Opinião

[opinião] Nunca paguei tão caro em um iPhone quanto agora

É, está cada vez mais difícil ser um usuário da Apple no Brasil. Logo eu, que sou cliente desde a década de 90, quando ter um computador da Maçã era um luxo para poucos loucos. Afinal, por que pagar tanto por um computador, se dava para comprar um Wintel montado, por um terço do preço?

Mas confesso que, de todos os anos, 2015 foi o que mais me doeu no bolso. E explico porque.

iPhone 6s

Produtos da Apple sempre foram caros, no mundo todo. Conversando com um amigo essa semana, ele chegou a dizer que “o pessoal reclama dos preços da Apple desde 1984“. É verdade.

Mas o fato é que sempre valeu a pena. Dificilmente nos arrependemos de comprar um produto Apple; pelo contrário, basta comprarmos o primeiro para logo querermos comprar outros. E isso não é coisa de fã alienado que fica cego com a marca, mas sim o prazer de ter um produto que preenche nossas expectativas e oferece uma qualidade superior.

Porém, atualmente está bem difícil comprar produtos da Apple, principalmente para quem mora no Brasil. Eu já morei fora e, por muito tempo, comprei iPhones por um valor que representava um terço do meu salário mensal, o que era ótimo. Hoje, vivo no meu país natal, sentindo na pele o peso de ter produtos da Apple aqui. Mesmo assim, os continuo comprando lá fora, até por questão de calendário (visto que são lançados primeiro lá). E o preço sempre foi bem menor.

No ano passado, foi a primeira vez que paguei mais de R$2.000 por um iPhone no exterior. Era um iPhone 6 de 64GB, que me custou R$2.200, convertendo no câmbio de 2014. Na época achei o valor caro, mas sabia que no Brasil iria custar o dobro, então me conformei.

Mas por que estou contando todos estes detalhes? Porque o valor do iPhone 6s este ano me doeu o coração. Nunca fiquei tão mal em comprar um iPhone.

Com nossa cobertura este ano, compramos nossos aparelhos em Londres. Reservamos na pré-venda e esperamos pacientemente nosso querido 6s. Mas confesso que fiquei deprimido e até mesmo assustado quando, uma semana depois, a conta caiu no cartão de crédito: R$ 4.227,99.

fatura

QUATRO MIL REAIS por um iPhone comprado fora do Brasil. NUNCA vi isso em todos estes anos. É quase o dobro do que eu paguei pelo modelo similar no ano passado. Um aumento absurdo. É bem verdade que o fato de ter comprado em Libras fez o preço ficar maior, mas mesmo assim, nunca foi tão caro comprar produtos na Europa.

Apavorado, eu cancelei a compra em Londres para tentar comprar um nos Estados Unidos com o câmbio “menos” alto. Consegui e paguei pelo mesmo aparelho R$ 3.600. Mas ainda é alto demais! Um aumento de 63% em relação ao iPhone de mesma capacidade no ano passado. Um absurdo!

Eu posso dizer que a culpa é da Apple? Que ela está sendo gananciosa nos preços e achando que eu sou palhaço? Claro que não, seria patético eu afirmar isso, porque o preço que ela está cobrando lá é exatamente o mesmo do ano passado. Então, o que mudou?

A resposta está nas notícias e jornais diários desde o começo do ano. Uma crise política e econômica que fez, entre outras coisas, o preço do dólar disparar no país. E tem que ser muito ingênuo para achar que isso não iria se refletir nos preços da Apple aqui.

Talvez você tenha começado a ler este texto achando que o título se referia aos preços praticados no Brasil. Mas o que eu quero lhe alertar é que a conjuntura é muito mais complexa do que simplesmente imaginar que um bando de engravatados na Apple se reuniu em uma sala para decidir, da noite para o dia, aumentar os preços só porque são gananciosos e querem ficar mais ricos. Seria bem infantil pensar assim.

Apple Store Morumbi

A Apple Brasil reajustou esta semana seus preços, inclusive o da Apple TV antiga que não mudava desde 2011. E, como sempre, leu-se pelas redes sociais comentários indignados, com alguns até pedindo ao próprio Tim Cook para que a Apple desistisse de vender produtos no país.

Até aí, nada diferente do que já estamos acostumados há anos. O mimimi é ciclico e repetitivo.

Mas o que assusta é que, desta vez, os preços estão estratosféricos, chegando a um patamar que muitos de nós já não consegue alcançar. Os preços dos importados (mesmo comprando lá fora, como foi meu caso) está absurdamente caro quando convertido para Real. Pagar por um computador o preço de um carro usado não é algo que faça sentido em nenhum lugar do mundo.

O que eu quero dizer com tudo isso? Minha intenção não é defender a Apple e nem dizer para você esquecer tudo e continuar comprando. Não teria nenhum cabimento isso. Só quero alertar você que o buraco é mais embaixo. Eu não fiz cálculo nenhum para saber se a maçã está sendo justa ou injusta neste aumento. O que eu vivi, na pele, foi um aumento de 63% no preço do mesmo produto, de um ano para o outro. E isso sem a Apple precisar aumentar nada.

Falar do aumento de forma isolada, como alguns sites estão fazendo, não é a maneira correta de analisar a situação e, claro, faz com que alguns fiquem indignados com a empresa, como se ela fosse a responsável pela situação do país. A prova de que não é bem isso está no meu caso de compra do iPhone lá fora.

O engraçado é que, antes mesmo deste atual aumento, meu discurso já era exatamente o mesmo. Na edição do mês passado da Revista iThing, eu falei tudo isso no editorial, inclusive com algumas palavras usadas neste texto. Eu sou vidente? Não, apenas usei a lógica. E você também pode escolher entre adotar o discurso pasteurizado da manada das redes sociais, ou pensar por você mesmo e analisar melhor o que acontece à sua volta.

A título de informação, no mesmo dia a Apple aumentou os preços de seus produtos também na Noruega, Malásia e Nova Zelândia, também para se ajustar ao câmbio. Isto não é exclusividade do Brasil, apesar de, no nosso caso, os valores estarem bem mais pesados.

Cada um sabe onde aperta no próprio bolso. Se os preços estão pesados para você, não compre. Simples assim. E reze para a situação política do país melhorar algum dia.

Conteúdo original © Blog do iPhone

Tags
Mostrar mais

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos Relacionados

  • Willian Mazzardo

    acho que a imagem do post podia ser alguém entregando rins, fígado (pra quem não bebe e não usa) ehehehe… to de boa com meu iPhone 6 que comprei esse ano através de uma promoção na operadora, no plano empresarial … pra mim não saiu mais que 800 reais o iphone .

    Só comprei por que foi muito acessivel. Mas não me arrependi, apesar de sentir falta das modificações permitidas no Android e não ter isso no Iphone … mas a integração dele com meu MacBook é de outro mundo … não troco !! ehehehe

    Abraço

    • Allan Gomes

      Essas modificações dá pra fazer com Jailbreak. Pra você ter uma ideia, com Jailbreak você pode até mudar o comportamento de alguns app. Ex: Você pode congelar sua visualização do Whatsapp, Duplica-lo, alterar o icone dele. Fora instalar temas e milhares de outras coisas.

    • Qual seu plano amigo?

      • Willian Mazzardo

        Eu tenho um plano empresarial com 12 linhas … ai eu ganhei um desconto de R$ 600,00 em cada linha para trocar de smartphone, aí o que eu fiz: Comprei 10 aparelhos smartphones android simples de R$ 300,00 cada, um Iphone 6 e um Motorola Moto X 2014, ai eu ganhei R$ 3.000 só nos 10 simples. Eu sei que minha parcela de todos os aparelhos com o Iphone e o Moto X ficou em 130 reais se nao me engano, em 24x. Vendi o Moto X para um parente, por R$ 50,00 por mes, me sobrando 80 por mes … 😉 dá um pouco mais do que eu anunciei ali … mas mesmo assim é barato!

      • Molinaro

        Com certeza aqueles mais caros

        • Uso 2 planos Oi Conta Total 4+
          Pago R$420 por mês por 8 chips +2 fixos com internet de 10 MB
          Porém nunca consegui juntar pontos para trocar por um iPhone…

          • Molinaro

            talvez em um plano que vc pague 1000 reais por mes vc consiga rs

            • Willian Mazzardo

              Tem um plano da VIVO pra pessoas fisicas, o Vivo V, com internet de 20gb, litacoes ilimitadas pra qualquer celular ou fixo, de qualquer operadora … o custo é de R$ 999,00 e um iphone 6 sai por 1499.

          • sheldonDS3

            Não é um plano tão caro….

            Pagava mais do que isso num plano família da vivo, com 4 linhas….

          • rjlgarcia

            Amigo tenho certeza que você não estas fazendo a coisa certa nestes pontos. Pois com um plano muito inferior peguei o iPhone 6 por 1800.
            Primeiro você tem que juntar pontos do cartão de creditos e transferi para o múltiplas. Procure juntar km de vantagem, a transferência e paga. Mas quando falo que o o telefone me saiu a 1800 e porque estou computando com o que eu gastei com minhas transferências. Transfiro 500 km para ter 2000 múltiplas pagando 55 por mês depois de varias transferidas o iPhone ficou disponível por 550 reais (1800 contando com as transferências do kmdevantagem para o multiplus)
            Ai entre no site : http://www.pontosmultiplus.com.br/store/oi
            Se você tiver acumulados bastante pontos no cartão o iPhone vai sair bem mais em conta
            Dica, quando for comprar alguma coisa no walmart, ponto frio, dafiti, netshoes entre outras entre pelo portal múltiplas pois vai sair bem mais em conta.
            A proposito usei 67000 pontos e mais 5000 pontos oi para pegar o iPhone 6 por 550 e ainda fiquei me gabando. Pois ninguém precisava saber dos km de vantagem, e eles adoram ficar se gabando que comprara fora, pois eles tem a oportunidade de viajar a serviço pela firma e eu não.

      • Luiz Jorge Bolognesi

        Em “plano” não existe milagre.

    • Luiz Carlos Rodrigues

      Lol

  • Vinicius Toledo

    É meus caros amigos, enquanto essa crise econômica-política não passar, nós vamos pagar o pato sim.
    Todos nós amantes de tecnologia, seja produtos apple ou qualquer outra coisa, estamos passando por uma fase difícil, o jeito é realmente esperar…

    • Marcus Malacarne

      Se fosse só o iPhone novo que eu não pudesse comprar, estaria tranquilo. Eu sobrevivo sem… Mas a situação está caótica em vários outros sentidos.

      Na empresa que trabalho por exemplo, uma indústria de equipamentos para avicultura, cerca de 60% dos ítens que compõe nossos produtos são importados, logo essa imensa desvalorização da nossa moeda implica diretamente no nosso custo, e pra ajudar o BNDS não está liberando praticamente nada de investimentos nessa área, ou seja, a empresa está quase que parada.

      É foda isso, um país como o nosso, que tem tudo pra ser uma grande potência, se ver devastado pela incompetência e robalheira dos seus gestores.

    • Cassio Delmanto

      o meu medo é que a crise passe, e os preços fiquem… hahahaha… o que é bem provável que aconteça…

      • Estanislaw Duarte

        KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • Tami Otani

        Exatamente oq eu penso… Crise passa. Canalhice não…

      • Felipe

        31 anos de vida. Nunca vi preço baixar no Brasil. Ou seja: o novo patamar de preços de iPhone no país é o que vai entrar quando chegarem os iPhones 6s. Espero estar errado.

  • Ricardo Oliveira Andrade

    Vou tentar comprar o 6 ou 6 plus, a única coisa que me faria falta é a filmagem em 4k, muita cosia pagar sei la, 5mil isso falando com otimismo, no paraguai o 6s ta custando 3049.

    • Guilherme Paviani

      Ainda sim está bem caro Ricardo. Meu 5s, quando compra paguei 1950 no Paraguai. Isso logo que chegou na compubras. To vendo que esse ano o papai noel não vai trazer nenhuma maça não kkkk vou ter que esperar ano que vem !

      • Ricardo Oliveira Andrade

        Se alguém trouxer maça aqui em casa, vai ser a bruxa da branca de neve, porque I Alguma coisa, nem pensar

  • Adriano Merhere Moreira

    Olha, não fiz calculo nem nada. Mas o que revolta no Brasil e o povo culpa a Apple é que apenas na sua conversão de dólar vc pagou 63% a mais lá fora. E aqui no Brasil a Apple aumenta 150% o que revolta.

    • Steiner Jardim Neto

      Não é culpa da Apple, como no texto diz estamos em uma fase péssima de economia e política, além do mais os valores aqui no Brasil aumentão de uma forma bizarra por ter mais de 500 tipos de taxas.

      • Cassio Delmanto

        Concordo que todo o preço não é culpa exclusiva da Apple. Entretanto, ela é famosa por sua margem de lucro bem rechonchuda. Hahaha. Costumo citar o exemplo da Montblanc, a grife de luxo que fabrica canetas e relógios. Há um tempo saiu uma entrevista com o presidente da Montblanc no Brasil, e ele disse que a empresa cortava uma fatia enorme da própria margem de lucro para deixar os produtos mais próximos ao preço no exterior e assim incentivar a compra no Brasil. A Apple já não pensa assim. A Apple não precisa pensar assim. Então, sim, uma parte dos preços é sim culpa da Apple.

        • João Bragança

          Me desculpe, mas a Apple NÃO tem que cortar a fatia dos lucros DELA que são méritos únicos e exclusivos DELA para se adequar à realidade de um país onde qualquer empresa tem um grande sócio: o Governo! E não são só as empresas não. Os próprios contribuintes também trabalham em média 4 meses para “dar” seu dinheiro ao governo que quase não reverte os impostos pagos em benefícios para nós.

          Lembrando que neste caso citado no artigo, o preço do iPhone é apenas a conversão direta, sem as inúmeras taxas cobradas pelo governo aqui.
          Os preços com aumento da Apple refletem aqui também as inúmeras taxas que são cobradas. Não estou defendendo a Apple, mas sim meu direito como empreendedor e empresário. Se alguma coisa tem que mudar aqui, são as taxas absurdas cobradas para pagar carros executivos, cartões de créditos ilimitados, cortes de cabelo a preço de iPhone e por ai vai. Abaixar a sua fatia de lucro para beneficiar o comprador, infelizmente nesse caso representa deixar o governo com ainda mais motivos para continuar fazendo o que sempre fez.

          • Cassio Delmanto

            Cara, você é empresário e deve saber melhor do que eu. Citei apenas uma estratégia de sobrevivência da Montblanc dentro do país para manter suas atividades aqui e não concorrer com ela mesma no exterior. O que mais se vê é gente comprando coisas da Apple fora do Brasil. Todo mundo que eu conheço que tem um MacBook trouxe do exterior. É evidente que o Brasil tem uma política totalmente predatória em termos fiscais. Produtos importados são taxados sem dó nem piedade. Mas Brasil é isso. Povo xinga e faz panelaços e passeata para presidente e só. Mas na hora de votar deputado e senador, que é quem realmente faz a roda andar, colocam palhaço Tiririca, colocam Cunha colocam Collor. Então, é mais fácil cortar um pouco do lucro do que mudar a mentalidade do brasileiro. Agora temos uma múmia na presidência e vemos todo dia nas notícias de como a máquina política e de influências é quem manda qualquer coisa ali no Congresso. Ninguém ali quer saber do povo ou do que é melhor pro país. Só querem saber de suas próprias sobrevivência dentro do mundo politico.

            • Carlos Dasmer

              Quando falam (não só você) que a culpa é de quem não soube votar, fico pensando, – Nossa devia ter um politico maravilhoso lá e não o escolheram, preferiram o palhaço do que o cara correto. – Mas gente, não tínhamos e não temos políticos maravilhosos ou corretos, entrou lá é pra roubar, faz parte da cultura, parem de culpar uns aos outros e entendam que ta tudo dominado, a politica do nosso país é um câncer, que já deu metástase, tá tudo tomado. – Sinceramente, não acho que foi erro de voto.

            • Cassio Delmanto

              Carlos, em termos, concordo totalmente com você. Os principais políticos brasileiros são políticos de profissão. São pessoas totalmente viciadas pela patuscada que é a política no Brasil, sobrevivendo de apadrinhamentos, coligações e imagens montadas para ganhar votos. E isto é horrível. Tanto que nos EUA, até mesmo lá, o Donald Trump vem liderando as pesquisas eleitorais justamente porque, apesar de seus comentários polêmicos e absurdamente conservadores, ele representa o ideal de alguém que vem ‘de fora do mundo político’. E você poderia até dizer que o palhaço Tiririca também veio de fora do mundo da política. E é verdade. Mas ele foi colocado lá para chamar voto e levantar junto vários outros candidatos do partido dele. Ou seja, ele não veio de fora como alguém que queria mudar algo lá dentro. Lembra do “você sabe o que um deputado faz? nem eu!”? Ele veio de fora criado por gente de dentro.

              Eu realmente queria ver esses jovens que tomam reitorias de universidades, marcham pela liberação da maconha e contra o governo se candidatando e se colocando à disposição para o mudar o país. Mas o problema é que estas pessoas, normalmente, não atraem atenção de partidos políticos, e assim, acabam tendo pouca visibilidade na época das eleições.

              Então, se existe candidato honesto (maravilhoso acho meio difícil de achar), existe com certeza. Mas estão escondidos por detrás de candidatos de nomes famosos, herdeiros de famílias políticas, e eternos políticos de profissão. Ai, quando vem um nome realmente exótico em uma campanha com força, como o Tiririca, que é vendido para mexer com o status quo, se descobre que na verdade é apenas um fantoche montado para atrair muitos votos e carregar gente com ele.

            • Mas isto acontece com todos !! Se você se candidata vc leva um monte junto com vc ! Isso é Brasil !

            • Marcelo Ventura

              Exato exato exato João!!!!!
              Não é a apple…é o Brasil.
              Cassio, comparar a montblanc a apple como marca de luxo (no brasil pq lá fora apple não é tao luxo assim, não mesmo) pode ser traiçoeiro….

              Basta comparar caneta, relógios, a um smartphone. Qual desses todos (inclusive a massa) usa mais?
              A montblanc deve cortar seus lucros pra sobreviver, do contrário não tem montblanc no Brasil.
              Já a apple tem sua fatia garantida. Talvez eles tenham problema em 2017…que virão mais reflexos da crise.
              Pro carlos aqui de baixo: não foi erro de voto. Foi burrice mesmo. Massa de manobra, bolsa isso e aquilo.
              E outra, os brasileiros em geral não buscam um político correto. Eles querem jesus cristo. A prova disso é que quando o cara é correto no político (jair bolsonaro) a mídia cai em cima de defeitos e opinioes pessoais do cara. Aí fica difícil…..

            • Estanislaw Duarte

              Oh louco! Correto politicamente? kkk O cara so faz barulho, parece o Feliciano kkk

            • Marcelo Ventura

              Acompanha os projetos dele po, dá uma olhada nos vídeos, não custa nada se informar! 🙂

            • Estanislaw Duarte

              Ok, mas acho ele parecido com qualquer outro representante militar, acha que resolve tudo com violência.

            • Cassio Delmanto

              Bem apontado, Marcelo. Concordo que são categorias de produtos e marcas totalmente diferentes, com expectativas de vendas que devem ser diferentes também (estou chutando, não trabalho com isso para afirmar).

              Mas falei mais no sentido de que a Montblanc – como qualquer outra marca que venda produtos de luxo – acaba competindo consigo mesmo no Brasil, já que quem tem grana para bancar essas coisas, muitas vezes acaba aproveitando e trazendo do exterior. E afim de evitar isso, a Montblanc optou por reduzir sua margem de lucro e ganhar na quantidade, já que o pouco à mais em relação ao preço no exterior compensaria com a vantagem de se poder dividir e tal.

              Quanto à Apple ser uma empresa de luxo, ai é uma discussão interessante. hahaha. Eu acho que quando os produtos da Apple eram ‘cof-cof’ levemente mais caros que os concorrentes, havia uma vantagem em relação à qualidade. Hoje, dependendo do produto, pode custar 3, 4, 5 vezes mais que um concorrente. Fora que as revendas autorizadas Apple vem sendo assaltadas em shoppings brasileiros, no maior estilo de roubarem joalherias. O que é fato, é que a Apple não possui produtos baratos em lugar nenhum. O que diferencia é o quão mais caros eles serão de um lugar pro outro.

            • Marcelo Ventura

              La embaixo tem um comentario meu explicando o porque da apple nao ser cara la fora….e que a comparaçao entre países deve ser feita com cautela. Se puder ler e comentar….

            • Zé Miranda

              O QUE?????????????????
              O ESTUPRADOR???????????????
              só pode tá de brinks….

              Acabou a moralidade desse povo mesmo, não tem mais jeito

              Vc não tem mãe cara??? irmã?? mulher?? Como que vc dá ibope pra um sujeito asqueroso daqueles????

            • Marcelo Ventura

              Por que voce dizer que uma pessoa nao merece ser estuprada significa que outras mereçam?

            • barbazul

              Marcelo, significa sim. Quando eu digo “você não merece atenção”, eu estou supondo que, entre várias pessoas, você é a que merece, enquanto as outras não merecem. Quando eu digo “você não merece atenção”, significa que entre várias pessoas, você é uma que não merece atenção, enquanto outras podem merecer.
              Isso se chama “pressuposto”, ou “discurso implícito”. Não é à toa que o Bolsonaro foi condenado pelo tribunal a pagar indenização. Uma indenização pequena, comparado à ofensa que ele fez a todas as mulheres, especialmente as que já sofreram violência sexual.

            • Zé Miranda

              Fala sério,
              Tem gente que lincha moleque (geralmente preto, pobre e favelado) pq bate 1 carteira na praia do RJ e um cara que ofende em rede nacional TODAS AS MULHERES DO BRASIL, DIZENDO QUE UMA FEIA NÃO MERECE SER ESTUPRADA – E AS GOSTOSAS SIM – as pessoas batem palmas…

              Isso mostra que no Brasil 99% são hipócritas

              Aquela excrescência humana sim é que deveria ser linchada..

            • Rasico

              Ah não, voce não está defendendo aquele homofóbico doente né? Ele pode acabar com a fome no mundo e encontrar a cura do cancer pois pra mim ele sempre será um ser humano inválido.

            • barbazul

              Bolsonaro é um político correto? O cara que faz piada com estupro em plena Câmara dos Deputados é correto? O cara que elogia a ditadura militar e diz que os parentes dos mortos na ditadura deveriam parar de se importar com isso, porque quem procura osso é cachorro, é correto? O cara que, quando questionado se já recebeu dinheiro ilícito, prefere ficar calado e dá uma risada de deboche é correto? O cara que em 30 anos de câmara, recebendo salários altíssimos pagos com o dinheiro público, só conseguiu elaborar UM projeto de lei, e até um projeto irrelevante, na prática, pra sociedade brasileira, é um bom político? Um cara que passa 30 anos dentro do congresso só fazendo piada, zombando dos outros, atingindo o direito dos outros e cuidando de aspectos pessoais dos outros que não lhes dizem respeito, sem trabalhar, é correto? Que está do lado de CUNHA é correto?
              Sinceramente, cara. Dê uma estudadinha sobre política, se informe mais um pouco e redefina seus conceitos de “político correto”, porque sua mentalidade tá MUITO deturpada pelo discurso desse senhor Bolsolixo.

            • Marcelo Ventura

              Não creio que mandar estudar seja um argumento válido….não adianta algumas pessoas reclamarem do nivel de debate presidencial se as discussões sobre política envolvem adjetivos grosseiros como mente deturpada, e repúdias que nao se enquadram ao nível mínimo de educação…..
              Por que voce nao comprova seus argumentos com links de videos, paginas de noticias….principalmente de que o cara nao trabalha. Diz pelo menos assim: to com ele 24 horas por dia…
              Entao quer dizer que é dizer que a mulher merece ser estuprada?
              Pois bem….se estao todos os politicos pegam uma pessoa e dizem que ela é burra, quer dizer que todas as outras sejam burras so pq sao pessoas? E a campanha da “nao mereço ser estuprada”? A campanha queria dizer que alguem merecia???
              É a mesma lógica.
              Nao respondo mais pq voces nao sabem se portar em uma discussao….ze miranda falando que acabou moralidade, e voce falando que tenho mentalidade deturpada. Aprendam a debater…….

            • Concursando

              Concordo. Detalhe é que o cara é ficha limpa, que é algo raro.

          • Concursando

            Trabalham 4 meses para “dar” seu dinheiro ao governo e outros 4 para comprar iPhones.

        • Gilberto

          A diferenca é enorme, resumindo: se a montblanc quiser construir 500.000
          Canetas em uma semana, ela
          Consegue.. Nunca tera deficit.. Ja a apple trabalha muitos meses do ano vendendo mais do que constroi.. Entao pq cobrar barato?

          • Cassio Delmanto

            Gilberto, eu não tenho os números de produção da Montblanc, mas sendo cada ceneta montada à mão, eu duvido muito que eles consigam algum dia produzir em massa que nem a Apple… agora, usando seu próprio pensamento, é a Montblanc quem devia comprar caro, afinal, alguém que compra uma caneta deles provavelmente vai ficar décadas, se bobear a vida inteira, com essa mesma caneta e inclusive vai deixar de herança… hahaha… já a Apple, está tirando dinheiro dos usuários a cada um ou dois anos, porque sempre o povo está querendo atualizar seus devices…

    • Elcin

      Na realidade os 63% não estão inclusos os impostos, que aumenta proporcionalmente com o preço.

      • Ricardo Farah jr

        Exatamente……isso foi apenas a conversão da moeda…….quero ver se e quando for taxado no correio……..apesar que não sei se é o caso da apple store mas na Amazon quando você compra eles já incluem o valor do imposto. Antes de finalizar a compra claro.

    • Rob Simões 

      Não houve aumento de 150%. Os aumentos ficaram em torno de 50 e 65%. O trackpad DOBROU de preço lá fora, pois é um produto totalmente novo, logo, não aumentou 150% como estão falando por aí.

  • Walter Martinelli

    É, meu 4S vai aguentar mais um ou dois anos.

    • Kleyson Klesller

      Esta pra nascer um iPhone mais Chuck norris, que esse iPhone 4S! kkkkkk

      • Leonardo Souza

        Pode crer! kkk Eu sei que muita gente ainda tem pq só usa o básico… mas sinceramente eu não conseguiria rs

        • Walter Martinelli

          Cara, meu uso do iPhone é esse: Here Maps, Tripda, WhatsApp, Telegram, Twitter, Messenger, Trello, 7Words, Banco do Brasil, Carrorama e Organizze. De vez em quando um Instagram, Swarm e Evernote.
          E mais recentemente o Apple Music no carro. Ainda não vejo necessidade de um 6, mas assim que tiver grana pego um flagship.

        • Fabio Ricardo Bulgaron

          Cara, tenho meu 4S há 3 anos e agora que me coça a mão pra trocar. Vivo uma luta diária: quero trocar o iPhone mas não entra na minha cabeça pagar mais de 3K em um celular! Kkkkkk

      • Pedro Henrique Alves Corrêa

        E põe Chuck Norris nisso. E digo mais: Ta pra nascer um smartphone tão Chuck Norris. Lançado em 2011 e atualizado até hoje.

      • Walter Martinelli

        Exato.
        O meu me atende super bem pro que eu uso, que não é muito.
        Na minha opinião, é o iPhone mais bonito ja feito (amo o design da familia 4), além de que, pra quem tem mãos pequenas como as minhas, ele é ótimo pra usar com uma mão só.

      • thekillerdev

        Eu tenho um 4 (não S) até hoje, usando bem, apesar de não ter mais atualizações no OS, os apps ainda dão suporte forte.

        • Walter Martinelli

          De companhia pro meu 4S tenho um iTouch 4th gen 64GB que comprei faz uns 5 anos. Nunca me deu um pingo de trabalho, só agora que a bateria ta começando a ir pras cucuias, mas fora isso, tá lá firme e forte.

    • CHC

      Também concordo, tenho um 4s e hoje completou exatamente 1002 ciclos de carga de bateria, em janeiro completará 4 anos, e dura praticamente o dia todo a bateria. É claro que não é nem de longe rápido como os novos modelos, mas fora o toutch ID que sito muita falta, o resto ele atende perfeitamente.

      • Walter Martinelli

        Deixa eu perguntar: você anotou, durante quase 4 anos, TODAS as vezes que carregou ele?
        Ou você tem algum App que mede isso e gera um log?

        • Estanislaw Duarte

          Baterias de lithium tem um microchip que faz a leitura da sua capacidade, ela que determina a falta de carga e o aviso de cheio ao celular e desliga o carregador.
          Por isso carregadores piratas são perigosos, eles não sabem a hora de parar de transformar energia.
          Repare que seu carregador inicia quente, até 80% da carga, segundo a Apple, chama-se carga rápida, dura em torno de 2h, e a carga lenta de 80%~100% que carrega frio.

          Tem apps que leem essas informações do microchip passadas ao celular, ao menos na teoria… rs…

          • Walter Martinelli

            Sobre o funcionamento eu sabia, só não conheço nenhum app que supostamente faz essa leitura. Conhece algum?

            • Pois é, explicou tudo, menos o que queria 🙂 Tem um software que se chama iBackupBot, inclusive no TecMundo ensina a utilizar ele, é bem simples. Mas existem vários outros softwares para Win e Mac que fazem essa contagem de ciclos. 😉

            • Estanislaw Duarte

              Verdade! Acredita que nunca tive curiosidade? kkk

              Eu uso apenas para restaurar arquivos que modifico e para substituir a pasta LOG pra dentro do Whats, pra não ficar consumindo espaço e prejudicando a performance do app.

            • Pois é, eu tbm não sou de ficar procurando muito as coisas. Lembrei porque uma vez vi na matéria no TecMundo e lembrei dela!

            • Walter Martinelli

              Eu uso o iBackup Bot pra exibir porcentagem da bateria do iPod Touch. Aliás, foi a unica vez que usei, depois nunca mais nem abri ele. Quando der tempo (sic) eu vejo isso kkk (provavelmente vou esquecer, trocar de iPhone antes e por aí vai)

            • Estanislaw Duarte

              Na Loja Cydia, iPhones Jailbroken.
              Sobre o iBackupBot que o amigo Luciano Diniz disse, eu uso e nunca vi nada parecido no software para leitura de bateria.

        • CHC

          Outro dia vendo um vídeo no canal do Olhar Digital falou sobre como verificar o ciclo das baterias dos iPhones, se dá para acreditar não sei, mas nesse programa tem bastante informação, inclusive o ciclo da bateria. O nome do programa é iBackupBot for iTunes

    • Bernardo

      Idem!… Comprei meu 4S em Nova York, em 2012, e ele funciona bastante bem até hoje. Só ficou lerdo com a atualização para ios 9, mas funciona satisfatoriamente, e eu uso muito, muito mesmo!… Uso o dia inteiro, uso para muitas funções, apps com finalidades diversas… Uso mais o iphone do que o Macbook ou o ipad… Mas ano que vem pretendo finalmente trocar, pelo modelo 7 (SE ano que vem eu viajar ao exterior).

  • Bruno Sanzio

    Realmente ficou muito difícil conseguir comprar qualquer IDevice. Ontem por curiosidade dei uma passada no site da Apple Br, para olhar como estar o valor dos novos Macbook e por uma surpresa percebi que um Macbook que paguei 1.500 dólares em NY, aqui custa R$14 Mil.

    A cada dia penso que fiz um excelente negócio contratando o plano da Claro, o Claro UP. Gasto foi de R$2.470 para para trocar por um Iphone 6S 64GB ( Que irei pegar ), uma diferença de R$1.130 e quase o valor do plano anual, Online Max.

    • George Soares

      Tmb fiz o Claro UP , acho que foi o melhor negócio que fiz na vida!!

  • Geraldo Dal Berto Jr.

    Muita gente vai acabar saindo da Apple. Ou eles lançam um 6c de surpresa ou babaus… Ficou impraticável. E não acho que o dólar cairá tão cedo…

    • Victor Mello

      Eu acredito que vai continuar vendendo, tanto pelo valor agregado à marca como pela cultura brasileira de “ostentação”.

      • Geraldo Dal Berto Jr.

        Concordo, algumas pessoas sempre comprarão. Mas eu sou um que tô achando demais pagar esses valores. Mesmo que eu possa, acho que não devo…

      • Thiago Silvério

        Não sou economista e sequer da área, mas lembro de recentemente ver a explicação dada por um economista de que a inflação de produtos e serviços acontece quando o novo preço é aceito pelo mercado (gostaria de entender isso melhor, inclusive); há o consentimento do novo patamar de preços.

        iPhones são produtos caros no mundo todo e pra qualquer bolso (sempre ouvi isso mundo afora), mas aqui o status de produto premium começou a ficar evidente de uns 2, 3 anos pra cá. iPhone no Brasil é símbolo de status sim.

        Daí temos que houve um salto de preços desde o 5S – talvez mais evidente quando lançado o 6 -, e eis que a Apple me solta que ano passado o Brasi foi destaque de vendas na divulgação dos resultados financeiros deles.

        E confesso que fiquei surpreso com a quantidade de 6/6+ que vi desde então.

        Evidentemente há um custo Brasil que aumentou, mas os aumentos têm sido absorvidos, há um bocado de gente disposta a pagar isso. E a Apple é o tipo de vendedor que não está examente preocupada com a imagem de careira.

        O problema é complexo e a conjuntura atual é desfavorável, mas há um problema cultural aí que não pode ser ignorado.

        • Marcelo Ventura

          Thiago, o fato é que a inflação também é gerada por aumento de custos(o que não acredito que seja o caso), e o câmbio(principalmente).
          No caso do iphone, o preço não é exatamente aceito pois ele não é um bem necessário. Por exemplo, se o preço do pão fosse para 1000 reais você acha que isso ia se sustentar até quando?
          É a mesma lógica do ps4. O fato de ele ser/ter sido 4000 reais é independente do fato dele ser aceito ou concordado, mas sim de ser dado.
          A qualidade apple é superior para muitos, e eu sei que existem pessoas que compram inicialmente por status, mas são fiéis a qualidade.
          Quer uma prova de que a apple não é careira? Veja quantos tem apple ao redor do mundo. Vá a google e veja quantos executivos nas salas de reuniões usam mac. Praticamente todos. Apple está presente em TODAS as classes sociais em países desenvolvidos.
          Acho que a questão cultural nesse caso é extremamente irrelevante, pois a qualidade de fato é superior (vide especialistas em tecnologia e universidades). Pra mim status é dar mais de 4000 em um samsung reciclável.
          Tenho um 5s e já vi pessoas (talvez medíocres) dizendo que não veem graça em iphone (justamente por não ter um). Paguei menos de 1200 reais no meu em uma viagem que fiz e estou extremamente satisfeito. Pretendo continuar com ele por bastante tempo.

          • Thiago Silvério

            Bom, ainda acho que esse salto de preços pra mais de 3 mil tem algo da aceitação do preço proposto. Mas seu ponto é válido.

            Agora, já rodei um bocado vários lugares a trabalho, e produtos Apple são considerados diferenciados sim. Meu Macbook Pro de 5 anos chamou a atenção na Austrália porque é caro (+- 1700 dólares à época), e entre pessoas que teriam condições de comprá-lo, Europa idem. São produtos caros, porém menos que aqui.

            Tens razão com o Samsung de 4 conto, considerando que a vida média dos produtos deles em comparação com os Apple.

            E também tenho um 5S que vai durar um bom tempo, e que muito me satisfaz. Caso os preços sigam nesse patamar, pode ser o último iPhone, não pretendo entrar nesse ciclo insano.

            • Marcelo Ventura

              Tiago, eu entendo seus pontos mas aqui vai uma frase de economista(eu mesmo):
              Não se compara produtos entre países sem medir poder de compra!!!
              Nos países de fora, os produtos não sao caros, acredite. Como te afirmo isso? Pelo poder de compra, média salarial, etc. Lá é facil pra eles (geralmente) comprar produtos apple, pois o poder de compra deles (salario/preços) é maior do que o nosso. Entende?
              Discordo tbm sobre o fato da apple ser careira. A prova disso é o iphone 5c. Saiu o 6c? Nao. As pessoas continuaram preferindo qualidade superior ao inves de preço baixo. Logo, a apple entendeu o recado do mercado. O que torna a apple cara aqui é meramente o câmbio.
              E acredite…..pra preços de bens não necessários( alguns supérfluos) não há acordo de preços…eles são meramente dados.

            • João Victor

              Esses pontos são válidos, mas dizer que a apple não é careira e que o preço proposto aceito não influência já discordo, eles trabalham em cima de margem de lucro, se a margem mesmo estando bem alta vende, porque baixar? jogar só a culpa no cambio e impostos é que criar uma desculpa de aceitação.

            • João Bragança

              Foi o que sempre disse desde que li a notícia que os iPhones 6 e 6+ foram os mais vendidos do Brasil. O iphone mais caro do mundo foi quando mais vendeu? Óbvio que aí tem muita aceitação de mercado sim. Quer um outro exemplo onde isso acontece: carro, inclusive e principalmente os de entrada. Hoje é normal falar que um carro básico, 1.0, sem praticamente nada custa 37.000 e as ditas revistas especializadas ainda conseguem definir o “melhor negócio”. Brasileiro perdeu noção do preço das coisas. E acredito que tudo isso tem como consequência EM PARTES pela oferta de crédito praticamente ilimitada que se viu uns tempos atrás. Agora que o crédito cessou, estão começando a separar o joio do trigo e se vê por exemplo que apenas os automóveis premium de faixas de preço altas estão tendo crescimento nas vendas, enquanto os automóveis até 60 mil reais estão vendendo quase nada. A oferta de crédito provocou no brasileiro uma falsa sensação de aumento do poder de compra. A questão é que isso tudo foi virtual, ilusório. Você estava comprando com um dinheiro que não é seu e à uma taxa que não podia repor.

            • Marcelo Ventura

              Joao victor, é como o ricardo disse logo abaixo. Vai um pouco (bem pouco mesmo) além da questão cambial.
              Volto a tocar na parte de que o preço não é “aceito”. Se ele fosse aceito voce nao acha que ele baixaria? Tem uma leve diferenca entre o preço aceito e o preço dado(o bem em si). Se ele é alto, baixo nao interessa. Como voce mesmo disse, a margem de lucro influencia bastante. E acredite, ela é beeeem alta. E pasme, qual seria a diferença se o preço subisse um pouquinho? Muito pouco!!! O historico de demanda da apple ja mostra que ela nao é influenciada de forma significativa pelos preços (talvez em países emergentes seja um pouco mas nunca no geral). A apple produz bens inelásticos! Que terao sua demanda garantida, independente de preço(claro, preços com bom senso). Por isso nao podemos afirmar que os preços sao “acordados”, ou “aceitos”. Muito menos que a apple seja careira. Com base no poder de compra dos consumidores(excluindo os brasileiros). O que torna a apple cara aqui nao é a própria apple, mas sim custos do Brasil! Simples assim 🙂
              E outra, uma prova de que “porque baixar” nao funciona são o fracasso de vendas do iphone 5c. Ao redor do mundo

            • Marcelo

              “Preço aceito” é o preço estabelecido pela empresa e que os consumidores continuam comprando em intensidade igual ou superior ao anterior. Se a apple resolve colocar o preço do iPhone 6s em 7 mil reais e continuar vendendo “normalmente”, dá pra dizer que foi aceito pelo mercado. Ou não? Quanto ao suposto fracasso de vendas do 5c, salvo engano este mesmo blog publicou informações no sentido contrário. E, ainda assim, se houve mesmo fracasso, até que ponto não podemos atribuí-lo à Apple e sua política de preços?

            • Marcelo

              O câmbio não é o motivo principal. Durante muito tempo o dólar esteve estável aqui no brasil e o preço do iPhone não parava de aumentar a cada nova geração.

            • Marcelo Ventura

              Podemos afirmar que o preço em si do 5c pode ter ficado acima do esperado aqui no Brasil (mas não no exterior). Tendo em vista que a maior gama dos consumidores não são brasileiros, fica fácil determinar que os consumidores preferem pagar mais caro em um produto muito superior 5s>5c(vide especificações, custo-benefício,etc). Ou seja, jamais podemos afirmar que o iphone 5c foi um fracasso de vendas devido ao preço. As especificações estavam distantes do 5s. Basta entrar no site da apple. Outra grande possibilidade de fracasso é o perfil de consumidores na geração 4-5s que em sua maioria, atualizaram os aparelhos. Informação vide os números de venda da apple, que são crescentes. Em alguns casos as pessoas não chegam nem a substituir mas manter os dois aparelhos. Porque comprar um 5c se tem o 5s ali do lado?

              E a prova de que o câmbio é sim o motivo principal, é somente um fator: CÂMBIO REAL! A taxa de câmbio e sua “estabilidade” no momento que você se referiu era estável graças a intervenção governamental. Mais uma vez volto na questão de poder de compra. Mas agora com um conceito anexado: paridade de poder de compra! O que ele diz? Diz que a taxa de câmbio deve ser igual as variações de preços nos dois países no longo prazo (ou seja: R$/US$ = Variação preços Brasileiros / Variação preços americanos. Pois bem, se o câmbio está com interferências (desvios) você há de concordar que no longo prazo uma interferência brasileira traz uma inflação interna. Isso porque o câmbio está “estável”(com intervenções do banco central). Logo, se os preços lá fora aumentam, para o câmbio se manter estável (segundo a equação) tem que existir uma inflação brasileira certo? O mesmo vale para cada bem, pela lei do preço único. Por isso os preços aumentavam com o câmbio fixo, como você bem mesmo disse. Isso, somado ao câmbio alto (devido péssima política econômica), e inúmeros custos e tarifas de importação encarece o produto. E acredite…o câmbio é o principal fator!

        • Ricardo Leme

          Olha, acho que a questão “preço do iphone” vai um pouco além da variação cambial, pelo menos no Brasil. Sou da área, e falo com propriedade, o custo de transporte e mão de obra no Brasil é algo fora do imaginável se comparado com outras economias emergentes. Se para mim ou para você está complicado arcar com despesas de gasolina/etanol, imagine para as transportadoras. Alie esse “custo extra” com despesas de mão de obra, como encargos, abonos, férias, e todos os direitos que nós trabalhadores temos no Brasil. Pegue esse bolo de custos extras, some com a inflação recente (chegando próximo dos dois dígitos) e coloque como cerejinha do bolo o dólar flutuando próximo dos R$4,00. Acho que não preciso dizer mais nada né…

    • Steiner Jardim Neto

      o dólar já está caindo, comparado a que fechava a 4,00 e vai lá poucas… mas, realmente, ainda está impraticável comprar no iPhone, tanto no exterior quanto aqui no Brasil mesmo.

    • Estanislaw Duarte

      Pois é Geraldo, uso Apple desde 2011, porém esse ano vou vender o 5S pra comprar um WP. Compre há duas semanas um Lumia 630 para experimentar a plataforma, e usando vi que apresenta experiência rica e fluída como no iOS porém com mais liberdade.
      Daqui há alguns dias como um Lumia 730, tamanho e performance que considero bastante agradável ao uso. Android não uso mais, porque todas as versões novas prometiam melhorias e elas só eram teóricas, não acredito mais nesse Android M…
      E Apple está impraticável pagar esses valores.
      Abraço.

  • aleguarita

    É assustador pensar isso mesmo. Como sei que você precisa de trocar de iPhone todo ano (afinal de contas, como vai manter um blog que fala de iPhone se não tem o último modelo?) eu diria que foi burrice, pois eu não vi tanto avanço do 6 pro 6s pra justificar esta facada.

  • Danilo

    Eu quero ver agora vir aquele povo do “Apple é pra quem pode” ou “Se acha caro vai pro Android”
    Não comprar pelos atuais preços praticados já extrapolou o limite do “poder aquisitivo’ e pulou pro lado racional.

    • Igorbass

      Se acha caro vai pro Android.
      Mas tem Android, mais caro que Apple.

  • Roberto

    Primeiramente parabéns pelo texto @Ale Salvatori! Excelente sua pontuação e crítica! Infelizmente estamos passando por um momento crítico no nosso país e querem minha dica? Fiquem com seus atuais aparelhos…mesmo os androids “baratos” estão saindo caros! Vou ficar com meu iPhone 6 até ele pedir arrego.

  • João Paulo Silva

    Estou satisfeito com meu 5S.

  • Acho que o corretor mudou o texto ali, onde está escrito “os preços então estratosféricos” não seria “estão”?

  • Marlon Fuhlendorf

    Eu estava decidido a vender meu 5s e pegar um novo, mas com esses preços, esta simplesmente impraticável. Vamos esperar pra ver se as operadoras fazem mágica nos planos, o que eu duvido.

    • Também desisti de trocar de iPad. Eu teria que vender o atual e inteirar com o valor que paguei nele na época.

      • Marlon Fuhlendorf

        É foda! Pelo menos com o iPad eu dei sorte…importei o air 2 ano passado, por um valor menos do que ele chegou e ainda ele nao foi atualizado! haha Mas o iPhone ta foda! A dica é sempre procurar nos fóruns, sempre tem gente importando por valores menores…

      • 199X KID

        paguei 1400 reais no meu Mini 2 (16GB + 4G) uns 5 meses depois que ele lançou só e AGORA o mesmo modelo custa 2800 reais, mano

        • Igor

          Paguei R$1329 no meu mini 16GB 3G em 30/11/2013. Ta aqui só a sucata, o auto-falante perdeu volume e está distorcendo, o 3G não funciona mais, além de estar muito lento. Queria trocar, mas não vou pagar quase o dobro do preço por um mini 2 wifi 16GB. Vou ficar com esse até pifar de vez, se pifar, por esse preço de eu não comprarei outro.

          • 199X KID

            fica de olho no site do Walmart às vezes eles fazem umas promoções bem loucas, eu peguei o meu lá

  • Yuri

    Comprei o 6 na França, quando morava na Europa e ganhava em euro. Quando voltei para o Brasil, me decepcionei, apesar que já era algo que eu esperava mesmo. Vou comprar o 6s, mas não no Brasil e nem no lançamento, só quando viajar pra lá de novo.

  • Gabriel Pinheiro

    Pretendo comprar, se conseguir, um modelo mais antigo, infelizmente ter o modelo mais novo com novos recursos, se tornou um luxo mesmo.

  • Infelizmente não está nada fácil para clientes Apple brasileiros. Eu fico me perguntando se a Apple não considera absorver um pouco esses aumentos, diminuindo a própria margem de lucro pra manter os clientes por aqui, por que na situação atual tenho certeza que muita gente vai sair da Apple.

  • obitow

    Talvez essa valorização do dólar perante outras moedas, mostre que a estratégia de centralização da Apple não seja tão boa no final das contas.

  • Gui Carbone

    Galera, uma duvida que me bateu agora: atualmente estou no android e quero voltar para a Apple. Por isso achei que o melhor seria esperar e pegar um 6s. Mas a minha duvida agora, com esses preços, é se vale mais a pena pegar o 6 ou o 6s? Será que a diferença de preços será tão absurdamente gigantesca assim?
    Eu entendo que para alguem que já esta no 6 não vale a pena gastar com o 6s, mas sera que para alguem que esta no “nada” não valha? Qual a opnião de vocês?

    • Eu acho que essa opinião tem que vir de você mesmo. Compare as especificações de cada um e o preço de cada um e veja se o 6 irá lhe satisfazer! Cada pessoa possui um tipo de uso, então cada um pode lhe dar uma opinião diferente. Veja o que mais lhe atrai e o que mais lhe convém. Eu possuía um 5s há 1 ano… Passei ele para minha namorada há 1 mês e… adivinha? Peguei outro 5s! Está me servindo muito bem!!!

      • Gui Carbone

        Sim, eu sei dessa divergencia de opniões, por isso queria ver a ideia do pessoal daqui e analisar todos os pontos de vista. Estou mais tendenciado a pegar o 6s, mas se a diferença de preços for muito grande, vou acabar pegando um 6 mesmo. Sei que vai me atender bem.

        • cesar 1989

          aaah cara pega o 6s, ben mais rapido

          • Gui Carbone

            É exatamente esse ponto que tem me colado em duvidas, a performace do 6s pareceu ser bem melhor mesmo. So preciso esperar e ver a quanto vai sair aqui no Brasil. Foda é essa demora até lançarem aqui! u.u

          • Jesuan Oliveira

            ben 10 asudsausad , brinks

    • Eu acho que o melhor é você pesquisar, se conseguir achar bons preços no 6s também, ótimo, terá um iPhone com as melhores novidades. Agora, se você achar que o 6s vai pesar demais no bolso, vá de iPhone 6 que também é uma ótima opção.

      • Gui Carbone

        É, estou aguardando para ver a quanto vai sair o 6s aqui antes de me decidir. A principio quero pegar ele mesmo, mas se a diferença for muito absurda, me contento com um “simples” 6 mesmo! aushsaushusa

    • Patrick Rademaker Burke

      Eu compraria o 6s, pois as melhorias são substanciais, você fica com o mais recente e demora ainda mais para trocar de iPhone. Mas lógico, isso depende do preço que você arrumar e o quanto está disposto a gastar.

  • Rodrigo Oliveira

    Eu já não compro nada por aqui faz um tempo, sempre comprando de fora. Porém com dólar a R$ 4 e esses preços nacionais, o jeito é valorizar o dinheiro e ter produtos de 2 ou 3 gerações pra trás.. ou até mesmo partir pra concorrência. Impraticáveis esses valores da Apple aqui =(..

  • Nada justifica iLex. Pode vim um rei aqui e dizer o que for, que é inaceitável um produto ser vendido por R$ 23999. O raciocínio é simples tb… manda a Apple fazer a conversão direta do dólar para o real e vende pelo mesmo preço praticado nos EUA. Exemplo: U$ 649 X R$ 4,00 = R$ 2596 por um iPhone 6S. Simples assim. Adiciona os imposto e pronto, teríamos um iPhone 6S por menos de R$ 3000. Então, por favor, não defenda.

    • Felipe Meyer

      Hahahaha, que imposto e’ esse??? O imposto e’ no minimo 60%!

      • Felipe, os U$ 649 já estão com impostos dos EUA. A diferença do daqui daria isso.

        • Felipe Meyer

          Claro que nao, o imposto aqui e’ mt mais alto, e seria um produto importado, ou seja, paga sim os 60%.

          Se fabricar aqui o problema e’ outro, pagar o imposto sobre cada peca do iphone q e’ importada (e deve ser a maioria) e depois ainda pagar a mao de obra carissima que temos.

          Para de sonhar.

          • Sim, é verdade Felipe, mas, como eu disse acima… a margem de lucro da Apple no Brasil sem dúvida está nas alturas. Mesmo com dezenas de dezenas de linhas de cálculos não daria pra justificar um MacBook Pro por R$ 24000.

          • Eduardo Vieira

            o importo se 60% é valido somente para Pessoa Fisica… importo produto para venda no Brasil, o imposto chega na faixa de 110%/117% do preço final…

            • Felipe Meyer

              Ta doido? Imposto pessoa fisica sempre vai ser mais alto que pra empresa doidao. E nao e’ 60%, e’ 96%, pq tem o ICMS de 36%.

            • Eduardo Vieira

              não é, pois o correio é mais barato, no entanto é proibido revender o produto… justamente… só pesquisar…

            • Felipe Meyer

              Eu nao preciso pesquisar, eu mexo com isso! hahaha

              E’ 96% o imposto pessoa fisica, qualquer empresa que importar LEGALMENTE paga menos que isso, mas nao e’ menos que 50% nao…

            • Eduardo Vieira

              então reveja…
              http://www.correios.com/para-voce/avisos/copy_of_chamamento-publico-ceser-ndeg-001-2014

              o II da NTS é 60% e mais 18% (ICMS SP)…

              já no caso de revenda é utilizado o sistema do imposta facil dos correios, porem as regras são outras… alem do que para revender produtos voce precisa ter radar e um despachante aduaneiro.

        • Cláudio Castro

          Uma sugestão… comparem o preço nos EUA e aqui de produtos similares ao iPhone… ou seja, q paguem o mesmos impostos… Ai dá para dizer algo. Lá em cima nos comentário falaram sobre isso mas usando caneta MontBlanc, mas ai não é a mesma coisa.

    • Rodrigo Oliveira

      Cara… a incidência de imposto de um produto importado aqui é diferente. Não que justifique esse valor que ela cobra aqui, mas a conta não é simples desse jeito.

      • Blz então, OK, vamos por os impostos reais… vc ainda assim acha que o preço cobrado por eles aqui está justo e dentro do cálculo padrão aceitável? Não tem um “Q” de: coloca o preço que eles vão comprar assim mesmo? Ah, peraí… é a mesma coisa do mercado automotivo pessoal. Tb gosto dos produtos da maça, mas assim não dá.

        • Felipe Meyer

          Eu acho que esta’ ate’ barato, com dolar de 4 reais! Da pra comprar um iphone 6 64gb por 3499 no Submarino, isso e’ caro? Eu to achando barato pela cotacao e impostos absurdos que esse governo cobra. Vc tem q lembrar da merda de pais que vive.

          • Sem dúvida. Meu sonho é um dia desaparecer dessa joça chamada Brasil, mas, venhamos e convenhamos… está caro demais.

            • Felipe Meyer

              Eu fiz isso, vazei… Mas sobre estar caro, ate’ o aumento, tava mt barato… Agora ta compativel com a porcaria de pais que e’ o Brasil.

            • 🙁 triste é o fim da nossa gente. E ainda tem pagar R$ 35000 num Fiat UNO Vivace, Ford Ka, Gol, ou qualquer dessas porcarias da vida, enquanto nos EUA com U$ 28.000 eu andaria de Honda Civic

        • Gui Carbone

          Cara, se vc pegar um iPhone de 649 USD como você disse:
          649 * 4 = 2596 * 1,60 (60% de imposto) = 4153,60
          Então os preços não estão sendo filhos da puta, e sim “reais” e mantendo a margem de lucro.

          Não estou defendendo e falando que é um valor correto e aceitavel, mas o que quero dizer é que eles não estão aumentando o preço a bel prazer

          • Alex iPilot

            O imposto de 60% é para importação por pessoa física!!! Não é o caso da Apple…

          • César Krentzenstein Borman

            Errado! O imposto de importação é maior, mas é sobre o custo do produto, não sobre o valor dele lá fora. U$ 649,00 é pessoa física, vc tira o lucro da Apple, o custo da loja, etc, aí sim converte em reais. Se fosse R$ 4153,60, com certeza não estaria a partir de R$ 3.199,00 hoje.

        • Danilo

          Cara,eu frequento seu site “Windows Team”,acho ótimo seus post e observações.
          Mas aqui você enfrentará com a razão pessoas que falam com a emoção,só vai entrar em discussões sem fim

          • Eu sei, mas, tá feia a coisa mano. E olha que estou com medo disso afetar alguns modelos de Lumias caso eles não sejam produzidos aqui no Brasil. Como a Microsoft vendeu a fábrica da Nokia em Manaus, tenho medo dela fabricar aqui apenas os mid-end e low-end, enquanto os tops viriam de fora, o que faria os preços dispararem tb.

            • Danilo

              Você acha que o 950 a USD 550 vai chegar barato aqui? kkkk
              Os preços não serão tão alarmantes porque a Microsoft faz muito “Dumping” mas não espere nada abaixo de R$2500

            • Isso eu sei. A expectativa é que o Lumia 950, o mais barato deles, custe em média R$ 2699. Então, vou de Lumia mesmo…

            • João Victor

              ela simplismente mantem a margem alta, se ta vendendo, porque baixar margem?, só comparar com alguns produtos de valores semelhantes “importados” que outras empresas vendem aqui, esse é o simples combo “fator brasil+margem alta lucro=aceitação” justificar, ou colocar a culpa só no cambio ou impostos, é querer arrumar desculpa pra aceitar “sem culpas” pessoal esquece que o produto vendido la fora já conta com impostos e lucro, ou seja na conta do pessoal é pegar o valor final de fora e por +impostos daqui e + lucros e achar normal.

        • Rodrigo Oliveira

          Foi exatamente o que eu disse acima com “Não que justifique esse valor”.

          Mas a incidência de imposto sobre produtos importados, especialmente eletrônicos, é altíssima. De qualquer forma, vou ficar com os meus equip por muito tempo, ou se for trocar, ou será em viagem ou será por outra marca.

          • Pois é. Já larguei da Apple tem anos. Já tive um iPhone. É um excelente aparelho, mas, infelizmente não vale o que pagamos por ele aqui. Na verdade creio que nenhum smartphone no mundo deveria custar para nós mais de R$ 2000. #ConceitoMeu.

    • Eduardo Vieira

      não é só isso, e o custo de transporte? SEGURO!!! (a samsung sabe muito bem como é..rs) e os valores para enviar esses valores para fora…. infelizmente trabalhar com produtos importados no Brasil tá complicado… eu acredito que a apple tambem coloca uma margem maior para venda no Brasil….

    • Eduardo Vieira

      $ 649 x 4,00 (Cambio) = R$ 2596,00 + ICMS(18% SP) R$467,28 + Imposto de importação(Pessoa fisica via correio) R$ 1557,60 = R$ 4.620,00

      eai? a apple vende no mesmo preço mesmo?

      • O.O já vi que a gente tá é lascado mesmo… nada mais a acrescentar.

    • Fabio Hori

      Não fale o que não sabe. Pesquise antes se quer falar em “não defenda”.

      Uma empresa tem que pagar impostos. Primeiro seria o frete, depois o Imposto de Importação, que incide sobre o preço FOB, ou seja, preço do produto + o frete. O que já é um absurdo pagarmos imposto sobre o serviço e não o produto. Depois acrescente essa “margem de lucro” que vocês adoram demonizar, como se uma empresa pudesse viver de favores, como se não tivesse que pagar pelos salários e todos os encargos empregatícios brasileiros extremamente oneroso, pelo custo operacional e sim, algum lucro, e no final adicione a isso tudo o ICMS. Tem alguns outros impostos menores, mas o grosso é isso. Daí você entenderia o porque dos preços no Brasil (não exclusivo para os produtos da Apple) serem altos.

      Se você não é empresário ou se for e demonstra ESTA falta de conhecimento… Então, não fale besteira.

  • Thiago

    Sei que não é o foco, e não quero fazer desse campo de comentários um campo de batalha. Mas há coisas que precisam ser ditas: aquele partido da estrela vermelha quebrou o país. Estamos colhendo agora o que foi plantado lá atrás com políticas populistas e práticas de Economia, para dizer no mínimo, heterodoxas.

    O país perdeu uma grande oportunidade para mudar de patamar já que não aproveitou como deveria o boom de commodities no comércio exterior nem a janela demográfica populacional, quando havia uma proporção muito maior de população economicamente ativa face aos aposentados.

    Enfim, desculpem o desabafo.

  • Alexandre Luna

    Eu ia ontem fazer um comentário sobre isso. Semana passada estava com vontade de comprar um AIRPORT EXPRESS, lembro que olhei o preço segunda-feira e estava por R$ 699,00 caro demais pra um aparelho que antes custava 479,00 acho. Ontem depois de muito pensar resolvi comprar, quando me deparei com o preço de R$ 999,00 !!!!! Ai já era. Absurdo isso. Uma pena mais terei que parar de comprar produtos apple. 🙁

  • Carlos Frederico

    Amém! ALE SALVATORI, posso te dar um beijo? Sério, é o tipo de matéria que os ignorantes precisam ler, em vez de vomitarem asneiras falando que Apple é luxo.

  • Pedro Henrique

    Não dizer que a culpa é um pouco da Apple é um pouco de exagero. Já que se ela quisesse ter um preço mais competitivo no Brasil ela teria, porém a condição econômica e a cultura do brasileiro em ver o preço pela parcela antes de observar o valor total complicam as coisas.
    Primeiro que a Apple sabidamente trabalha com altas taxas de retorno e a sua opção por não fabricar os macs no Brasil acaba por complicar ainda mais a questão. Mas acredito num melhor cenário para os iphones, pois considero que devido à flutuação cambial a Apple trabalhará para produzir o iphone aqui e baratear um pouco as coisas.
    O problema não é o câmbio. O Brasil pra ser uma plataforma de exportação precisa dele depreciado. O problema é a lógica dos tributos e a própria logística do país. Não é porque somos importadores que devemos pensar apenas na gente.

  • Eduardo Vieira

    $ 649 x 4,00 (Cambio) = R$ 2596,00 + ICMS(18% SP) R$467,28 + Imposto de importação(Pessoa fisica via correio) R$ 1557,60 = R$ 4.620,88 (isso sem calcular o frete! e imposto do cartão na hora da compra) que deve ser na faixa de 10% total.

    • Alex iPilot

      Os impostos também incidem sobre o frete, aumentando bastante… E outra, ainda estamos sujeitos à multa se a fiscalização DUVIDAR do preço pago, se achar “muito barato” em relação ao preço praticado no Brasil! Aconteceu comigo! Importei amortecedores para meu carro, paguei U$90, (em loja, com remessa via FedEx) e no Brasil custam R$2200 cada… Precisei enviar vários documentos para a Receita Federal!!!

      • Marcio Vianna

        Boa tarde. Qual foi a loja que você comprou lá de fora? Qual o modelo de carro é o seule? Alex, para montadoras japonesas, Honda e Nissan, da para fazer essa importação, pois o manual traz as especificações das peças.

  • Ganham menos (pois reduziram seu lucro), mas ganham. É isso que eu penso: a Apple não tem culpa dos preços, mas tem culpa de não adotar uma estratégia nova.

    • João Victor

      na verdade a estratégia dela não ta errada, se a cada ano ela bate recorde seja venda ou lucro, porque diachos ela iria baixar valor? estratégia nova seria se ela tivesse perdas

      • Daniel3476

        bate recorde no exterior, no Brasil certamente os números desse ano serão piores que os do ano passado.

      • Faz sentido.

  • Renan Maia Fernandes

    Eu, sinceramente, acho que não só a Apple Brasil, mas várias fabricantes andam se aproveitando um pouco da condição do aumento do dólar para fazer um reajuste nos preços a sua maneira ou simplesmente por achar que o nosso país valoriza mais certo produto. Sei que no Brasil nunca tivemos realmente preços juntos, mas a alguns anos atrás você conseguia ver lançamentos com preços razoáveis, mas com o dólar nesse patamar criou-se a desculpa por parte das fabricantes de “Tivemos que aumentar devido a cotação do dólar”, com isso, e vários impostos agregados do país realmente aumentam, mas não chega a tanto. Acho que o maior exemplo que não seja da Apple foi o lançamento do PS4 por estratosféricos R$4.000,00.

  • José Mauro

    Se o aumento dos preços nos produtos Apple fossem apenas a variação do dólar, seria facilmente compreensível. Mas a margem de reajuste ultrapassa em muito a variação do dólar. Isso é o que se contesta na política de preços da Apple. E não me venham falar que é só imposto, pois tem uma margem muito grande de aumento…

    • tiago volpato

      compartilho da mesma opinião.Como prova disso, temos o MacBook Pro com tela retina. O modelo mais básico saltou de 8 pra 12 mil (considerando que ele já vem sofrendo aumento nos últimos meses). 4.000 reais a mais só por causa do dólar? Desculpa, mas não.

  • Jefferson Soares

    Lendo o texto do Ale fiquei com uma questão na cabeça, e se o dólar cair e voltar a custar R$2,30, a Apple baixaria os preços ao valor correto?

    • Acredito que sim, levaria um tempo, mas sim. Pelo menos os lançamentos já chegariam com preços melhores.

    • Eduardo Vieira

      se chegar a R$ 2,30 o Brasil vai ter que trocar de nome…kkkkk

    • Steiner Jardim Neto

      Sim, iria baixar, mas, ainda teríamos o tão famoso taxamento brasileiro… que é nada menos que um dinheirinho a mais para o bolso da nossa presianta.

    • Danilo

      Diminui,mas não da mesma proporção que aumentou.

    • Júnior Araújo

      Iria baixar sim, mas como sempre, continuaria caro por causa dos famosos impostos do nosso país.
      A questão maior é que com a crise política e o aumento do dólar, fica muito difícil a compra de produtos Apple. Por mais que você não compre diretamente o produto lá fora, as pessoas davam um jeito de encomendar do amigo do amigo, do parente, de lojas online.. mas agora não tem mais para onde correr, onde quer que você esteja, o produto terá um alto valor.
      Só nos resta torcer para esta crise passar.

    • Alex iPilot

      Não abaixaria NUNCA… Essa é a política de preços aqui: o preço sobe (ou permanece) e o lucro flutua… Exemplo: o barril de petróleo está custando 3x menos do que há um ano atrás e em todo o mundo a gasolina fica MAIS BARATA… E o que acontece aqui no Brasil??? AUMENTAM e adicionam mais álcool!!!

  • Steiner Jardim Neto

    Realmente estamos em uma pior, vejamos já pelo Apple Watch que está chegando aqui com o modelo de 42mm Sport custando quase a versão Watch nos Estados Unidos… Falando nisso, estou apenas esperando chegar amanhã e ver a frustração da Apple com as vendas oficiais em terras brasileiras

  • Dalbert Batista

    Muito boa a colocação do Ale Salvatori gostei da matéria.

  • Elisa Lima

    Bem, comprei meu MacBook Pro por 6k, no dia do aumento, mas não na Apple Store Online

  • Ficarem anos com meu iPhone 6 Plus 64gb (Anatel)… tive muita sorte de comprar em dezembro antes da alta do dólar, poucos acreditam que consegui trazer por 2900, mas pelo que vi o preço que o iLex comprou foi bem menor, mesmo sendo o de 4.7
    Meu maior medo é roubarem o celular e tiver que comprar outro, não vou conseguir.

  • Marcio Santos

    Gostei muito do texto, me fez pensar em espera mais um pouco para trocar meu 6 por um 6s nem sei se vale apena resta ver como a economia vai se comportar pois ate mesmo la fora com o aumento de 63% fica inviável a compra.

  • valderybrito

    Concordo com algumas coisas que foi falado no texto mas me desculpe, o Dolar ainda não chegou a R$ 10,00, sei que existe as margens lucro e etc, mas não concordo com esses preços e de nenhum outro produto que tenham aumentos nessas proporções. Olhe o preço do macbook pro Processador de 2,7GHz e Armazenamento de 128 GB. Nos EUA U$ 1.299,00. No Brasil R$ 12.499,00. Sou fã da Apple e curto muito o blogdoiphone e acho que opinião é assim mesmo. Agora se aproveitar da crise para justificar esse aumento. Comigo não cola!

  • Leo Santos

    Estava no lançamento do iphone 6S nos Estados Unidos, reservei o produto, fui na Apple Store busca-lo, antes de fechar a compra, usei bastante o aparelho 6S e cheguei a conclusão: Não vale a pena, sendo bem racional, a troca desnecessária para simplesmente ter a ultima versão do aparelho celular ou produto Apple. Foi uma decisão bem racional, meu iphone 6 continua sendo um excelente aparelho em todos os quesitos (acredito que as versões anteriores também dão ainda perfeitamente para o uso diário). A crise que atravessamos, a alta do dólar(nosso real hoje não vale muita coisa no exterior, infelizmente), instabilidade política, não justifica a “modinha” de trocar por trocar.

    • Marcio Santos

      Mais que racional o 6 ainda esta muito bem obrigado!

    • Serginho

      Eu ainda estou satisfeito com o meu 5S. Acho que até o 7 não troco!

  • Adilton

    A crise é um dos fatores. Na minha opinião:
    1. iPhone sempre foi caro;
    2. Dólar subiu assustadoramente no mundo todo;
    3. Crise política de 2015 contribuiu para que o impacto para o brasileiro fosse ainda maior.
    E, falando por mim, acho que atualmente a qualidade e as novidades da Apple não estão justificando esse alto preço. É uma boa hora pra repensar muita coisa, até mesmo a compra de um iPhone

  • Rafael

    “É, está cada vez mais difícil ser um usuário da Apple no Brasil.”
    Penso isso todos os dias.

    Um MacBook Pro que paguei por volta de 3600 a vista (e já achei caro) no início de 2013 hoje sai por 9450.

    Não vale esse valor!!

  • Comprei um iPhone nos EUA essa semana e paguei USD 808 com taxas.

    Reafirmando o título, – NUNCA – paguei tão caro por um iPhone. Desde o 3G.

  • barbazul

    Quando o dólar sobe, uns lamentam que sobe o trigo também. Outros lamentam que sobe o iPhone.

  • Nelson Filgueiras

    Vou continuar usando a minha velha fórmula de sucesso: comprar com o subsídio da minha operadora (pessoa física mesmo) o que acaba saindo muito próximo do preço dos EUA com um câmbio de 1 X 2. Tem que ser com conta? Sim, claro. Não existe almoço grátis… Mas você tem que pagar pelo serviço né?! Nunca tive um iPhone pre pago e nem pretendo ter pois para mim é a mesma coisa que tentar encher o tanque de uma Ferrari com álcool ou colocar gasolina com conta gotas…

  • Sergio Ito

    O Momento pede cautela e muita prudência. O texto e sua visão é bem bacana nesse texto Ale Salvatore. O jeito é ficar com o atual idevice, juntar dinheiro e comprar lá fora e torcer para que essa crise econômica e política o dólar caia. Aqui, mesmo com uma queda no dólar, vai ser difícil qualquer redução significativa e portanto, o jeito é mesmo é juntar grana e comprar quando der e lá fora, de preferência. Abraços

  • 01/10/2015 – 4,0012
    01/09/2014 – 2,2443

    Pouco mais de 1 ano depois, 78% mais caro.

    Ou seja, faz sentido o Ale ter pago pelo menos 60% mais caro, dada a conversão. E possivelmente todos os modelos ficaram uns 60-70% mais caro por aqui por um bom tempo*.

    * a Apple não fica mudando os preços toda hora, mesmo quando dólar sobe/baixa, então somente se o dólar baixar pra uns 3 e ficar um tempo é que devemos ver uma queda dos preços.

  • Arley Martins

    Lembrando o custo Brasil, resumindo, roubos nos impostos. Esta IMAGEM abaixo é referente a um iphone 6 de 64GB que minha esposa comprou em dezembro/2014 quando o dolar custava em media R$2,70. Ela pagou no aparelho R$2.951,18 a vista no equipamento. Agora vejam na descrição da nota fiscal quanto de impostos foram pagos por ela na compra do aparelho. Não é somente o REAL que não vale nada, temos que ressalta que essa carga de impostos detona tudo e claro a Apple tem que ter lucro. Quem puder compre o aparelho no Paraguai, pois la ta custando em 860 dólares o 6s de 4.7 pol. de 64GB. Um amigo comprou la na sexta feira dia 09/10/2015. Antes que alguém fale, se é roubado ou coisa do tipo, veio com a nota emitida pela apple americana.

    • Pablo Rangel

      Muito bem colocado!

  • Ezequiel

    Texto bem coerente Ale!

    Como já comentado anteriormente, fui um dos quais deixou de usar iPhone, mas mantenho iPad em casa. Mas a coisa está complicada.

    Entretanto, minha visão é que a alta do cambio foi um mal necessário! E antes das criticas, tentarei explicar.

    Já tenho mais de 30 anos (bem mais) e lembro do tempo em que a inflação era 40% ao mês, lembro das tabelas da SUNAB etc (o que não vem ao caso).

    E a leitura que faço do atual momento é que a alta do cambio era algo extremanete necessário na nossa economia!

    Nos ultimos anos, em especial a partir de 2010, houve um aumento muito grande de gastos no exterior (tanto em compras, como em turismo) e isso pressionou demais nossa economia. Estavamos enviando muito dinheiro para fora e recebendo produtos (de boa qualidade até) mas que tem duração média de 5 anos. Após isso, infelizmente se tornam “lixo” (incluo nisso roupas, materias de beleza e gastos em viagens, não apenas eletrônicos). E agora, chegou a hora de pagar a conta. Como equilibrar isso? Alterando o cambio e revertendo o consumo externo, e ao mesmo tempo, aumetando a exportação.

    O que ajuda a reforçar minha idéia é que não temos visto uma atuação agressiva do Banco Central na tentativa de manter o dolar em um patamar mais baixo. Creio que em 18 meses tudo entrará no novo patamar de normalidade, mas não acredito em dolar mais bairxo que R$ 3,40. E o pior, é que se analizarmos, estariamos do mesmo jeito independente de quem estivesse no comando (PT, PSDB, PMDB, P*)

  • Ham ? Custo elevado nos Estados Unidos ? Lá os preços (do tamanho padrão, 6s) nunca mudaram…

    Não pode culpar a marca pela incompetência de nosso governo. Não é porque a sua moeda natal é desvalorizada que o iPhone tá com preço alto.

    Não concordo com os preços dos anateis. Mas julgar a Maçã por causa de câmbio… Me desculpe mas me sôa a mimimi.

  • Victor Pepsi

    Complicado a nossa situação, não so a de consumidores de produtos apple, mas sim de todos consumidores de tecnologia… Enfim, fui assaltado recentemente e roubaram meu iPhone, por enquanto estou usando um celular mais antigo com Android que eu tinha, alguma dica para adquirir outro celular? Tava querendo pegar um 5S ou 6, será que compensa pegar usador? Comprar fora? Tem alguma operadora com planos bons?

  • Juliano

    Esse ano a questão do câmbio é bem clara para justificar o aumento dos preços. Mas e em anos anteriores? O câmbio não estava flutuando tanto assim, mas sempre havia um aumento significativo dos preços de um ano para outro.

  • o Brasil tá ferrado em tudo, e a nós que amamos tecnologia, estamos ainda mais. 🙁

  • Arley Martins

    Macbook eu ja considero ir direto nos USA e comprar, pois fica mais barato pagar a passagem de ida e volta ficar 3 dias em uma kitnet alugada no airbnb e ainda dar uma passeada no pais. O ruim é ter que pagar tudo a vista, porem quem quer pagar bem menos em relação ao preço do brasil tem que fazer isso. A unica “vantagem” de comprar no brasil é parcelar, porem parcelar um macbook com preço de 12k, 15k, é doidera ao meu ver visto que com um preço desse se compra um carro usado pra andar.

  • Edson Luiz

    A Standart & Poor’s defende que o BC pare de atuar e deixe o dólar ir a R$ 5,00……….Sem chance de comprar o 6S.

  • João Gabriel Mendes Corrêa

    Bem, concordo em partes com o texto. A atual flutuação cambial está arrebentando todos os ramos da economia sim, porém seria até mesmo ingênuo pensar que somente o dólar influenciou o aumento dos preços.

    Assim como marcas como a Zara, acredito que a Apple brasileira está adotando uma postura diferente do resto do mundo: a de produtos/serviços premium destinados ao público AAA. Porque mesmo analisando a instabilidade econômica, simplesmente NÃO FAZ SENTIDO um Macbook custar 10 mil iniciais mesmo que a importação do mesmo fosse a preço da Apple americana.

    Cada dia é mais difícil ser fã da maçã.

    • Jack Anao_Tequila

      E ainda complemento o que você disse. E quando a situação do país ainda estava (se posso dizer) estável? Desde muito tempo que a Apple vem aumentando os preços, não interessando a economia do país…

      Desculpe, mas nao da pra entender a Apple daqui..

    • Kleyson Klesller

      Se a Apple praticasse o Mac com base no preço americano (que já tem seu lucro inserido) ainda sim, reajustando ao cambio e pagando todos os impostos, eu acredito muito que ela insere sim mais lucro em cima! Porque será que só no Brasil ela diminuiu o preço da apple Music? Isso é o chamado lucro Brasil

  • Rafael SS

    E quando passamos do 5S para a linha 6, havia instabilidade econômica e política? Houve variação cambial extrema? Não! Era em média 2,30 em out/2013 e 2,50 em out/2014.
    Se o preço é sempre o mesmo (a tendência é diminuir o valor do antigo), por que o 6 chegou mais caro?

    • Victor Mello

      Muito bom questionamento, ainda mais considerando os anos anteriores, quando os iPhones passaram de R$1.900 pra R$2.400 em média, nos novos modelos (Do 4S pro 5).

  • Cassio Delmanto

    “Pagar por um computador o preço de um carro usado não é algo que faça sentido em nenhum lugar do mundo”

    Na realidade, na Inglaterra e principalmente nos EUA, é perfeitamente possível e comum achar carros usados (e nem tão capengas) por preços semelhantes ao de um smartphone.

    Inclusive, isso gerou uma imensa polêmica alguns anos atrás, quando saiu uma reportagem dizendo que os jovens (de lá) preferiam pegar um celular melhor do que comprar o primeiro carro, o que foi recolocado aqui no Brasil sem o menor contexto.

    A diferença é que lá, você pode comprar um carro relativamente bom pelo mesmo preço (e até menos) que um iPhone. Já aqui, com o preço de um iPhone (R$ 3.5 mil), você pega um carro usado bem, mas bem vagabundo.

  • Caio Lima

    Pois é caros amigos … E infelizmente temos que pagar o pato por isso. Já se foi a epoca em que pagávamos no máximo R$ 2.000,00 em um lançamento da maçã, como diz um conhecido meu “Agora é sentar e esperar a morte”, pois pelo visto a situação só tende a piorar para o consumidor brasileiro, não que eu me conforme, mas é o que temos para hoje infelizmente. Acho que vou ter que ficar com meu iPhone 5 por mais um ou dois anos. Lamentável!

  • Márcio Neubrand

    A Apple, pelo menos nos EUA, tem uma política de não mudar os preços. O que mudou foi o câmbio, ou seja, a desvalorização do Real frente ao Dólar. O iPhone mais básico, com menos memória (desconsiderando-se os modelos “c”) sempre custaram $649 + impostos. Tenho iPhones desde o 3GS de 2009 e sempre foi este preço.

  • washington durans

    Artigo muito bem elaborado e imparcial. Parabéns ao blog mais uma vez. ?✌?️

  • Charlitos

    Acabei de trocar meu 5s por um 6 de 64gb e vou segurar por um bom tempo. Quem sabe eu espero o Iphone 7s se aparecer algo muito incrivel

  • Pablo Rangel

    Tava indo bem ate aqui “E reze para a situação política do país melhorar
    algum dia.”. Rezar não resolve nada. Tem que agir! Exigir reformas,
    votar melhor e tudo mais!

  • Jefferson Soares

    Já criaram no Twitter a hashtag SayNoToAppleBrazil
    Essa eu faço questão de participar.

  • Renann Almeida

    lacra o 13 e confirma

    • Cristiano Matos

      kkkk

    • Samuel Oliveira

      e a tendência é piorar

  • Concordo que a economia está indo de mal a pior, MAS a Apple também eh culpada, e muito, pelos preços abusivos. Saíram matérias em outros sites exatamente sobre uma questão de “filosofia ” praticado pela Apple que eh jamais abaixar a margem de lucro. As matérias discutiam inclusive o preço do iPhone na China, uma vez que o dólar está muito forte perante a moeda chinesa. Logicamente que a carga tributária aqui no Br eh absurda, mas fazendo uma conta de padaria, a margem de lucro da Apple chega a quase a ser 50% no valor dos produtos. A questão eh: Será que se ela diminuísse a margem, o produto fica mais barato e vende mais? Ou o mercado brasileiro vai continuar comprando como sempre independente do preço?

  • Gerinho Faustino

    Um caso parecido com o meu, comprei ano passado no mês de julho um MacBook Air na Holanda por 940 euros, que a cotação do euro tava exatamente 3 reais na época. Agora esse mesmo Mac aqui no Brasil no site da Apple tá na faixa dos 7mil.

  • Christiano Albuquerque

    E assim o mercado de usados cresce!!!!

    • Danilo

      Toda vez que apple aumenta os preços o pessoal que vende usado viaja achando que teve o produto valorizado.
      Hoje em dia tem IPhone 6 16 GB com 1 ano de uso sendo vendido por R$2600 no ML ,o cara começa pedindo isso,depois vende por R$1800.

      • É, mas uma amiga acabou de vender o do pai dela por 2300 lá no ML.

        • Danilo

          300 não é 600
          Sem contar comissão do ML que já tira 10%
          Quem tem 2300 a vista paga 2800 no novo.

          • Pagaria no máximo 2200. Quando eu vendo no ML eu não sei porque, mas eu ganho um isenção desses 10%. A propósito 16GB pra mim é muito preju, mas com preço do iPhone tão alto é de se compreender…

            • Danilo

              Eu vendo ha 8 anos no ML,sempre vendi meus iPhones pra pegar o próximo.
              Pra você vender um IPhone 6 16GB a R$ 2200 tem que ser aquele anuncio sem juros,que por sua vez leva 10%,
              Pra vender sem comissão com aquele anuncio com juros a pessoa não aceita pagar tanto.
              Se fosse vender meu 6 16Gb Hoje,colocaria R$2500 com anuncio sem juros ou R$2000 a vista.

  • Lu Lu

    Os lançamentos da Apple são só para ricos. Simples assim. Hoje em dia,um iPhone 5S lançado em 2013 ainda considero caro. Já foram lançados 4 iPhones depois dele e continua caro.

  • Lu Lu

    A única solução que eu vejo é importar ou comprar à vista por preços menores,como pessoas que importam ou que moram lá fora e vendem aqui num preço menor. Ou fazer amarrar os pés e as mãos e comprar em 24x no cartão! Vida de brasileiro é essa.

  • Lu Lu

    E mudando de assunto,a Apple está deixando de ser a melhor. Hoje já existe aparelhos com impressão digital,câmera top,memória maior,e um sistema até que legal pela metade do preço. Antigamente uns dois anos atrás ou até 1 ano atrás,eu nem me imaginava com um Android. Apps feios e ruins,um sistema ruim,uma plataforma meio estranha e mal feita,hoje em dia,tá bem melhor e diferente. E você paga a metade num aparelho desses. Hoje já tem celular com impressão digital,hardware recente,câmera que tem até foco a laser,gravação a 4K,e tudo mais,os iPhones vão deixar de ser iPhones com o tempo. A concorrência tá caminhando e os preços são menores . Mas o meu comentário não muda em nada,as pessoas sempre se apertam e dão um jeito de comprar o iPhone,elas reclamam do preço,mas acabam comprando,mesmo que seja até em 24x. Pra mim iPhone é o melhor,mas não sei se vou conseguir ficar preso num iPhone de 4 polegadas com recursos de anos atrás,enquanto existe lançamentos tops com as últimas do mercado por um preço bem menor. Já que comprar o iPhone 6 pra mim de 32GB não tá dentro dos meus planos nos próximos 2 anos.

    • Preço é uma coisa, mas estes argumentos técnicos é uma discussão sem fim… de qual o melhor… hardware, software, integração, potência, serviços, qualidade, desempenho… não dá pra analisar um isolado. E o assunto em pauta hoje foi PREÇO.

  • Marcos

    Meus úlitmos 4 iPhones, tive a oportunidade de comprar nos EUA, mas não tive coragem de pegar o 6s plus, com o dólar atual.

    Se eu perder meu atual 6 plus, acho que volto para um 5s (talvez um 6 usado, bem conservado).

    Estou curioso para saber, é se quando a nossa economia voltar a melhorar, a redução de preço vai ser astronômica, Tbm?

    É nessa hora que veremos se a Apple está sendo vilã, ou não.

  • A culpa dos preços altos se deve aos brasileiros, não tem nada a ver com a Apple. Os maiores sabotares do nosso país somos nós mesmos… No índice de competitividade só não perdemos para a Venezuela, na América Latina, e por muito pouco. Em termos jurídicos também somos um zero à esquerda… apesar de ter várias vezes menos armas de fogo que os Estados Unidos se bobear temos mais mortes por arma de fogo que eles… Meu Deus, o Peru tem uma legislação melhor que a nossa, o Peru! A culpa é de quem? Do b r a s i l e i r o . Esse país tem que ser povoado de novo…

    • Jefferson Soares

      A solução parado Brasil hoje é devolvermos aos índios, pedirmos desculpa e irmos embora.

      • auhauhahahuahuuhahuahu Totalmente de acordo!!! Não sei se eles vão aceitar…! Perfeito! uahahuahuhauahuhua

      • Cristiano Matos

        Agora que já fu… com o Brasil todo, acho que não vão aceitar a devolução. kkkkk

  • Gabriel Dias

    eu venho achando o preço dos iPhone no brasil altos de mais desde época do 5s que custava quase 3mil reais.eu em 2012 comprei o meu macbook pro 13 por 3mil reais nas americanas aproveitando o black friday e visto que exatamente o mesmo modelo que ainda não foi atualizado esta sendo vendido pela apple por 10mil reias é de se preocupar.Eu concordo com vc que a culpa não é da apple e sim da nossa economia que está passando por apertos,basta ver o preço de jogos para wii u e ps4 um jogo lançamento esta 300 reais.

  • Joao P

    Reconheci o app do cartão, Nubank <3

  • Zotan

    Se vc comprou o iPhone 6 recentemente, pq cargas d’água vc quer comprar o novo iPhone 6s? E vc ainda diz que não é coisa de fã alucinado na marca??? Eu tbm adoro meu iPhone, não tem nada comparado a ele e não troco por nada….

  • Clonex8

    Ainda prefiro um xing ling

  • Mais_um_atoa_do_ES

    tudo culpa do dólar, lembro de ter comprado o 4 e o 4S, tudo zerado nos lançamentos por R$ 1.400,00 reais, meu iphone 5 custou R$ 1.500,00, o 5S ja foi para R$ 1.800,00, quero comprar o 6s, mas não pago mais que 2 conto, mais que isso não compensa, melhor ficar com o 5S até dar PT……….

  • João H. Orssatto

    Entendo o ponto de vista apresentado, mas assim como você diz que aquelas pessoas que culpam apenas a Apple estão equivocadas, você também está.

    Comprei em 03 de outubro do ano passado um MacBook Pro 15″ Tela Retina por R$ 11.499, com alguns adicionais (+ RAM, + armazenagem, etc), que seria o famoso “top de linha com todos os opcionais”. O computador “equivalente” este ano, depois deste último aumento, custa meros R$ 28.049 reais, um aumento de R$ 16.550, ou 140% (aprox.). Se descontarmos o aumento de 63% pelo câmbio, ainda assim não temos justificativa para mais da metade do aumento.

    Fora que, este ano já tivemos dois reajustes de preço, antes mesmo da escalada do dólar e demais moedas. Além disso, o que me deixa mais chateado é: ao passo que houve redução dos preços nos EUA, houve aumentos constantes aqui no Brasil. Isto, para mim, demonstra uma certa falta de interesse no mercado brasileiro.

    Por fim, apenas destaco que não estou reclamando da empresa ou dos seus produtos, pois como mencionei, sou consumidor e fã dos produtos Apple, porém tenho que reconhecer quando a empresa atua de maneiras no mínimo curiosas com suas políticas de preços.

  • Cristiano Matos

    Eu comprei o meu i6+ no Brasil ano passado e paguei 4 mil dilmas. E na nota estava bem claro que o valor do produto era 2,2 mil dilmas… O restante era imposto.

  • Vitor Menezes

    Comprei meu iMac em 2009, quando a cotação do dólar chegou em seu mínimo 1,70 em relação ao ano. Naquela época, o computador custou R$3.500 (comprado no Brasil).
    Se o Dólar esse ano bateu o recorde de 4,24 (249% a mais), é de esperar que o novo modelo (imaginando que o preço em dólar é quase igual) será quase 9 mil, fora aumento de imposto, inflação, etc, etc, etc e… chegará aos 10.600 fácil! O preço cobrado hoje é 3 vezes maior do que 2009!

    Não é culpa da Apple: é culpa do governo brasileiro que não soube controlar o valor do dólar. Não soube exportar mercadorias. Não soube investir, muito menos atrair investidores. O país é enorme e ainda assim exporta tão pouco…

    O pior é que tem político que se nega a falar que o Brasil está em crise! Chega a ser decepcionante.

  • Rodrigo Vieira

    Mac agora só o mini e OLHE LÁ!

  • Bruno Castro

    Desde que comecei a usar produtos Apple, sonho com o dia em que não vou precisar esperar alguém viajar ou ir eu mesmo para por as mãos neles.
    Além de um iMac, que consegui por um bom desconto, e não é fácil de trazer de fora, o único produto que comprei da Apple no Brasil foi um iPhone 5s. Não me arrependi, mas fiquei bons meses com a consciência pesada, principalmente quando via que o preço do mesmo nos EUA era pouco mais da metade. Mas o que mais me doeu nisso tudo, foi ver a nota fiscal do mesmo: aproximadamente 50% (+/-, não me lembro muito bem) do que paguei, eram impostos.
    Como sempre disse, rico não é quem usa iPhone, mas quem o compra aqui, pagar os impostos abusivos que esse governo nos cobra é só para quem tem dinheiro de sobra mesmo. O pior disso tudo é que tem gente tacando pedra na Apple, como se ela controlasse a economia do país. Mas ainda tenho fé que o dólar voltará à custar < 2 reais, e que pagaremos um imposto "justo" e único.

    • Danilo Ribeiro

      O pior disso tudo é que tem gente ainda acreditando que é a economia que explica esses preços… MacBook a 1300 dólares nos EUA e 15000 reais aqui…

      O economista que conseguir explicar como essa conta fecha ganha o Nobel ano que vem!!!

  • Luiz Gustavo Nogueira Barcelos

    Eu paguei 1100 no meu air 13″ e 256gb, com impostos e o câmbio do dia deu 3200,00 (comprei esse ano, em janeiro) e vi o preço desse mesmo notebook subir até 11.500,00 reais aqui no Brasil. Estou pensando em vender o meu Pq eu não quero ter que me acostumar com ele pq sei que não poderei comprar outro a esse preço.

  • Israel Santos

    ja ta me dando medo ate de tirar o mac da bolsa no trabalho,o mouse ta de 600 pratas,o iPhone e os acessórios estão num valor absurdo,agora sim meu 6 vai durar 4 anos na minha mao.

  • Igorbass

    Sério, eu não to feliz com os preços, eu to com o 6 e não vou trocar, assim como tb não vou pagar quase mil reais em um mouse, só pq é da apple, que ta um ABSURDO um MOUSE.
    Sério, por mais que o dolar, ta lá encima, não justifica o preço ta assim lá fora.
    Seira muita alienação da minha parte falar que só a apple faz coisa com qualidade, sendo que tem outras marcas fazendo coisas superiores e com preço até que melhor.
    Eu fiquei apaixonado pelo S6 EDGE+ aquela tela curva da um charme lindo, que todo mundo fica olhando, mas o preço tb é alto, da mesma forma, que não é justo aquele preço, só pq tem uma tlea curva, assim como acho injusto esses preços, da Apple no EUA.
    Ah, culpa do Dolar, ok, mas e as outras ? Pq não tão caro ?
    Muita gente vai abandonar a Apple se continuar assim, é só parar de ser ALIENADO como eu sou um pouco ainda pela apple, apaixonado pelos produtos, mas VI , os aparelhos Android mais avançados e mais baratos, e mais bonitos, que o meu Iphone 6.
    Vi muita gente querendo dar boicote na Apple e parar de comprar seus produtos, e isso, fãs da marca, independente se é apple ou não, é totalmente fora do normal, pagar mais de 4 mil em um celular.
    Mais cada bolso é cada bolso.

    • Estanislaw Duarte

      Sem nexo seu comentário, fã darem boicote? Quantos fãs? kk

      Celular mais avançado? Em quê exatamente? Seja específico, porque se for por hardware, vamos conversar agora kkkk

      Quem compra iPhone, usa por experiência de uso ou “ostentar”.
      Tem público pra tudo.

      • Igorbass

        Ue, você não tem a capacidade de ler comentários de outros sites ? Ou você acha que todo mundo que tem Iphone, como EU, é obrigado a Aceitar os preços da Apple ? Sim, celular mais avançado, ou você ´não é inteligente o bastante pra saber disso, ou melhor, alienado ? Eu uso Iphone, pois gosto do sistema, mas tem celular mais avançado em tecnologia SIM, e isso não é questão de PESQUISAR e sim, USAR e o chamado FUÇAR.

        • Estanislaw Duarte

          Quantas respostas. Você é tão inteligente e usa um iPhone? Oxe…

      • Igorbass

        Isso é uma suposição, onde eu vi comentários em sites de Tecnologia, onde fãs da apple, falaram.
        Sim, Celular mais avançado, ou você é alienado achando que o nosso Iphone é o celular mais avançado do mundo ? Chega né ? Época do lançamento do Iphone 4S ja passou, o babação em laçamentos da Apple já acabou. Quem compra Iphone, usa por experiencia, sim, por isso que eu tenho, pois tb gosto do sistema. Mas seria muita alienação da minha parte, falar que o meu Iphone é mais avançado que outros Smartphones.
        Pode até ser, mas no quesito recursos, o meu Iphone 6 ta bem defasado )=
        E isso é sério.
        Ostentação, Ok, mas as pessoas estão começando a ostentar com um Smartphone com tela CURVA e sim, o S6 EDGE + é LINDO, lindo que DÓI, que todo mundo olha, quando a pessoa ta com 1 na mão.
        E o Avançado no que eu disse são em novas tecnologias, novos sensores, tudo isso engloba.
        Que coisa mais 2011 falar que o Iphone ainda é o melhor do mundo.
        Testei vários celulares TOPS android, e ta de PARABÉNS.
        Pois as tecnologias colocadas neles é de deixar o meu bb pra trás

        • Juliano Andrade

          Concordo com a maioria, adoro o design de um celular, mas não compro ele pra querer mostrar, ostentar. Particularmente, acho ridículo.

      • Igorbass

        Isso é uma suposição, onde eu vi comentários em sites de Tecnologia, onde fãs da apple, falaram.

        Sim, Celular mais avançado, ou você é alienado achando que o nosso Iphone é o celular mais avançado do mundo ? Chega né ? Época do lançamento do Iphone 4S ja passou, o babação em laçamentos da Apple já acabou. Quem compra Iphone, usa por experiencia, sim, por isso que eu tenho, pois tb gosto do sistema. Mas seria muita alienação da minha parte, falar que o meu Iphone é mais avançado que outros Smartphones.

        Pode até ser, mas no quesito recursos, o meu Iphone 6 ta bem defasado )=

        E isso é sério.

        Ostentação, Ok, mas as pessoas estão começando a ostentar com um Smartphone com tela CURVA e sim, o S6 EDGE + é LINDO, lindo que DÓI, que todo mundo olha, quando a pessoa ta com 1 na mão.

        E o Avançado no que eu disse são em novas tecnologias, novos sensores, tudo isso engloba.

        Que coisa mais 2011 falar que o Iphone ainda é o melhor do mundo.

        Testei vários celulares TOPS android, e ta de PARABÉNS.

        Pois as tecnologias colocadas neles é de deixar o meu bb pra trás

      • Igorbass

        Isso é uma suposição, onde eu vi comentários em sites de Tecnologia, onde fãs da apple, falaram.

        Sim, Celular mais avançado, ou você é alienado achando que o nosso Iphone é o celular mais avançado do mundo ? Chega né ? Época do lançamento do Iphone 4S ja passou, o babação em laçamentos da Apple já acabou. Quem compra Iphone, usa por experiencia, sim, por isso que eu tenho, pois tb gosto do sistema. Mas seria muita alienação da minha parte, falar que o meu Iphone é mais avançado que outros Smartphones.

        Pode até ser, mas no quesito recursos, o meu Iphone 6 ta bem defasado )=

        E isso é sério.

        Ostentação, Ok, mas as pessoas estão começando a ostentar com um Smartphone com tela CURVA e sim, o S6 EDGE + é LINDO, lindo que DÓI, que todo mundo olha, quando a pessoa ta com 1 na mão.

        E o Avançado no que eu disse são em novas tecnologias, novos sensores, tudo isso engloba.

        Que coisa mais 2011 falar que o Iphone ainda é o melhor do mundo.

        Testei vários celulares TOPS android, e ta de PARABÉNS.

        Pois as tecnologias colocadas neles é de deixar o meu bb pra trás

  • suzane

    este plano da claro,no caso voce paga o iphone(o valor dele) mais o plano ?

  • Rodrigo Bueno

    Do jeito que vai, o modelo mais simples do iPhone 6S deve vir pela “módica” quantia de R$ 4.899,00.

  • Igorbass

    Sério, eu não to feliz com os preços, eu to com o 6 e não vou trocar, assim como tb não vou pagar quase mil reais em um mouse, só pq é da apple, que ta um ABSURDO um MOUSE.

    Sério, por mais que o dolar, ta lá encima, não justifica o preço ta assim lá fora.

    Seira muita alienação da minha parte falar que só a apple faz coisa com qualidade, sendo que tem outras marcas fazendo coisas superiores e com preço até que melhor.

    Eu fiquei apaixonado pelo S6 EDGE+ aquela tela curva da um charme lindo, que todo mundo fica olhando, mas o preço tb é alto, da mesma forma, que não é justo aquele preço, só pq tem uma tlea curva, assim como acho injusto esses preços, da Apple no EUA.

    Ah, culpa do Dolar, ok, mas e as outras ? Pq não tão caro ?

    Muita gente vai abandonar a Apple se continuar assim, é só parar de ser ALIENADO como eu sou um pouco ainda pela apple, apaixonado pelos produtos, mas VI , os aparelhos Android mais avançados e mais baratos, e mais bonitos, que o meu Iphone 6.

    Vi muita gente querendo dar boicote na Apple e parar de comprar seus produtos, e isso, fãs da marca, independente se é apple ou não, é totalmente fora do normal, pagar mais de 4 mil em um celular.

    Mais cada bolso é cada bolso.

    • Juliano Andrade

      “Que todo mundo fica olhando…” triste.

  • Bruno Raposo

    Hoje em dia eu dou “graças a Deus” ter comprado meu MacBook Retina em Setembro do ano passado por aproximadamente R$ 4.500… me assustei com os valores da Apple Store do Brasil hoje. Já o iPhone, vou continuar um bom tempo ainda com o 5 “guerreiro” até aonde der… tá complicado.

  • Verdade, a Apple é boazinha e nem um pouco gananciosa. Afinal, o iMac de $1.500 custa apenas R$ 14.300 aqui, o que é uma pechincha…

  • Fern

    Ótima discussão. Aliás, como foi bem dito, chega a ser infantil essa prática em querer culpabilizar apenas a Apple por essa realidade em seus preços. Ademais, é preciso observar que o dólar vem se valorizando EM TODO O MUNDO desde o ano passado com a política de juros do FED. Se não está sendo fácil para muitas economias lá fora (o que também acarreta reajustes de preços da empresa da Maçã em outros lugares do mundo), aqui tende a ser pior devido aos eventos políticos do país. Triste.

  • EDER JOSE DE OLIVEIRA

    Estive na fronteira do Brasil (Fiz do Iguaçu) a alguns dias atrás no intuito de comprar o iPhone 6S, mas chegando lá mudei de ideia. O 6S de 64Gb estava cotado a US$ 990,00 e o iPhone 6 a US$ 680,00. Optei por comprar o 6 e com a diferença de US$ 320,00 acrescentei mais US$ 100,00 e comprei o Apple Watch. Acho que fiz uma compra inteligente, tendo em vista que comprei dois excelentes aparelhos pelo preço de praticamente um, e ainda mais barato que se tivesse comprado aqui no Brasil.

  • Leonardo Wille

    Ilex, me desculpe, mas não tente justificar a Apple.

    Um macbook de 2012 está saindo a 10 mil reais. O novo macbook custa 12 mil agora. Sendo que ele custa 1300 dolares. Da 5200 reais, mais 50% de imposto de importação, chegamos a uns 7800 reais. Cinco mil a mais são apenas a Apple querendo vantagem em cima de nós.

    Sou fã dos produtos da Apple mas com esses preços NÃO dá. Esperem pelo iphone 6s a no mínimo 3899.

    • Joao Paulo

      Sem contar que esse 1300 dólares já tá com todo o lucro que a Apple tem lá nos EUA né…

      Tentam justificar o injustificável.

      • Kleyson Klesller

        Exatamente, em cima desses 1300 dólares, já estão incluídos os lucros!

        • Lucro da apple, e o do vendedor ? Pra ter o mesmo preço tanto na loja quanto no site a apple aplica o lucro do vendedor tmbm no site ! Infelizmente é uma triste realidade

          • Kleyson Klesller

            Você acha que nesses 1.300 dólares, não está incluído o lucro do vendedor? O logista compra mais barato pra revender né!

            • Sim isto lá nos USA quando vem para o Brasil se aplica uma taxa para o lucro do vendedor, a apple não é igual às outras empresas que vendem o produto mais barato pro revender poder tirar seu lucro muito pelo contrário, ela acrescenta a porcentagem do lucro do revendedor em cima do produto, por isto q nunca se vê promoção de iPhone igual os das outras marcas ! Esse é o mundo !!

            • Lucro do vendedor lá dos EUA, para o daqui não ! Lembre-se a apple nunca irá perder, isso acontece pq senão o pessoal de lá mandava importar aqui do Brasil aí eles é q iam fazer a festa por isso q eles colocam outra porcentagem em cima para os vendedor aqui do Brasil !

            • Leonardo Wille

              Lucro do vendedor? Mas o vendedor eh a propria Apple!!!!

            • mas a apple não baixa o preço quando a claro por exemplo quer vender o aparelho, por isso em todo lugar o iphone sempre tem o mesmo preço, você pode ir em qualquer lugar o iphone sempre terá o mesmo preço digo isso em lojas oficias, não naquelas lojas que pessoas importam de fora e vende um pouco mais barato pq não foi tributado !

      • Leonardo Wille

        E o pior eh o iLex com esse discurso de “não é culpa da Apple”. No Brasil é sim. Eles aumentam o valor de todos os produtos absurdamente aqui. Sem falar no teclado a 750 reais ou o magic mouse a 650.

    • Luiz Fernando

      4.5k nesse iPhone 6s

    • Daniel3476

      Realmente 12.000 reais pra um MacBook Pro que em outras terras custa $1400 é bizarro, não faz sentido nenhum. Seja quem for que decidiu esse preço fez uma péssima decisão pois as vendas de MacBooks no Brasil irão despencar violentamente.

  • Carlos Matheus

    Vixi, se a situação está difícil pra esse pessoal que tem dinheiro pra viajar pro exterior pra comprar produtos da Apple, imagina pra um coitado como eu que não tem dinheiro nem pra viajar pra Bueno de Andrada pra comer coxinha. Hehehe…

    • Alex iPilot

      Pois é…

  • Eduardo Assunção

    Vendi o 6+ 64Gb por R$2800 e comprei o 6S + 64GB por R$4230. Minha maior diferença entre vender e comprar sempre fica em torno dos R$500, em 2015 quase triplicou…

    • Jefferson Soares

      Pensei que só eu fazia isso. Esta é a melhor forma de comprar iPhones.

  • Yujo Rodrigues

    iPhone 6s: agora 4K, na câmera e no preço

    • Estanislaw Duarte

      Lol

    • cesar 1989

      vai ser o banner aqui no site br

  • Matheus Stout

    A verdade mesmo é que a maioria das pessoas que estão reclamando aqui irá comprar o 6s quando lançar aqui ;D

  • Bruna

    Tentei entrar no site da iplace e ta em manutenção, mas no google anuncios mostra o site da iplace vendendo o 6 Plus a partir de 3199 e o 6 por 2879.

    Estão desesperados pra vender pq em nenhum site ta esse preço…

    • Ricardo Cavalli Schmitt

      NÃOOOOOOOOO!!!
      Comprei meu 6 semana passada na loja… Se baixarem os preços.. PQP.. Azar do caramba! 🙁

      • Gui Carbone

        Putz, que azar heim!! Mas se já tava com a ideia de pegar o 6 devia ter esperado até lançarem o 6s aqui, a tendendia é que os preços caiam

        • Ricardo Cavalli Schmitt

          Pois é.. mas eu estava ansioso.

          • Gui Carbone

            sauasuhahuash Sei bem como é. Quando a Apple baixou o preço no site deles eu quase comprei. Mas to no aguardo do 6s ainda, para ver a diferença nos valores.

            • Ricardo Cavalli Schmitt

              Eu dei meu 5c na troca. Tipo, eu iria pegar um 5s, mas dai analisei melhor e decidi pagar um pouco a mais e pegar o 6.. pelo menos mantenho atualizado por mais anos… E na ansiedade que eu tava eu não conseguiria esperar mais 1 mês pro lançamento do 6s.

        • Ricardo Cavalli Schmitt

          Ufa! A iPlace apenas alterou o layout do site para a pré-order do Watch.. os preços pro 6 ficaram iguais. HAHAHA

  • Davi Martins

    Amei você ter usado o Nubank. Também tenho um e vou comprar com ele, estou só esperando chegar novembro para eu comprar, porque fica perto do começo de dezembro quando um amigo meu que está em Nova York vai voltar para casa. Mesmo sendo um admirador dos produtos da Apple, me dói demais pagar este valor porque está tudo muito caro por causa da desvalorização da nossa moeda, infelizmente nossos governantes não pensam num bem estar desse País maravilhoso que eles tem em suas mãos, mas fazer o que, é nossa realidade, enfim, espero eu um dia viver em um Brasil que não seja assim com tanta corrupção e falta de interesse desses “políticos”.

  • A tentativa de promover uma reflexão mais profunda merece um elogio. Me irrita dizer que é só a crise, só o dólar, só os impostos ou somente a Apple. É um conjunto de tudo e adiciono uma falta de vontade/vantagem em investir aqui no nosso país. Além disso, recordes de iPhone 6 vendidos aqui no ano passado também não nos ajuda muito. Acordemos, a Apple está se lixando para o Brasil. Veja os outros eletrônicos vendidos aqui. Tem qualidade inferior? Talvez, mas custam menos de 1/4, 1/5 do preço de um Apple (ou até menos). Outras fabricantes mesmo vendo nosso país como complicado, investiram aqui pra baratear as coisas. Microsoft, Sony, Motorola estão aí dando aula. Até que com Cook as coisas melhoraram bastante nesse aspecto, mas cobrar 50 dólares em uma pulseira de 2 mostra que o céu é o limite pra esse cara.

  • rokiller

    Lendo aqui começo a achar que o problema sou eu.. devo ser muito pão duro. Paguei 550,00 reais no meu celular e achando um absurdo gastar uma grana dessa em um smatphone, independente da marca. Não entra na minha cabeça gastar 3 mil reais em um aparelho que faz a mesma coisa.. mas respeito quem acha que vale a pena..

  • Bem, eu estudo economia e obviamente conheço e sei os motivos da atual crise. Óbvio que o preço de produtos importados iria aumentar, a insegurança no país fez o dólar subir de maneira aguda, mas era algo esperado e são coisas que infelizmente acontece, vez ou outra países entram em crise. Eu entendo e compreendo a revolta, mas no caso da Apple eu acredito em um desalinhamento de pensamentos.

    Primeiro: Sim, os preços teriam que ser reajustados, o dólar quase duplicou desde o lançamento do iPhone 6 no Brasil, contudo a Apple já havia reajustado valores durante o último ano, fazendo como que o ajuste dela dessa semana fosse MUITO acima do esperado. A Apple transforma um relógio de 350 dólares num produto de 2899 reais, enquanto a concorrência vende um produto similar por 300 dólares e aqui é vendido por 1000 reais a menos que a maçã. Não há como se enganar, o dólar influencia, o imposto influencia, mas ela está aplicando uma margem de lucro consideravelmente maior. Até porque teoricamente os 350 do Apple Watch já inclui o lucro da Apple, aparentemente eles aproveitam pra lucrar mais aqui (provavelmente alguma decisão individual da Apple Brasil ou América Latina).

    O que mais me espanta é o desalinho de posições. O preço do Apple Music é reduzido em países emergentes, contudo os produtos são absurdamente mais caros. Como explicar?

    Ano passo as vendas de iPhone 6 aumentaram muito, tanto por ser um dos produtos mais diferenciados da maçã nos últimos anos, quanto pelas diversas opções de aquisição e um preço que, apesar de alto, ainda era pagável. Paguei, através do ClaroUP, 3500 reais em meu iPhone 6 64GB, e tenho quase certeza que não irei utilizar o benefício de trocar o aparelho pois estou acreditando que a não ser que ocorra algum super acordo entre operadoras e Apple, o aparelho pode chegar aqui, em seu modelo mais básico, acima dos 4,5-5 mil reais. O que torna inviável até num plano parcelado em 24x como o meu. Bem, vamos ver se com a redução drástica de vendas que a Apple deve ter nacionalmente, ela pensa em reduzir um pouco da sua margem pra poder ser mais competitiva.

    Uma coisa eu digo, não se enganem achando que são impostos e dólar alto somente, outras empresas (motorola e asus, por exemplo) tem se dado muito bem no mercado brasileiro praticando preços altos, mas justos. Compare preços similares de produtos de outras empresas lá fora e os vendidos oficialmente aqui no Brasil e você nota que há um distanciamento considerável dos preços da Apple, e garanto que essa empresas também sofrem com impostos e alta de dólar.

    • Danilo Ribeiro

      Abordagem sensacional… Resumiu de forma clara e concisa o que acontece!! Parabéns…

      Achar que os preços praticados se devem tão somente a alta do dólar é tão ingenuo quanto acreditar que um eventual impeachment da presidente transformará o Brasil em um EUA ou Alemanha!

    • Pedro Henrique Pavelski

      Finamente alguém sensato e coerente aqui. Parabéns pela conclusão!

  • Celso F. Araujo

    Postagem perfeita, parabéns BDI, a qual reflete os sentimentos da maioria dos usuários da Apple.
    Agora, deixo aqui uma informação para efeitos de comparação e análise, sou fotógrafo amador e sempre optei pelos produtos da Nikon. Sei que o mercado fotográfico de longe reflete o de smartphones e assemelhados.
    Sabem quanto foi o reajuste dessa marca desde janeiro deste ano? Zero.

  • Danilo Ribeiro

    Seria mais digno se a Apple encerrasse suas atividades do país!! E sim, em grande parte, a culpa é da Apple sim… Claro que a conjuntura econômica, a incerteza política, todos esses fatores contribuem pra uma elevação das mercadorias em geral… Fato!! Tudo subiu, é uma realidade…

    Mas nada justifica o tamanho do aumento de preços da Apple… A situação dos MacBooks chega a ser ridícula!! Três aumentos em 6 meses e o ultimo com aumentos de mais de 50%?? A situação econômica do país está bem longe de justificar essa desproporção…

    Sim, os produtos da Apple são caros lá fora também, mas aqui eles já deixaram de ser caros há anos… O iPhone era caro quando paguei R$1.999,00 pelo meu 4S de 16GB branco!!! Hoje ele é surreal e ridículo… Olha o exemplo do Apple Watch…

    Se a Samsung consegue vender S6 em promoção quase que toda semana por R$1.999,00 a R$2.299,00, a Apple poderia sim vender iPhones mais em conta!!! Uma Apple TV que já está morta passar de R$399,00 pra R$599,00??

    A verdade é que a Apple sabe bem que sua posição de vendas no Brasil não é de proeminência… O IOS é o terceiro sistema mais utilizado no país, o OSX tem participação ínfima, ela aproveitou pra reforçar seu status de grife no mercado!! Sabe que quem já compra iPhones aqui já possui uma certa fidelidade no aparelho e aposta nisso… Aliás, aposta principalmente na mentalidade dos consumidores nacionais, em sua grande maioria, que em tempos de crise, ter um iPhone novo ou um Apple Watch, é mais destaque do que nunca e em nosso país, muitas vezes, imagem é tudo!!

    Ainda tenho um iPhone 6 Plus que funciona bem e um MacBook Air comprado em 2012 que está lindo com o El Capitan!! O MacBook Air de 13 polegadas vai rodar até a última gota de Sangue nas veias e quando ele sucumbir, volto pro W10 numa boa!!! Jamais pagarei mais de R$10.000,00 em um MacBook Air 11 polegadas de entrada!!

    E o iPhone vai até onde o IOS for atualizado de forma satisfatória pra ele… No dia que ele sucumbir também, o Universo Android e os novos aparelhos da Microsoft estão aí pra oferecer soluções semelhantes a um preço bem mais justo!

  • Alex iPilot

    Independentemente do tipo de produto, do smartphone aos carros, a política de formação de preços no Brasil é: o valor mais alto onde ainda for possível encontrar alguém para pagar! Dane-se o ganho em volume de vendas! É isso e ponto! Para complicar, alguns consumidores ainda gostam, defendendo que o preço alto mantém a “exclusividade” do produto/marca… Triste!

  • cesar 1989

    cara compra no olx, ML, aqui no forum, so veja a reputacao do vendedor antes.

    • Gui Carbone

      No mercado livre achei muito caro. Quero pegar o 6s+, e o que achei tava 5500-5800.

  • Josemar Jr

    Texto bem lúcido! Shows

  • Vinícius

    ​Eu particularmente achei minha forma de ter iPhone’s. Já tive Android top e WP top. Mas gosto mesmo é de iOS. Ponto. É caro? É! Mas pra ter Apple criei minha estratégia. Como, mesmo que pudesse, não pagaria esses preços em um telefone, o que eu faço então? Compro bloqueado de operadora usado ou espero abaixar de preço. Eu particularmente não preciso trocar todo ano. Convenhamos que nada mais rápido que um 5S é necessário para 90% do que fazemos com um smartphone na maioria do tempo. Eu preciso de um telefone que me atenda. Pois bem. A quase 1 ano atrás, paguei 800 reais num iPhone 5 usado, do meu chefe, e já jurei o 6 de 64GB dele, que ele deve passar daqui a mais 1 ano e meio talvez. Outra forma é comprar bloqueado de operadora (de operadora e não de iCloud) e desbloquear oficialmente. Quando o 4S custava mil, mil e poucos reais, paguei 450 em um e mais 50 num RSIM que funcionava absolutamente perfeito. Até atualizava o sistema (nesse caso nem pensei em desbloquear oficialmente, do jeito que ele funcionava redondo com o RSIM já me atendia). Vendi ele e comprei um 5S da O2. Funcionava 4G nacional e tal. Custava 2, 2mil e poucos. Paguei 800 reais e mais 400 pra desbloquear oficialmente. Redondo. Agora peguei outro 5S Gold e vou mandar desbloquear. 800 do aparelho e mais 400 pra unlock oficial. No meu caso e experiência própria, gosto de Apple, quero ter Apple, mas achei meu jeito de fazer acontecer. E assim vou tendo aparelhos excelentes a preços acessíveis. Com a vantagem plus de que, quando chego na posição de poder comprá-los eles já não são mais a sensação do momento e daí atraem menos olhares e chamam menos atenção.

  • André Allegri

    Sempre fiz o mesmo e ainda com a “ajuda” de vender o aparelho aqui no Brasil, por um preço muito justo e cobrindo praticamente o valor do novo.
    Investi pouco dinheiro no meu primeiro 3Gs na época e, desde então, trocando o Iphone pelo modelo atual sem nunca colocar dinheiro ou, colocando pouco para algum upgrade (por exemplo ano passado ter passado de 32G para 64g).

    Esse ano, infelizmente, pelo visto não vai dar. Minha esperança continua na possibilidade de vender o meu 6+64G por um bom preço onde tenha que colocar pouco para adquirir pelo menos os 6s de 64G, não o plus.

    Vamos ver….pq esperar o país melhorar, infelizmente está complicado

  • Ricardo Matos

    Sou leitor do Blog há alguns anos e não posso acreditar que vocês, como especialistas que são, não ficaram escandalizados com os aumentos dessa semana. Os preços são absurdos e mostram o desdém da Apple com o Brasil, mais uma vez. Acho melhor o Blog começar a diversificar o público, pois vai ficar cada vez mais difícil continuar usuário da Apple nesse nosso país. Sou usuário há anos, mas pela primeira vez não vou atualizar meus gadgets, pois está fora da realidade. O país está passando por uma das piores crises de sua história, mas a Apple simplesmente ignora seu público aqui e para mim, obriga intencionalmente a todos que ainda querem os produtos a darem um jeito de comprar lá fora e trazerem pra cá (como vocês do Blog fazem).
    Isso é um mais uma vez um desrespeito com o consumidor brasileiro, o que não é novidade pra ninguém.

    • Juliano Andrade

      Esse blog não é especialista, é amador.

    • Alex iPilot

      Permitam-me discordar… A Apple não tem a menor responsabilidade sobre a crise brasileira. Aliás, esta tem sido a saída do (des)governo e daqueles que ainda o defendem: jogar a culpa nos outros, agora que a “marolinha” virou tsunami… “Desdém da Apple com o Brasil mais uma vez”??? Perdão, mas a Apple vem executando um plano de investimento aqui: construiu a única fábrica fora da China (o 5C aqui era mais barato do que nos EUA) e abriu as primeiras lojas da América Latina… Ou vinha executando, agora sabe-se lá… Também não penso que o Blog, sempre focado em qualidade ao invés de quantidade, deva mudar algo em suas diretrizes… Se eu não puder pagar R$6000 num iPhone, paciência, mas gostaria de continuar leitor do Blog tal como ele sempre foi: do iPhone.

      • cesar 1989

        cara o 5c é fabricado aqui… logico q iria ser um pouco mais barato mas na realidade nem é

        • Alex iPilot

          Sim, eu sei! Por isso não concordei quando foi dito que a Apple desdenha do Brasil… No preço em R$ era mais barato!

      • KB

        Falou tudo Alex.

  • André

    Lamentável…

  • Fábio Laurindo

    Aqui na França pelo padrão de vida nosso sai bem barato em acabei pagando no plano o de 64Gb 499 euros pelo fato de vir desbloqueado e poder usar nos dias que passo em outros países, bem você reclamou do preço mais não deve pesar pra vc pois ir até Londres atrás e gastar por lá em libra tem que poder kkk, aqui na França o meu iPhone 6s de 64gb sai no preço cheio uns 899 euros com imposto meu plano que adquiri por 499 euros pago 80 euros mensais Europa ilimitado, Brasil free e 10gb internet

  • Ro S.

    Meu receio… melhor dizendo… MEDO, é que ainda não estejamos no fundo do poço. E o pior é que não há perspectiva de melhora nem no médio prazo… seja pela esquerda ou direita do país… infelizmente.

  • Anderson Camões

    Claro que o câmbio e influenciou os preços, isso é óbvio. Porém a Apple poderi ter adotado diversas estratégias. Poderia aumentar a participação no mercado, vendendo mais aparelhos, através de acordos com operadoras, etc. Observo também o seguinte: mais aparelhos representam uma maior receita através da App Store. E acho que aqui no nosso país é pouco representativo frente a EUA e Europa.
    Ou seja, a Apple adotou uma postura conservadora, simples assim.

  • Bürgin

    Quem recebe em real e compra o iPhone em dólar ou outra moeda estrangeira, vai sentir a pancada mesmo. E isto vale pra quem compra produtos importados aqui também. Nossa moeda está instável e consequentemente o país: bens de consumo altos, impostos altos, inflação alta, desempregos altos, enfim.
    Não sou economista, longe disto, mas creio que continuaremos em declínio até, pelo menos, o segundo semestre de 2016. Para então as coisas voltarem à normalidade.
    O que machuca é que dois ou três anos de crise, levam pelo menos uns oito anos ou mais para uma república recuperar totalmente o que fora perdido.
    Esperemos, galera…

  • Juliano Huzalo

    ESTAMOS VIRANDO CUBA

  • Luiz Glastony

    Eu entendi o alerta que você fez. Das pessoas pensarem bem antes de comprar algo tão caro, mas pensando pelo lado empresarial. A Apple tá pouco se lixando pra crise no Brasil. Ela vende absurdos de aparelhos no mundo todo, o que me preocupa é que se o consumo daqui diminui, a produção cai, a empresa vai embora como a Nintendo, Htc, entre outras e a gente fica à margem do importado, sem assistência técnica “fácil” que temos hoje e sem benefícios que temos por ter a marca aqui dentro.

  • Thiago Souto

    Minha namorada voltou dos EUA semana passada e eu me recusei a pedir p ela comprar p mim com o cambio q estamos vivendo, por isso parei no 5s, e assim permanecerá por muito tempo pelo visto.

  • Walter Júnior

    Pessoal, apenas uma informação, e a partir daí, tirem suas próprias conclusões.

    A Apple é, pelo terceiro ano consecutivo, a empresa mais valiosa do MUNDO. No último ano CRESCEU 43%.

    A Maçã vale nada menos do que CENTO E VINTE BILHÕES DE DÓLARES!!!

    Como nós brasileiros gostamos de fazer diariamente, isso seria equivalente a QUATROCENTOS E CINQUENTA E SEIS BILHÕES DE REAIS, ao dólar de hoje!!!!

    Boazinha ela não é!!!!

    Se está investindo no Brasil com fábricas e lojas, é porque, sem sombra de dúvidas, o Brasil é um excelente lugar para se lucrar muito dinheiro às nossas custas!

    A culpa de tudo isso, não é da APPLE nem do GOVERNO, Presidente, etc.

    A CULPA É NOSSA!!!!! De cada um de nós, míseros brasileiros que acompanhamos diariamente estas e outras barbaridades, e não fazemos NADA!!!!

    Tirem suas próprias conclusões.

    BDI, Parabéns pela matéria!

  • Zé Miranda

    é incrivel o imperio da apple…
    lança um produto mais caro q o outro, sobe preços vertiginosamente
    e bate recordes de venda de maneira reiterada a cada lançamento
    magos do capitalismo

    • Alex iPilot

      Eu duvido que ela bata recordes de vendas em todos os países, principalmente por aqui…

  • Bárbara Godoi

    Eu sempre troco meus iPhones de 2 em 2 anos, pelo custo/benefício da venda de um aparelho que ainda não é velho, fazendo assim sempre vendo por um valor mto bom. Tenho um 5S, esse ano era ano de trocar novamente mas dessa vez, não vai rolar. Obrigada, governo!!!

  • Carlos Dasmer

    Pra quem compra produtos Apple la fora a culpa do valor alto é da crise sim, pois o preço de lá não mudou, se pagou caro, é por conta da desvalorização do dólar por aqui, agora uma appleTv que custava 350 reais no Brasil, passar a custar 599 sem o valor de lá ter subido isso é culpa da Apple sim, pois se converter o valor com a nossa crise e colocar os impostos todos, não chega a 400 reais. – Portanto, para compra fora com conversão, o problema é da crise, mas pra compra aqui no nosso país a preços obscenos, a culpa é da Apple. – #sóacho

    • Rafael Andrade

      Concordo com você. Eu assim como vários não somos alienados achando que a culpa é da Apple e que dane o resto. Se analisarmos algumas coisas a fundo veremos que a culpa é mista. O país vive uma crise muito forte e como com todos produtos em dólar o impacto é gigante.

      O problema começa quando você tem um produto que não sofre reajuste lá fora, o preço convertido e aplicado todos os impostos não condiz com o que vemos nas lojas. Diferenças pequenas poderiam ser aceitáveis, mas o que dizer do preço do Macbook Pro sem tela retina. Vejam as imagens abaixo.

      O valor foi tirado do site americano da Apple. A alíquota de 60 % é um valor pra facilitar os cálculos, visto que se somar cada alíquota de cada imposto da aproximadamente esse valor. Se eu achasse valores como os da imagem no site da Apple confirmaria com o autor do blog, confirmaria a alta do dólar e a altas taxas de impostos, mas isso não acontece.

      Então teríamos uma fatia de cerca de R$ 2350,00 a R$ 3800,00 que não são explicados. Mesmo que deixássemos somente o valor mais baixo, ainda assim não explica essa política de preços. Isso para mim é ou ganancia ou achar que somos trouxas. Posso estar errado e ser trouxa, mas os números estão ai, e mesmo que eu tenha errado, acho que no final não daria essa diferença. 🙁

      Gostei do texto e concordo com o fato dos impostos e a alta do dólar. Mas acaba ai. Esta é minha reflexão e minha indignação. Sem seguir grupos de Facebook e ir na onda. Simplesmente números.

      • KB

        Apenas um detalhe para ser justo:
        – o dólar praticado pelo banco normalmente não é o que vemos nos índices divulgados (sempre cobram mais caro – vejo pela minha fatura do cartão de crédito)
        – é melhor considerar o preço Apple, o valor pago à vista (com 10% de desconto). Este negócio de parcelar é uma coisa comum no Brasil. Lá fora você paga à vista, logo para efeitos de comparação devemos considerar assim.
        – a Apple para evitar ajustes constantes, trabalha com uma projeção de dólar (que pode ser maior que o dólar instantâneo medido no dia).
        Se acrescentarmos o ICMS do Estado em questão, acredito que no final das contas chegaremos a um valor similar ao mostrado no site da Apple.
        É triste, mas nossa realidade é esta agora. O país se tornou inviável para produtos importados (não que esteja viável para as coisas nacionais tão pouco).

        A culpa? Ao final das contas, é nossa (sociedade), que não temos maturidade para eleger nossos governantes.

      • É a taxa do vendedor ? A apple pra vender o mesmo valor tanto na loja quanto no site aplica tmbm taxa do vendedor no site !!

  • Neto Corrêa

    Para mim, um dos melhores textos já formulados pelo iLex…. Conteúdo claro, preciso e com um “gás” de indignação que me faria assinar embaixo no ato… Texto simples mas impactante, retratando a triste realidade da atual situação econômica de nosso querido, amado e maltratado Brasil…. Ficarei com meu IP6 até que quando puder… Sem condições.. É o que temos para hoje, infelizmente…

  • Dan Gomes

    Engraçado é a galera jogando icms como se fosse apenas somar.. sendo que o icms alem de ser imposto sobre imposto o calculo é feito “por dentro” e varia de estado pra estado…ainda assim, antes disso teríamos que adicionar II, COFINS, IPI, PIS Sendo que tudo isso incide sobre o Valor Aduaneiro (CIF) que é composto por valor do produto + frete + seguro ! Como se TUDO ISSO não bastasse, o produto ainda tem que ser acrescido de taxas portuarias como capatazia etc… alem disso tudo ainda tem que ser adicionado lucro e custos com transporte interno (que não está no CIF lá do inicio) sem contar a possível variação do dólar que é colocada sobre o produto como margem de segurança…ah ! Não falei das despesas bancárias, cambio etc..e.tc….enfim…

    • Rafael Andrade

      Ok, mas a empresa não importa poucas unidades e o custo de importação não seria tão alto. Outra coisa, o produto já possui o lucro embutido, pra que então aplicá-lo novamente? Se fosse sempre assim, seria muito mais vantajoso cada brasileiro importar por si mesmo. Pelo que tenho conhecimento nenhum produto importado por uma empresa deveria ficar mais caro que o comprado por um consumidor. 🙁 Enfim, para mim os preços não fazem sentidos. Foi igual quando a Sony lançou o PS4. Também não fazia sentido.

      • Mas os impostos e como se fosse em cada aparelho pq o imposto e posto sobre o valor total da carga já com as taxas de transportes ! Sem falar que se o aparelho sai de um estado para o outro ele tem q pagar icms novamente do estado em que ele está entrando ! Então é caro !

        • Rafael Andrade

          Mas o que eu quis dizer que o custo para importar uma unidade não é o mesmo pra 100 mil, visto que as despesas com armazenagem temporária são distribuídos a todos. Se os custos ficaram 100 dólares para importar 1, para 100 não ficaria 100 mil dólares. Logo não é certo afirmar isso.

          Quanto ao icms não é pago novamente. Será pago a diferença. Se sai de um estado com 16% de aliquota e vai pra um de 18%, não será pago 16% + 18%, somente a diferença. E a alíquota do icms para produtos importados é diferente da comercialização interna.

          Veja:
          “A partir de 01.01.2013, a alíquota ICMS, nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior, será de 4% (quatro por cento). A alíquota aplica-se aos bens e mercadorias importados do exterior que, após seu desembaraço aduaneiro: I – não tenham sido submetidos a processo de industrialização; II- ainda que submetidos a qualquer processo de transformação, beneficiamento, montagem, acondicionamento, reacondicionamento, renovação ou recondicionamento, resultem em mercadorias ou bens com Conteúdo de Importação superior a 40% (quarenta por cento).”

          Em todo caso a Apple importa via São Paulo, por aeroporto na maioria (Viracopos em Campinas). Ai a alíquota é de 18%.

          • Muito bem visto, mas tmbm tem que acrescentar que seguro de um aparelho não é o mesmo preço pra 100mil !! Tem isso e muitas outras coisas, e isto faz com que aumenta o valor final do produto!

  • Rafa Alencastro

    Estou indo ao EUA mês que vem e gostaria de comprar o iPhone 6S por lá. Alguém sabe se já está disponível pra compra sem ficar vinculado com as operadoras de lá? Os modelos vendidos lá são compatíveis com a rede 4G aqui do Brasil?

  • Átila Santos

    A verdade é que não vale a pena comprar nada da Apple no lançamento.

  • Hades666

    Patético, seria dizer que tudo é culpa desse governo, como as “Marias vão com as outras”, adoram repetir.
    Problema da Apple que o pessoal está esquecendo, está sendo um hardware porco, muito aquém do que já foi….caro ainda por cima?!?! Não dá!!
    Microsoft com seus lançamentos vem aí, vamos aguardar para ver…hardware já gostei, preços nem tanto…

  • Adelson Junior

    Lembro que ano passado, no lançamento, paguei pelo meu iPhone 6 de 128gb, R$ 2399. Estou de viagem marcada para novembro e me corta o coração saber que não poderei trazer o 6s plus. É o jeito esperar o 7.

  • Jair De Barros

    Será que alguém pode me ajudar? Eu estou pra vender o meu iPhone 5s e to pra comprar o iPhone 6s.. O problema é que não sei um site ou lugar confiável para comprar e nem sei ao certo quando vai chegar o iPhone 6s no Brasil pela Apple.. Ae fico na dúvida, se compro esses iphones pelo peixe urbano ou fico esperando uns 15 dias para comprar.. Alguém sabe alguma loja confiável em Sp que já está vendendo os novos iphones?

  • Leonardo VimpriO

    Não pago mais de R$ 2.200,00 em nenhum celular. Sou fã da apple mas não bobo. Ta é louco pagar 3 mil num celular pra um trombadinha vir e roubar. To fora! meu dinheiro é suado!

  • Excelente texto.

  • Junior Alves

    Adorei Texto

  • Ricardo Comel

    O aumento era esperado, mas o que me irrita, e isso não é só a Apple, é que, quando o dollar baixar, os preços não irão cair. To mentindo?

    • Mas tá certo, imagina vc comprar um iPhone a 4,5k e depois o dólar abaixa em 6 meses aí o preço vai pra 3k, vc ia achar legal ? Toda essa desvalorização num celular que tem apenas 6 meses ?

  • Igor

    Mudando um pouco de pato pra ganso. Alê, qual esse app da foto que vc usa para controle financeiro?

  • ABM1980

    Qual tweak você utilizou pra fazer essas modificações no WhatsApp?

  • Álvaro Berti

    Preparem-se. O que estamos vendo é apenas o reflexo inicial da incompetência do governo. A crise é muito maior e é apenas início…

  • Matheus de Castro

    Viaja pra fora, compra no cartão 4k mil reais e ta chorando preço? aiai
    é por trouxas como você que a Apple coloca esse preço absurdo.

  • Tiago Souza

    Li o artigo sobre os preços dos produtos Apple no Brasil e me desculpe, achei seu texto extremamente parcial.
    Sei que devido as crises que o país enfrenta (econômica e política), o dólar tem saído de controle, e também há os inúmeros imposto que pagamos, mas dai atrelar a alta desvairada dos produtos Apple (150%) aqui no Brasil apenas a isso, não sei se me soar correto.
    Acredito que faltou um pouco mais de senso crítico. Eu sou usuário de iphone desde o 4, hoje tenho o 6 que comprei em Miami ano passado. Gosto muito da marca, mas acho que ela se tornou é muito cara e para padrões de consumo como o nosso, e acredito sim que haja muita ambição na Apple, não é apenas a alta do dólar e os impostos, mas também uma proposta da empresa em querer ser tornar um artigo de luxo (um relógio por R$ 37.000,00 Loucura), somos um país de renda média, mas a empresa ainda aposta que vai ter mercado aqui no país com preços tão extravagantes?
    Uma pena, pois para muitos de nós fica enviável o consumo desses produtos. Não sei quais são as novas políticas da empresa, mas o Brasil nem de longe é prioridade.

    • É o dólar alto que faz com que os preços vão lá em cima e sim pode chegar a até mais de 150% de aumento pq é imposto sobre imposto ! Então vira uma bola de neve! E eles vão usar o valor do dólar mais alto dos últimos meses que chegou a bater os R$4.24 por isto que subiu subiu tanto !

  • Elton Fabricio

    Ok, mas a Apple já tem sua margem de lucro em cima do valor em dólares, certo? Quando você pagou 3,600 reais no iPhone já cobriu a margem de lucro da empresa.
    Porque então aqui o valor é estratosfericamente acima do valor do iPhone ou de qualquer outro produto da marca convertido em reais?
    Seria somente impostos? Ou a Apple ainda joga uma margem acima da margem que ela já possui? O famoso “custo Brasil”?

  • Elton Fabricio

    Um MacBook Air 13 de entrada sai nos EUA por $999. Considerando o dólar à R$4,00, daria R$4.000,00. Neste valor o lucro da Apple já está embutido, concorda?
    Então como é que aqui no Brasil o mesmo MBA sai agora por R$9.499,00?
    Esses R$5,499 de diferença é realmente tudo imposto? Mais de 100% do valor do produto é imposto? É tudo culpa da economia-política brasileira?
    Por favor né….

  • KB

    Se servir de consolo… na Apple Store US o iPhone 5s 32G sem bloqueio custa $499 dólares. Aqui na Apple Store Brasil, o 5s 32G à vista custa R$2204,10 reais. Ou seja um dólar de mais ou menos 4.42. Obviamente, quando acabar o lote e vierem novos este valor será reajustado.

  • Paulo Hilson

    First world problems…

  • Elton Fabricio

    Um MacBook Air 13 de entrada sai nos EUA por $999. Considerando o dólar à R$4,00, daria R$4.000,00. Neste valor o lucro da Apple já está embutido, concorda?
    Então como é que aqui no Brasil o mesmo MBA sai agora por R$9.499,00?
    Esses R$5,499 de diferença é realmente tudo imposto? Mais de 100% do valor do produto é imposto? É tudo culpa da economia-política brasileira?
    Por favor né….

    • Faz assim…
      UU$999 x 4.24 ( Base o valor do dólar mais alto registrado)
      Mais 60% de impostos
      Mais 15% de lucro do vendedor ( sim do vendedor, a apple aplica isto no site =/)
      Quanto que deu ?

  • Rafael Andrade

    Concordo. Justamente por isso não deveria ter tantos reajustes. Geralmente as empresas fazem projeções para um ano. Nesse ano já tivemos 3 reajustes da maçã. Quanto ao outro ponto, coloquei na imagem a incidência de ICMS e repare no valor. O ICMS mais alto que temos no país, se não e falhe a memória, é 19% no Rio de Janeiro. Não estou tirando os fatos da alta carga tributária e da crise que assombra nosso país, mas falar que os culpados são somente esses é exagero. A Apple tem sua parcela. Quanto a escolha política, concordo. Vivemos num pais que temos que, atualmente, escolher o menos pior. Brasileiro tem memória curta. (sem discussões partidárias e políticas.)

  • Fabianno Cabral

    [Opinião] Os Brasileiros reclamam dos preços altos mas adoram comprar coisas caras. Eu tenho um iphone 6 e não vejo a necessidade de mudar para um 6S agora. O titulo dessa matéria soa um tanto quanto ostentador. Porquê mesmo tendo comprado fora do país o valor é alto e para que tinha um 6 que por uns dois,três anos iria atender de boa as necessidades trocar para 6S agora é meio que… Tenho sobrando. E a questão custo beneficio?

    Nem pessoas de berço trocam tanto de iphone como muitos Brasileiros. Porquê rico que é rico sabe de onde vem dinheiro e da valor. Compra sim coisas de luxo, mas fazem uso por bom tempo do mesmo.

    Minha opinião. Quem discordar seja educado nas respostas. É o minimo.

  • Bryan Uhlig

    Nossa acabei de ver os preços no site da apple oq ja era caro fico ainda mais caro,eu paguei 4 500 no meu air de 13 Ja acho caro , mas ainda sim um preço aceitável perto que que vejo praticamente o mesmo modelo por 9 500 reais . Doi ate de ver , acredito q dificilmente alguem compra , eu mesmo estou tirando qualquer cogitação por enquanto.

  • Alexandre Silva Oliveira

    Meu 5s tá otimo ainda!!!!! kkkkkkkkk

  • Opa, chegou meu iphone 6s plus 128gb…
    To vendendo meu iphone 6 plus 128gb dourado comprado em jan/15. Peco 3300,00.

  • Douglas Perini

    Em pensar que em 2011 eu comprei meu primeiro iPhone por R$ 1.600,00 e já achava caro, imagine agora!!!! Impossível comprar algum produto Apple no momento, infelizmente estamos sofrendo com essa droga de política pilantra do Brasil…

  • mauricio

    tenho, em minha casa, distribuído entre eu, minha mulher e filhos 3 iPhones 6, um iPhone 5s, um macbook, um iPad. os aparelhos sempre troco nas lojas da apple e, por ultimo em nossa operadora. todos saíram com um preço justo. acho que só continuarei a adquirir novos iPhones com a possibilidade dos antigos entrarem com preços bons. Em 2014 o iPhone 5 entrou na troca em minha operadora por R$1,000,00

  • Daniel Centini

    Ao ler a matéria, senti que fiz um bom negócio ao comprar o Iphone 6S 64 GB por 3150 R$, após conversão rs. Mas tive sorte de ter alguém que conseguiu comprar nos EUA pra mim, pagando em dólar.

    Mas ainda assim, eu acho muito caro pagar tanto por um smartphone. O meu primeiro smartphone foi o Iphone 4S (que ainda uso), adquirido em 2012 no Brasil, por 1300 R$, com um plano pós-pago. Nunca pensei que fosse pagar 2k adicionais para ter a última versão do Iphone. Mas como o Iphone 4S nunca me deu problemas e ainda roda muito bem hoje, além do fato de estar acostumado com o sistema operacional, fui de Iphone. E acho que fiz um bom negócio, considerando que paguei mais barato do que o preço que estão pedindo pelo Iphone 6 64 GB hehe. Mas confesso que vou ficar com um certo receio de sair a pé com o aparelho durante a noite, considerando a “segurança” do nosso país

  • Eu quando pensei em ter meu primeiro iPhone, estava aguardando chegar o iPhone 6S pra eu ter um modelo atual e de uso a longo prazo (não sou de ficar trocando de celular todo ano) mas devido a essa crise e levando em conta os altos preços do iPhone 6 a minha alternativa foi investir no (quase obsoleto) iPhone 5S de 32GB aproveitando a redução de preço que a Apple tinha feito mes passado. E do jeito que tá esse é o primeiro e será o ultimo se continuar com esses preços altissimos.

    Produto da Apple agora nem pode ser considerado um aparelho e sim uma jóia diante do valor que é cobrado.

  • Igor Lana

    Excelente texto Ale, mas gostaria de saber sua opinião sobre os recentes aumentos de preço da apple para MACs e respectivos acessórios, não acha q a apple br está se aproveitando da alta cotação do dólar para tentar colocar uma margem abusiva de lucro por aqui? Concordo q o real está mto desvalorizado, mas um trackpad passar de (altos) R$400,00 para (absurdos) R$1000,00 já eh demais, não?

  • Adriano Santos

    Concordo plenamente com o artigo. Estou extremamente desesperançado de comprar, por exemplo, um Apple Watch…2.600 reais pela versão mais, mais, mais simples…não dá.

  • Alfonolbr

    O pessoal está perdendo o bom senso…

    Do jeito que a matéria foi escrita, dá a impressão de que é “quase” aceitável pagar 4.5K em um celular…

    Na boa… A Apple não é uma instituição de caridade e seria ingenuidade acreditar que ela fez um esforço para não aumentar os preços…

    Vamos lá pessoal… Mais uma vez… não é apenas a alta do dólar o causador destes preços ridículos…

    São, ao menos, 3 fatores:

    1° Alta do dólar
    2° Impostos no Brasil
    3° Lucro da dona Apple

    O pessoal deveria entender isso…

  • Cleverton Silva

    Correto. Estava pensando em trocar meu IPad mini mas depois que vi o preço R$4300(Wi-Fi+celular e somente 16Gb, desisti.