AppleNotícias

Apple volta a participar da Black Friday, mas não no Brasil

Poucos sabem, mas a Apple foi a primeira empresa a trazer para o Brasil a tradição do Black Friday, em 2009. Desde então, outras empresas aqui também começaram a adotar o dia promocional e hoje é algo comum em todo o comércio. O “Dia Especial de Compras” era a única época do ano que a Apple fazia promoções de seus produtos.

Mas por alguma razão, em 2014 e 2015 a Apple não participou do Black Friday. E ela nunca comentou o motivo.

Agora, em 2016, ela volta com seu Dia Especial de Compras em diversos países.
Menos no Brasil.

O banner promocional já está em diversos sites, como o dos Estados Unidos, Itália e Portugal. No site brasileiro, nada aparece, e a página nem existe.

blackapple2

É uma pena que não teremos descontos este ano. Muitos reclamavam que a baixa de preço era irrisória (por vezes era de R$100, R$200, e em caso de Macs chegava a R$500), mas para quem está já decidido a comprar um produto Apple, todo desconto é sempre bem-vindo.

Eu me pergunto a razão de termos ficado de fora deste dia especial de compras. Em nossa análise do preço do iPhone 7 no país, percebemos que houve certo esforço da empresa em trazê-lo com um preço menor que nos outros anos (visto que o custo que ela tem é em dólar). Talvez os produtos aqui, super taxados e atrelados ao dólar, já estejam com um preço “sem gorduras” para que não fiquem com um valor estratosférico para o consumidor nacional, e por isso espremer ainda mais estes preços no Brasil seria bem complicado para a empresa. Mas é só uma teoria.

Ficamos sem a Black Friday na Apple. O jeito é aproveitarmos o dia em outras lojas. 😉

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados