Notícias

Apple perde o direito à patente “pinch to zoom”, uma das mais importantes do iOS

Pinch to zoom

Já que o assunto do dia é “marcas”, hoje saiu a notícia de uma derrota da Apple nos tribunais em um pedido de patentes que era um dos prioritários para Steve Jobs: o “pinch to zoom“, que é o movimento com dois dedos usado para dar zoom no sistema do iPhone e iPad. O escritório norte-americano de marcas e patentes considerou que este tipo de movimento não pode ser patenteado, por ter sido já registrado anteriormente por dois americanos, Daniel W. Hillis e Bran Ferren (porém, o mesmo movimento era feito com um dedo de cada mão).

O movimento foi popularizado no lançamento do iPhone, que introduzia ao mercado de massa as telas multitoque. Com o iPhone (e futuramente o iPad), o movimento virou padrão em toda a indústria e hoje não há dispositivo móvel que não permita aproximar a imagem com a ajuda de dois dedos.

Para se ter uma ideia da fixação de Steve Jobs por este detalhe, as primeiras versões do Android não permitiam este tipo de zoom, época na qual a parceria entre Google e Apple era forte (com Eric Schmidt fazendo parte também do quadro de diretores da Maçã). Mais tarde, quando o sistema do robozinho verde também adotou a função, Steve Jobs declarou “guerra termonuclear” contra o que se mostrava ser concorrente, não um amigo.

A perda do direito pela patente pode complicar no processo contra a Samsung, pois este era um dos argumentos que a fez perder no ano passado.

via Macworld US

ATUALIZAÇÃO:

Meses depois, a Apple recuperou o direito a esta patente. Leia mais aqui.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados