Notícias

É provável que aplicativos em 32 bits deixem de funcionar no iOS 11

Há tempos a Apple vem dando “recados” de que pretende encerrar o suporte a aplicativos com instruções de 32 bits. Primeiro exigiu em fevereiro de 2015 que todos os aplicativos da App Store fossem enviados apenas em 64 bits. Depois, implementou no iOS 10 um aviso que aplicativos em 32 bits poderiam diminuir o desempenho geral do sistema.

No iOS 10.3, que atualmente está em fase beta, já é possível encontrar um aviso do sistema alertando que aplicativos não atualizados para 64 bits deixarão de funcionar em futuras versões do iOS.

No primeiro beta do iOS 10.3 a tradução para o português ainda não foi feita, coisa que deve mudar nas próximas semanas. Mas a mensagem é clara quanto ao encerramento de suporte à arquitetura antiga. Aplicativos que não forem atualizados, simplesmente nem poderão ser abertos no novo sistema.

A arquitetura de 64 bits foi uma das principais inovações apresentadas pelo iPhone 5s, que trazia o então novo processador A7. Ele foi o primeiro a oferecer a um dispositivo móvel o poder de processamento comparável aos computadores de mesa. Portanto, era uma questão de tempo a Apple migrar de vez para este padrão.

De cara, já dá para “adivinhar” os dispositivos que não serão mais compatíveis com o futuro iOS 11: iPhone 5, iPhone 5c e iPad 4, pois nenhum deles têm suporte a 64 bits. Todos os mais antigos já não são suportados pelo iOS 10 desde o ano passado.

É bem inteligente da Apple já impor este aviso antes mesmo do iOS 11 ser lançado, pois já faz com que os desenvolvedores façam alguma coisa caso queiram continuar disponibilizando seus apps na loja da maçã. Eles têm de agora até setembro para atualizarem  para 64 bits, o que é tempo suficiente para contornarem a situação.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.