Notícias

Telas flexíveis deverão demorar ainda 3 anos para serem populares

Se você foi um dos que acreditou que a Samsung realmente estava lançando um celular com tela dobrável ou espera que ainda este ano a Apple lance um iWatch de pulso, então é melhor controlar suas expectativas. Segundo a principal fabricante de vidros flexíveis, a Corning (produtora desta tecnologia e também do famoso Gorilla Glass), ainda levará no mínimo mais uns 3 anos para que vejamos gadgets flexíveis realmente funcionais no mercado.

De fato, o que se tem hoje é a possibilidade de se criar vidros dobráveis que não quebram (facilmente), o que fez muitas empresas “viajarem na maionese” e já apresentarem protótipos de produtos fictícios, causando em muita gente a ilusão de que já estavam em produção (criar vídeos de ficção sempre foi uma maneira de tentar mostrar ao público o quanto a empresa quer ser inovadora, mesmo não sendo. A Apple também já fez isto no passado). Mas o grande desafio das empresas agora é como transformar este material em uma tela que possa ser usada eficientemente em um gadget, tendo que enfrentar problemas do mundo real, como bateria, antenas de recepção e até mesmo implementação da sensibilidade ao toque, que hoje usa diversos sensores embutidos na tela. Até que tudo isso vire produtos reais e eficientes, ainda é preciso muita pesquisa e desenvolvimento.

Portanto, se você ainda tinha esperanças de ver este ano um relógio de pulso com tela flexível, saiba que ele pode demorar um pouco mais. Isso se realmente for lançado.

via Cult of Mac

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados