Notícias

AllThingsD afirma que China não terá um segundo evento, apenas uma retransmissão do original

Convites para China e Japão

Esta manhã, sites da Ásia informaram que a Apple estava enviando convites à jornalistas chineses para um evento parecido com o que ela fará em Cupertino algumas horas antes. Na verdade, segundo o site AllThingsD, não será um evento diferente e sim uma reapresentação em vídeo do evento original.

Este tipo de coisa já acontece no Japão e na Europa, onde a Apple mantém um evento em Londres para jornalistas de vários países, com vídeo em streaming da apresentação. Sempre foi assim, com os jornalistas tendo acesso aos produtos novos logo após a apresentação. A novidade e que desta vez a China também terá o mesmo tipo de evento, para que a imprensa local possa conhecer de perto os novos produtos. Acredita-se que a operadora China Mobile aproveite para anunciar a nova parceria com a Maçã. A intenção é transmitir o evento em um horário local mais amigável, pois a apresentação de Cupertino será à 1h da manhã em Pequim. Por isso um evento especial um pouco mais tarde, como o vídeo da apresentação.

Segundo o site americano, Berlin também sediará um evento similar, com transmissão ao vivo.

Nada disso muda o que já falamos: tudo está em aberto e ninguém pode afirmar com certeza o que acontecerá. A lógica seria que os iPhones ultra-coloridos tenham sido feitos voltados para o gosto asiático, mas é óbvio que não se sabe o que se passa pela cabeça de Tim Cook e sua equipe. Está bem claro que a importância da China para a Apple cresceu, tanto que a imprensa local terá direito de ver de perto os produtos que serão apresentados, enquanto o Brasil, por exemplo, não terá o mesmo privilégio.

Falta pouco para descobrirmos. E você pode acompanhar o tempo restante em nossa clássica contagem regressiva na versão desktop do nosso site, na barra lateral. 😉

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados