Notícias

O chip A7 do iPhone 5s é a maior inovação dos últimos tempos no mercado celular

Pouquíssimas coisas não vazaram em rumores antes da apresentação da Apple sobre os novos iPhones. Uma delas foi o novo processador Apple A7, que equipa o iPhone 5s. Ele é, atualmente, o melhor de qualquer outro celular do mercado.

A inovação que ele traz é sua arquitetura de 64 bits, inédita no mundo mobile. E isso significa muito mais poder de processamento, colocando o iPhone no mesmo nível dos computadores.

Processador A7

Ele é 2x mais rápido que o iPhone 5 e 40x mais que o primeiro iPhone.

Enquanto a concorrência se preocupou em travar uma corrida de processadores com maior números de núcleos, a Apple resolveu investir seus estudos em algo que realmente irá revolucionar o mercado. E todos vão seguir a Maçã: a Samsung acaba de anunciar que quer também fazer um chip de 64 bits, o que será inútil se o seu sistema, o Android, não for compatível. É a concorrência correndo atrás do que a Apple faz. De novo.

O novo processador (que tem como base o ARMv8) traz algo que até então só se via em computadores, o que pode mudar os futuros rumos do mercado móvel. É óbvio que agora todos irão correr para esse caminho (iniciado pela Apple) e em algum tempo já poderemos pensar na união entre o sistema do Mac com o do iPhone e, quem sabe, veremos em alguns anos o mesmo aplicativo rodando nas duas plataformas.

Com menos núcleos, há um menor consumo de energia, o que influencia positivamente na bateria.

Hoje, os aplicativos atuais funcionarão normalmente no iPhone 5s, sem explorar os 64 bits. Os desenvolvedores que quiserem podem criar aplicativos compatíveis com as duas arquiteturas, aproveitando melhor o processador caso ele permita.

Com certeza o chip A7 foi a maior novidade desta apresentação, pois está mostrando ao mercado o caminho que ele deve seguir. E tenha certeza, todos irão querer seguir este caminho.

Na edição de agosto da Revista iThing nós falamos exatamente disso: a diferença entre lançar produtos com reais inovações ou com apenas truques divertidos. Enquanto a concorrência inventa novos truques para dar a impressão aos mais ingênuos de que está inventando coisas, a Apple prefere usar seu tempo para coisas que realmente irão mudar o mercado, investindo em novo processador e novo sistema que aproveite todas as vantagens dele. Só precisamos ter paciência e não querer uma revolução por ano, pois isso é impossível.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Fernand:o_O

    Nesse ponto, não tem o que se falar da Apple. Ela não se preocupa em apenas ficar aumentando números para impressionar os leigos como certos concorrentes…

    • Luis Figueiredo

      32bits para 64 bits me parece aumentar numeros

      • Nathan

        Esta falando sério ou brincando?

        Se estiver falando sério, e sendo irônico quanto a diferença entra as arquitetura, peço que estude um pouco mais ^^. A diferença está sim no aumento de número sim, o número relacionado a capacidade de processamento.

        #poornoobboy

        • Luis Figueiredo

          Aumentar um CORE, é aumentar capacidade de processamento, c sabe mesmo do que fala?

          • Valter

            Luis,

            Vc prefere andar num celta com um motor em cada pneu ou em um fusion híbrido?

            • Ahiru

              pior é andar num fusca pintado de vermelho com um logo da ferrari achando que está abafando, estilo uns sanguesungas por aí

            • Luis Figueiredo

              Prefiro avião com várias turbinas

            • Valter

              Luis,

              Vc parece uma criança mimada. Mas eu sei que vc entendeu o que eu quis dizer.

            • Luis Figueiredo

              Tanto entendi como respondi.. só não fui de acordo com sua opinião, dai sou mimado rsrs

            • Rodolfo Matos

              Serio o cara que disse que a arquitetura x64 é só um aumento de número com relação a x56 devia pesar o seguinte.

              Vários núcleos tem como principal vantagem processar cada aplicativo em um núcleo diferente visto que a maioria dos aplicativos não são pensados para usar todo o poder de vários núcleos paralelos.

              Uma arquitetura com um registrador maior possibilita maior endereçamento de memoria, operar variáveis de 64bits nativamente, resumir varias instruções em uma só entre outras.

              Agora te contar o detalhe mais importante, é simples pra apple fazer o iPhone 6 com 8 núcleos de 64 bits, tela de 7 polegadas e mais pixels facilmente e ainda assim ter o mesmo tempo de duração da bateria. Agora a Samsung vai demorar para sair com um conjunto de hardware/software de 64bits.

              Aproveitando a analogia com carros, é muito fácil aumentar o número de cilindros de um carro ou a litragem do motor. As verdadeiras inovações foram comando duplo de válvulas, comando variável de válvulas, cabeçote de fluxo cruza, injeção direta, motores movidos a hidrogênio. Isso é inovação o resto é só mudança de especificação.

            • masmsuchrismas

              Luis, a grande maioria dos aviões tem muitas turbinas. Um 777 por exemplo tem 18 turbinas. Essas turbinas ficam nos motores ( 9 em cada ). São 7 de baixa pressão e 2 de alta pressão.
              E o comentário do Valter é verdade.. melhor andar com um motor forte do que 4 lixos em cada roda.. LOL

            • Luis Figueiredo

              masmsuchrismas, certo eu fiz analogia de turbinas pra leigos já que eu mesmo sou no assunto, e quanto a motores em cada roda teria sentido mas nos quad core não são 4 motores fracos, são 4 motores semelhantes aos 2 do iphone 5.. e maior parte das aplicações usam threads hoje em dia, o que significa que não é 1 aplicação pra cada nucleo, mas 1 aplicação que contem varias threads que vão ser espalhadas pelos nucleos.. mas acho que não adianta discutir mais dado que até agora não falei que 64bits era ruim ou pior que… até porque se perceber em outros comentarios meus abaixo falo que é vantagem.. mas pra leigos não faz tanta diferença como usar 2 4 ou 8 nucleos.. vão sentir alguma performance mas não vai mudar os apps

            • Ricardo

              Olha ler que a alteração de 32 para 64 bits é apenas uma alteração em números me deu até náuseas haha.. Uma arquitetura diferente permite um processamento superior.. Quanto ao A7, um ótimo avanço, porém acho uma pena os novos iphones terem o preço tão similar, achei que teria realmente uma versão de baixo custo, mas a diferença sendo tão pequena podemos dizer que no Brasil virão quase pelo mesmo preço, ambos absurdos (E o caso das capinhas coloridas, infelizmente ao meu ver é algo como dos novos Nokias, algo inútil). No mais, estou feliz com meu iphone 4 com jailbreak, não me empolgo para tentar vender pra comprar uma versão mais nova, nem que fosse uma versão acima apenas, pois acho desaforo da Apple não ter liberado o SIRI em português (O que queira ou não é um importante diferencial a partir do 4s).

            • Guilherme Pereira

              Luis, você prefere um avião com árias turbinas?
              Já eu prefiro um caça com duas turbinas.
              Eae, qual mais rápido?

          • Fernando

            Sou mil vezes 2 núcleos lendo 2 vezes mais instruções (2 vezes mais rápido) do que 4 ou 8 núcleos e chocar um ovo em cima do celular pra não ver diferença alguma exceto benchmarks inúteis que não te levarão a ter experiência otimizada do sistema.
            Você não vai usar 4 telas no seu iPhone com 4 aplicativos pesados abertos ao mesmo tempo, tudo o que importa é o que está em primeiro plano, e ter um núcleo vago p/ manter o segundo plano funcionando….
            Qual sua noção de usabilidade de um equipamento? A resposta do Valter foi ótima..
            Agora vá para o Octacore e se aqueça no inverno…

            • Valter

              Era emocionante aquela batalha da IBM criando supercomputador para jogar xadrez, muitos não entendiam o porque, mas agora ilustra bem o momento. O Deep Blue tinha arquitetura 16 bits. Estamos falando agora de um celular com 64 bits.
              Naquele jogo o Kasparov saiu p da vida porque finalmente tinha perdido o desafio, o cérebro genioso dele já não processava 1/8 do que o processador da IBM era capaz. Isso foi em 1997 dez anos de lançarem o Iphone. Agora nem se pensa mais em criar um computador para esse desafio dada a evolução dos processadores, agora deve processar zilhares de jogadas a mais por segundo do que o próprio Deep Blue.
              A comparação que fazem hoje entre 2 núcleos e o tais 8 dos samsung é mais ou menos essa. Acham que colocar de um lado da mesa 8 enxadristas top de um lado é que vai fazer processar mais joagadas. O Deep Blue tinha 256 processadores, porém é certeza que um bom A7 sozinho bate ele facinho.

            • Luis Figueiredo

              São questões de opiniões e não estou contrariando as vossas.. apenas não sou da mesma opinião
              e ter uma atitude de criança é não aceitar a opinião dos outros a meu ver.. e c fala como se iphone não aquecesse? qual seu fundamento e expriencia de octa core aquecer?

          • Bruno Ráfaga

            Deixa eu simplificar pra você luiz… não adianta ter uma ferrari que suporta 240km/h se na pratica vc tem que se manter abaixo de 60km/h dentro da cidade

        • Wendel Soares

          É muito simples, a quantidade de instruções em uma arquitetura 32Bits é de 2^32 enquanto que 64 é 2^64, e ainda tem algumas pessoas que dizem que é apenas o dobro…. faz as contas.

        • Felipe

          nao aumenta o processamento.. e sim a quantidade de memoria que pode ser endereçada…

      • Hsushauahaua olha o que esse cara fala…

      • Iverson

        ele quis dizer numero de novas funções.

      • sergio

        No fundo são números mesmo, tenho um 4S e sinceramente no dia a dia não difere muito do 5 (a não ser pelo pese sensivelmente menor) e provavelmente não fará com 5S. A verdade é que os aplicativos rodam tão bem no hardware mais antigo que a trocar por um Iphone novo é algo que tem que se pensar bem, principalmente pelos preços cobrados no Brasil.

      • Eduardo

        Falar que 2 núcleos de 32 é o mesmo que um de 64 bits é atestar o desconhecimento.

    • P/ Fernando

      a apple ao invés de impressionar os leigos como certos concorrentes, acabaram por impressionar os proprios desenvolvedores. =(

      • Ronaldo

        Para bom aproveitamento da arquitetura 64 bits é necessário pelo menos 4GB de RAM.

        • EvilOne

          No windows!

          • Anderson Campos

            Ctrl + Alt + Del failed!

          • Ronaldo

            Vale para qualquer sistema operacional. Trata-se de arquitetura.

            • Bruno

              Desculpa Ronaldo,
              mas entre Windows e IOS existe uma grande diferença.
              O windows já ocupa do sistema quase 2 GB de memória quando ligado, ja o IOS que é outra arquitetura/plataforma é totalmente diferente sem contar que não roda a maioria de serviços que o wndows roda.
              =)

            • Diego Azevedo

              Não, você está confundindo. O que acontece é que uma arquitetura 32 bits não suporta 4Gb de RAM, por motivos de arquitetura. Logo, colocar 8Gb de RAM em um pc x86 (32bits) [e jogar dinheiro fora, já que 50% da RAM não poderá ser mapeada.

              Agora, arquiteturalmente, um processador 64 bits pode sim funcionar tranquilamente com menos RAM, principalmente se considerarmos que o S.O. não ocupa tanto espaço.

        • Luiz Eduardo F.

          A arquitetura de 32 bits é capaz de endereçar apenas 3,2 GB.
          A arquitetura de 64 bits tem muito mais capacidade, ficando na casa dos TB.

          Mas o que isso tem a ver com a quantidade de memória? Diretamente? Nada.
          64 bits dizem que o processador agora é capaz de fazer, em um único ciclo, operações com inteiros de até 8 bytes. Isso é absurdo! É muita coisa. Imagine:
          00000000 00000000 00000000 00000000 00000000 00000000 00000000 00000000 um binário deste tamanho e o computador operando em cima dele com apenas um ciclo.. cara, é muita coisa.
          Ter 1 GB de RAM, 2 GB de RAM só vai influenciar na quantidade de processos ativos ao mesmo tempo que o celular poderá ter. Além do mais, existem muitas técnicas para virtualização de memória através de memória ROM.

          O que quero dizer é que não é preciso ter 4 GB de RAM.

          • Rafael

            Isso quer dizer que a alocação de memória é maior também.

        • Fernando

          Já basta uma arquitetura ler o dobro de instrução e a memória acompanhar a arquitetura…
          Não caia no conto dos mega bytes, giga bytes ou cores, perceba um sistema fluido com o hardware que possui, um sistema bem elaborado nao precisa de bilhoes de gigabytes mas sim instruções suficientes p/ processar e liberar memória…

        • Carlos

          Cara!!! liga para Apple correndo para avisar isso! huahuahuahuahuahuahauhuahauhuaha

      • Pedro

        Não são apenas os desenvolvedores que irão utilizar o iPhone 5s, portanto, a Apple não quer impressionar somente aos desenvolvedores. Talvez o usuário “comum” não entenda o que significa um processador 64 bits, talvez nem saiba que ele está lá, ou porque está, mas com toda certeza, ele irá sentir uma grande diferença no seu uso diário, dando mais fluidez ao sistema, visto que o iPhone é um ecossistema (hardware + software) pensados juntos, e isso a Maçã faz como ninguém. Pensando em termos de futuro do mundo mobile, este é um avanço enorme.

    • Addler

      Para mim, a beleza ( e ele é lindo ) é o que menos me preocupa…O que mais me fascina, é vc teclar no Google e ele rodar ultra rápido , é vc clicar no Youtube e a imagem vir perfeita…Isso se chama Iphone e seu pai Stev Jobs ! VOU COMPRAR ELE SIM EM DEZEMBRO SE DEUS QUISER !

    • Carlos Eduardo

      Cara, no fim das contas vai impressionar os usuários, porque um processador de 64bits vai permitir criar apps muito melhores. Este processador M7 também permitirá apps que usem movimento muito mais elaborados.

    • Everton Barbosa

      Exatamente. Quanto a isso(e não só isso) a Apple faz um investimento num processador forte.
      Ainda tem marcas que atacam com mídia os dispositivos criados por ela. Fácil criticar um produto da concorrência quando você lança um novo smartphone. É o que está acontecendo com Apple. Estão chamando o smartphone de “preguiçoso”… Aí, na minha opinião, já é o método errado de se ofertar um novo produto.

      Parabéns para Apple e o BDI pela cobertura do evento do dia 10!!!

    • Ilex vacilou neste texto. Ficou confuso, repetitivo e cansativo, não pareceu em nada com os textos do BDI.
      Estava com sono Ilex?

    • kim

      Ja dizia o SteevAO veio de guerra, “think different!”

    • Luiz Henrique

      Cara, é sério, qual a grande diferença nos PCs do X86 para o X64? Usar mais de 4GB de ram não é? Deu ganho de desempenho? Deu sim, mas pouco e para determinados usos como decodificação ou codificação de vídeo, o ganho nem foi espetacular de qualquer forma, e ainda se você usar aplicativos de 32 bits que vai ser o caso do iPhone por um tempo assim como ocorreu no Windows, simplesmente essas aplicações vão usar o dobro de memória do que o convencional. Grande coisa foi o X64 no PC né? Ao menos no PC tinha uma grande utilidade que era usar mais de 4GB de RAM no Windows (já que no Linux é possível mesmo com 32bits, usando um Kernel PAE, que já vem nativo atualmente em varias distribuições).

  • João

    Primeiro :))))

    • SQN.

      • elissonrock

        O que a APPLE fez é realmente estratégico. No mundo dos negócios começam assim, primeiro inventa algo que da suporte ao que ainda não existe, no caso dos 64bits, ou seja, não há aplicativo ainda que neccessite desses extras números, mas agora encima do que foi criado, surgirão novas pesquisas e coisas surpreendentes, pois os novos IPHONES terão suporte de sobra para receber as modernidades vindouras. O que eles fizeram foram ampliar suas Highways da informação, onde possuiam 32 faixas para o tréfego de informações, agora temos 64 faixas, assim poderemos correr mais e andar mais folgados. Parabéns a APPLE mais uma vez. MAIS UM TENTO GANHADO.

      • elissonrock

        O que a APPLE fez é realmente estratégico. No mundo dos negócios começam assim, primeiro inventa algo que da suporte ao que ainda não existe, no caso dos 64bits, ou seja, não há aplicativo ainda que neccessite desses extras números, mas agora encima do que foi criado, surgirão novas pesquisas e coisas surpreendentes, pois os novos IPHONES terão suporte de sobra para receber as modernidades vindouras. O que eles fizeram foram ampliar suas Highways da informação, onde possuiam 32 faixas para o tréfego de informações, agora temos 64 faixas, assim poderemos correr mais e andar mais folgados. Parabéns a APPLE mais uma vez. MAIS UM TENTO GANHADO… elissonrock

    • Thiago Gouveia

      #SQN

    • Leozitou

      FAIL!!!

    • antonio miguel liberato

      È mas uma vez a APPLE mostrando quem é líder de mercado!!

  • Robson

    A Apple eh uma empresa a ser batida.

  • Esse 5S é um monstro no desempenho. Incrível!

    • Luís M.

      Concordo. Quero um logo!

  • thiiagoneres

    Ancioso para ter o 5s na mão 0/

    • Gabriel

      Com “s”… 🙂

    • João Pedro Ramirez

      Eu também

  • Kaio Cesar

    Não vejo a hora de colocar as mãos em um!

    • rodrigo

      Coisa de outro mundo mesmo o A7 veio para abrir fronteiras, logo os pc ficarão para traz dos iphone, na minha humilde opniao já estão .

      • Filipe

        Não viaja cara, não viaja!

      • Nathan

        É…agora tu foi longe demais.

        iPhone é bom? Sim, demais, mas, compara-los a um PC decente ai já é extremismo.

        Quando um iPhone trabalhar com virtualização ai sim vou pensar em comparar com um computador decente.

        • Valter

          Pow cara, aí vc subestimou a Intel que fabrica processadores maravilhosos…não é só a Apple que possui grandes profissionais…

      • Marcus Alcazas

        Então você não conhece um pc decente.

        • Guilherme

          Eu ia falar isso, o cara usa pc da xuxa e vem falar uma besteira dessas haha

  • Islon Costa

    Mesmo perdendo o brilho e o ar de novidade que tinha quando nos apresentava algo revolucionário, a Apple ainda continua sendo a empresa que realmente se preocupa em unir tecnologia e funcionalidade de forma fantástica.

  • Daniel Camelo

    Realmente muito inovador.

    Fico imaginando os futuros iPhones com essa plataforma 64 bits.
    Mais uma vez a apple abrindo caminhos.

  • Walter

    Novidade mesmo só quando viabilizarem o Tricorder, de jornada nas estrelas.Quem é trekker, sabe. A empresa que colocar um aparelho como esse no mercado vai ser sim, inovadora.Maior processamento de dados,com menos núcleos, acaba dando na mesma porque no fim das contas, nenhuma empresa, até agora conseguiu resolver esse problema ( battery gate). O GM do iOS 7, tá comendo bateria que nem louco.

    • Luís M.

      1- vai falar de star trek usando a foto do Darth Vader…
      2- não assisti a todos os filmes de star trek, você poderia explicar o que é o “tricorder” ? Por favor

      • Marcus Alcazas
      • Joquempo

        Só pra constar, o cara que se diz “Trekker”, mas usa uma foto do Vader ao invés do Spock, já não tem meu respeito nerd…

        • Walter

          É uma questão de gosto, não precisa exagerar,Romulanos tem certa Semelhança com Vulcanos, além do mais, não faço do meu hobby, uma religião. Nada que induza ao fanatismo presta.

          • Luís M.

            Ralaxa, gosto mais de star wars do que star trek e mesmo assim não levo ao estremo essas coisas.
            Pesquisei na Wikipédia mas não entendi muita coisa…

  • RodrigoS

    Pois é, uma coisa que ninguém comentou ainda é que com este novo SoC a Apple já mostra que tem capacidade de desenvolver chips para Mac também.

    Não duvido nada que em 2 anos no máximo, ela substitua os chips Intel por soluções próprias.

    • Kevin

      RodrigoS aproveitando que você entro no assunto quem está montando os chips A7 é a própria Apple? Se não me engano quem montava era a Samsung mas quem desenvolvia a tecnologia era a própria Apple (por favor me corrija se estiver errado).
      iLex com a integração 32+64 os aplicativos devem ficar um pouco maior por obrigar a ter um executável 32 e outro 64 dentro do mesmo app como acontecia nos Macs?

  • Homer Simpson

    “Atualmente, os aplicativos atuais” soou tão estranho…

  • Ivan

    Quero ver no antutu como ele vai se sair….se realmente ele vai bater os tops do mercado…

  • kakosapoj

    Acho que alguém lá em casa vai ganhar meu iPhone 5…

  • Rafael

    Pra mim o maior problema do iphone é ainda a bateria. O meu iphone 5 não dura 1 dia. Sei dos seus recursos que gastam tanto, mas acho que deveriam encontrar uma solução pra isso. Aumentar a capacidade ou buscar uma nova tecnologia que resolvesse esse problema, já que isso existe desde sempre.

    • Guilherme Aguilar

      Tambem acho isso, os cara tem muita gente inteligente e muito dinheiro, com certeza seria possivel melhorar a bateria, mas acho que eles irao deixar isso para ser um diferencial mais pra frente, ja que isso nao interfere muito nas vendas atuais.

    • Leo Negrisoli

      A empresa que conseguir desenvolver bem essa tecnologia terá o respeito de todos.

      Bateria é o que todos querem né? Meu iPhone não dura 24hs tbm… 😡

      • Charles Augusto

        O meu também não dura ! Se eu ficar na net o dia todo pio ainda kkk dura umas horas no 3G!

  • aLex

    Agora sim, vou fazer aquele upgrade tão esperado, trocando meu iPhone 4 ( velho guerreiro ) por um 5s.

    • Diogenes

      [2]

    • Marcelo Leite

      Eu também.

    • Leandro Fonseca

      Idem!

  • Maicon Nunes

    O A7 é mais veloz, mais poderoso, mais eficiente energéticamente, muito mais rápido que os antecessores, e tudo isso é verdade. Porém isso não tem nada a ver com 64 bits. O único impacto real dos 64 bits é aumentar a capacidade de endereçamento de memória pelo sistema operacional e aplicativos para acima de 4GB de RAM . Como o novo iphone provavelmente não tem 4gB de RAM, (o iPhone 5 tem 1GB), o impacto dos 64 bits é zero. A única coisa que ele permite é fabricar um iPhone com 8GB de RAM, algo que vai demorar um bocado pra acontecer, pois o iOS é super otimizado e roda perfeitamente com quantidades menores de memória.

    Nada a ver com processador desktop, iOS no Mac, etc etc

    • Luis Cesar

      E você perdendo tempo aqui comentando. Vai lá, fala pra Apple. Phill Schiller vai gostar de saber disto.

      • Bruno

        Ue?voce quer escolher o que os freqüentadores do blog quer comentar?perda de tempo foi a sua atitude de gente ignorante.

      • EstanDuarte

        Você falou com meias palavras, aumentar endereçamento de memória, faltou o “por ciclo”.
        Você anda assistindo ‘muito’ Android…
        64-bits não está ligado diretamente com a capacidade mínima de memoria de um sistema. Assim a tecnologia iria regredir.
        Pare de querer ensinar os engenheiros a fazer um Soc, sem você dominar o mínimo o básico: saber pra que serve.
        Abraço.

      • EstanDuarte

        Isso que dá usar EDGE pra economizar bateria kkkkk

    • Max

      Na verdade não é só isso não, Esse lance de que apenas o endereçamento de memória que é afetado é um mantra repetido nos últimos anos para a arquitetura x86-64, que foi desenvolvida pela AMD, e depois portada pela Intel. Nesse caso do x86 isso era verdade, porque os processadores x86 já rodavam internamente a 64-bits a muito tempo, porém o endereçamento físico era de apenas 32-bits. Neste caso, o x86-64 só aumentou endereçamento de memória mesmo. Nesse caso do A7, é um caso totalmente diferente. Todos os processadores usados nos iPhones até hoje rodavam em 32-bits tanto internamente, quando para endereçamento de memória. Agora a Apple dobrou para 64-bits. Isso tem um ganho em performance sim, que pode nem ser tão grande, dependendo do seu código. Mas com certeza é um salto tecnológico, e que tenho certeza de que a Intel está olhando com uma certa preocupação. A arquitetura ARM está avançando perigosamente dentro do mundo dos PCs, e essa pode ser a maior ameaça ao x86 na história da Intel. Outra vantagem de ter um processador 64-bits, que pouco é comentado, é que pode-se trabalhar com uma maior precisão numérica em ponto flutuante. Mas isso seria notado apenas em aplicações científicas.

  • Guilherme

    Tenho uma dúvida, o processador de 64 bits é perfeito sem duvidas, mais ele não seria melhor aproveitado em uma memória maior? como de 4gb? Porque o que adianta ter um processador de 64 bits em uma memoria de 1 gb?

    • Valter

      Amigão, lembra daquela história de que o Tio Steve morreu deixando projetos de gadgets para os próximos 5 anos? Lembra porque o primeiro ipad foi lançado sem câmera? Vc acha que a Apple vai dar de mão cheia para a concorrência gadgets mega avançados para fazer reengenharia e copiar tudo? Isso se chama estratégia, 64 bits é um caminho sem volta em gadgets, agora é ir aprimorando a tecnologia.

      • Carlos

        Eu so nao entendi, porque os betatesters não enxergaram a capacidade de processamento do IOs em 64 bits. Não creio que a memória maior seja muito importante, pois a capacidade do processador foi duplicada, desde que os acessos a memória e ao armazenamento sejam em 64 também. Tenho duvidas de os aplicativos em 32 bits não sejam esgargalados, como nos PCs.
        O uso desta tecnogia, agregado ao desenho dos circuitos para o IOs, certamente trará um incremento enorme de performance.
        Já e uma grande vantagem sobre a concorrência.
        Um abraço a todos.

  • Raphael Milani

    “Inovação” é querer forçar de mais, a arquitetura 64 bit é algo que já existia em computadores pessoais desde 2003!
    É uma grande evolução do que já existia, isso sem dúvida.

    • Patricio Grangeiro

      Amigo, ele quis dizer inovação no setor de smartphones, visto que a Apple é a primeira a utilizar a arquitetura de 64bits em smartphones.

    • Carlos

      Raphael, se você não sabe das coisas, fica quietinho.
      Deixa os que entendem mais do assunto comentarem, pois dar palpites sem saber realmente das coisas fica chato e não leva ninguém a lugar nenhum.

      • Daniel

        Concordo, mas isso reduziria esta página dos seus atuais 271 KB para menos de 50.

    • Nathan

      Eu acho que alguém não leu o post!
      A proposito, eu acho que alguém não sabe o que é uma arquitetura x86 e x64.

      #poornoobboy

  • Tarcisio

    Com será que vai funcionar quando um desenvolvedor quiser ter seu aplicativo em 32 e 64 bits?
    Ao baixar o app, será selecionado automaticamente a versão compatível com o iPhone?

    O duro é se os aplicativos que mais gostamos começarem a ser atualizados para a plataforma 64 e deixarem de existir na plataforma 32. Seremos “obrigados” a ter um iPhone novo, o que não faz sentido, pois o 5C não é 64.

    Curioso para saber como isso vai funcionar.

    • Igor Camilo

      Da mesma forma que no Mac. O app é universal, e vem com binários para 32 e 64 bits. Só recentemente que os apps de Mac passaram a sem (em geral) 64 bits-only. Muitos ainda rodam em 32.

  • Antonio Marques

    Excelente texto!

    • McKoe

      [2]

  • Estan Duarte

    O Soc A7 veio exatamente para unir o útil ao agradável, com o iOS 7 permitindo multi-tarefa real, a Apple não quis sacrificar a performance e fluidez do sistema, entregando um novo hardware, feito para tal atividade, sem perder o que o iPhone possui como principal diferencial de outras plataformas do mercado: “Tudo está a um toque de distância do que se quer fazer”.

    Claro que a Samsung agora vai aproveitar as licenças e informações, pois seus aparelhos sempre trouxeram excelentes hardwares, porém não havia sistema com tecnologia que superasse essa evolução.
    Android é um sistema emulado por cima do Linux, com aplicativos que precisam de muitos remendos para conectar informações.

    A mudança de novo, iOS 2, iOS 4 e agora iOS 7…

  • Diogo Carvalho

    iLex Iphone 5s está muito bom mas me esclareça uma coisa, as colunas dele são as mesmas? É que quando ouço música sem phone mas pelo altifalante é bem fraquinho o som. Se então andar com um bocadinho de barulho nem sei ouve.

    • Gabriel

      #funkeirodebusão

    • Jeff

      Por favor, use os Phones !!

    • Douglas

      Qual o problema dele não usar fones? As vezes ele quer ouvir música com amigos, assistir algum filme no iphone com alguém do lado etc…

      Quanto ao som, sim cara o som do iPhone é baixinho msm, principalmente em lugares abertos.

  • mateus

    Mais uma veze abrindo caminhos, mas acho que o iphone 5c mostra que a apple esta seguindo a moda criada por outras marcas, não é coisa da apple isso!!!

  • FLAVIO

    Me cheira a marketing, não convenceu

    • Estan Duarte

      64-bits = multi-tarefa
      iOS 7 multi-tarefa real

      Marketing = falta de informação

      • Luis Figueiredo

        Sou fan de android, mas reconheço tecnologia,
        multiplos cores = multitarefa..

        a vantagem real de 64bits (8bytes) tem uma performance significativa na transferencia de dados
        enquanto por exemplo se quizer copiar uma imagem/dados/buffer/etc de memoria para memoria em um sistema de 32bits ele copia 4bytes por instrução (instrução do processador costuma usar 1 por hz de frequencia do processador, portanto 1.7ghz equival em maioria dos casos a 1.7 milhoes de instrução por segundo), mas com os 64bits cada uma dessas instruções pode transportar 2x mais o numero de bytes
        ficando assim em maioria de tarefas 2x mais rapido por processador.. ao contrario de multiplos cores, é possivel executar instruções em paralelo mas para tarefas diferentes = multi tarefa, mas se a maioria dos apps tiverem programadas para funcionar em 32bits não vão ter nenhum avanço significativo.. uma desvantagem de 64bits é que para apps que usam memoria para realizar tarefas independentes da quantidade de bits( por exemplo copiar 1byte 2bytes) eles possivelmente vão ocupar 8bytes do mesmo jeito.. aumentando um consumo de memoria o que o iOS não sofre com falta de memoria ao contrario de android

        • EstanDuarte

          Então você entende que paralelismo de informações em processador são apenas ilusório, já que qualquer sistema trabalha com processos múltiplos com tempos de execução, um começa outro pausa depois continua.
          Com a pista mais larga para correr, esse processo alternados que fazem a ilusão de serem simultâneos, ficaram mais rápidos, resultando em uma multi-tarefa mais rápida e fluída.
          É o casamento perfeito iOS7 + A7 64-bits.
          A quantidade maior de memória RAM apenas foi uma consequência do principal foco do projeto inicial que a AMD fez, os Soc’s de 64-bits.
          Os usuários de Android estão confundindo como uma tecnologia necessária para eles somente. Pena que a Samsung não adquiriu as licenças da ARM, há algum tempo atrás.
          Abraço.

          • Estan Duarte

            Multiplos cores são feitos para economizar energia em tarefas, dividindo-a.
            A Apple conseguiu canalizar a informação dos programas em Soc de 64-bits, se existe mais velocidade, existe mais processos terminados.
            De cara a multi-tarefa será mais fluída.

          • Luis Figueiredo

            Talvez vc não entenda, multiplos nucleos = menos “context switch” entre processos, quando um nucleo apenas faz multi tarefa(como vc falou é possivel sim), ele faz bem mais que pausar, ele guarda registradores e estado do processador para carregar do proximo processo, isso tudo tem um custo, onde que em multiplos nucleos acontece bem menos isso (cada nucleo contem varias tarefas do mesmo jeito) mas existe menos context switch porque são mais nucleos resolvendo o mesmo problema mesmo que um single core seja 2x mais rapido que um dual core, pra multiplas tarefas, varios nucelos são mais eficazes que 2x a velocidade de processamento, e tudo isso nada relacionado com o barramento de 64bits, o povo se preocupa com esse numero mas o mais importante falado foi “modern instruction set”,”2x more registers”,”2x more fp registers” isso é o que indica mais performance , e não o que todo mundo fala “64bits” obvio que tambem ajuda mas não é o que faz 2x mais processamento

  • Lukas Araújo

    Bom, esse 5s é show de bola, espero que com a Apple Store no Rio de Janeiro e a Foxconn em Jundiaí – SP, bem que deveria ser mais baixo o valor dele na loja da operadora.

  • Rafael

    Afinal, o 5s tem 1 ou 2 gb de RAM ?

    • Fernand:o_O

      Pelo que eu vi, 1GB.

      • Gabriel

        “Pelo que eu vi”.

        Viu aonde?

  • Marlon

    Ansioso mesmo pra ver uns testes de Benchmark nesse poderoso!!!

    • Bruno

      Possui 2GB RAM

  • Felipe Drumond

    Não sei pra quê processador de 64 bits neste momento. Acho que ainda vai levar 1 ano ou (bem) mais para aparecerem muitos apps que realmente precisem disso tudo. Se pensarmos em todos os apps que temos em nossos aparelhos hoje, quais deles realmente melhorariam se fossem 64 bits? Talvez os de GPS e somente alguns jogos. Alguns. Nossos pcs são 64 bits há anos, e ainda usamos sem reclamar muitas aplicações 32 bits.

    Talvez esta seja a mesma discussão sobre a adoção do NFC. Pra quê NFC agora? Não faz sentido. O S3 tem NFC e nunca ouvi falar alguém que tenha usado!

    Mas se a Apple quisesse realmente abrir as porteiras para a mobilidade e reinventar algo, deveria ter trazido o leitor biométrico juntamente com o NFC, para a realização de pagamentos via leitura biométrica, em parceria com as bandeiras de cartões. Seria sensacional aproximar o celular da base no restaurante, e ver “pipocar” uma tela falando o valor e pedindo que se confirme a transação com a ponta dos dedos. Simples, rápido, prático, seguro e futurista. Já um processador 64 bits não nos dá nada disso.

    Mas, já que vai ser assim, espero ser surpreendido!

    • Marcelo Andrade

      Foi exatamente por isso que perguntei em um post anterior.. Por que a apple tem tanto receio de implementar o NFC ja que pelo que vi nos ultimos anos ela demora pra implementar algo mas quando faz faz bem?

      Eu concordo com voce. Acho que o leitor iria cair muito bem com o NFC e pensei justamente nisso. Acho legal adicionar o leitor de impressao digital mas quero ver como ele vai ser usado no IOS7.

      Agora quanto ao chip 64 Bits acho que ainda demora pra pegar (mais 6 ou 7 meses pelo menos) pois duvido que o iphone 5S vira com 4GB de RAM ou mais, o que permitiria um uso maior do chipset. Entao como o Kernel vai ser tipo uma mescla dos 2 mundos ainda sera cedo para avaliarmos o total uso do chip.

      Mesmo sendo uma inovação nao me surpreendeu tanto assim. Mas é um celular poderossissimo sem duvida nenhuma o com maior processamento disparado mais uma vez.

      • Overlord

        Acho que vocês ainda não entenderam: tanto a utilização de um processador de 64 bits quanto a apresentação da tecnologia biométrica via TouchID são o primeiro degrau de uma escada.

        A Apple aproveitou este momento para fazer isto: experimentar.

        – Vai “dando tempo os desenvolvedores” para otimizar as apps para 64 bits
        e
        – Vai “treinando” e “acostumando” os usuários no uso da impressão digital (inicialmente para desbloquear o telefone, comprar coisas na App Store / iTunes Store…).

        Porque será que o Tim Cook declarou que 2014 será um ano excepcional para a Apple?
        Aposto que veremos muitas, mas muitas novidades no próximo ano.
        E aposto mais alto ainda:
        iPhone 6 com NFC (e um sistema de autenticação de tudo: pagamentos, sites, etc) e uso total e completo de 64 bits com o A7 (ou talvez o A8 ou A9) junto com mais memória!

        É como ela fez com a Siri… que está em constante desenvolvimento e aprimoramento (exceto em Português BR 🙁 ).

        De qualquer forma, uma hora ela teria de começar, não é? E a hora escolhida foi com o

    • Luís M.

      Vai ver é para ter novidade de hardware no iPhone 6

    • Giancarlo

      Felipe,

      Nesse momento, realmente não vai ter quase nenhuma diferença, já que os apps precisam ser projetados (e não apenas compilados) para 64 bits.
      Entretanto, é sempre ótimo que se inicie o processo, a fim de que o paradigma dos 32 bits se dissipe.

      O que eu realmente não entendo é que o pessoal compra as coisas “mastigadas”, sem ir “mais a fundo” e, infelizmente, isso é evidente em todas as áreas da sociedade. Acham que vai ser um “monstro” apenas por ser 64 bits, o que demonstra ignorância do quê isso realmente significa.
      Nos desktops, em MAIS DE DEZ ANOS, apenas ALGUNS apps muito específicos fossem redesenhados para 64 bits e, apenas recentemente, isso começou a mudar. Ainda hoje, a grande maioria é apenas compilada em 64 bits (não houve redesenho, simplesmente porque não há neccessidade, em grande parte dos casos).
      E qual a real necessidade, apenas para exemplificar, de um Twitter ou um Facebook redesenhados p/ 64 bits??? Nenhuma! E assim será com a maioria dos apps de uso geral…

      O que quero enfatizar é que é realmente louvável o pioneirismo em 64 bits p/ a plataforma móvel mas, como já dizia um amigo meu: “muita calma nessa hora…”, pois com a maioria dos apps rodando em 32 bits, esse “monstro” ficará apenas como uma lenda…

      • EstanDuarte

        Discordo amigo, a Apple conseguiu desempenho em baixo consumo de energia. Mudança na compilação de apps sempre ocorreu sem o usuário se preocupar, iOS2, iOS4 e agora iOS7.
        Ter mais espaço para processamento, implica principalmente em uma multi-tarefa melhor, já que processos simultâneos apenas são alternações de tempo e execução, dando a impressão de funcionar tudo ao mesmo tempo.
        iOS7 + A7 = multi-tarefa com a experiência tradicional que o sistema sempre ofereceu.
        Cordialmente.

        • Giancarlo

          Estan,

          Entendo o teu ponto de vista, mas reitero que apenas compilar os apps em 64 bits não irá implicar no aproveitamento real que a arquitetura disponibiliza, que é o cerne do meu ponto de vista.
          Evidentemente, os 64 bits abrem exponencialmente (e não apenas “dobram”, como vi em muitos comentários por aí) as possibilidades acerca de gerenciamento de memória, multitarefa, dispositivos, etc., *** desde haja projeto de utilização da arquitetura ***.

          Se isso não ocorre, havendo a compilação em 64, haverá sim uma melhora em geral no app, mas longe, muito longe mesmo, do fato de ter sido projetado para usar todos os benefícios. E esse é o ponto! Sinceramente, o “marketing” exagerado é que o grande problema, que acaba enganando muitos que não tem conhecimento, por mais básico que seja, em como funciona a arquitetura dos sistemas e processadores.

          Temo, sinceramente, um sentimento de frustração quando perceberem que ele realmente será melhor, mas não será esse “monstro” que estão achando.

          Saudações.

          • Estan Duarte

            Giancarlo acredito que ela esteja preparando o terreno para o iPhone 6 e também não pode-se esquecer do iPad, que sempre teve foco para trabalho.
            Abraço.

  • Henrique

    Olha iLex.

    Eu achava que você, o Will e o Nanetti eram muito fãnboys.
    Mas ninguém consegue ser maior fãnboy da Apple do que a própria Samsung.

    Isso já virou síndrome de Mark Chapman.

  • Guilherme

    o meu headphone do iphone 5 ficou ‘mono’ em menos de dois meses. Comprei um fuleiro que não me deixa na mão. Eu fazia atividades físicas com ele, mas a Apple não fala nada que o suor pode diminuir a vida útil dos tais earpods.

  • Silas

    To satisfeito com meu IPhone 5 que está zerado, com apenas dois meses de uso. Vou aguardar o 6 agora.

  • Rodrigão

    E todo esse “poder de processamento” é realmente tão indispensável num celular? Pra mim um smartphone é um quebra-galho sempre que não estou perto do meu computador de verdade, pois caso contrário é ele que usarei, sem dúvida. Não dá pra comparar, por exemplo, teclar ou digitar um longo texto no computador e no iphone. Por mais que mais velocidade seja legal, não é nada que vá mudar radicalmente o que já se podia fazer antes, com modelos mais antigos. Apenas ganhar alguns segundinhos a mais ao realizar as mesmas tarefas.

    • Nathan

      Rodrigão, estamos na era da mobilidade e flexibilidade. Imagine que trabalhe com projetos e está no aeroporto. Você prefere acompanhar suas planilhas, acessar os sistemas corporativos utilizando um smartphone com baixo processamento, um notebook pesado ou um smartphone com processamento decente?

      Eu, particularmente, utilizo o iphone para comodidade e agilidade. Meus documentos e acesso a sistema estão um “slide”. Lembre-se também que a cada dia que passa tudo fica mais “pesado”.

      Pra mim, esse é o intuito de maior processamento p/ os smartphones, trazer praticidade, agilidade unida a um desempenho agradável quando não tiver um notebook disponível.

    • Igor Camilo

      Talvez o iPhone realmente não precise de tamanho desempenho, mas espere mês que vem, quando a Apple deve lançar os novos iPads com A7/A7X. Aí, sim, veremos apps ainda mais poderosos para o tablet.

  • Filipe

    Nossa! Algumas coisas podem ser diferentes do que esse texto diz.

    Um processador com a capacidade de trabalhar com instruções 64 bits pede outras coisas que a Apple esqueceu de por nesse celular que é o dobro de memória para que todas as aplicações possam trabalhar sem comprometer o desempenho final por falta de memória e bateria com maior capacidade (Sim! porque quanto maior a banda, maior o consumo de energia!).

    Não quer dizer que se um celular tem mais núcleos ele vai consumir mais energia que um com o dobro de instruções. O que diminui o consumo de energia é a miniaturização da arquitetura do processador! Mais núcleos e mais “banda”(instruções) aumentam o consumo. A ideia de economia energética não se aplica a esse caso.

    A sacada deles é usar o M7 pra tarefas mais constantes e simples (Moto X tem tbm um processador só pra movimentos e além disso usa o mesmo para o som e gravação) que irá diminuir o consumo, pois não precisará acordar o A7 só pra isso.

    Vamos esperar uns benchmarks para dizer qualquer coisa!

  • Luiz Bolognesi

    Mais uma vez estou contando os dias pra pegar o 5S.

  • Jonei

    Quero Bateria de uma semana! Somente isso! sem a utilização de capas com baterias externas e sem utilizar um celular “com fio” sempre ligado na tomada.

    • Nokia 1110 é a sua resposta.

      • Estan Duarte

        Você é mal… rs…

      • Daniel

        Não precisa tanto! Meu Nokia 6060 já aguentava uma semana se eu não a torrasse com jogos. O meu 1100 completava 14 dias! 😛

  • Bruno

    Sinceramente, o que temos visto nos últimos lançamentos são apenas números.

    A cada ano a “maior novidade” é chip A-, 2x mais rápido. Se isso se confirma, é outra história.

    Não estou criticando, nem sendo pessimista, mas espero que dessa vez seja diferente.

  • Everton

    Existe vários coisas a serem destacadas quando se fala de 32 bits vs 64 bits:

    – Não significa o dobro de poder de processamento, o novo A7 pode até ser o dobro mais rápido, mas não apenas porque ele é 64 bits;
    – A principais diferenças acontecem na comunicação do processador com a memória, seja a memória RAM ou memória interna do processador (que passa a contar com mais registradores internos ou seja é capaz de fazer um maior número de operação por ciclo, mas não necessariamente o dobro);
    – Mudanças de arquitetura afentão pouco um desenvolvedor padrão, que em geral lida com bibliotecas que abstraem a complexidade de gerênciar memória e registradores, ou seja a compilação para uma arquitetura ou outra fica a cargo do compilador. Aqui entra a mágica do Xcode e LLVM (infraestrutura de compilação por baixo do Xcode desenvolvida pela Apple e aberta como open source).
    – Na migração de 32 bits para 64 bits nos chips de computadores duas coisas foram entrave: Sistemas Operacionais (que não é o caso aqui) e aplicações muito especificas, principalmente as que lidam com processamento gráfico (leia-se flash), que difícilmente vai ser caso 😀
    – É bom lembrar que atualmente o Xcode já lida com arquiteturas diferentes: o Simulador do iOS é um aplicação x86 (intel padrão) e não ARM como no caso do A7, ou seja o xcode já faz compilação para arquiteturas diferentes e ele sabe muito bem lidar com grupo de instruções diferentes, inclusive entre as várias versões dos processadores dos iPhones já lançados;
    – No começo do 64 bits em computadores, a Apple soube lidar com isso melhor que todos os outros fornecedores de Sistema Operacional. No lugar de partir para um kernel 64 bits, ela continuou trabalhando com um kernel 32 bits que mantinham as aplicações 32 bits compatível, e foi migrando suas aplicações para 64 bits aos poucos, quando a maior parte do ecosistema já estava adaptado ela mudou o kernel do Max OS X para 64 bits;
    – Difícilmente vai impactar o usuário final em relação a disponibilidade de uma aplicação. O instalador de aplicações deve escolher a arquitetura e instalar os binários da forma correta. No caso de computadores em geral a instalação é feita com um binário chamado de “universal”, ele tem todas as versões (32 bits, 64 bits e até mesmo PowerPC) em um unico arquivo, mas no caso do iOS a Apple deve separar isso em função principalmente da economia de espaço;

  • Elionardo

    É nessas horas que eu mais queria ser rico. Pra poder ficar ansioso com a chegada do 5S. 😐

  • C.A ROCHA

    Não vejo a hora desta mesma tecnologia, dispontar tmbm no iPad…

  • Danilo Melo

    “Só precisamos ter paciência e não querer uma revolução por ano, pois isso é impossível.”

    A frase que para mim resume todo o artigo. Ficamos um pouco mal acostumados com os lançamentos da Apple rs….

  • Guilherme

    Pra mim eu acho bestage 64 bits

  • Douglas Gondim

    iLex, será que com a estreia da apple store no brasil, os novos aparelhos serão lançados aqui ao mesmo tempo que nos EUA?

    • Digamos assim: as probabilidades aumentam, mas não é isso que define o calendário de lançamento. Itália e Espanha possuem lojas próprias, mas ficaram de fora da primeira leva.

      • Allegri

        Eu acho que entramos sim mas na segunda leva de países!

        Tomara, já seria muito bom!

    • Estan Duarte

      Eu acho que o principal problema da Apple é conseguir atingir a demanda de produção, por isso não creio que uma loja física oficial da marca supere essa falta.
      E acredito também que o foco do iPhone 5C, foi justamente a cultura americana de “customização” e principalmente a rapidez na produção desses aparelhos de plástico. O iPhone 5S continua com o mesmo processo industrial delicado que o iPhone 5…
      O iPhone 5C veio para aliviar a demanda rs…
      Tem site sensacionalista que ainda comenta sobre baixo-custo, algo que a Apple sempre negou e agora é real a proposta de um aparelho de não-baixo custo.
      Abraço.

  • Anderson Donato

    A Apple colocou os outros smartphones no saco e chacoalhou !!! Inclusive o IPhone 5!!!
    O que falarem agora é pura inveja !! Quero mais velocidade sempre!!! Quero mais tecnologia sempre!!!! Ponto final.

  • Allan

    Tomara que copiem logo, que tenha qualconn snapdragon 64 bits logo pois se os desenvolvedores não se engajarem logo ao 64 bits teremos um elefante branco nas mãos… Mesmo pq 64 bits não virou padrão em pcs ainda já que ainda existem milhares de apps 32 bits.

  • Diogo

    Pra mim, a maior revolução da Apple ainda está por vir: O iPad com A7 (ou superior) de 64-Bit. Daí poderemos sonhar com um mundo sem notebook/desktop. Apenas o iPad.

  • Raphael

    A Apple oferece a você, a troca de seu iPhone 5 64gb, que comprou a pouco tempo pelo novo iPhone 5S pagando a diferença de… SQN. Meu sonho ‘-‘

    • J3ff

      Vai na Loja da Apple.. …e vê se o Gênius resolve !!!

  • LipeMarts

    Bom eu já tive um iPhone (4) e atualmente estou com um Android (LG Optimus G) e sempre fui fã da Apple e de seus gadgets, porém atualmente eu prefiro pensar mais no meu bolso. Enfim antes que um bando de gente venha me xingar ou ficar falando mal do que eu vou dizer, eu já explico que essa é a minha opinião. Os processadores eles são criados e desenvolvidos com base em cada sistema operacional, por exemplo a Apple não cria novos Cores no processador para evitar uso desnecessário de bateria e prefere melhorar a sua arquitetura, isso por que o sistema esta evoluindo, esta melhorando e automaticamente todo o processo exigido para o uso do mesmo vai ser maior, e a construção do iOS permite essa melhoria com apenas 2 cores. Isso não acontece por exemplo com o Android, que por mais que seja hoje um sistema operacional evoluído, ele é muito fragmentado e originalmente pesado. É sim necessário processadores de quad, octa e sei lá mais quantos para o sistema Android, e também memórias RAM de 2, 3, 4GB pois as fabricantes a cada lançamento querem mostrar recursos inovadores sem melhorar o desempenho e gasto de recursos. Então hoje se pegarmos um iPhone 5S e um Galaxy S4, o iPhone da um banho de desempenho no S4, pois os aplicativos nativos do iOS são mil vezes menores que o do TouchWiz (UI Android) da Samsung por exemplo. Sou muito fã do blog parabéns iLex pelas postagens sempre muito inteligentes.

  • Julio

    Na prática a mudança para 64 bits so fará sentido em jogos

    • Valter

      Discordo, se a tecnologia migrar para o Ipad (que não tenho dúvida), muitos apps voltados para medicina, pesquisa, educação vão ter que ser reinventados e para melhor. Será uma outra experiência. Pode vir uma geração de apps mais inteligentes.

  • Enquanto isso leigos e sites sobre andróide dizem que 64-bit serve apenas pra ter mais de 4GB de memória.
    Eu que não conheço muito sobre o assunto sei das vantagens em termos de processamento, esse pessoal que faz criticas vazias tinham que ganhar uma aula sobre processadores.

    • Estan Duarte

      Bom é ter 3GB de RAM e 4 núcleos no processador somente pra dizer que tem, já que, a usabilidade é de um iPhone 3GS…

      Se Android com tela grande e estes “apetrechos” não for Status, é breguisse ou falta de informação…

      • Augusto Mattos

        Chegou a ver esse video da qualcomm simulando a maneira como os processadores de quatro e oito núcleos trabalham comparados aos de quatro deles, e que no fim não representa vantagem nenhuma?
        Claro que o vídeo é uma propaganda deles, mas é bem por ai a questão de mais núcleos.
        http://www.youtube.com/watch?v=qdauwqhmsas

        • Luis Figueiredo

          Vc está meio certo, mas não existe exatamente OCTA core, esse exynos da samsung é tipo duplo quad core, só funciona 4 de cada vez um com tecnologia arm a7 outro arm a15 os a15 adquirem muita performance igual aos snapdragon, o a7 menos consumo de bateria (mas ainda assim snapdragon tem menos consumo) e o exynous nos variados testes tem mais performance, esse video é marketing (tenho um snapdragon s600)

      • Matheus

        Só que não jovem?

        Grande culpa da má usabilidade dos Androids da Samsung estão na má otimização da sua interface de usuário, chamada TouchWiz. È realmente possível que um aparelho da potencia de um Core2Duo de PC tenha lag para abrir um discador? O aplicativo de contatos desses aparelhos é constuido pela Samsung.

        Num Nexus4 que tem um hardware semelhante não se vê nada disso, por que é o Android puro totalmente otimizado pela Google. Uma coisa que a Apple vem colocando sempre na frente. Otmização e experiência de uso. E em isso a Apple a Google estão bem na frente.

        Não que eu não goste do Android. Tenho um GNote2 e um S4, em ambos os aparelhos tive que fazer certas”otmizações” mas e o usuário leigo? A obrigação de um FlashGip é vir 100% sem defeitos.

        Se for comprar um Android e não quer ter dor de cabeça é Nexus, do contrário, iPhone ou um Lumia(se quiser ficar sem apps :D)

  • Frederico

    Aquele lance de pausar o vídeo quando o sujeito fecha o olho, isso não passa de frescura.

    Isso não é inovação, isso é pirotecnia.

    A Apple corre atrás de inovar sem embromar o público, mas ela também comete erros, está errando nessa palhaçada de iPhone colorido 10% mais barato que o 5S, isso é um verdadeiro tiro no pé.

    Ou abaixa o preço ou esse celular vai encalhar, ninguém vai deixar de ter uma câmera + moderna e leitor de impressão digital e processador de 64 bits por causa de 100 dólares.

    Vamos aguardar pra ver, eu compro um 4S ou um 5 no mercado paralelo mas não compro essa joça de plastico.

    • EstanDuarte

      Existe app que pausa video baseado na direção dos olhos do espectador, disponível na AppStore. Tenho ele inclusive, no PC, baixei pra testar. Algo que so serve para mostrar aos amigos mesmo.

      • J3ff

        Exato !!!
        Você fica sem saber se olha pra câmera ou pro Texto/Vídeo. hehehehehehe !

  • Srévers

    Pessoal, sou leigo no assunto. Para o usuário, na prática qual a diferença que fará a mudança de 32bit para 64bit? Desempenho? Suporte a uma quantidade maior de memória?

    • Estan Duarte

      Já que a Apple implementou no iOS 7 a multi-tarefa real, este novo Soc veio pra manter a já conhecida experiência de usuário com iOS: “Tudo está a um toque de distância do que se quer fazer”.
      Abraço…

  • Pedro

    Para quem tem o 4G.

    Realmente vale a pena? Ou a rede não é tão boa quanto a nossa 3G?

    Digo isso pq devo comprar o 5s nos EUA esse mês.

    A minha única dúvida é se compro agora, e deixo ele incompatível com a LTE Brasileira ou espero até dezembro para pagar mais caro, porém com 4G.

    Eu, sinceramente, não vejo motivos para esperar. Mas se alguém me falar que REALMENTE vale a pena, eu posso até esperar

    • Estan Duarte

      iPhone 5S e 5C são universais em redes LTE…

      • J3ff

        Pelo que li. A Apple vai lançar 4 modelos.
        Não vão ter todas as frequências num mesmo aparelho.

        • Estan Duarte

          Se você notar no site da Apple, a diferença é de uma banda específica em cada, mas todas as outras tem.
          Se comparar com outros dispositivos que só possuem suporte pra umas três bandas.

    • Matheus

      Tenho um S4 4G e tendo em vista a qualidade do sinal e nos pontos que são implementados isso (pelo menos em BH) no momento eu não recomendo, é caro, tem velocidade baixa em comparação com o 4G do exterior e tem má cobertura.

      Fico com o meu 3G pra ler emails e fazer pesquisas uma vez ou outra na internet. Minha operadora é a Claro.

  • elissonrock

    O que a APPLE fez é realmente estratégico. No mundo dos negócios começam assim, primeiro inventa algo que da suporte ao que ainda não existe, no caso dos 64bits, ou seja, não há aplicativo ainda que neccessite desses extras números, mas agora encima do que foi criado, surgirão novas pesquisas e coisas surpreendentes, pois os novos IPHONES terão suporte de sobra para receber as modernidades vindouras. O que eles fizeram foram ampliar suas Highways da informação, onde possuiam 32 faixas para o tréfego de informações, agora temos 64 faixas, assim poderemos correr mais e andar mais folgados. Parabéns a APPLE mais uma vez. MAIS UM TENTO GANHADO… elissonrock

  • Ricardo

    Traduzindo em miúdos a diferença entre aumentar o trafego de bits e o cores e clocks…

    Pensem em carro….Não adianta uma montadora fazer um carro 3.0 com 500vc se o motor não for preparado para transmitir tudo isso, para isso deve aumentar a taxação dos bicos, borboleta, cabos e etc…

    =D

    • Valter

      Amigão,
      A coisa está muito fresca, vamos esperar. Podemos ser surpreendidos com a capacidade e coisas que esse chip pode fazer.

    • Antonio vitor

      Na verdade o correto seria melhorar a transmissão(vulgo caixa de marcha) para suportar tamanha potencia, pois os exemplos citado são as peças que proporcionam os 500cv

  • Cabral

    Apple é Apple!

    O recalque da concorrência foi tão grande, que a SAMCOPIA disse que o próximo processador será de 64 bits. Pq será ?

  • Carlos Eduardo

    iPhone 5C a parte, como desenvolvedor software pra celular, ainda acho o iPhone 5S o celular mais avançado do mercado e que tem a melhor plataforma pra desenvolver apps, ainda mais agora com um processador de 64bits.

    A única coisa que realmente gostaria muito que viesse neste novo iPhone 5S e não veio é NFC. Temos várias idéias de apps que usam NFC que só funcionariam com Android porque a Apple ainda não disponibilizou.

    Quem sabe no iPhone 5N (de NFC) ou iPhone 6 venha esse recurso.

  • Dian

    Realmente o iPhone 5S é surpreendente em muitos aspectos.
    Mas é hilário ver meros usuários que só usam o iPhone 5 pra jogar “CANDY CRUSH” correndo pra trocar seu iPhone novo…

    Mal sabem eles o que é 64bits e qual vantagem em relação aos 32bits!

    Estilo de vida de compra totalmente #COMPORTAMENTAL

    • LipeMarts

      Até pode ser plausível sua colocação se tratando de Brasil, porém nos EUA que o aparelho é popular e tem preço acessíveis a todos, claro que até os mais simples usuários vão querer trocar….

  • Antonio Robelio

    Isso é tecnologia, isso é engenharia, isso é o futuro…..

  • João Luiz Gomes

    Gente que gosta da verdade é bom olhar essa materia http://news.cnet.com/8301-1035_3-57602372-94/the-real-reasons-apples-64-bit-a7-chip-makes-sense/ . A Apple deu um passo para frente, mas não seja enganado. Não significa que é o melhor processador mobile.

  • Giulio Pasini

    Esperando o IPad 5 com o provável A7X *-*

  • Pedro HH

    Realmente, o aparelho ficará muito melhor com essa arquitetura 64 bits, os últimos benchmarks o 5S deixou no chinelo até os venerados 8 núcleos, perdendo apenas pelo Xperia Z
    OFF: A Samsung disse que irá implementar a arquitetura 64 bits também. Não vou dizer que é copia, até porque a Apple não inventou o 64 bits, mas essa samsung tem muita cara de Desespero sempre, não importando o que ela faça, só para vender mais e atrair mais pessoas para seu sistema.

  • Luiz Carlos Rodrigues

    Aos invejosos, a Apple diz: ”Revolucionei com 64-bit”

    • Matheus

      Revolucionar é recriar o conceito de alguma coisa. A Apple não recriou o conceito de processamento em 64bit, apenas adcionou uma tecnologia já existente em dispositivos móveis, além do mais, a ARM já trabalhava com processadores desse tipo, ARM A53 e ARM A57.

      Apenas aplicações complexas como, reprodução de conteúdo em HD(10bit) e alguns jogos otimizados usarão dessa nova tecnologia, mas duvido muito que o pessoal que tenha um AppleDevice tenha esse tipo de uso.

      Eu vejo animes e no GNote2 os vídeos de 10bit não rodam, já no S4 roda tranquilamente via software, mas destrói a bateria.

  • floydbh

    como eu disse ….

    Apple bondando!

  • krikaoli

    Foi um grande salto, que não aliás não era acreditado por muitos especialistas, que disseram que ainda ia ser muito caro um chip de 64 bits, e que esse seria um passo pra 2014.

    • Julio Sergio

      Apple sempre um passo a frente kkkkkkkkk

  • Julio Sergio

    Suas ultimas palavras foram de extremo bom gosto e sabedoria ilex,pra que precisamos comandar um celular por gestos?a sansung esta enganando bobo com estas tecnologias deles,é inovação sim mais nao é muito útil,Apple esta seguindo o caminho correto buscando aquilo que o usuário necessita,quanto mais praticidade melhor.Parabens ilex.

  • Diego Munch

    Acho, sinceramente, que a Apple está desrespeitando seus adoradores e consumidores. Como pode lançar um telefone (iPhone 5) e em pouco tempo o enterrar? Isso é inadmissível, estou chegando a conclusão que a Apple é somente marketing. A mesma coisa aconteceu com o IPad Retina, sendo este enterrado e continuando o iPad 2 (Um pouco inferior ao referido). Isso é falta de respeito com os consumidores de todo o mundo, sem falar que esse novo iPhone 5C está caríssimo, comprando o aparelho desbloqueado.

    • Aniello

      Tenho um iPad de 3ª geração. Tenho um iPhone 5. E não consigo ver qual é o desrespeito.

      Os aparelhos já não estão a venda. E daí? Continuam recebendo atualizações de sistema e aplicativos, continuam tendo suporte para concertos?

      Onde exatamente a apple me desrespeita não vendendo mais aparelhos que já comprei?

  • Henrique

    Não conheço muito sobre arquitetura e afins, mas pelo que li posso concluir que o iPhone 5s será bem mais potente, mas será que isso realmente mudará a vida dos usuários? Pode ser que sim, mas eu tenho um iPhone 4 até hoje e ele nunca me deixou na mão, e particularmente, acho o “tempo de resposta” dele muito rápido e atende todas as minhas necessidade e acredito que pra maioria do seus usuários também. A Samsung realmente dá umas belas maquiadas de vez em quando, lançando inovações que provavelmente não vão trazer muita coisa de melhor no manuseio dos seus aparelhos, mas será que a galera que fala que o iPhone 5s vai ser muito bom e que precisa de um, realmente necessita dessa melhora na velocidade? Sei lá, pelo menos no meu círculos de amigos ninguém precisa de muito velocidade num iPhone, eles já são naturalmente rápidos, tendo como base o iPhone 4. Pra mim, a real melhora no iPhone 5s é ser compatível com o 4G do Brasil, nisso sim eu vi vantagem!

  • Felipe Costa Freitas

    Infelizmente não acredito que este seja o resultado prático. Quando a AMD lançou as instruções 64-bits nos processadores para computadores, o mercado de computação pessoal, principalmente desktops, que na época era o maior mercado e mais rentável no mundo da tecnologia, fez alarde parecido. Se vocês olharem as análises da época irão ver que o marketing da AMD teve ação semelhante. Qual é o benefício prático quando a aplicação é desenvolvida em 64-bits vs 32-bits? Endereçamento de memória. É uma diferença muito interessante. Mas não significa que veremos diferença de PERFORMANCE chip a chip. Para fins de informação, o mercado mobile já estava para lançar processadores de 64-bits. Inclusive se forem ver, há notícias sobre o 64-bits que estavam sendo anunciadas antes mesmo do evento da apple. Pq? Porque a apple não é uma desenvolvedora de processadores, ela melhora as arquiteturas visando otimizações em cima do seu iOS. A migração para 64-bits está sendo motivada principalmente pela limitação no endereçamento de memória. No mundo android já existem celulares com 3GB de RAM. Em 2014 celulares com 4GB e mais serão lançados, ainda mais com a substituição da DDR3 pela DDR4 chips mais densos e mais baratos de memória irão surgir. Outra motivação é o mercado enterprise que começa a ver com bons olhos a arquitetura dos processadores ARM, pelo baixo consumo. Principalmente para o mundo da cloud computing.

    • Panino Manino

      Mercado de servidores.
      Na época aquele mercado precisava fazer a transição para os 64bits, por motivos de desempenho e memória. Intel e AMD ofereceram suas alternativas.
      A Intel ofereceu uma plataforma exclusivamente 64bits, com seus processadores ridiculamente caros, e que obrigaria todo muito a jogar TUDO fora, nenhum programa funcionaria, teriam que ser reescritos. A alternativa a AMD foi oferecer a mesma coisa, mais barato, só que mantendo compatibilidade total com o código atual, natural que a alternativa dela tenha sido a adotada.

      Não foi “marketing”, tem suas vantagens só, só que o usuário precisa rodar código compatível para tirar proveito.
      Isso é válido em qualquer situação semelhante.

  • wagner Lacerda

    Amigos preciso de uma ajuda, vou comprar o meu iphone 5s agora em outubro nos EUA e tenho a duvida quanto ao seguinte ponto, sendo comprado unlocked nas Apple Stores ou Best Buy preciso especificar se é pra AT e T ou T-Mobile?? e qual dessas duas operadoras é compativel com a rede brasileira. Grato pela ajuda.

    • Rodrigo

      Eu comprei o meu T-mobile, funciona perfeitamente aqui no Brasil, e tenho o mesmo chio habilitado lá quando viajo.

      • wagner Lacerda

        Obrigado Rodrigo, mas esse T-Mobile é vendido em lojas proprias ou na Apple e Best Buy??

        • Rodrigo

          comprei na propria apple, e até ja tinha o chip no aparelho, passei numa loja da T-mobile, comprei um credito eles ja habilitam na hora

  • Rodrigo

    Nossa, tudo isso, diversas discussões, para continuar vendendo mais e mais iPhone, onde a maioria das pessoas que tem usa para tirar foto, ler email, acessar facebook e jogar candy crush.

    • Matheus

      A Apple ta dando uma de Samsung agora, vendendo especificações, tendo em vista o que eu já vi no iOS7 Beta no iPhone 4S percebo que a experiência de usuário em termos de navegação no sistema(leia-se fluidez) ainda está melhor que a TW) mas não deixa de ser uma especificação desnecessária para o mercado atual.

  • iMax

    Aprendo muito com todos os comentários!!!
    Tem gente aqui q já deveria estar empregado na Apple…rsrs

  • Jorge Catarino

    Eu acho que o mundo está muito louco! Não estou falando só da Apple, mas sim de todas as empresas. Parece uma “lavagem cerebral” de um marketing agressivo e subliminar. Nos vendem coisas que são substituídas muito rápido e criam no usuário uma obsessão por trocar constantemente. Podem até dizer que a tecnologia evolui muito rápido. Mas não é essa questão que quero falar e sim de criarem uma “atmosfera” que dá ao usuário uma sensação de que ele tem que sair correndo para comprar o mais rápido possível um produto que ainda nem é uma necessidade prática para ele.

  • Ilex,comcordo que “uma revolução por ano não é possível”. Mas depois de 6,7 anos talvez……

  • Ilex,comcordo que “uma revolução por ano não é possível”. Mas depois de 6,7 anos… Talvez.

  • Rodrigo Medeiros

    Muito embora goste muito dos produtos apple (até pq tenho um Iphone), concordo com o Jorge Catarino quando ele menciona as artimanhas mercadológicas para inserir na consciência humana a sensação de obsolescência rápida combinada com a “necessidade” de aquisição de um produto em detrimento de ouro que fora recentemente lançado (como é o caso do Iphone 5 e, há algum tempo, do Ipad).
    É claro que vivemos num ambiente eminentemente capitalista, todavia, na minha concepção, é preciso ter muito cuidado com os excessos de consumo. Grande abraço a todos!

  • Rodrigo Medeiros

    Corrigindo o comentário acima: onde se lê “ouro, leia-se “outro”. Valeu galera!

  • Diego

    Eu já achei que a Apple mais uma vez deixou a desejar em termo de inovação.

    A evolução foi tão pequena em relação ao iPhone 5 que ficaria realmente estranho cobrar 100 dólares pelo 5 e 200 dólares pelo 5S.

    Nesse sentido, veio muito a calhar os 5C, assim fica mais justificado a diferença de 100 dólares entre ele e o 5S. O material utilizado.

    Se eu que tenho o 4S já vejo o sistema funcionar perfeitamente, sem qualquer lentidão, imaginem perceber essa diferença de processamento entre os 5 e o 5S.

    Acredito que as ações da Apple vem caindo nos dois últimos dias justamente pela certa decepção com as novas ferramentas apresentadas.

  • Thiago ALves

    Rsrsrrsrsrsrrs, a Samsung tb vai lançar um processador exymos 64bits…. eita inveja da apple srrsrsrrsrss… acho q o galaxy s5 será = um 5s rsssrsrsrrsrsrsrsrrs

    • Matheus

      Exynos é um LIXO, já tive um GNote1 e agora tenho o 2 com essa bomba, não recomendo, no GNote1 consumia bateria(DEMAIS) e esquentava um absurdo.

      No S4(3G) é consome muita bateria e esquenta bastante, e é mal otmizado via kernel.

      O Negocio é Snapdragon mesmo.

  • TioSam

    O povo fala abobrinha demais. 64 bits é melhor, mas não é isso tudo também, há desvantagens.

    Uma coisa que passou despercebido por todo mundo, é o fato do A7 ter 2x mais registradores de proposito geral e de ponto flutuante, isso sim faz muito diferença, menos hits na cache melhor desempenho em loops.

    64 bits vai beneficiar alguns tipos de aplicação, outros ficaram no mesmo. Decoders e encoder (vídeos) serão beneficiados, jogos nem tantos, pois jogos dependem mais do processamento vetorial, no caso dos 3D.

    A principal desvantagem da arquitetura 64 é o desperdício de memória, principalmente a nível de cache. Um valor que antes ocupava menos de 32 bits, agora terá 32 bits de zeros inúteis a esquerda ocupando espaço, isso faz muita diferença no acesso a cache.

    No mundo dos computadores o que levou a migração dos 32 bits para 64 bits, foi o aumento das memorias, logo necessitando de espaço de endereçamento maior.

    Não estou dizendo que 64 bits não presta, afinal se não prestasse, todo mundo usaria 32 bits até hoje. Mas dizer que é um revolução é tão exagero quanto quem fala que oito cores é revolução.

    Se eles tivessem mantido os 32 bits e dobrado o número de registradores já traria um enorme ganho, mas dobrar os bits dá mais marketing que dobrar os registradores.

    • TioSam

      Errata:

      Na verdade dobrar o número de registradores em uma arquitetura 32 bits não é tão simples. Pois o tamanho do opcode é limitado e precisaria de 1 bit a mais na instrução para dobrar os registradores. Para endereçar 32 registradores é preciso 5 bits, para endereçar 64 registradores é preciso 6 bits. Para colocar um bit a mais em instruções de 32 teria que mudar todo o instruction set do ARM, o que é inviável. Por isso surgiu o 64 bits, ai podemos ter 64 registradores de proposito geral e ponto flutuante. A maioria das arquiteturas RISC de 64 bits tem 64 registradores.

    • Daniel

      De pleno acordo. Ótima análise, corretíssima tanto em vantagens quanto desvantagens!

  • Daniel

    “Com menos núcleos, há um menor consumo de energia, o que influencia positivamente na bateria.”

    Engraçado você dizer isso, iLex, porque o número maior de cores sempre foi divulgado como redutor de consumo de energia, não só em celulares, mas em desktops e notebooks, anos atrás.

    Claro, ambos os lados (CPUs mais potentes vs mais cores) estão corretos, dependendo da natureza específica do trabalho a ser executado. Cores menos potentes esquentam menos, e dois cores separados podem, sim, consumir menos energia que um super-core que está executando as duas tarefas ao mesmo tempo. E se o clock dos seus cores é assimétrico (“acordar” apenas parte dos cores, evitando gastar energia com os outros para cargas de trabalho baixas), como a Qualcomm faz há anos, há um potencial bem grande de superar processadores com menos cores.

    Não que arquiteturas multi-core sejam automaticamente melhores, elas tendem a perder em *performance* cotidiana (apps não-especializados em processamento), mas sua afirmação vai contra anos de experiência em diversas arquiteturas e tipos de computador. Os ganhos de duração do A7 se darão por avanços na bateria e pelo design do SoC novo, não pelo número de cores.

  • Nao adianta ninguém vai entender q diabos é o 64 bits.. Deixem eles… Nao percam tempo discutindo com gente desinformada

    • Valter

      Também acho. Todo mundo ainda está meio em estado de choque com essa história. Vamos ver o que os desenvolvedores vão fazer.

  • Geraldo

    Não tenho mais dúvidas: O iPhone 5S é meu.

  • João Pedro

    Só espero que a arquitetura de 64 bits seja realmente útil, e não apenas marketing como os 8 núcleos do S4.

  • JanjaBoy

    É sempre muito relaxante ler os comentários do BDI.
    Estou com o fígado desopilado. 🙂

  • Erivan correia

    Muito bom essa matéria concordo plenamente enquanto a Samsung faz celular para os burro que acha que ter 8 núcleos em um celular vai fazer toda a a diferencia que no resultado final nao faz ( e como ter uma Ferrari em uma estrada de chão ) já que seus celulares nao tem o conjunto perfeito entre aparelho e sistema operacional a Apple estuda caminhos diferente que realmente possa fazer diferente o que já esta sendo diferente tanto que a própria Samsung já anucio vou copiar kkk e oque ela faz de melhor mais será que vai adianta ela copiar se seu sistema genérico andróid nao suporta uma arquitetura 64bit e onde eu digo prefiro qualidade que tamanho prefiro qualidade que 8 núcleos que no final apenas consome mas bateria .

  • Pedro

    Acho que o cara só quis dizer que a tecnologia 64 bits já existe em desktops, então trazer essa tecnologia para um chip de smartphone é adaptar algo que já existe, ou seja, inovação incremental.

    Correto?

    • Daniel

      +1

  • Panino Manino

    Rapaz, tem até alguns bons comentários, mas a maioria é tanta desinformação que nem sei como entrar ali no meio.
    Sei lá, me façam perguntas então para eu responder.

    • Matheus

      Panino Manino do Giz e do Elfen Lied Brasil que comenta no BlogDoiPhone também por aqui? Eita mundinho pequeno!

      Explique: Qual a real necessidade de um processador 64bit em dispositvos móveis?

      Pelo o que já percebi nas ultimas versões do SO Android o primeiro core na maioria das vezes fica em baixo processamento enquanto os outros ficam offline…O ganho seria, no caso do iOS que é supostamente mais leve que o Android pela forma que foi projetado.

      Explique por favor as hipoteses que apontei abaixo, se estão certas ou erradas.

      Hiposteses:
      Pelo processador carregar mais informações ter um gasto menor de processamento e bateria?

      Pela maior velocidade de processamento diminuiria as velocidades de clock do processador e assim economizaria mais energia tendo mais intervalos que o processador ficaria em DeepSleep(sono profundo)

      Ou não mudaria nada? Em determinados usos(como reprodução de conteúdo em HD com os devidos codecs teria um ganho, eu sei. Mas para o resto das tarefas é algo totalmente dispensável.

      Já acho o iPhone 5 extremamente rápido, tão rápido quanto o meu S4 e N2 com AOSP.

      • Panino Manino

        Eu por aqui?
        Poderia dizer o mesmo de você.

        Vou falar um monte de coisa tentando te responder e acrescentando pensamentos meus.
        Sim, um processador 64bits pode “economizar” energia em comparação a um de 32bits fazendo cálculos mais rápidos em situações muito específicas. A própria Apple falou que o benefício será em foto, vídeo e jogos principalmente. E por que isso? Porque são as áreas onde esses 64bits podem ser efetivamente usados. Existe vários tipos de variáveis usadas em um programa, e a maioria delas são variáveis de 32bits. Por isso um registrador de 64bits terá apenas metade dele ocupado sem nenhum ganho. Cálculos multimídia e gráfico como os usados por jogos usam variáveis de valores altos, que ultrapassam os 32bits, e ai sim esses 64bits podem ser úteis. Com outros programas não muda nada, o processador poderia ser de 128bits que não teria ganho nenhum. E lembre, por mais que isso ajude não vai ser muito, desde a arquitetura ARM Cortex A8 que esses processadores tem estruturas NEON de 128bits para esses cálculos multimídia.

        O problema, e sob alguns pontos de vista, “xis” da questão nessa discussão, é que artigos e impressões como essa aqui do iLex são extremamente exageradas e separadas da realidade.
        Talvez você tenha visto eu comentar no Giz que “as pessoas precisam entender algo chamado ‘Tendência de Mercado'”. O iLex faz parecer como se a Apple tivesse inventado o processador ARM 64bits, e que o “outros” vão copiar, o que é ridículo. Como ele mesmo menciona inacuradamente, o A7 é um processador que integra o conjunto de instruções ARMv8, que é um conjunto de instruções 64bits, é isso junto com os registradores que faz a coisa funcionar. Essa arquitetura é licensiada da ARM Holdings, como todas as outras fabricantes de chips ARM fazem. O caso dos processadores da Apple é o mesmo dos Snapdragon da Qualcomm, ela compra a licença da arquitetura e toma de base fazendo mais ou menos alterações segundo suas necessidades.
        Como eu falei de tendência de mercado, a tendência é que os SoCs ARM para dispositivos mobile, principalmente smartphones farão a transição para 64bits a partir do ano que vem. Isso está no roadmap 2014 a anos. Não foi mencionado que é a Samsung que fabrica os chips da Apple, os A7? Isso é porque ela não tem fábricas de semicondutores, a Samsung tem, sendo talvez a maior desse ramo em algumas áreas, e se o SoC da Apple é litografado com a técnica High-K Metal Gate para uasr menos energia é graças a Samsung que masterizou a técnica. Também a Samsung já tem chips ARM Cortex A57/A53 de 64bits funcionais a meses, ela ainda não usa porque não tem utilidade, afinal, o Android não é compatível com 64bits, e isso depende exclusivamente do Google. É só nisso que a Apple leva vantagem, devido ao modo como ela funciona. A Apple mesmo faz por si pouca coisa, tendo tendo de cuidar dos detalhes, todos bonitinhos, não perder tempo com coisas dos outros que não quer usar, e para todo o restante ela contrata outras empresas e compra suas peças ou encomendas com pequenas personalizações para atender aos desejos de seus consumidores.
        E veja só que ironia, eu vi aqui se não me engano o “Max” diminuir a transição que a AMD fez para o x86_64, dizendo que é diferente e errado. Tem uma pegadinha nessa história, porque além do que ele dito ser impreciso, depois que a Apple comprou uma pequena desenvolvedora de chips para poder projetar seus próprios SoCs, ela contratou um engenheiro da AMD para ser o encarregado de liderar o time, ele era um dos membros do time de ouro da AMD em sua melhor fase anos atrás. No final do ano passado ele voltou para a AMD, e posso dizer com segurança que ele deve ter contribuído muito para a criação desse A7. A Apple é assim, funciona desse jeito, mesma história o leitor de digital que é da mesma empresa que fez o leitor do Atrix Dual-Core. Comprando a companhia ela assegurou com exclusividade para ela a tecnologia mais avançada do mercado a época ao mesmo tempo privando a concorrência. E assim por coordenar empresas em sua maioria e se concentrar em fazer pouco, que ela consegue ter esse domínio e harmonia entre hardware e software. É por isso que ela conseguiu equipar primeiro um iPhone com um processador 64bits, porque não tem que esperar ninguém portar parte do código (vale mencionar que ele “ainda” é um processador 32bits). Voltando a citar a AMD, quando ela introduziu o Athlon Dual Core teve MUITOS problemas com o Windows, porque a Microsoft era lenta para acompanhar, o sistema não reconhecia e usava os dois cores corretamente por mais que a AMD se esforçasse fazendo drivers. Depois quando introduziu o Cool’n’Quiet para gerenciamento de desempenho e energia mais inteligente levando em consideração a temperatura, mais problemas com o Windows que era burro e não entendia o que o processador queria fazer.
        Imagine qualquer um colocando um processador com instruções novas em um Smartphone com Android antes de o Google adicionar suporte? Não adiantaria nada, e pior, poderia provocar sérios problemas.
        Mesmo assim, as fabricantes se esforçam bastante. Ao contrário do que dizem, adicionar mais cores funciona sim, não é mito não, o problema é que querem comparar processadores diferentes em sistemas diferentes.

        Os processadores que a Apple usa e faz (a arquitetura Swift é excelente) são muito bons, o iOS tem bom desempenho, é suave, mas se você for reparar, o Nokia 808 com Symbian Belle, um sistema pesadamente multitarefa consegue funcionar muito bem em um processador ARM11 de 1.3GHz ultrapassadíssimo com apenas 512MB de RAM. Já viu vídeos dele fazendo multitarefa? Com 20, até 40 programas abertos, abertos MESMO, e que não fecham de jeito nenhum se o usuário não fechar manualmente (eles podem ficar semanas ou meses abertos), sem travar, e ainda com memória livre? Isso te dá um exemplo de como essas comparações entre iPhone e Android pode sem enganadoras.
        Falam mal da Samsung de usar um SoC “Octa”. Bem, a ideia de criar um SoC assim não é “dela”, é da ARM Holdings e tem vantagens claras. Um conjunto de processadores mais fracos que consumem uma fração de energia dos processadores mais rápidos. A ideia não é ter um desempenho bruto, é ter uma gama maior de desempenhos, para cada situação, e beneficiando de um conjunto mais fraco e mais forte ao mesmo tempo. Por acaso o Galaxy SIV tem autonomia de bateria pior ou melhor que a do Galaxy SIII? É melhor não é? E por uma margem muito expressiva, então “funciona”. Mesmo na versão com 4 cores Snapdragon, as pessoas parecem pensar que eles funcionam o tempo todo no limite, e não é assim. Se forem medir, velocidade média que ele funciona é 1.3GHz, 100 acima do A6 e igual ao A7. Já seria o bastante, o sistema é muito fluído, tem gente que lança ainda hoje aparelho para disputar mercado com “só” dois cores e se sai muito bem, mas não necessariamente tem uma autonomia melhor que o SIV, por que, se “deveria gastar menos energia” já que tem menos cores? Pense nisso.
        E claro, assim como o iOS funciona muito bem com 2 cores, o Symbian funciona muito bem com um processador praticamente fora de linha, isso acontece porque nos dois casos as necessidades dos sistemas estão sendo supridas. O Android sendo um sistema diferente tem necessidades diferentes. Acho que ninguém aqui discute que o Android tem uma interface e multitarefa muito mais exigente que o iOS por mais que insistam em má otimização. iOS tem multitarefa passiva, evita fazer “coisas” ao mesmo tempo em segundo plano, Android é o contrário, o iOS tem uma interface “fixa”, Android é totalmente customizada, a interface é algo que pode ser arrancada do sistema e trocada por outro, não sendo baseada em atalhos e fazendo forte uso de elementos dinâmicos. Ai nesse caso mais poder de processamento é necessário, mais cores dividindo o processamento é benéfico.

        E novamente tenho que tocar no papel do Google, que muitas vezes não atende as necessidades de cada fabricante. Dai cada uma precisa fazer suas modificações na medida do necessário, com maior e menor sucesso que outros.
        O Nexus 4 é aprovado pelo Google, e mantido pelo Google. Quando lançou com Android 4.2 tinha duração de bateria questionável, MUITO inferior ao Optmus G que é irmão dele, ao ponto de ser gritante. Com a atualização para Android 4.3 o Nexus 4 teve um grande boost em autonomia de bateria e se igualou ao Optmus G ao que parece pelos comentários. Vê como não é fácil criticar a Samsung por exemplo por customizar tanto o Android? É para ter um melhor desempenho, além de oferecer mais funcionalidades.

        E aqui acho que podemos tocar na questão de inovações uteis da Apple, que só a Apple inova e só ela inova de forma relevante.
        Isso é ridículo.
        Falam do M7 como se fosse uma revolução, quando não é, é outra tendência de mercado, o Moto X tem DOIS deles. Essa tendência vai além do mobile, as APUs da AMD procuram seguir uma filosofia modular, até a Intel se rendeu a isso na IFA. Os consoles novos são todos pensados em arquitetura modular, com processadores e DSPs auxiliares de todos os tipos. A “inovação” da Apple foi fazer a caridade de dar acesso ao M7 aos desenvolvedores, isso vai ser uma mão na roda quando ela quiser fazer o tal SmartWatch, se ela usar esse M7 nele os desenvolvedores já estarão prontos para fazer programas para ele. Mas novamente, qualquer um poderia programar para o Exynos presente no Galaxy Gear, o Toq da Qualcomm usa um Cortex M3…
        A bem da verdade, sendo sincero e justo, inovação depende do usuário. O que a Apple traz não é “inovação” pra mim, se inovação for ser útil. Muita gente acusa a Samsung de encher o Galaxy de “gimmicks inúteis”, sério? Tem MUITA coisa ali que seria muito útil pra mim (celular com tela grande, na mesa, enquanto trabalho), como smartpause por exemplo, ou Voice Command que eu posso fazer o aparelho fazer coisas falando com ele sem precisar apertar nenhum botão, vários gestos e ações automatizadas. E vale ser notado que o SIV tem tudo isso, inclusive monitoramento das atividades do usuário sem fazer uso de nenhum processador adicional sem sacrificar bateria. Então, gimmick?
        Tudo isso, e muita coisa de outras fabricantes, são úteis para alguns e não para outros. Algumas funções depende do uso para saber se é útil para você ou não. Tem gente que diz que Active Display do Moto X (que Symbian sempre teve!) é inútil, ou que desbloquear com dois toques na tela do LG G2 (Symbian e Meego!) é inútil. Para você, seria útil ou não? Para alguns inovações e utilidades são coisas simples, para outro mais complexas.

        Acho que eu estou me estendendo muito, já estou meio perdido, e sinto que posso não ter respondido tudo que me pediu.

        Em uma última nota, afirmações como essa aqui nessa postagem, que encontram ecos opostos em outros locais, são prejudiciais para nós consumidores. Se presta atenção demais no seu time, se faz muito esforço para defender seu time, enquanto isso pode se esquecer de prestar mais atenção no vizinho, conhecê-lo de verdade, ver com as desvantagens e vantagens para você, e no fim sai por ai afirmando coisas totalmente infundadas.
        No geral todas as fabricantes do mobile estão seguindo um mesmo caminho, seguindo as mesmas tendências, usando as mesmas tecnologias, são muda o toque final de cada uma, e é esse toque tudo o que os consumidores que compram os aparelhos veem.

        PS1: não encaixei no texto, mas vou mencionar aqui. 64bits certamente não é para o A7 usar mais de 4GB de memória né? iPhone sempre tem pouca memória, e o processador nem precisaria ser necessariamente de mais de 32bits para isso. Só vai ajudar o Iphone 5S a demorar mais tempo para ficar defasado (em processamento) e serve de teste caso a Apple queria usar processadores próprios em seus Notebooks.
        PS2: do jeito que ficou grande, pode conter erros.

  • Flavio

    Tem limite de iphones para comprar no dia 20 nos eua ?

  • Claudio

    Valeu ilex! Mas conte para gente tem como descobrir uma lista de apps otimizados para esse processador em algum lugar aqui no blog ou na AppStore?