iPodOpinião

O iPhone precisou de 10 anos para matar o iPod

Quando Steve Jobs voltou à (quase falida) Apple, no final de 1996, seu objetivo era fazer o impossível: reerguer a empresa e torná-la grande outra vez. Para isso, ele reformulou a linha de produtos e lançou alguns novos, como o iMac e o iBook (laptop). Mas foi um dispositivo específico que fez a Apple decolar: o iPod.

Esta semana, a empresa anunciou oficialmente a descontinuidade da linha iPod. E isto é o resultado da decisão de Steve Jobs em lançar um celular próprio.

O iPod nasceu em uma época que os tocadores de MP3 ficaram bastante populares. No final da década de 90, a expansão da internet popularizou um fenômeno chamado Napster, um programa de computador que permitia baixar músicas de graça, de forma fácil. Bastava instalá-lo, colocar no campo de busca a música ou artista que gostaria de ouvir e uma enorme lista aparecia, bastando clicar para iniciar o download. Isto, obviamente, era feito de forma ilegal, para o desespero de artistas e gravadoras que viam a queda vertiginosa na venda de discos acontecer.

O que a Apple, uma empresa de computadores, poderia fazer? Teoricamente nada, a indústria musical não tinha nada a ver com ela e, assim como todas as outras empresas de tecnologia, não assumiria o problema como seu. Mas Steve Jobs viu ali uma oportunidade de ouro que ninguém mais viu. Criar um sistema sólido de venda de músicas, com um dispositivo que facilitasse a escuta onde quer que você estivesse.

Enquanto todos estavam maravilhados com a tecnologia musical da época, Jobs via o quão medíocre ela era e o quanto poderia ser melhor. Os tocadores de MP3 eram populares e baratos, mas complicados e arcaicos demais. Muitos não tinham um visor para mostrar a música que tocavam e, os que tinham, mostravam apenas o nome do arquivo, de forma lenta. Playlist? Nem pensar, eles tocavam as músicas na ordem alfabética do nome do arquivo. Já o Napster, apesar de fácil, não permitia ouvir uma prévia da música. Isso fazia com que você ficasse um tempão baixando uma faixa, para depois descobrir que estava mal gravada ou até mesmo nem era a que você queria. Tudo era ainda muito complicado.

Aí Jobs imaginou que, se fosse oferecido aos usuários músicas de qualidade, em uma plataforma em que poderia-se ouvir uma prévia, com download rápido e preço muito barato, as pessoas não se importariam em pagar por isso. E mais: com um dispositivo com uma tela maior, que pudesse organizar as musicas por artistas, gêneros, álbuns ou uma lista de favoritos, para você escutar o que quisesse a hora que quisesse, onde quer que estivesse, as pessoas iriam amar. Assim, Jobs reinventou os tocadores MP3 e revolucionou a indústria musical, lançando o iPod.

Este foi, sem dúvida, o produto que fez a Apple decolar. O iPod foi um sucesso mundial e garantiu que a empresa batesse recordes consecutivos de lucros. Foi também o produto que “apresentou” a Apple para muita gente que, até então, via a marca apenas como “aquela empresa que faz aqueles computadores esquisitos que não rodam Windows”. A popularização da maçã começava a crescer.

Em poucos anos, o iPod passou a ser o principal faturamento da Apple, com os concorrentes tentando imitar o seu sucesso. O que qualquer empresa faria? Investiria muito nisso e faria de tudo para eternizar este sucesso (mais ou menos como Steve Ballmer tentou fazer com o Windows).

Porém, Jobs sempre se preocupou em olhar lá na frente e se deu conta de que uma coisa poderia matar o iPod: o celular. Na metade dos anos 2000, o telefone portátil passou a ser bastante popular e todo mundo tinha um sempre consigo. Com o avanço da tecnologia, parecia questão de tempo ele passar a oferecer as mesmas coisas que um iPod, o que tornaria o produto da maçã obsoleto. E isso seria catastrófico para a Apple, que passou a ficar muito dependente de um único produto.

Esta história nós já contamos aqui. Jobs decidiu que era preferível eles mesmos lançarem um iPod-killer do que esperar que outros o fizessem. E assim nasceu o iPhone.

A ideia inicial do iPhone era matar o iPod. E é impressionante ver que isso precisou de 10 anos para se concluir. Hoje, apenas o iPod touch está à venda, mas ele é muito mais próximo de um iPhone do que de um tocador de MP3, então pode-se concluir que o iPod, em seu conceito, já não existe mais.

Sem o iPod, certamente o iPhone não teria existido, e é por isso que devemos prestar grandes homenagens a este produto que revolucionou o mercado. O dia 27 de julho de 2017 marca oficialmente o fim de uma Era.

Obrigado por tudo, iPod.

Tags
Mostrar mais

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos Relacionados

  • Filipi

    Apenas acho que a apple matou o ipod errado, o touch deveria sair de linha, não passa de um iPhone limitado, o nano e shuffle tinha o objetivo de ser pequeno para as praticas de exercício, deveriam torna-los compatíveis com apple music, e fazer uma sincronização iphone – ipod, semelhante ou apple watch

    • concordo contigo.

      • Jorge Lemos

        Só falta alguém na Apple agora para pensar nisso

    • Filipe Lázaro

      Concordo! Seguindo essa lógica, deveriam parar de vender músicas pelo iTunes também.

    • Samir

      Acredito que eles encerraram o nano por causa do Apple Watch, que é tão pequeno quanto e tem muito mais funcionalidades. Lógico que é mais caro e eles ganham muito mais.

      • Filipi

        o watch é nicho, quem tem watch tem iphone, mas quem tem ipod não precisa, ipod é uma alternativa para crianças, idosos e para quem quer um player de musica dedicado e barato. A troca do ipod pelo watch não faz sentido

        • Samir

          Quem sabe em pouco tempo apareça uma atualização do iPod nano para essa finalidade.

          • Gabriel

            Ao finalizar um aparelho, eles também não vão trazer coisas novas ao software, no máximo, morte a beira do abismo mesmo, um hotfix ou outro.

            • Samir

              Concordo

    • Rob Simões 

      Discordo totalmente. Eu tenho um iPod nano que nunca mais usei desde que comprei o primeiro Apple Watch há dois anos. Aliás estou tentando vender e não consigo.

      Já o iPod touch já tive e pretendo comprar outro mesmo tendo iPhone para ter um device dedicado a música e mídia e poder deixar meu iPhone livre para fazer outras coisas enquanto o iPod comanda a festa. Espero que o iPod touch ainda tenha um bom tempo de vida.

      O que a Apple poderia fazer é lançar um iPod novo só para música e fazer isso que você falou, mas pra mim o nano e o shuffle já deveriam estar mortos há pelo menos dois anos.

      • Rodrigo Moraes

        Qual a cor do iPod que está tentando vender? Tem fotos?

        • Rob Simões 

          Azul. Tá no OLX. Acho que não dá pra postar links disso aqui.

    • O problemas é que apenas o iPod Touch é compatível com Apple Music, deve ser por isso que ela matou os outros.

      • Filipi

        Por isso falei para fazer uma atualização compatível com Apple música e uma sincronização direta com iPhone. Um chip Wi-Fi não custa nem um dólar para eles colocarem no aparelho

    • Victor Santana

      Está aí uma das coisas que fariam as vendas dos iPods Shuffle/Nano decolarem novamente.

    • Marccus Phillipe

      A não ser que ela tenha planos mirabolantes (como no passado), concordo contigo.

  • O meu está vivinho da silva funcionando bala!
    Não troco o meu nano nem por um iWatch.

  • O meu nano está vivíssimo! São 8 gigas em mesmo com um 7plus do lado, ele não sai da minha bolsa.

  • Filipe Lázaro

    Meu iPod Nano tá vivoooo!!! E não deixarei de usar devido a praticidade, o tamanho e o fato de ter rádio FM. Deveriam ter matado o Touch, não o Nano.

  • Tarlan Brunet

    Também concordo com a maioria. Quem deveria ter morrido era o iTouch, não o iNano. E digo isto por experiência própria.

    Comprei há pouco mais de um ano um iTouch de 128GB, na época, para cobrir a insuficiência do meu antigo 5s de 32gb que não tava dando conta de armazenar tudo que eu queria. Mas com alguns meses depois aproveitei uma promoção muito boa e adquiri meu atual 6s de 64gb, que praticamente “matou” o iTouch. Pra não dizer que virou um peso de papel, uso o iTouch nas minhas eventuais caminhadas ou quando deixo meu iphone carregando. No máximo, uso também numa viagem muito longa, já que basicamente quase toda a biblioteca está baixada nele. Mas fora isso, uso mais o iphone mesmo para ouvir minhas músicas. E depois que eu trocar meu 6s por um de maior capacidade, adeus iTouch.

    Não foi compreensível essa atitude da . Eles poderiam até ter renovado a linha nano, dar mais capacidade… suporte ao MUSIC… Mas pra quem tem iPhone, não faz sentido ter um iTouch, nem mesmo pra conectar à sistemas de som, uma vez que todos estes mais modernos oferecem suporte a Bluetooth. Mas enfim… Espero que o cozinheiro esteja certo em sua nova receita.

    • Rob Simões 

      Fale por você. Eu tenho iPhone 7 Plus com 256 GB e vou comprar um iPod touch. Já tive, vendi e me arrependi. Eu preciso do meu iPhone LIVRE para filmar, tirar fotos, responder mensagens e fazer ligações (e até sair do recinto) ENQUANTO deixo o iPod tocando a música na festa.

      Vida longa ao iPod touch.

      • Tarlan Brunet

        Você disse bem, fale por VOCÊ! Uma vez que aqui nos coments, a unica execeção do pacote de biscoitos é você colega, que por sorte tem uma utilidade no iTouch; deixar tocando na festa.
        Até porque né, todo mundo aqui deve fazer pool party todo fim de semana pra deixar o iTouch tocando música enquanto tira fotos, filma, faz ligações, lava, passa, cozinha, faz churrasco, atira, etc e tal, com um i7 Plus de 256GB.

        Enfim, compre antes que  mate ele também, o que deve ocorrer logo. Afinal, se eles não aproveitaram a oportunidade nem pra mudar o processador por um mais recente, é porque o fim deve estar próximo também.

        • Rob Simões 

          Mas eu falei por mim. Você é que parecia falar por todos. E o que os outros comentaristas pensam é irrelevante pra mim. Hoje mesmo o iPod touch me fez falta pois eu precisava deixar a música em um recinto enquanto estava em outro e não poderia deixar o meu iPhone lá. E este é apenas um exemplo. Eu tenho várias outras necessidades que um iPod touch supriria.

          E eu sei que ele está morrendo e pretendo comprar outro antes que a Apple o mate de vez.

  • André

    Sempre que ouço falar de iPod lembro do meu primeiro: iPod vídeo. Depois veio o touch e o shuffle. Hoje, não tenho mais nenhum e utilizo o iPhone. Foi uma época boa (muita nostalgia!)

  • Anderson Lopes

    Uso um iPhone 4 como iPod, acho a saída de som dele extremamente melhor que qualquer outro iPhone que já tive …,5s,6,6s
    O 1° iPhone que tive foi o 4s e o som também e esplêndido…

  • f.u.

    Tenho um iPod Nano de 6ª geração, que uso quase exclusivamente para escutar o noticiário, via rádio FM. Meu sonho é um dia ver esse recurso incorporado ao iPhone.

    • Fernando

      É ridiculo pensar que o iPhone nao tem isso…

  • Ogro da Floresta

    Em países como o Brasil, com tanta violência e assaltos, só sai pra rua com um iPhone (ou um Touch) pendurado no braço quem tá afim de ser assaltado.

    Meu iPod Nano de 2ª geração tá com o clickwheel parado, sem conserto. Tenho um de 5ª geração ainda funcionando perfeitamente, mas já sei que, aqui no Rio, assistência pra ele tá difícil.

    É um dispositivo pequeno, com várias funcionalidades além de ser tocador de música. Ideal pra fazer exercícios e pra quem não quer ficar por aí exibindo celular caro. Pra mim, isso não faz sentido. Mas, desde que o Jobs morreu, a miopia da Apple só tem aumentado, então…

  • Leonardo Negrisoli

    RIP pro meu primeiro produto da Apple </3

  • Eu tenho um iPod shuffle e posso dizer que ele é muio útil, além de discreto. É só prendê-lo na camisa e ir pra qualquer lugar. 2GB é o suficiente pra mim ouvir meus álbuns preferidos em 320k. É o meu primeiro produto da Apple. Vou guardá-lo na caixinha como recordação. Apple não deveria matá-lo, pois é bem prático pra quem pratica exercícios. Não seria uma boa ideia ter o Watch no seu lugar porque ele só funciona se tiver um iPhone, e o shuffle e o nano qualquer um podia ter.

    • Vinny

      O Apple Watch pode ser usado sozinho com os airpods ou outro fone Bluetooth. Não precisa estar com o iPhone. Você pode passar musicas pra ele.

      • Claro que pode ser usado sozinho. Eu posso ter me expressado mal no meu comentário em uma parte “só funciona se tiver um iPhone”, mas eu quis dizer que pra usá-lo, é necessário um iPhone pra sincronizá-lo. De nada adianta ter um Watch se não tem um iPhone pra passar suas músicas, fotos etc.

    • Philip Borges

      O Apple Watch funciona perfeitamente sem nenhum iPhone, é melhor do que um iPod eu não preciso do computador para passar musicas para ele, apenas passe as musicas do iPhone para o Apple Watch, leve seus fones Bluetooth para academia pronto mesma funcionalidade do iPod, e ainda possuo as fichas da academia no Apple Music

      • Respeito sua opinião, mas discordo! Evidente que o Watch é melhor que o iPod por toda sua tecnologia embarcada e praticidade, mas da mesma forma que você precisa de um computador pra passar as músicas pro iPod, precisa de um iPhone pra sincronizar seus arquivos com o Watch, ou seja, dá no mesmo. Além do iPod ser mais acessível e só tem um objetivo, escutar músicas.

  • Meu primeiro iDevice <3 Mas concordo que o shuffle/nano ainda faz sentido.

  • Vitor Catunda

    Creio que o motivo de deixarem disponível apenas o iPod Touch, seja por causa do streamings, a maioria escuta musica por esse meio atualmente, não é atoa que apple tem o seu próprio serviço, muito além disso, o iPod Touch é uma central de multimídia, possibilitando fotos, aplicativos, jogos, musicas é claro, e outras inúmeras funções, além de possuir uma configuração melhor que muitos celulares e ser super barato, ainda mias comparado com o iPhone, que custa 649 dólares, enquanto o iPod custa 249.
    Para quem não possui um iPhone ou tem um celular com configurações medianas ele é perfeito.

  • Gabriel

    Sacanagem… Tava esperando a atualização do Nano pra compra-lo, e parece que vou ter de correr para conseguir um “novo” então…

  • Vinicius Bond

    Uso o Nano… como som dedicado para minha motocicleta…
    Era só aumentar a memória do Apple Watch e ta tudo resolvido com o AirPods.

  • 9L

    Tenho um iPod Classic 160GB por caber minha biblioteca musical inteira. Mas com um iPhone de 256GB, ele ficará parado. Sem uso. Uma pena. Mas não me desfarei dele.

  • Cristina Uetake

    Eu amo meu iPod Nano… Nunca deixei de usá-lo, mesmo com o iPhone💙

  • Alexandre Soares

    A Apple muito bem poderia ter atualizado o cliassic com Wi-Fi e memória flash de 256gb e deixado algum modelo menor abaixo dele com 32 ou 64gb.

    Eu particularmente acho uma bobagem comprar um touch, pois ele é nada mais que um iPhone sem telefone e com tamanho considerável.

  • Henrique

    Aqui só tem babaca fã de Apple mesmo ?!! Pqp o dono aí do blog vive quase 10 anos lambendo o saco do Steve jobs kkkk se ele aparecer vivo agora o ilex fica doida e da a bundinha dele

  • Henrique

    Uma dúvida todo fã da Apple e pobre metido a rico ?? Pq meus amigos e eu (que somos ricos) temos S8 que é celular premium de verdade é não um bloco de boleto de parcelamento em 24x para ostentar um Apple

  • Henrique

    Outra dúvida : o cara compra reboco para casa ou um iPhone ?! iPhone kkk só ver os pobre postando foto nos barracos de iPhone

  • Henrique

    Ilex é um personagem fictício ?! Qual nome verdadeiro da biba ?! P mim quem usa nome falso e traveco

  • Henrique

    Olha a perca de tempo dos caras em estudar código fonte de um produto para achar alguma novidade de um produto que não saiu… prefiro perder meu tempo pegando mulher… aliás deve ser até as mulheres dos Apple bois ai kkk

  • Henrique

    Vou lançar um produto p turma da Apple : iChifre kkkkk o cara fica debatendo telefone na internet e eu fico batendo saco na cara das namoradas de vcs

  • Henrique

    Imagina os tetutos aí em baixo tudo Zé ruela comem ninguém na fila p tocar iPhone pqp muita falta do que fazer