Notícias

Congresso brasileiro pode padronizar tomada de carregadores de celulares no país

Lembram da lei que foi aprovada na Europa padronizando todos os conectores dos carregadores de celular? Pois nosso congresso nacional está pensando em ir pelo mesmo caminho e adotar um padrão único para os carregadores de todos os aparelhos vendidos no país. Na tarde desta terça, a Câmara está discutindo um projeto de lei que obriga os fabricantes a adotar um mesmo padrão de conector para carregar a bateria.

A PL 32/2015 quer que todos os telefones celulares produzidos e comercializados no Brasil usem a mesma interface que se conecta ao aparelho e à rede elétrica. Com isso, empresas como Apple, Motorola e Samsung só poderiam vender aparelhos no país que tivessem o mesmo conector.

A atividade de carregar um celular tem sido dificultada pelos fabricantes, uma vez que não existe padronização das interfaces dos carregadores. Não se pode conceber, no atual estágio do desenvolvimento tecnológico, que existam barreiras desta natureza, que acabam por tornar os usuários reféns de uma determinada marca ou modelo de celular.

O objetivo seria reduzir os custos de produção em tecnologia proprietária e aumentar a concorrência, visto que seria possível comprar carregadores de qualquer marca.

O padrão, no entanto, seria estabelecido pela Anatel. O problema é a agência escolher um padrão diferente do resto do mundo, repetindo a polêmica das tomadas nacionais. Na Europa, o micro-USB foi o escolhido, mas por enquanto as empresas não estão sendo forçadas a mudar, como é o exemplo da Apple e seu conector Lightning.

Se aprovada, a lei passaria a valer a partir de 180 dias após sua publicação, e as empresas que não respeitassem estariam sujeitas à multas de até um milhão de reais.

Dica do Diogo Freire

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Jayme Prado

    Difícil é a Apple aceitar isso.

    • Hozanan Sousa

      E ela é maior que a soberania nacional?

    • Rodolfo Clemente e Penazzi

      Não aceitar é uma opção. Descumprir não é.

  • Rodrigo Figueiredo Bertelli

    Beleza hein! Aí chega o USB-C e faz o que? E na boa, tem celular vendido hoje em dia, fora Apple, que não use micro-USB?

    • Alexandra

      Olha, tem um micro-USB mais larguinho e outro mais achatadinho…

      • Rodrigo Figueiredo Bertelli

        Ou é micro-USB ou é mini-USB. Ou é outro tipo.

        • Alexandra

          Ah… Isso. Imaginei que tivessem nomes diferentes, mas eu não sabia.
          Enfim… são diferentes,né? Um não dá no outro e vice versa

          • Danilo

            Mini USB geralmente é usado em câmeras digitais,celulares usam micro USB.

      • Felipe Munhoz

        Existe o Micro-USB 2.0 e o 3.0 que tem alguns pinos a mais! 😉

        • velociround

          Cara, não espalhe besteira por aí. Esse cabo que você chamou de “MicroUSB 3.0” é na verdade uma adaptação que fizeram para transmitir energia adicional E o USB 3.0 ao mesmo tempo, geralmente usado com HDs externos. Não quer dizer que todo USB 3.0 seja nesse formato.

          • Felipe Munhoz

            Velociround: Leia, pesquise, antes de falar besteira! Eu “não chamei” ele, esse Plug é Padrão Micro-USB 3.0 (Micro-B) sim! Olhe nos sites do padrão USB (http://www.usb.org/about/faq/ans1 e https://en.wikipedia.org/wiki/USB_3.0)
            O USB 3.0 possui 3 padrões: USB 3.0 Standard-A, USB 3.0 Standard-B e Micro-USB 3 (Micro-B).
            Ah! Mais uma informação! Ele é usado em alguns modelos de Celular! 😉

          • Felipe Munhoz

            Apenas para complementar a informação anterior, retirado direto da USB.org:
            “Micro-USB 3.0 (Micro-B) plug and receptacle. A Micro-USB 3.0 plug is for small, portable devices, such as smartphones, digital cameras, GPS devices and more. The Micro-USB 3.0 receptacle is backward compatible with the Micro-USB 2.0 plug.”

  • Gabriel Moura

    No caso das tomada acho aceitável que se regulamente, mas no quesito conector… Complica, visto o atual desenvolvimento tecnológico que está melhorando cada vez mais. Acho que temos que esperar estabilizar mais

    • Marcus Malacarne

      Exatamente o que penso, temo que isso possa “estagnar” o desenvolvimento de novas tecnologias na área. Daqui a pouco as empresas estão colocando dois conectores no aparelho, um pra carregar e um segundo pra outros tipos de interação (que seria no mínimo, um retrocesso).

    • Igor Lana

      O caso das tomadas eu achei ateh bom, visto que antes vinha conector no padrão universal, outros no australiano dependendo do fabricante e do equipamento.

      • Ricardo Marcílio De Britto

        Teria sido bom se tivessem universalizado com um padrão que já existisse. Mas da forma que fizeram, criando um padrão que só existe aqui, ficou muito claro que alguém ganhou muito dinheiro…

        • Igor Lana

          Seria mto melhor msm se tivessem padronizado com o padrão universal, mas além dessa coisa de alguém levar grana tem um pouco de protecionismo ao mercado nacional

  • Luís M.

    Se escolherem o USB-C eu topo!
    Ruim é se inventarem um novo só para o Brasil como foi com aquela historinha das tomadas…

    • JanjaBoy

      Novo padrão de tomadas do Brasil

      Desde o dia 1º de julho de 2011 , a NBR 14136 (baseada na norma internacional IEC 60906-1) é o padrão oficial de tomadas no Brasil. A venda de outros tipos de tomada é proibida pelo Inmetro desde esta data. O padrão foi escolhido por ser mais seguro e por contar com o condutor terra. Há o modelo apropriado para aparelhos que necessitem de corrente até 10A e até 20A, funcionando no segundo modelo, ambos os tipos de aparelhos. Os aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos produzidos atualmente e certificados pelos Inmetro devem sair de fábrica com o novo modelo de tomadas.

      https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Tomada_elétrica

      Não é “só para o Brasil”

      • Marcio Di Rei Araujo

        Não é só para o Brasil, mas só se usa isso aqui. Me corrija se eu estiver errado, mas não se vê esse padrão em lugar nenhum do mundo, além daqui.

        • JanjaBoy

          Nós (Brasil) não tínhamos nenhum padrão, temos que partir de algum ponto.

          • McKoe

            Janja, infelizmente o nosso país é uma piada.

            Você percebeu que você mesmo escreveu que o padrão brasileiro é “baseado” no padrão internacional? Sim, é baseado mas não é o padrão. O Brasil conseguiu criar OUTRO, colocando o pino central à uma distância diferente do padrão.

            Mas o problema vai além. O padrão ditou 16A mas aqui criaram dois, 10A e 20A.

            E pra lamentar, vocês sabiam que existe somente UM PAÍS que tem duas tensões de fornecimento? Sim, o nosso querido e amado Brasil. Sem, nenhuma, distinção, entre 127 e 220V. Aqui é o único lugar no mundo onde você enfia um plugue na tomada sem saber se o aparelho vai explodir. E não aproveitaram o “evento” de “padronização” para diferenciar as duas tensões. (nos raros países q possuem duas tensões o motivo é relacionado à fronteiras, mas não o que existe aqui)

            Uma vergonha internacional. Leia mais aqui, em inglês:
            http://www.worldstandards.eu/electricity/plugs-and-sockets/n/

            E quanto ao “padrão”, melhor ler aqui, também em inglês:
            https://en.m.wikipedia.org/wiki/IEC_60906-1

        • JanjaBoy

          IEC 60906-1 é a proposta de um padrão internacional para tomadas elétricas. Foi projetado para se tornar o tipo de tomada mais comum, a ser usado um dia em toda a União Europeia e em outras regiões do mundo. O padrão foi publicado pela Comissão Eletrotécnica Internacional (International Electrotechnical Commission, IEC) em 1986. Até agora, o Brasil[1] , a África do Sul[2] e a Suíça o adotaram.

          https://pt.m.wikipedia.org/wiki/IEC_60906-1

      • Papa_Emeritus

        Fora q sinceramente, diga com honestidade…
        A porcaria do condutor terra está devidamente instalado na sua casa? (sem piadinhas de duplo sentido)

        • JanjaBoy

          Não tem terra. No sistema antigo não tinha nem a possibilidade.
          Então, melhor tentar moralizar por um padrão que pretende ser unificado.
          Possivelmente não será unificado por conta da babaquice de que “o meu é melhor”

          • juhnior

            JanjaBoy, vc manja do assunto? Tenho uma dúvida. Acho um incômodo do car**** o novo padrão ter 2 tamanhos pros “furos” de plugar o equipamento e sei que é porque tem uma diferença de voltagem ou algo do tipo. Mas teria como desenvolver uma tecnologia que fosse o buraco maior pros plugues que exigem isso, mas que os plugues menores fossem segurados de alguma forma, não precisando usar os buracos menores? (Será que me fiz entender?)

            • JanjaBoy

              Você pode usar em todas as fêmeas os modelos de 20A (ampères) sem problema, o plug macho não ficará com o contato ruim. O contrário não funciona.

            • Carlos Gabriel Arpini

              Opa! Não segura não. Em casa a tomada do micro-ondas (até a língua muda o padrão!) é de 20A e o ventilador de cozinha é 10A. A tomada do ventilador não fica encaixada – e não funciona – na de 20A.

            • JanjaBoy

              Nunca tive esse problema.
              Você não tem tomadas de péssima qualidade?

            • Carlos Gabriel Arpini

              Cara, comprei quando reformei a instalação elétrica do apartamento ano passado. São no novo padrão e com selo do INMETRO. Agora a marca não sei mas não são, aparentemente, de qualidade ruim. O problema é que o buraco de 20A é efetivamente mais largo que o de 10A, o que faz com que a tomada de 10A fique frouxa e somente com peso da mesma (parte macho) gere o contato. Como são tomadas que ficam junto do interruptor de luz, sempre há a desconexão quanto tocadas.

            • JanjaBoy

              Carlos, eu nunca tive esse problema.

            • Robério Souto

              A tomada de 20A suporta normalmente o plug macho de 10A, se a sua está com folga é porque não é de boa qualidade. Quanto a este novo padrão, o mesmo não e exclusividade do Brasil, o mesmo padrão é também utilizado na Suíça, justamente com o mesmo propósito da segurança. Se obserarem, na Europa cada pais tem o seu padrão, portanto acho correto termos uma padronização no Brasil, já que antes cada fabricante colocava o plug que melhor lhe conviesse.

            • JanjaBoy

              Robério, quem tem problema é o Carlos Gabriel, não sou eu.
              Aqui em casa, todas as tomadas de 20A funcionam perfeitamente com os plugs de 10A.
              Eu sou pró tomadas do padrão (e único) novo.

    • velociround

      Cara, mesmo se escolherem o USB-C vai ser horrível!

      A tecnologia avança muito e o governo não tem que se meter com isso!

      Padronizar tomadas é uma coisa totalmente diferente: o país inteiro usa tomada de um tipo então a tecnologia tem que ser compatível; beleza. Mas o conector do aparelho?! Já passamos de USB para mini-USB, micro-USB, USB-C e vários outros formatos que não lembro agora, isso sem contar nos formatos proprietários! Você acha que o USB-C vai durar muito tempo? Daqui poucos anos ele já vai ser substituído por algo melhor! Mas não vai poder ser trazido ao Brasil, e por quê? Porque alguns políticos acharam que prender todo mundo numa tecnologia antiga ia ajudar alguma coisa!

      Existem vários lugares aonde o governo não devia meter a fuça, e esse é um deles.

      • Luís M.

        Sim, eu entendi o que você falou. Sei que em algum tempo ele precisará ser substituído, por isso preferi o USB-C.
        Se escolherem o Mini-USB, ele ficará defasado em pouco tempo.
        Acho que assim como o conector de 30 pinos, este novo padrão poderá demorar bastante a sair. (O conector de 30 pinos levou mais ou menos 9 anos para ser substituído. Acho que é um bom tempo para pensarem em mudar o padrão…)

  • Obrigado.

  • Carlos Muniz

    Falta do que fazer por parte dos nossos deputados.

    • Economia vai bem, saúde vai bem, educação ótima, segurança melhor ainda…

      • Flash

        Melhor comentário! Parabéns!

  • Merito Andrade

    O Conector Lightning é uma evolução! Só o fato de eu não precisar ficar olhando pra encaixar no celular, já vale o preço que se cobra! o Problemas realmente é a tecnologia “retroceder” e termos que usar conectores ultrapassados e nada práticos…

  • Djevangelista Ricardo

    Tanto assunto para se preocupar, e estes deputados se incomodam com o padrão dos conectores. Praticamente, o único conector diferente é o da Apple e mesmo assim, já há marcas nacionais vendendo cabos com bons preços, tipo a PCYES! O importante todos os cabos já tem que é uma ponta USB, e a maioria dos carregadores é de 1A.

    • KB

      Exatamente! Praticamente todos celulares já tem uma das pontas que é USB padrão e o carregador é só o dispositivo da ponta. Todos em sua maioria trazem 5V 1A, salvo tablets. Para que padronizar o que já é intercambiável? O conector de tomada já é padronizada (o mais importante). Basta plugar o cabo do celular no adaptador e carregar. Eu carrego Kindle no adaptador do iPhone, iPhone num adaptador xing-ling, e assim por diante. Tudo funciona perfeito. O cabo já vem com qualquer aparelho quando da compra. Político desocupado e inútil é isso aí, vem com propostas imbecis.

    • Renato

      esse cabo pcyes é bom? o iPhone não o acusa como não-original?

      • Djevangelista Ricardo

        até agora não acusou nada, acho que se acusar é so entrar em contato dentro do tempo da garantia que eles trocam. Por ser uma marca nacional, agente tem como recorrer/trocar.

        • Thiago Martins

          Também fiquei nessa dúvida, mas acabei não comprando por medo de não reconhecer no OSX. No Windows vou de boa com qualquer cabo…

  • Phillip César

    Eles podiam seguir a Europa também e nos dar saúde, educação e segurança de qualidade…

    • Jeff

      Falou tudo..

    • Pablo Rangel

      So um comentário: esse negocio do governo ‘dar’ algo é coisa de esquerda petista. Na europa tem isso quem trabalha e paga impostos. A diferença é que os impostos são revertidos em beneficio da população, ao contrário daqui. Mas dar o estado não deveria dar nada.

      • Wilan

        Mas o que ele falou é isso mesmo, reverter os impostos.

      • Felipe

        Né? Mas não, petista quer saúde educação segurança e não pagar impostos. Assim não da né?

      • Phillip César

        E quem é que dá então?? o Carrefour? Casas Bahia??

        Se nós pagamos os impostos, deveríamos receber algo em troca né isso? Então alguém/algo tem que nos DAR. Essa galera tá mal acostumada com esses “bolsas tudo no mundo”… Segurança, Saúde e Educação e um DEVER DO ESTADO, ele tem que nos DAR isso, faz parte do bem estar social. Leia a constituição. Independente de partido, todos devem lutar por isso.

        As nossas taxas fiscais são tão caras quanto um país da Europa, a diferença está aonde e como eles são aplicados… Já estamos cansados de ver na TV e outros meios comunicação, desvios de dinheiro público. Esse dinheiro é da nossa contribuição, que tanto nos matamos pra pagar e nada volta como benefício.

      • Fgo Fgo

        Gente, vamos parar com esse maniqueísmo de PT e PSDB. O Phillip tá falando de retribuição que o governo deveria nos dar, já que temos a maior carga tributária do mundo.

    • Felipe

      Até porque são os deputados que constroem escolas, mandam na policia e constroem hospitais.

      • Phillip César

        Estou citando os políticos em geral…

    • Flash

      Perfeito, poderiam fazer uma lei para copiar os conectores, os níveis de corrupção, dos serviços públicos de boa qualidade e, principalmente, dos políticos.

  • Junior Santos

    Além das tomadas elétricas, agora querem escolher o formato de entrada no telefone? Isso vai dificultar e muito a produção da tecnologia em diversas marcas! Por exemplo, imagina um conector tipo lightning em um telefone simples como Alcatel ou LG (Tenho 4 aqui), ou outro tipo de conexão qualquer? Acho que as grandes empresas (fabricantes) não vão aceitar fácil este tipo de padrão brasileiro não.

    Mesmo que a Apple use o USB-C em seu telefone e outras fabricantes também adotem o padrão, dificilmente, outros modelos (super simples) não iriam usar a mesma tecnologia, por N motivos, principalmente pelo custo de produção.
    Não vejo vantagem nisso não.

    • Junior Santos

      Conversei com um amigo aqui e ele disse a seguinte frase:

      “Imagina a Apple ou qualquer fabricante produzir não só uma placa-mãe específica para um país, mas também uma conexão, uma carcaça e configurar tudo isso no chipset do telefone e no sistema operacional? Com certeza a Apple, no caso aqui, teria dinheiro suficiente para bancar essa produção, mas quem vai pagar a conta de uma produção específica para um país?”

      • Wilan

        Só muda a base de carga, não precisa mudar a placa muito menos sistema não.

  • Damyhonn Paulino

    Se for aprovado essa PL provavelmente será seguido o que foi decidido na Europa (micro-USB). O que, particularmente, acho uma boa.
    Obviamente o conector lightning é mais avançado e melhor que o micro-USB, mas ao menos a Apple seria obrigada a disponibilizar gratuitamente o adaptador em seus aparelhos vendidos por aqui, e isso seria uma ‘mão-na-roda’ pra todos. Quem nunca passou pela dor de cabeça de estar com o celular quase sem bateria e no local onde você está só existem carregadores de Android aos milhares? heheh

    • Junior Santos

      No caso do Lightning ele é mais avançado que o Micro-USB, até a Apple começar a liberar o USB-C.
      Acredito que ela já sabendo da imposição da Europa, está tomando providencias para mostrar que esta nova interface (USB-C) é melhor que o MicroUSB e com certeza quer torna-la universal.

      • Damyhonn Paulino

        Acredito que o USB-C ainda vai demorar bastante pra ser padrão.. se for..

    • Thiago Martins

      Realmente já passei por isso várias vezes. Nem todo mundo tem dinheiro ou “sorte” de ter um cabo extra sempre por perto ou mesmo um case com bateria (eu sou um desses). Acho o micro-usb um padrão muito mais simples comparado as possibilidades do lightning. Saco mesmo vai ser carregar um novo adaptador junto toda vida… (pra perder ele vai ser fácil).

      • Thiago Martins

        Já quase perco meu P2 do iPod todo mês… hahahaha

  • Robson Gonçalves

    Dá medo de pensar o que os visionários engenheiros brasileiros vão inventar. A nossa genial tomada é um grade exemplo do que estas mentes delirantes é capaz.
    Outro problema que vejo é que a padronização, sendo obrigada por lei, pode fazer com que evoluções tecnológicas sejam impedidas de serem usadas no Brasil ou no mínimo sofrer um grande retardo devido ao engessamento legal e da lentidão dos órgãos reguladores.
    Prefiro que o mercado internacional faça esta padronização.

  • Hades666

    Padrão nacional de tomadas eu gostei, bem melhor que dos gringos….vamos ser sinceros 😉

    • Pablo Rangel

      Ah sim. Mto melhor. Provavelmente vc nao reformou ou construiu recentemente senao vc saberia que uma tomada no novo padrão ficou 4x mais cara que a convencional! Tomada que financiou a esquerda nesse pais!

      • “Tomada que financiou a esquerda nesse país!” kkkkkk – morri – A risada só não foi tão boa, porque infelizmente a piada é séria e tem total fundo de verdade… ridículo… tanta coisa pra se preocupar… mas enfim é isso que temos.

  • João Lyra Araujo

    Meu Deus… O Estado com sua mega eficiência querendo ditar regras para empresas de tecnologia.
    Não da para ver que é p próprio estado o atraso ao desenvolvimento..
    O mercado vai resolver isso sozinho, daqui a dez anos todos usarão Thunderbolt 3.
    Só é olhar a própria USB que pegou graças a Apple e intel.
    O Estado é um paquiderme, não acompanha a velocidade da tecnologia, dependesse deles ainda estaríamos na porta serial para manter compatibilidade.

  • Thiago Racca

    Que lei merda…

    Quer dizer que thunderbolt 3 ou 4 por exemplo vai ser ilegal por essa merda..

    que lei vai saber como a tecnologia vai se desenvolver… se o carregador do apple watch for para o iphone no brasil vai ter que ficar com esse usb de merda….

  • Bruno Manson

    preocupado com tomada ?

  • Olavo Domingues

    Como se a “atividade de carregar um celular” fosse algo mais necessário do que investir na qualidade da saúde e da educação brasileiras! Não se pode conceber é a perda de tempo com esses assuntos supérfluos enquanto outros de importância bem maior (ou, melhor dizendo, realmente importantes) ficam sendo postergados. Isso, sim, é o que não se pode conceber! =S

  • Não acho a proposta interessante pois ela limita o desenvolvimento tecnológico, no caso da Europa, por exemplo, as empresas ficam impedidas de avançar e adotar o USB-C que seria muito melhor para o consumidor.

  • Mateusw

    Realmente o país vai muito bem para os nobres parlamentares estarem se preocupando com tal questão. Outro dia foi uma lei no espírito santo proibindo saleiros em cima das mesas dos restaurantes!! Quanto paternalismo! Ao invés de olharem para carga tributária estratosférica que a gente tem, mas não… preferem complicar ainda mais a nossa vida!

  • olha só q interessante… os parlamentares lixos q enfiaram na gente goela abaixo esse padrão de tomada… onde não existe em NENHUM LUGAR NO MUNDOOO que não seja o Brasil… que prejudicou TODO MUNDO e que atrapalha pra kct … essa mesma galera preocupada em existir somente um modelo de entrada… chega da vontade de apertar a bochecha desses caras… fdpt’s

  • Lucas Alcalde

    É muita bobagem isso, viu!?! Obviamente o concetor Lightning é mais avançado e muito melhor que o micro-USB e muito mais prático!

  • Wilan

    Isso pode é atrasar o desenvolvimento, já que a empresa pode criar uma tecnologia melhor mas não pode usar por não ser o padrão.

  • Felipe Scavacini Romanatto

    Só mais um motivo para continuar comprando meus iDevices nos Estados Unidos. Brasil é a república da piada de mal gosto!

  • Thiago Ros Nonato

    E la vem o Edtado se entrometer apnde nao é chamado. quer dizer que qualquer novo conector que surja devera ser aprovado? Estariamos ainda usando o conector antigo da apple se dependesse do governo. e desde quando criar barreiras para o mercado aumenta a concorrencia? O que criaria é um custo maior para as empresas. E adivinha quem vai pagar esse custo…

    • Thiago Martins

      A velha balela de proteção do mercado interno… se querem que ele seja valorizado, invistam em tecnologia, preços decentes e produtos decentes principalmente, por que o que mais se vê aqui são produtos de qualidade beirando o ridículo como Positivo, Multilaser, C3 Tech e tantas outras por aí!.

  • Victor Santana

    Já não sabem fazer nada além de roubar, e querem se meter com tecnologia? Aí é DEMAIS.

  • Daniel Alencar

    Acho q se fosse pra escolher um padrão era melhor trocar o dos Androids tb, deixar tudo tipo o Lightning, pq ai não tem um lado especifico pra encaixar o conector… Seria muito melhor!

  • Emerson Suela Gama

    Seria mais sensato, considerando o prazo para todas as empresas se adequarem que, sejam selecionadas duas ou três grandes do segmento e cada uma apresente uma proposta de conector. Assim, a proposta que for aprovada passa ser considerada padrão e todos os novos aparelhos a partir do prazo estabelecido passe a ser fabricado com o novo padrão. E não estou dizendo em nível Brasil e sim mundial.
    Mas quem tem cabos antigos e quer usar nos aparelhos novos? Nesses casos, de fato faz-se necessário o uso de adaptador.

  • Fabio Ricardo Bulgaron

    iLex, certa vez li que o objetivo da Europa com a padronização era o de eliminar toneladas de lixo eletrônico que eram acumulados anualmente porque as pessoas mudavam de marca de celular.

    Não seria este o objetivo da padronização daqui também?

  • Gabriel

    Vindo dos mesmos retardatários que legislaram sobre o padrão de tomada brasileiro, como se a gente fosse uma puta potência mundial, não me surpreende isso…
    Ow, se algum político maneiro ta me lendo, comece retornando ao padrão de tomada antigo ou o americano. Primeiro pensa-se no objeto principal, em seguida, nos acessórios.

  • Rafael Gaia

    Incrível como nosso congresso nacional não tem o que fazer.

  • Guilherme Salles

    Fugindo do assunto do artigo. Que beleza é essa na foto? Um conversor de mini-usb para lightning? Existe ou é só conceito?

    • Jefferson Soares

      Adaptador Lightning para Micro USB.

    • Existe e é vendido pela própria Apple.
      Mas infelizmente ela não vende no Brasil este acessório.

  • Tiago Paulo

    Faz igual na China, mande um adaptador junto e pronto

  • Jefferson Soares

    Se for aprovada essa PL o micro USB vira padrão e os fabricantes vão incluir adaptadores junto com os aparelhos. Fim de papo.

  • Andrieux Querido

    jaja entra a tomada da Dilma LOL

  • Arthur Scopel

    Vocês ja fizeram cagada nos novos padrões de tomadas …
    Então deixem os telefones fora disso pfvor

  • Matheus Ferreira

    Depois que o Brasil conseguiu a proeza de inventar uma tomada bizarra de três pinos que não é compatível com nenhum outro lugar do planeta, fico com medo do que que podem inventar em relação aos plugs de celulares!

  • Luiz Assis

    Difícil é o brasileiro ter essa atitude. Agora me pergunto pra que? Se a fonte já é entrada usb só o camarada levar o fio do aparelho. E outra, já tá virando bagunça…

    Brasil tá se achando Europa. Já mudou as notas para o design parecido agora tá querendo carregadores de
    Telefone.

    Pena que a valorização do país não é a mesma. A corrupção não é a mesma. O valor monetário não é o mesmo.

  • Solução simples:
    A Apple ser um pouco menos babaca, fazer do lighting um projeto aberto e deixa todo mundo ser feliz. Algo como é o Display Port.

    Easy!

  • Alexandre Cabus

    Se for pra adotar que seja o Tipo C ai acho que ate a Apple adotaria

  • Edgar Webster

    Só como curiosidade: o padrão de tomadas utilizado no Brasil é um dos melhores do mundo. Este é para ser adotado em vários países, porém o Brasil foi o primeiro a aderir.

  • Igor Silva

    1 – o padrão de tomadas não é brasileiro, mas sim internacional.

    2 – achei ótima a ideia. diminui o lixo eletrônico e obriga as empresas a se juntarem para um fim vantajoso para o usuário.

  • Ismael Casagrande

    Estes senhores deveriam se preocupar com a atual situação do país, e não com a padronização de conectores dos celulares… É impressionante a inutilidade do congresso no Brasil.

  • Brendo Saldanha
  • Júlio Nevez

    Todo mundo indo pro Lightining em 3,2,1… Eu hein… Palhaçada… melhor conector que alguém poderia fazer!!! Não dá trabalho, qualquer lado serve… rs

  • Duvido que consigam fazer alguma coisa pior que a tomada de 3 pinos.

  • artur mendes

    Com relacao a tentativa do congresso nacional em padronizar as tomadas de celular, parece q estao esquecendo o obvio ululante. Isso eh muito facil de resolver… Como toda saida USB, por padrao da industria, tem 5,1 volts, basta entao que todos os powers suplays tenham no seu corpo, uma entrada femea. Coisa que a Apple ja faz desde os primordios do iPhone. A padronizacao deve ser feita a nivel de parede e nao de aparelho. Seria o maximo, um pais ou um congresso repleto de leigos, tentar impor tecnologia. A tecnologia eh um territorio de cientistas e de pesquisadores de cada empresa. Essas conquistas fazem o mundo evoluir. Governos que intervem nesse campo so prestam a involucao.

  • macjulius

    Vai ficar bom só se a Apple incluir o adaptador MD820.
    Vai ficar ruim se a Apple incluir o valor do adaptador no preço do iPhone!

  • JanjaBoy

    Não sei porque “Uma vergonha internacional”?
    Tem vários países que têm um único tipo de tomada e nem por isso o povo de lá reclama!
    Japão tem um tipo que só funciona no Japão
    Inglaterra tem um tipo que só funciona na Inglaterra
    Dinamarca tem um tipo que só funciona na Dinamarca
    Itália tem um tipo que só funciona na Itália
    Israel tem um tipo que só funciona em Israel
    E outros!
    http://www.google.com.br/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0CAcQjRw&url=http%3A%2F%2Fwww.cuiabrasa.com.br%2Fas-tomadas-pelo-mundo%2F&ei=3s2IVezPKZPagwSJl4DwAQ&psig=AFQjCNGwfyXqsfkViEjLNPTH1SstSJI31Q&ust=1435115357114352