteceu em 1989 na região de São Francisco. Ali então foi montado um campus da Apple para abrigar somente a equipe de R&D (pesquisa e desenvolvimento). Ele foi inaugurado em 1993, mas só se tornou o quartel general da empresa quando Steve Jobs voltou para a Apple, em 1997.

Como a rua era situada dentro de um terreno particular, a empresa podia escolher o nome. No início a rua se chamava R&D (nome super criativo). Até que a diretoria resolveu pedir para os funcionários votarem em um nome que tivesse uma identidade mais forte com a empresa. Isso era comum na época, tanto que a sede da Seagate, por exemplo, ficava no divertido endereço “100 Disk Drive“.

Durante o processo de comunicação, uma funcionária comentou que deveria ser algo relacionado à tecnologia ou algum termo técnico, algo do tipo “Infinite Loop“. Sem querer, ela tinha sugerido o nome que acabou sendo aceito pela maioria. O formato da rua, juntando uma parte da Mariane Ave., formava um loop, o que casava certinho com o nome.

Quando lançou o iPhone, em 2007, o ícone do aplicativo Mapas representava justamente o endereço da Infinite Loop.

Hoje, no iOS 11, o ícone já representa o novo campus do Apple Park.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • massa!

  • Anderson Campos

    Maneiro!

  • Exes Man

    Poxa… a Infinite Loop hoje perto do novo Apple Park parece um museu…

  • André

    Quero visitar! 😃

  • Gustavo Sarmento

    Dada a reputação do iOS 11, Infinite Loop seria mais adequado…

  • Geraldo

    Uma nave mãe

  • Tiago Pimenta

    Acho massa demais essas “easter eggs” (Nem sei se pode se chamar assim), por exemplo, dentro do ícone do Mapas, tem “algo” relacionado a Apple

  • Roney Cezário

    Aprendi mais uma coisa hoje, sobre a foto do App Maps, mostrando a localização da empresa.
    Show!!!

  • Maikon Matos

    Realmente muito grande, fui visitar em Setembro 2017, 3 dias antes do lançamento do Iphone X porém a entrada de visitantes ainda não estava liberada, parece maior ainda pessoalmente, já tinham funcionários Apple trabalhando por lá.

  • Mauro Filho

    iLex, antecipadamente peço desculpas por usar aqui para esclarecer uma dúvida, que a principio não tem nada a ver com o post.
    Recebi um vídeo (legendado para o português) onde o assunto tratado era a captura e envio de dados pelo/para o Google.
    Usaram 2 aparelhos (que não consegui identificar quais eram), sem configuração nenhuma, ambos sem chip de alguma operadora e um em modo avião e outro não.
    O “pesquisador” (talvez repórter) andou mais de uma hora com os telefones no bolso, por uma cidade, indo inclusive em lugares específicos, como um hospital por exemplo. Teve trechos a pé e trechos de carro.
    No fim levaram os aparelhos para um laboratório e pesquisaram se os aparelhos teriam enviados dados para o Google, com aparelhos que supostamente o mesmo Google usa para esta captura.
    Ambos os aparelhos enviaram todo o trajeto usado, usando redes wi-fi, com uma precisão grande, inclusive mostrando a hora que o “pesquisador” saiu do carro e fez um trecho a pé, sendo o que ficou em modo avião tendo enviado mais dados que o outro. Previamente teriam marcado no mapa da cidade, todo o trajeto a ser feito.
    Os dados colhidos no laboratório, confirmaram todo o trajeto feito.
    Imagino que os aparelhos eram android.
    Se assim for, é possível isso acontecer com o iPhone ??

    • Leonardo Sampaio

      Mauro Filho, todas as empresas de celular fazem o mesmo mas não pelos motivos que você imagina. Dê uma lida em um artigo antigo da ZDNet: http://www.zdnet.com/article/how-google-and-everyone-else-gets-wi-fi-location-data/

      É uma ideia fantástica na verdade e salva nossas vidas em muitos momentos. GPS gasta muita bateria e portanto fica desligado sempre que possível e nossa localização, quando precisamos, é definida pela rede Wifi e pela torre de celular. Mas como que o celular sabe onde essas torres e os pontos de Wi-Fi estão no mapa? Ocasionalmente seu celular e o de todo o mundo ativa o GPS e guarda quais são os pontos e torres próximas e confere a localização por GPS; por fim mandando essas três informações (GPS, redes Wifi e torres) para os servidores da empresa quando tiver acesso a internet.

      Dessa forma as fabricantes tem uma lista atualizada de onde estão as torres de celular e pontos de Wifi no mundo, e assim podem usa-los para fazer triangulação com altíssima precisão. Já notou como usar “GPS” na cidade gasta muito menos bateria que na estrada? É por isso!

      Espero ter esclarecido, se eu me enganei em alguma informação podem corrigir também 😀

  • Robert Venicius

    Oque significa esse 280 ?

    • Alex iPilot

      Acho que é o número/nome da rodovia.

  • Eduardo Edu

    Esse Easter egg foi massa